segunda-feira, 2 de março de 2015

Assembleia discutirá reforma política

Deputada Francisca Primo e o deputado Zé Carlos
A deputada estadual Francisca Primo (PT) e o deputado federal Zé Carlos (PT-MA) concederam entrevista coletiva à imprensa, nesta segunda-feira (2) no Plenarinho da Assembleia Legislativa, para esclarecer sobre o tema ‘A Reforma Política no Brasil’ que será discutido durante audiência pública marcada para o dia 13 de março, às 9hs no auditório Fernando Falcão.

O assunto já está sendo abordado na Câmara Federal em Brasília por uma Comissão Especial, instalada em fevereiro, que tem como presidente o deputado federal Rodrigo Maia (DEM-RJ) e, entre os membros, os deputados federais pelo Maranhão Zé Carlos (PT), Victor Mendes (PV) e Pedro Fernandes (PTB).

No Maranhão, a deputada estadual Francisca Primo protocolou o requerimento nº 019/15, já aprovado pela Casa, solicitando a realização de uma audiência pública, que terá como expositor o deputado federal Marcelo Castro (PMDB-PI), relator da comissão de Reforma Política.

“Nós tomamos essa decisão de fazer essa audiência junto com o deputado Zé Carlos por ser da bancada federal. Vamos trazer os deputados que fazem parte da comissão em Brasília para debater junto com todo o segmento da sociedade que foi convidado para participar”, explicou Primo.

A parlamentar disse ainda que irá apoiar o seu partido, o PT, em relação às propostas de reforma que serão defendidas. “Nós vamos representar o mesmo que o PT quer, como por exemplo, o aumento do número de vagas das mulheres para 50 %. A questão do financiamento público também faz parte da nossa defesa. Essas discussões serão levadas para serem debatidas. O que nós queremos é um resulto urgente, que é o que a sociedade já vem cobrando há muito tempo”, contou.

Na entrevista, Zé Carlos destacou a importância de ouvir o posicionamento dos maranhenses em relação às propostas apresentadas. “É necessário que seja feito um relatório com a opinião dos nossos representantes sobre a Reforma e com isso o Maranhão dará um passo a frente, contribuindo fortemente com a sua opinião nesse projeto de Reforma”, disse.

Com informações da Agência Assembleia

Nenhum comentário:

Postar um comentário