Banner da Prefeitura de São Luís

Banner da Prefeitura de São Luís

quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

Deputada defende união de forças para resolver o problema do sistema carcerário do Maranhão

Deputada estadual Eliziane Gama (PPS)
Uma ação conjunta para combater a violência e resolver o problema no sistema prisional. É desta forma que a presidente da Comissão de Direitos Humanos e das Minorias (CDHM), deputada Eliziane Gama (PPS), defendeu que o poder público e órgãos de defesa dos direitos humanos se unam a fim de evitar o crescimento da violência no Maranhão.

Na avaliação da parlamentar, é necessário investir em saúde, educação e assistência social para encontrar a solução para o problema da Segurança Pública.

Na última quarta-feira, a parlamentar destacou na Assembleia Legislativa os diversos problemas no sistema prisional maranhense e na Segurança Pública do Estado. Ela fez referências aos dados do CAOP - Centro de Apoio Operacional do Controle Externo da Atividade Policial, do Ministério Público do Maranhão, que apontam os números da violência no estado.

“Recebemos uma documentação do CAOP do Ministério Público do Maranhão que faz exposição dos números da violência na Grande Ilha de São Luís, números que já são de conhecimento público, mas o Ministério Público compatibiliza os dados da Secretaria de Segurança Pública. Sabemos que a situação da violência, não é um problema exclusivamente do Maranhão, é um problema nacional. Porém, no nosso estado, os números são bem mais acentuados e com repercussão inclusive nacional e internacional”, completou Eliziane Gama.

De acordo com o relatório do CAOP, durante o ano de 2013, 984 pessoas foram assassinadas de forma violenta na Região Metropolitana de São Luís, crescimento referente aos anos anteriores, pois em 2010 foram 535 mortes; em 2011, registradas 655 mortes; no ano de 2012, foram 687 mortes; e no ano de 2013, 984 mortes. “Portanto, de 2010 para 2013, em três anos, tivemos praticamente aumento de 100% no número de mortes violentas na Grande São Luís”, completou.

Com informações da Assembleia Legislativa

Um comentário:

  1. A primeira medida que deveria ser muda, é a saída do Secretário Uchoa, e toda sua equipe de incompetente, mais como esse secretário e apadrinhado de Aluísio SSP, que deve saber de algo muito forte da família SARNEY, essas governadora irresponsável não tem coragem, com isso o caos nesse governo medíocre ira continuar até o fim. Mais a eleição vem ai e seja o que DEUS quiser.

    ResponderExcluir