Comercial da Prefeitura de São Luís

Comercial da Prefeitura de São Luís

sexta-feira, 15 de agosto de 2014

Prefeitura discute gestão de resíduos sólidos na capital

Prefeito Edivaldo Holanda Junior
A Prefeitura de São Luís, através da Secretaria de Meio Ambiente (Semmam), realizou durante esta semana reunião com representantes de duas cooperativas de catadores que atuam na capital para novo diálogo a respeito do Plano Municipal de Gerenciamento de Resíduos Sólidos. O dispositivo municipal está sendo elaborado em observância à Lei 12.305/2010, que institui a Política Nacional de Resíduos Sólidos.

O encontro com os representantes da Associação de Catadoras de Materiais Recicláveis de São Luís (Ascamar) e da Cooperativa de Gestão de Resíduos Sólidos da Micro Região do Anjo da Guarda (Coopgest) ocorreu na sede da Semmam, no São Francisco. Com a presença da coordenadora de Educação Ambiental da Semmam, Marinalva Dias, e da superintendente de Planejamento, Rosirene Lima, foram debatidos temas como infraestrutura, condições de trabalho e capacitação dos trabalhadores.

“A inclusão dos catadores de materiais recicláveis e reutilizáveis é peça-chave na elaboração nos planos municipais de gestão integrada de resíduos sólidos. Eles são essenciais na implantação da coleta seletiva, reciclagem dos resíduos, que, por sua vez, podem ser transformados em fontes de negócios, emprego e renda para eles e suas famílias”, esclareceu Rosirene Lima.

Os membros das cooperativas que participaram da reunião destacaram o espaço criado para diálogo com o município sobre o Plano de Resíduos Sólidos. A presidente da Ascamar, Maria José Nascimento, informou que o debate foi esclarecedor e elogiou a postura dos representantes da Semmam. O presidente da Coopgest, Melquisedeque dos Santos Marins, afirmou que os esclarecimentos são necessários, uma vez que tratam da capacitação de quem trabalha com materiais recicláveis e reutilizáveis.

Uma nova reunião com os cooperativados está marcada para o próximo dia 28, na sede da Semmam. Além da Coopgest e Ascamar, devem participar do encontro representantes da Cooperativa de Catadores (Cooprev). Essas três associações são juridicamente constituídas em São Luís. Com as reuniões, a Semmam fará um mapeamento da atuação dos catadores na zona urbana e rural.

Nenhum comentário:

Postar um comentário