Banner da Prefeitura de São Luís

Banner da Prefeitura de São Luís

terça-feira, 14 de julho de 2015

Linchamentos na Ilha de Upaon-Açu

Homem foi amarrado ao poste de iluminação e morto após linchamento em São Luís (Foto: Biné Morais)

Levantamento elaborado pela Sociedade Maranhense de Direitos Humanos (SMDH) aponta que de janeiro de 2013 até hoje, 30 casos de linchamentos foram registrados na região metropolitana da Ilha de São Luís, que compreende os municípios de São Luís, Paço do Lumiar, Raposa e São José de Ribamar. 

Os números foram obtidos com base no relatório mensal divulgado pela Secretaria Estadual de Segurança Pública (SSP), por meio do Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops). No documento, está descrito que as pessoas foram vítimas não de linchamento, mas sim de homicídios dolosos (quando há a intenção de matar).

De acordo com Wagner Cabral, conselheiro da SMDH e professor do curso de História da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), os dados são alarmantes. Segundo ele, das 30 pessoas que foram vítimas de linchamentos, aproximadamente 60% foram agredidas e mortas durante tentativas frustradas de assaltos. 

O restante foi classificado como estupradores, assassinos ou pessoas que cometeram algum outro
tipo de delito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário