terça-feira, 18 de março de 2014

Gastão Vieira não acredita em racha político no PMDB do Maranhão por conta de eleição indireta

Gastão Vieira vai esperar o desenrolar das articulações
O ex-ministro do Turismo e atual deputado federal Gastão Vieira (PMDB) disse hoje, em entrevista à Rádio Mirante AM, não acreditar que ocorra um racha político nas bases do PMDB do Maranhão.

Segundo ele, a escolha de um novo governador com mandato tampão no estado deve priorizar o caminho mais viável e que seja vitorioso para o grupo da governadora Roseana Sarney. "Defendo um caminho que, politicamente, seja o mais viável e ao mesmo tempo vitorioso para o nosso grupo", declarou.

Gastão Vieira disse ainda que se a governadora, a quem definiu como a maior líder do PMDB no Maranhão, decidir permanecer no cargo até o fim do mandato, não haverá problema. Nesse caso, ele poderá disputar a única vaga ao Senado em outubro, aberta com a saída do senador Epitácio Cafeteira (PTB).

Para concretizar esse sonho, Gastão Vieira pretende conversar com o suplente de senador no exercício do mandato, Edison Lobão Filho (PMDB), que também já teria manifestado interesse em concorrer à vaga. "Seja qual for o destino político, ou seja, disputar a reeleição para a Câmara dos Deputados ou ao Senado, estaremos focados nas articulações políticas", frisou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário