Comercial da Prefeitura de SL

Comercial da Prefeitura de SL

segunda-feira, 30 de novembro de 2015

Veja o vídeo: Prefeita Maura Jorge é impedida de falar pelo governador Flávio Dino


Uma falácia só...


O governo Flávio Dino (PCdoB/foto) ainda não disse para que veio quando o assunto é segurança pública. Isso porque, durante a campanha eleitoral em 2014, o atual chefe do Executivo do Maranhão destilou "veneno" puro contra a gestão da ex-governadora Roseana Sarney (PMDB).

Porém, a cada mês, percebe-se a crise moral e estrutural na segurança pública do governo comunista, que não consegue debelar os índices de mortes e, que por algumas vezes, segundo denúncias a ser apuradas, tentam mascarar números e escondê-los da população.

Só neste último fim de semana foram registradas 15 mortes violentas na Região Metropolitana de São Luís, sendo uma por latrocínio – roubo seguido de morte. No mês de novembro, segundo dados da própria Secretaria de Segurança são quase 70 homicídios e mais de 10 latrocínios. Somente na primeira quinzena, foram quase 40 mortes na Ilha de São Luís.

Como se observa, a realidade é dura, fria e cruel!

Vereador solicita que governo intensifique ações no combate às drogas em São Luís


O líder do PSDB na Câmara de São Luís, José Joaquim (foto), está cobrando mais ações do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Segurança Pública, com foco na prevenção do uso de drogas”. A indicação do vereador tucano deve envolver desde a atividade produtiva como geradora de emprego e renda, até a prática de esporte e lazer, educação de qualidade, saúde e segurança pública.

Para dar maior sustentação ao pleito, José Joaquim aponta como uma das causas “a explosão demográfica versus planejamento estratégico”, argumenta ele completando que “tivemos um crescimento populacional que exige incremento de políticas públicas em todos os níveis, federal, estadual e municipal”.

Segundo o social democrata, devido a insuficiência de políticas públicas, “temos um país de poucas oportunidades reais que permite, entre outros negócios para o jovem, a porta para o tráfico de drogas”. 

José Joaquim diz ainda que “diante dessa situação, urge estratégias na prática que alterem essa realidade e ofereçam aos jovens perspectivas de êxito em caminhos de cidadania”.

sexta-feira, 27 de novembro de 2015

Presidente da Assembleia Legislativa segue internado


O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado estadual Humberto Coutinho (foto) - , passou por exames de rotina no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo (SP). Durante as sessões, uma nova lesão nointestino grosso foi constatada.

Há quase dois anos, Humberto Coutinho foi diagnosticado com câncer no intestino. Ele foi operado e se recupera bem, e será submetido a novos exames. A equipe, coordenada pelo médico Paulo Hoff, decidirá se realizará intervenção cirúrgica ou quimioterápica.

quinta-feira, 26 de novembro de 2015

Capa do Estado de Minas


Médico João Bentivi processa Globo, Mirante e outros veículos que divulgaram polêmica com um farmacêutico


Do blog do Aquiles Emir

O médico João Bentivi (foto), que foi envolvido numa polêmica por conta da resposta que teria dado a um farmacêutico que não teria compreendido uma prescrição médica por ele assinada, disse nesta quarta-feira (25) que está abrindo ação civil e criminal contra a Rede Globo, TV Mirante (afiliada à Rede Globo), jornal O Estado de São Paulo e demais veículos de comunicação, jornalistas e blogueiros que divulgaram essa informação. Ele pede reparo por danos morais, por ter sido exposto publicamente de forma negativa, sem que tenha sido apresentada uma prova da suposta falta de conduta médica.

Bentivi, que, além de médico, é jornalista e advogado, disse que essas notícias macularam a honra de um dos mais conceituados profissionais de Medicina no Maranhão. Ele disse que acionará também o Conselho Regional de Farmácia, que deu propagação ao fato. Indagado se também pretende acionar o Conselho Regional de Medicina, já que o presidente, Abdon Murad, também teria condenado sua conduta, ele respondeu de forma indireta: "Vou processar todos. Todos!"

Bentivi diz que não foi questionada a grafia da receita, mas a prescrição do medicamento. Ele estranha que o farmacêutico que se diz ofendido nunca tenha aparecido para dar sua versão, tampouco foi apresentada a receita. Ele garante que sempre escreve em letra de forma, portanto não haveria como não entender o remédio receitado. Indagado como explica o fato de a reportagem da Globo e Mirante ter sido levada ao ar com seu depoimento, disse que falou quase meia hora e aproveitaram apenas um trecho de sua fala.


Para que se entenda o caso, a polêmica surgiu depois que um farmacêutico apresentou um bilhete em tom agressivo em resposta à informação de que não teria compreendido a prescrição. Bentivi desconfia de que não se trata de um farmacêutico, mas de um balconista, cuja drogaria em que trabalha desconhece qual seja. Ele diz que respondeu à altura da crítica que lhe fora feita.

Câmara debate regulamentação com representantes de transporte alternativo

Presidente Astro de Ogum
A concessão de uma permissão precária por parte da Prefeitura de São Luis, até que seja regulamentado o funcionamento do transporte alternativo na capital maranhense, pode ser a solução para os representantes da categoria. 

Na manhã da última terça-feira, 25, estiveram reunidos com o presidente da Câmara Municipal, Astro de Ogum (PR), e uma dúzia vereadores, em busca de uma solução e exigindo a imediata votação do projeto de licitação para o sistema de licitação do transporte coletivo, que já se encontra no Legislativo.

Representantes do sistema de moto-táxi, de carros-lotação e do transporte alternativo (vans), ocuparam o plenário da Câmara logo após o encerramento da sessão, que era presidida pelo vereador Francisco Carvalho (PSL), e de forma exaltada, passaram a exigir rapidez na votação do projeto. Os ânimos estiveram exaltados, mas minutos depois houve a calmaria e uma reunião no gabinete do presidente Astro de Ogum.

Charles Silva, que preside o Sindicato do Táxi-Lotação, lembrou que a Câmara já aprovou a liberação de 180 permissões para o funcionamento daquele tipo e transportes, sem que a Prefeitura tenha feito a liberação das placas, através da SMTT.

Gabriel Araújo, que preside o Sindicato do Transporte Alternativo no Maranhão, afirmou que a Assembleia aprovou permissão precária pelo prazo de cinco anos, mas falta a mesma liberação para São Luis. “O que queremos é a oportunidade de trabalharmos despreocupados. A licitação do transporte coletivo não nos contempla. É necessária uma medida que nos deixa atuar sem sermos prejudicados”, afirmou Charles Silva. Já o dirigente do Sindicato de Moto-Táxi, Jean Barroso, assinalou que a categoria também necessita de uma regulamentação.

quarta-feira, 25 de novembro de 2015

PMDB deve se entregar a Edivaldo ou Eliziane?

Senador João Alberto, deputado estadual Roberto Costa e o vereador Fábio Câmara discutem que rumo tomar
O PMDB em São Luís dá claras demonstrações de que deve se entregar de "bandeja" na campanha à reeleição do prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT) ou, como segunda alternativa, apoiar uma eventual candidatura da deputada federal Eliziane Gama (Rede) na corrida sucessória ao Palácio La Ravardière, sede do governo municipal.

Percebendo que os espaços são mínimos, a direção do PMDB na capital pretende definir logo que rumo irá tomar na eleição de 2016. Apoiando o prefeito Edivaldo, o partido sonharia em conquistar alguns cargos no Executivo Municipal, garantindo assim uma boquinha.

Ou então, aguardar as articulações em torno da deputada Eliziane Gama que ainda insiste em concorrer ao pleito, mesmo sob os olhares atravessados do Palácio dos Leões, cujo governador Flávio Dino (PCdoB) aposta todas as fichas na recondução do prefeito Edivaldo para um mandato eletivo de mais quatro anos.

Quem diria!

Projeto de licitação dos transportes fica para próxima semana

Vereador Francisco Carvalho diz que o projeto está tramitando na Casa
O vice-presidente da Câmara Municipal de São Luís, vereador Francisco Carvalho (PSL), comandou interinamente a abertura da sessão desta quarta-feira, 25, tendo afirmado que o Projeto de Lei Complementar, que autoriza a licitação dos transportes na capital, está previsto para entrar na pauta do Legislativo na próxima segunda-feira, 30. Logo em seguida, a sessão foi encerrada por falta de quorum.

Havia uma expectativa de que a matéria entrasse hoje na pauta da Casa, no entanto o vice-presidente garantiu que o projeto continua tramitando na Comissão de Transportes, existindo a possibilidade da matéria ser apreciada e votada apenas no início da semana que vem, sem atropelos.

O vereador Marquinhos Silva (DEM) ainda chegou a questionar o vice Francisco Carvalho sobre a presença ou não da matéria na pauta desta quarta-feira, o que não foi confirmado pela Mesa Diretora.

A expectativa se volta agora para a reta final do semestre legislativo. 

Projeto de vereador do PSB institui o Dia Municipal da Água


O plenário da Câmara Municipal de São Luís aprovou, em primeira votação, na manhã de segunda-feira, 23, o Projeto de Lei 133/15 que institui o dia 20 de março como o Dia Municipal da Água, em São Luís. O projeto é de autoria do vereador Roberto Rocha Júnior (PSB/foto), presidente da Comissão de Meio Ambiente da Casa.

Segundo o parlamentar, a data é para lembrar a importância de trabalhar e mobilizar os mais diversos segmentos da sociedade, tais como escolas, empresas, entidades assistenciais e públicas, bem como a comunidade de forma geral, no sentido de criar uma mobilização por meio de campanhas que ressaltem a importância da preservação dos recursos hídricos na capital maranhense.

“Pesquisadores afirmam que em 2025 mais da metade da população mundial pode vir a sofrer com a falta de água potável, por isso é de fundamental importância ter um dia no nosso calendário para nos fazer lembrar a importância de nos auto-educarmos para preservar esse bem tão precioso”, ressaltou.

Depois de passar por mais duas votações e ser sancionado pelo prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT), a data comemorativa ao Dia Municipal da Água passará a constar oficialmente no calendário do município.

terça-feira, 24 de novembro de 2015

Secretária municipal de saúde vai para o PCdoB


Está praticamente confirmada a filiação da vereadora licenciada e secretária municipal de Saúde, Helena Duailibe (foto), no PCdoB do governador Flávio Dino. A titular da Semus ainda pertence às hostes do PMDB, mas em um breve curto de tempo ela deve trocar de legenda e se tornar a mais nova comunista.

Especula-se que a secretária pode vir a ser um nome forte para compor chapa à reeleição do prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior (PDT), no pleito de 2016. 

Vale lembrar que Helena Duailibe foi eleita vice-prefeita pelo PSB na gestão anterior do então prefeito e atual deputado federal João Castelo (PSDB), que também pretende entrar novamente na disputa eleitoral à prefeitura da capital maranhense.

Como a vaga de  vice caberá ao PCdoB, a secretária só pode entrar na corrida sucessória se trocar de partido até o dia 2 de abril do ano que vem.

Apoio ameaçado

Prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior
O prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior (PDT), precisa urgentemente ampliar sua base de interlocução com os 31 vereadores da capital maranhense. Isso porque uma parcela de parlamentares, que compõem a Casa, já dá claros sinais de que podem vir a se rebelar e até romper com o Executivo Municipal, caso não haja um diálogo maior.

Um grupo de vereadores anda reclamando nos bastidores da falta de empenho do nobre prefeito com o Legislativo, alegando que está sendo beneficiada apenas uma meia dúzia de edis que mantêm uma conexão mais próxima com o Palácio La Ravardiére.

Imagine que o prefeito Edivaldo Júnior precisará do máximo de apoio possível para aprovar na Câmara não só o orçamento para o exercício de 2016, cuja previsão deve chegar a R$ 3 bilhões, mas também aprovar o projeto autorizativo para que a licitação dos transportes de fato saia do papel.

Como se observa, o ano que vem promete ser de ebulição na política municipal, em que o prefeito vai depender muito de apoios de diversas matizes e bandeiras partidárias para conseguir a tão almejada reeleição, caso contrário pode morrer na praia.

Sem dúvida esse projeto passa pela Câmara Municipal de São Luís.

Mais uma ação da Polícia Federal no Maranhão


Neste momento a Polícia Federal está desencadeando uma ação conjunta com o Ministério do Trabalho e Previdência Social e Ministério Público Federal, órgãos que integram a Força-Tarefa Previdenciária. A ação foi deflagrada na manhã desta terça- ­feira, 24, a "Operação Quilópode", com a finalidade de reprimir crimes previdenciários, nas cidades maranhenses de São Luís, Caxias, Codó, Vargem Grande, Presidente Dutra, Barreirinhas e Paço do Lumiar, e em Teresina (PI).

As investigações, iniciadas no ano de 2012, levaram à identificação de um esquema criminoso no qual eram falsificados documentos públicos para fins de concessão de benefícios de Amparo Social ao Idoso, cujos titulares eram pessoas fictícias criadas pela associação criminosa para possibilitar a fraude.

A organização criminosa atuava desde 2010 e contava, ainda, com a participação de um servidor do INSS, responsável pela concessão e atualização dos benefícios, além de funcionários do Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal e Correios, que atuavam na abertura de contas correntes, na realização de prova de vida, na renovação de senhas bancárias e na efetivação de empréstimos consignados. 

O prejuízo inicialmente identificado é de quase R$ 11 milhões, considerando­-se os valores pagos a benefícios cujas contas bancárias encontram-­se sediadas em cidades que integram a circunscrição da Delegacia de Polícia Federal em Caxias (MA). A Operação contou com a participação de 100 Policiais Federais e cinco servidores da Assessoria de Pesquisa Estratégica e de Gerenciamento de Riscos (APEGR), vinculada ao Ministério da Previdência Social. 

Estão sendo cumpridos 10 mandados de prisão preventiva, 22 mandados de busca e apreensão e cinco mandados de condução coercitiva, além do sequestro e arresto de bens e valores. Dentre os mandados judiciais consta, ainda, a determinação para que o INSS suspenda o pagamento de 288 benefícios assistenciais com graves indícios de fraude, submetendo­os a procedimento de auditoria. 

A palavra Quilópode, que dá nome à Operação, tem origem grega que significa "aquela que tem mil patas", em alusão ao esquema criminoso que apresentou grande ramificação e envolvimento de órgãos públicos federais e instituições financeiras.

segunda-feira, 23 de novembro de 2015

Ricardo Murad comemora derrota do PCdoB na OAB do Maranhão


PMDB pode se aliar ao governo Dino

Presidente estadual do PMDB, senador João Alberto de Sousa, permanece em cima do muro
Ao que tudo indica o PMDB do Maranhão deve mesmo se render às hostes do governo Flávio Dino (PCdoB), apesar do ex-senador José Sarney e da ex-governadora Roseana Sarney manterem o discurso forte de que o partido deve ser de oposição no estado.

Isso porque o nome mais pujante da legenda para disputar eleição pelo PMDB à Prefeitura de São Luís, em 2016, que era o do ex-secretário de Saúde, Ricardo Murad, parece estar fora de combate ainda mais depois da operação da Polícia Federal denominada "Sermão aos Peixes", que abortou a provável missão.

Atualmente, o presidente reeleito do partido no Maranhão, senador João Alberto, mostra-se em cima do muro e só ainda não abraçou de vez o comunista Flávio Dino por pressão da família Sarney. Mas ao que parece é apenas uma questão de tempo para isso acontecer.

Até porque seu afilhado político, o deputado estadual Roberto Costa, deve ser candidato a prefeito de Bacabal no ano que vem e se eleito, não vai querer perder os convênios estaduais com o governo do estado.

Quem viver verá!

Bancada maranhense pode boicotar governo Dilma


Se antes da crise as obras de duplicação da BR-135 já estavam difíceis de ser concluídas, imagine agora com o agravamento não só da crise econômica, mas também da crise política no país.

Apesar disso, eis que leio na edição desta segunda-feira, 23, do jornal O Estado que a bancada federal maranhense irá pressionar o governo da presidente Dilma Rousseff (PT) para que os serviços no trecho da BR-135, em especial a duplicação na área de Campo de Perizes, possam ser concluídos.

O coordenador da bancada no Congresso Nacional, deputado Pedro Fernandes (PTB), apresentou no fim de semana uma proposta aos colegas parlamentares para uma mobilização em prol da conclusão das obras da BR-135 no Maranhão.

A proposta é que os deputados da bancada votem contrário à Desvinculação de Receitas da União (DRU), caso as obras de duplicação da rodovia  não sejam concluídas.

Vale aguardar!

sexta-feira, 20 de novembro de 2015

Viva o Dia Nacional da Consciência Negra


O Dia Nacional da Consciência Negra é celebrado, no Brasil, em 20 de novembro. Foi criado em 2003 e instituído em âmbito nacional mediante a lei nº 12.519, de 10 de novembro de 2011, sendo considerado feriado em cerca de mil cidades em todo o país e nos estados de Alagoas, Amazonas, Amapá, Mato Grosso e Rio de Janeiro por completo através de decretos estaduais.

Em estados que não aderiram a lei, a responsabilidade é do prefeito, que decide se haverá o feriado no município. A ocasião é dedicada à reflexão sobre a inserção do negro na sociedade brasileira.

A data foi escolhida por coincidir com o dia da morte de "Zumbi dos Palmares", em 1695. Sendo assim, o Dia da Consciência Negra procura remeter à resistência do negro contra a escravidão de forma geral, desde o primeiro transporte de africanos para o solo brasileiro (1549).

Algumas entidades como o Movimento Negro (o maior do gênero no país) organizam palestras e eventos educativos, visando principalmente crianças negras. A instituição procura evitar o desenvolvimento do auto-preconceito, ou seja, da inferiorização perante a sociedade.

Com informações do Wikipédia

imprensa reclama de informações truncadas da segurança pública


Os profissionais de imprensa que cobrem a área da segurança pública estão reclamando da excassez de informações e de até informações truncadas repassadas pelo setor. Nesta sexta-feira, 20, jornalistas e radialistas criticaram a postura como boa parte dos relatórios policiais estariam sendo omitidos.

O jornalista e radialista do Grupo Mirante, Marcial Lima, destacou que a imprensa está tendo acesso apenas à algumas situações que fazem parte do relatório dos delegados. Porém, o grosso da informação diária estaria sendo alvo de suspeitas que não estariam sendo repassadas na íntegra.

O apresentador do Programa Ponto Final da rádio Mirante AM, jornalista Roberto Fernandes, disse ter recebido denúncias nesse sentido, em especial na ausência de informações sobre supostos assaltos a ônibus que não teriam sido repassadas à imprensa.

A Secretaria de Estado de Segurança Pública precisa se pronunciar sobre o assunto para esclarecer os fatos.

quinta-feira, 19 de novembro de 2015

Ex-secretário de Saúde contesta denúncias de desvios de recursos públicos


O ex-secretário de Saúde do Maranhão, Ricardo Murad (foto), divulgou nota na quinta-feira (19) em que rebate as informações sobre desvios bilionários durante sua gestão no órgão. No documento, ele ressalta "trabalho, dedicação e seriedade com os recursos públicos". 

Murad é investigado na operação "Sermão aos Peixes", executada no início da semana pela Polícia Federal, Controladoria-Geral da União (CGU) e Ministério Público Federal (MPF).

"Um absurdo – completo absurdo, aliás - se imaginar que mais de um bilhão de reais tenham sido desviados de serviços médicos hospitalares da rede estadual. Isso levaria, com absoluta certeza, a que mais da metade dos hospitais do Estado não estivessem funcionando nos últimos cinco anos, porque representaria mais de 50% dos recursos aplicados no setor", diz trecho da nota.

Murad reforça  que atendeu prontamente, por determinação da Justiça Federal para prestar depoimento, com mais de 15 horas de duração, e reitera que está à disposição da Justiça, Ministério Público Federal (MPF) e Polícia Federal (PF) para novos esclarecimentos.

"Ao contrário do que se divulga, não houve superfaturamento, nem pagamentos de serviços, obras, medicamento e materiais médico/hospitalar que tenham sido pagos sem a devida prestação de serviço ou a correspondente entrega dos produtos e materiais e muito menos pagamentos de médicos e funcionários fantasmas", destaca em outro trecho da nota.

Com informações do G1 MA

quarta-feira, 18 de novembro de 2015

Pegou mal vereador!


Ainda repercute negativamente a cena considerada racista, protagonizada pelo vice-líder do governo municipal, vereador Ivaldo Rodrigues (PDT), que foi gravada em vídeo amador pela assessoria da vereadora Rose Sales (PV).

Tudo porque na sessão da segunda-feira, 16, o nobre parlamentar pedetista acabou perdendo a cabeça, no plenário da Câmara Municipal de São Luís e agredido verbalmente a colega de parlamento, chamando-a de medíocre e afirmando que seus antepassados (negros) teriam também uma história medíocre.

Sem se dar conta da grave situação, que havia saído do controle, Ivaldo ainda ressaltou que o problema da vereadora Rose Sales é "genético", enfatizando suas palavras batendo em sua própria pele (no braço).

A discussão começou quando Rose Sales questionou o prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior (PDT) sobre os vultuosos recursos para a Secretaria Municipal de Comunicação. 

Entidades negras querem retratação do vereador e admitem que o parlamentar cometeu ato de puro racismo.

E agora Ivaldo????

Virou figura carimbada da agiotagem

Prefeitos Raimundo Lisboa sendo levado de novo por policiais civis, sob acusação de crime de agiotagem
Mais uma vez o ex-prefeito de Bacabal, Raimundo Nonato Lisboa, foi preso pela Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic), Superintendência Estadual de Prevenção e Combate à Corrupção, Superintendência Estadual de Combate ao Narcotráfico (Senarc) e Grupo de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) – do Ministério Público do Maranhão.

A operação ocorreu na manhã desta quarta-feira, 18, como sendo a segunda fase da operação ‘El Berite’, de combate à agiotagem e à corrupção no Maranhão, no município de Bacabal, localizado a 240 km de São Luís.

A operação cumpriu mandados de prisão preventiva não só contra o ex-prefeito de Bacabal, mas também contra os ex-secretários da prefeitura, Aldo Araújo de Brito (também ex-presidente da comissão de licitação) e Gilberto Ferreira (ex-tesoureiro); o agiota Josival Cavalcante da Silva, conhecido como ‘Pacovan’, e a esposa, identificada como Edna Maria Pereira; e o filho da ex-prefeita da cidade de Dom Pedro, Eduardo José Barros Costa.

Entenda

Em abril deste ano, o ex-prefeito de Bacabal, Raimundo Lisboa, havia sido preso na primeira fase da operação ‘El Berite’, como desdobramento da ‘Operação Detonando’, realizada em 2012 após o assassinato do jornalista Décio Sá. 

Raimundo Lisboa foi prefeito do município entre 2004 e 2012 e presidente da Federação dos Municípios do Maranhão (Famem). À época, outras quatro pessoas foram presas, todas ligadas à prefeitura, entre elas também o ex-presidente da comissão de licitação de Bacabal, Aldo Araújo de Brito.

Também teve a prisão decretada pela Justiça, o agiota Gláucio Alencar Pontes Carvalho, preso desde 23 de abril de 2012 – acusado de ser um dos mandantes do assassinato do jornalista Décio Sá, em abril de 2012, e por encabeçar uma quadrilha que praticava agiotagem em prefeituras no Maranhão.

terça-feira, 17 de novembro de 2015

O inferno astral de Ricardo Murad

Ex-secretário de Saúde, Ricardo Murad
Depois de ter sido isolado no PMDB, o ex-secretário de Saúde do Maranhão, Ricardo Murad, vive agora momentos difíceis sob a agonia de ter o seu nome envolto na lista de supostos desvios de recursos públicos federais do Fundo Nacional de Saúde (FNS).

Já nas primeiras horas da manhã desta terça-feira, 17, homens da Polícia Federal realizaram busca e apreensão de documentos na Casa de Ricardo Murad, como parte da operação "Sermão aos Peixes", que apura supostos desvios de recursos públicos no sistema de saúde do Maranhão.

Mais de 200 policiais federais e 10 servidores da Controladoria Geral da União (CGU) participaram da operação. As investigações tiveram início em 2010, quando o então secretário de Saúde do Estado do Maranhão, Ricardo Murad, se utilizou do modelo de ‘terceirização’ da gestão da rede de saúde pública estadual. 

Segundo a investigação, ao passar a atividade para entes privados – seja em forma de Organização Social (OS) ou Organização de Sociedade Civil de Interesse Público (Oscip) – o então secretário tentou fugir dos controles da lei de licitação, empregando pessoas sem concurso público e contratar empresas sem licitação e facilitando o desvio de verba pública federal, com fim específico de enriquecimento ilícito dos envolvidos.

Reconciliação nos braços de Sarney

José Sarney ao lado de Edison Vidigal
A pauta do dia traz à tona a recente reconciliação entre o ex-ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Edison Vidigal, após ter buscado a reconciliação com o ex-presidente da República e ex-senador José Sarney (PMDB).

A pérola foi descoberta pelo nobre jornalista e historiador Benedito Buzar, em seu blog, onde ele retrata a situação, que chamou atenção da classe política, já que Vidigal havia rompido com Sarney, durante a campanha eleitoral do saudoso ex-governador Jackson Lago (PDT).

Vidigal que foi cria de Sarney chegou até a sair candidato ao governo do Maranhão, em 2006, embalado pelo ex-governador José Reinaldo Tavares que também rompeu com seu criador político e já fez as pazes por meio de artigos em que coloca a real aproximação com seu padrinho em prol de uma aliança pelo desenvolvimento do estado.

Atualmente, o ex-ministro Vidigal luta contra um câncer e pelo andar da carruagem não pretende partir deste plano físico para o espiritual sem uma reaproximação amigável com Sarney.

PMDB do Maranhão em harmonia?? Conte-me outra...


Se você acredita em "Papai Noel" ou em "Mula Sem Cabeça" talvez acredite também que existe uma harmonia generalizada no PMDB do Maranhão. Se você é daqueles do estilo São Tomé, que só acredita vendo, então você irá duvidar dessa parcimoniosa harmonia que tentam passar nas hostes peemedebistas do estado.

Senão vejamos! Até bem pouco tempo a intriga intestinal na legenda mandou para o espaço, sem direito à discussão, a candidatura da deputada estadual Andrea Murad, que pretendia concorrer à presidência regional do PMDB maranhense. Foi esmagada, sem trégua, pela mão forte do senador João Alberto de Sousa, que acabou reeleito no fim de novembro para comandar o partido no estado.

Quem foi que disse que o nome do ex-secretário Ricardo Murad passou, do dia pra noite, a ser aceitável numa eventual indicação da sigla na corrida sucessória à Prefeitura de São Luís, em 2016? Até mesmo o nome de Andrea Murad não é visto com bons olhos pelos adversários internos do partido na capital, que preferem uma aliança com a candidatura à reeleição do prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT) ou com uma virtual candidatura da deputada federal Eliziane Gama (Rede).

Como pode o PMDB está em harmonia se, ao invés do vice-presidente municipal da sigla, vereador Fábio Câmara, assumir a presidência da legenda em São Luís, com o afastamento do presidente-deputado Roberto Costa, estarem criando uma nova eleição interna para supostamente favorecer o superintendente da Funasa, André Campos, aliado de Costa?

Ao que tudo indica, a harmonia e a unidade do PMDB maranhense estão apenas nas cabeças do ex-senador José Sarney e da ex-governadora Roseana Sarney, que ainda esbravejam para que o partido se mantenha na oposição ao governo Flávio Dino (PCdoB).

Como diz o ditado popular: Sonhar não custa nada!

segunda-feira, 16 de novembro de 2015

"Não cederemos à pressões externas para votar o projeto de licitação dos transportes", diz Astro de Ogum


O presidente da Câmara Municipal de São Luís, Astro de Ogum (PR/foto), voltou a reafirmar, na sessão desta segunda-feira, 16, que o Legislativo não se curvará à pressões externas para apressar a votação do projeto autorizativo que estabelece a licitação dos transportes públicos da capital maranhense.

Segundo Astro de Ogum, a matéria continua tramitando normalmente na Comissão de Transportes da Casa e que cada item do projeto, encaminhado pelo Executivo, será analisado cautelosamente, para que a matéria não venha ser votada de afogadilho e equívocos venham passar despercebidos.

Para o vereador-presidente da Câmara, não há previsão para que o projeto entre na pauta da Casa para votação. "Temos que analisar bem a matéria, pois temos mais de 600 mil usuários do setor de transportes que serão beneficiados com essa licitação", comentou Astro de Ogum.

No Dia Mundial do Diabetes, Instituto Cidade Solidária e Vereador Roberto Rocha Jr. levam atendimentos de saúde à Vila Vicente Fialho

Atendimento e conscientização da comunidade sobre a prevenção do diabetes
No último sábado, 14, foi o Dia Mundial do Diabetes! Para lembrar a data, bem como conscientizar a população sobre os riscos e a importância de prevenir a doença, o Instituto Cidade Solidária e o vereador Roberto Rocha Júnior (PSB), deram as mãos e realizaram, no campo Verona do bairro Vicente Fialho, mais uma edição do programa “Cidade Solidária”.

O programa, que este ano comemora a sua 12º edição, desta vez foi totalmente voltado à prevenção e orientação ao diabetes, doença que atinge 415 milhões de pessoas em todo o mundo, sendo 12 milhões só no Brasil. O objetivo da ação foi tentar identificar as pessoas que estão na zona de risco, para que pudessem fazer um primeiro diagnóstico, bem como conscientizá-las sobre a importância de se manter hábitos de vida saudáveis.

O senador Roberto Rocha e o vereador Roberto Rocha Junior e demais lideranças políticas no evento
No local foram instalados vários estandes, onde, das 13h às 17h, diversos atendimentos gratuitos de saúde foram oferecidos à população, tais como: consultas médicas, glicemia capilar, aferição de pressão arterial, orientação psicológica, orientação nutricional e farmacêutica, serviços de enfermagem, dentre outras atividades disponibilizadas pelos parceiros do evento como Instituto Florence, Universidade Ceuma, Prefeitura de São Luís, Bombeiros Mirins, CEST, Icrim, além das Ligas acadêmicas de Farmácia, Hematologia e Genecologia da UFMA.

Atividades culturais como aula de zumba e mini palestras educativas também foram realizadas. A partir das 17 h a diversão ficou por conta da banda Levada do Teco, dos cantores, Mateus Feitosa, Igor Oliveira e da dupla sertaneja mirim, Bruno e Victor. A dupla é moradora do bairro Vicente Fialho e, durante sua apresentação, foi presenteada pelo vereador Roberto Rocha Júnior, com um violão profissional.

O vereador Roberto Rocha Júnior, que já tem outros projetos em parceria com o Instituto, chegou ao local do evento acompanhado de seu pai, o senador Roberto Rocha (PSB), um dos apoiadores do programa. O jovem parlamentar, que já tem na família um histórico familiar da doença, fez questão de visitar todos os estandes e conferir de perto os atendimentos.

Ivaldo Rodrigues e Rose Sales protagonizam novo embate na Câmara

Rose Sales e Ivaldo Rodrigues voltaram a trocar farpas no plenário da Câmara Municipal de São Luís
Mais um embate no plenário da Câmara Municipal de São Luís, na sessão desta segunda-feira, 16, entre os vereadores Ivaldo Rodrigues (PDT) e Rose Sales (PV). "Fiquei muito triste quando a senhora tentou sujar minha história quando me chamou de racista e preconceituoso", declarou. A afirmativa do pedetista foi por conta de uma entrevista concedida pela vereadora na sexta-feira, 13, no programa Câmara em Destaque, transmitido pela rádio Difusora AM.

Ivaldo declarou que em nenhum momento tentou agredir a vereadora por ser negra. "Quero pedir que Vossa Excelência nesta Casa faça seu trabalho e realize o que sonha, que é disputar a Prefeitura de São Luís, mas que tenha respeito aos trabalhos individuais dos colegas. Que respeite o meu trabalho aqui que faço para homens, mulheres, negros, prostitutas e gays. Que Deus abençoe a todos", frisou.

Em aparte na tribuna da Câmara, Rose Sales disse que não tentou sujar a imagem do colega. "Trabalho muito, para não estar com ações rasteiras com ninguém. Não declarei Vossa Excelência como racista. Como mulher, educadora e negra, Vossa Excelência por diversas vezes me desrespeitou aqui nesta Casa. Na gestão (do ex-prefeito João) Castelo, Vossa Excelência, por não ter elementos para me contrapor, me chamou de leviana", lembrou.

Rose Sales destacou que se contrapôs ao governo (do prefeito) Edivaldo (Holanda Júnior- PDT) na questão de recursos milionários recambiados para a Secretaria de Comunicação, enquanto as feiras e mercados estão abandonadas, assim como na questão da saúde pública e da assistência aos idosos.

"Eu falava dessas coisas do governo (municipal). Nunca subi na tribuna para desrespeitar os colegas e sim falar de ideias. Mas seja quem for nesta Casa que não tenha elementos para se contrapor a um governo irresponsável, que venha me chamar de irresponsável, não aceitarei. Não tenho amarras com o prefeito ou o governador (Flávio Dino- PCdoB)", disparou.

"Não vou aceitar que venham me desrespeitar aqui nesta Casa, quando temos que ter o debate de ideias nivelado", complementou. 

Projeto de licitação dos transportes pode entrar em pauta nesta terça-feira na Câmara Municipal de São Luís


No decorrer desta semana todas as atenções se voltam para o plenário da Câmara Municipal de São Luís. Digo isso porque existe uma enorme expectativa de que seja apreciado e votado pelo conjunto dos 31 vereadores o Projeto de lei Complementar (076/2014), que dispõe sobre a prestação dos serviços de transporte público da capital maranhense.

Na verdade o plenário da Câmara Municipal ainda se debruça sobre uma proposta autorizativa, encaminhada pelo Executivo, para que a Prefeitura possa ter sinal verde para realizar as audiências públicas e dar o devido encaminhamento e lançar o edital de licitação dos transportes públicos.

Há duas semanas, o presidente da Câmara, vereador Astro de Ogum (PR), anunciou o envio aos gabinetes dos parlamentares do texto do projeto de lei, que corresponde a 27 páginas sobre o assunto, com mensagem anexa assinada pelo prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT).

A matéria, que já tramitou na Comissão de Transportes do Legislativo Municipal, segue agora para discussão e votação em plenário, cuja iniciativa da Casa é colocar o projeto em pauta na sessão desta terça-feira, 17. 

Os membros da oposição ao governo municipal, vereadores Fábio Câmara (PMDB) e Rose Sales (PV), prometem fazer barulho e dissecar cada item do projeto.

Aguardem!

sexta-feira, 13 de novembro de 2015

Passaram a rasteira em Fábio Câmara no PMDB


O atual vice-presidente municipal do PMDB em São Luís, vereador Fábio Câmara (foto), continua sendo desprestigiado no partido. Tanto que já é dada como certa a indicação do superintendente da Funasa, André Campos, no cargo da legenda.

Com a licença do deputado estadual Roberto Costa, na condição de presidente municipal do PMDB na capital para disputar a Prefeitura de Bacabal, quem deveria assumir por hierarquia seria o vereador, no entanto, Fábio Câmara não é visto com bons olhos pelo deputado.

Parece ser mais fácil empossar André Campos, pela subserviência expressa a Roberto Costa, do que apostar no vereador Fábio Câmara, que tem luz própria e serviços prestados ao PMDB.

Como se pode observar a unidade na legenda é uma utopia.

Vereador promove ação social na Vila Vicente Fialho


O Instituto Cidade Solidária, em parceria com o vereador Roberto Rocha Júnior (PSB/foto), realizam neste sábado,14, a partir das 13 h, no bairro Vila Vicente Fialho (Campo Verona), mais uma edição do programa “Cidade Solidária”. Desta vez, o evento tem o objetivo de prevenir e orientar a população mais carente da região - portadora ou não de diabetes - sobre os problemas ocasionados pela doença.

O programa vai oferecer atendimentos clínicos gratuitos, mini-palestras com orientação sobre hábitos de vida saudáveis, orientação nutricional, cuidados com os olhos, pés, coração, rins, aferição de pressão arterial, educação física, glicemia capilar, orientação sobre controle do diabetes, entre outros serviços.

No local haverá ainda várias atrações como aula de zumba e exposições culturais. Para fechar a programação, a população poderá se divertir com os shows da banda Levada do Teco, e os cantores, Igor Oliveira e Mateus Feitosa.

O QUÊ: Cidade Solidária- edição diabetes

ONDE: Campo Verona (Vila Vicente Fialho)

QUANDO: Sábado (14)

HORÁRIO: de 13 h ás 17 h atendimento. Das 17 h ás 23 h, shows culturais.

Andrea Murad pode ser candidata à Prefeitura de São Luís


O PMDB tem sido o partido político no Maranhão que mais tem apresentado nomes dispostos a concorrer à Prefeitura de São Luís, nas eleições de 2016. Já apareceram nomes como o do ex-secretário Ricardo Murad, o do deputado federal João Castelo, a empresária e apresentadora de TV Paulinha Lobão, o vereador Fábio Câmara e agora, o nome da deputada estadual Andrea Murad.

Lideranças de proa do PMDB como o ex-presidente José Sarney e a ex-governadora Roseana Sarney tem pregado a unidade da sigla e a permanência na oposição, por entender que o povo decidiu assim, quando elegeu o governador Flávio Dino (PCdoB).

Andrea Murad, que tem sua base eleitoral em Coroatá, tenta substituir seu pai, numa eventual candidatura na capital maranhense. Resta saber se a direção estadual do PMDB, que é comandada pelo senador João Alberto irá acatar a proposta surrealista da nobre parlamentar.

quarta-feira, 11 de novembro de 2015

"Denúncias sobre a Semfaz serão apuradas", diz Edivaldo

Prefeito Edivaldo Holanda Júnior
O prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior (PDT), afirmou nesta quarta-feira, 11, que as denúncias feitas contra a Secretaria Municipal de Fazenda (Semfaz), sob suposta evasão de receitas no município, serão apuradas para que não paire nenhuma dúvida sobre o assunto. As declarações do gestor foram feitas em entrevista ao programa Câmara em Destaque, transmitido pela rádio Difusora AM.

As denúncias de evasão de receitas no município foram feitas pelo auditor Antônio Alberto Bello Fecury, formalizadas à Câmara de São Luís. Além da evasão de receitas, o auditor também chamou a atenção para a real possibilidade de estímulo á sonegação fiscal, prescrição na cobrança do ISS (Imposto Sobre Serviço) e cerceamento à atividade do fisco na Semfaz. O fato também foi mencionado pelo vereador Fábio Câmara (PMDB). 

O prefeito Edivaldo destacou que apesar das dificuldades, a Secretaria de Fazenda tem avançado bastante. "Estamos modernizando o órgão, mas esse não é um trabalho de curto prazo e sim, de médio e longo prazo. Iremos realizar em breve concurso público para o cargo de auditor fiscal, para ampliar e melhorar o quadro da Semfaz, além de promover concurso para outros setores da Prefeitura", garantiu.

Vereador chama atenção para evasão de receitas em São Luís

Vereador Fábio Câmara solicita atenção especial do prefeito Edivaldo
O líder da oposição na Câmara de São Luís, vereador Fábio Câmara (PMDB), tem denunciado a evasão de receitas no município. Na semana passada, o parlamentar protocolou ofício (020/2015), junto à Secretaria Municipal de Fazenda (Semfaz), solicitando informações sobre as denúncias apresentadas.

Fábio Câmara tem afirmado que as denúncias são graves, principalmente no momento de crise financeira que atravessa o país e que, consequentemente,  atingem estados e municípios. O vereador tem chamado a atenção do prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT) para tomar medidas imediatas que possa equacionar o problema.

Caso a questão não seja resolvida, Fábio Câmara pretende cobrar da Prefeitura , via judicial, para obter explicações sobre a problemática.

terça-feira, 10 de novembro de 2015

Paulinha Lobão pode ser candidata a prefeita pelo PMDB


O mais novo nome do PMDB para disputar a Prefeitura de São Luís, em 2016, é o da empresária e apresentadora de TV, Paulinha Lobão (foto). Pode até parecer surpresa, mas o indicativo teria o aval de lideranças do partido, sob o comando do senador João Alberto, presidente estadual reeleito.

O nome de Paulinha Lobão ganhou força depois que ela conseguiu aglutinar uma multidão de mulheres e demais lideranças em prol da candidatura do seu esposo, o empresário e suplente de senador, Edinho Lobão, que perdeu as eleições para o governo do Maranhão, em 2014, para o atual governador Flávio Dino (PCdoB).

Até o momento, Paulinha Lobão ainda não se manifestou sobre o assunto, mas também não negou a possibilidade.

Clima esquenta entre Ivaldo Rodrigues e Rose Sales

Vereadores Ivaldo Rodrigues e Rose Sales batem boca no plenário
Literalmente o clima esquentou na sessão desta terça-feira, 10, entre os vereadores Ivaldo Rodrigues (PDT) e Rose Sales (PV). O parlamentar pedetista criticou a postura da colega de plenário, que vem intensificando sua artilharia pesada contra a gestão do prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior (PDT), em especial na área da Educação e o abandono da gestão municipal às feiras da capital.

Após Ivaldo tecer duras críticas, Rose Sales pediu a palavra e rebateu contra o parlamentar brizolista, que não gostou e começou a bater boca durante a sessão, que é transmitida ao vivo pela rádio Difusora AM, das 10h às 13h.

Foi preciso o presidente da Câmara Municipal, Astro de Ogum (PR), suspender a sessão por alguns minutos para que os dois vereadores pudessem se acalmar.

Após tomarem um pouco d´água e terem os ânimos serenados, os dois parlamentares pediram desculpas à população e permitiram o prosseguimento da sessão.

Vale ressaltar que Ivaldo Rodrigues é vice-líder do prefeito Edivaldo Holanda Júnior, na Câmara Municipal; e Rose Sales, pré-candidata à Prefeitura de São Luís em 2016.

Aguardem novos embates!

"Esta Casa não será empurrada contra a parede", diz Astro sobre o projeto de licitação dos transportes em São Luís


O presidente da Câmara Municipal de São Luís, Astro de Ogum (PR/foto), anunciou na sessão desta terça-feira, 10, que o projeto de lei autorizativo que define o edital de licitação dos transportes da capital entrará em pauta na próxima semana para apreciação, discussão e votação da matéria.

Na oportunidade, o chefe do Legislativo Municipal alertou que não aceitará pressões externas que venham apressar a votação do projeto encaminhado pelo Executivo. "Não tenho nenhum laço com empresários do setor de transportes e acho que aqui nesta Casa ninguém tem. Portanto, essa matéria irá tramitar normalmente na Câmara. Não será meia dúzia de pessoas fazendo pressão que querem definir os destinos de mais de 600 mil usuários do setor", disparou Astro de Ogum.

Ele destacou ainda que há uma expectativa enorme da população com a licitação dos transportes em São Luís e que a discussão já passou por vários governos municipais. 

"Esse projeto de licitação vem de vários governos municipais. Basta lembrar que no apagar das luzes da gestão do ex-prefeito Tadeu Palácio, esse mesmo secretário de Transportes (Canindé Barros) que aí está, encaminhou a esta Casa o projeto. Entendo que esta Câmara não será empurrada contra a parede, pois a nossa responsabilidade é com a população", disse o presidente Astro de Ogum.

Menos vagas prometidas para a educação do Maranhão

Governador Flávio Dino corta pela metade o número de vagas
Quando ainda se encontrava em campanha eleitoral, em 2014, o governador Flávio Dino (PCdoB) chegou a anunciar que destinaria 3 mil vagas em concurso público para o setor. Passado um pouco mais de um ano de eleito, agora o comunista mudou de ideia e cortou pela metade o número de vagas a ser ofertadas para o preenchimento de vagas para o cargo de professor do quadro permanente da Secretaria de Estado de Educação (Seduc).

A expectativa dos profissionais da educação era de que um número maior fosse contemplado com o concurso, que vem sendo aguardado há bastante tempo. Porém, na sexta-feira passada, 6, o governo publicou edital para o preenchimento de apenas 1.500 vagas.

Vale ressaltar que o concurso já estava previsto em projeto de lei, encaminhado à Assembleia legislativa em 2014, durante a gestão da ex-governadora Roseana Sarney (PMDB). 

O concurso também já estava previsto no Orçamento do Estado, aprovado pelo Legislativo Estadual, para o exercício financeiro de 2015 e deveria contemplar as vagas anteriormente anunciadas. 

segunda-feira, 9 de novembro de 2015

Projeto de licitação dos transportes pode ser votado no apagar das luzes de 2015


Pelo andar da carruagem o projeto de lei autorizativo, que prioriza a licitação dos transportes em São Luís, pode vir a ser apreciado e votado somente na segunda quinzena de dezembro, ou seja, no apagar das luzes do semestre legislativo de 2015, na Câmara de Vereadores.

Quem confirma a expectativa é o vereador Ricardo Diniz (sem partido), ao afirmar ao blog que pela complexidade do teor da matéria, que se encontra tramitando a Câmara Municipal, dificilmente a proposta deve ser votada ainda neste mês.

Há duas semanas, o presidente da Câmara de São Luís, Astro de Ogum (PR), encaminhou cópias do projeto aos gabinetes dos 31 vereadores para que os parlamentares possam analisar criteriosamente a matéria.

Ricardo Diniz destaca que a preocupação maior  é deixar que o projeto fique para o ano que vem, que será um ano eleitoral, e que dificilmente acabaria entrando em pauta na Casa.

Deputado denuncia exoneração de delegado

O delegado Sebastião Uchôa foi exonerado pelo governo Flávio Dino
O deputado estadual Sousa Neto (PTN) denunciou nas redes sociais a perseguição política do governo Flávio Dino (PCdoB) contra o delegado Sebastião Uchôa, que culminou com sua recente exoneração da Delegacia de Proteção aos Animais. 

Segue abaixo a íntegra do texto do nobre parlamentar:

"Quem conhece sabe que o delegado Sebastião Uchôa sempre fez o seu melhor em todos os lugares pelo qual passou, seja como delegado de polícia, Superintendente da Policia Civil da Capital, Secretario de Administração Penitenciária e não foi diferente na Delegacia de Proteção aos Animais em que atuava, até ser exonerado pelo governador Flávio Dino.

Uchôa foi tirado da secretaria de uma importante pasta e colocado em uma delegacia que para os olhos do governo não tinha relevância, como forma de punição, só não contavam que Uchôa faria com competência e ganharia espaço. Começou a incomodar.

A comoção tem sido geral, associações de proteção aos animais têm lamentado e condenado o afastamento dele. Ressaltam que ele tinha sido o único delegado até então que valorizava e investigava denúncias contra os animais.

Mas já era de se esperar, esse é o governo em que apenas incompetentes têm vez e aqueles que fazem bem as suas funções, não tem espaço. É o governo do revanchismo, da vingança, que segrega e massacra e que considera a ração, principal alimento dos animais como item de luxo e supérfluo".

Sarney quer PMDB maranhense na oposição

O ex-senador José Sarney conversa com membros do PMDB maranhense, em reunião na sede do partido
O ex-presidente da República e ex-senador José Sarney tem sido enfático ao declarar, publicamente, que deseja ver o PMDB maranhense na oposição ao governo Flávio Dino (PCdoB) e ao prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior (PDT).

As declarações de Sarney tem um recado direto tanto para o senador João Alberto, reeleito presidente estadual da legenda, quanto para o deputado estadual Roberto Costa, que tem se mantido em cima do muro quando o assunto é levar o PMDB para a oposição.

Para Sarney, o povo foi quem colocou a sigla partidária na oposição ao eleger o governador Flávio Dino e agora, segundo ele, cabe às lideranças do PMDB cumprir a missão com firmeza e sem fazer curva.

Eliziane pode ficar de fora da disputa eleitoral de 2016

A deputada federal Eliziane Gama em conversa com o deputado federal Waldir Maranhão na busca por alianças
Ao que tudo indica, aliados mais próximos da deputada federal Eliziane Gama (Rede) apostam que a parlamentar pode ficar de fora do embate eleitoral de 2016, para a Prefeitura de São Luís.

Segundo informações de bastidores, Eliziane estaria conversando com o grupo do governador Flávio Dino (PCdoB), que entende que esse não é o melhor momento para a deputada entrar de cabeça na corrida sucessória ao Palácio La Ravardière, sede do governo municipal.

Isso porque a máquina do governo estadual estará dando atenção especial à reeleição do prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT) e, portanto, atropelaria uma eventual candidatura da deputada.

No entanto, a nobre parlamentar não ficaria desassistida, pois ela teria como prêmio de consolação uma garantia de apoio na disputa pela Prefeitura da capital em 2020, já que o prefeito Edivaldo não poderá mais concorrer à reeleição.

Será??

sábado, 7 de novembro de 2015

Aprovados do concurso do TJ em São Luís aguardam ser chamados


Os aprovados no concurso do Tribunal de Justiça, para a Comarca de São Luís, ainda aguardam ser chamados para ocupar seus devidos cargos. O blog mais uma vez abre espaço para o clamor dos aprovados.

Boa tarde nobre amigo! Chegamos ao mês de novembro, e consequentemente nosso prazo vem se esgotando, tendo em vista que só faltam 05 (cinco) meses para o final da validade do concurso de servidores do TJMA 2011. Como as convocações não vem acontecendo, pelos problemas orçamentários que o TJ vem enfrentando, visualizamos uma saída, que seria uma nova prorrogação do concurso. Isso permitiria que o Tribunal tivesse mais tempo para executar as convocações e daria mais esperança aos aprovados que aguardam ansiosos por uma chance de ingresso no serviço público. 

Destacamos que não haveria prejudicados, pois não existe edital para um novo concurso, sendo assim, o Tribunal não teria gastos em realizar um novo certame, e nós passaríamos a contar com um tempo maior para futuras convocações. Estaremos postando agora de maneira semanal, e contamos com a ajuda/compreensão para que possamos utilizar seu espaço – como já temos feito nos últimos meses – para a divulgação semanal de nossa causa e possível solução! Gratos pela oportunidade!

Segue a Lista dos aprovados dos Comissários de Justiça para São Luis-MA 

Comarca: São Luis

ANGELO CRUZ ALMEIDA DE SOUSA
CAROLINA DOS SANTOS MENDONÇA LIMA
RICARDO BRUNO BECKMAN SOARES DA CRUZ
CAROLINE DE OLIVEIRA RABELO
CARLOS OTÁVIO FREIRE FRANCO
ÍTALO COELHO ALBUQUERQUE
FERNANDO JOSÉ ANDRADE SALDANHA
GABRIELA CARVALHO RIBEIRO
MÁRCIO HENRIQUE ALMEIDA PORTELA
RODOLPHO SILVA OLIVEIRA
MÁRIO GONZAGA MATOS DOS REIS JÚNIOR
CÁSSIA ELENE BORRALHO DOS SANTOS
PÂMELA ALESSANDRA BORGES DE SOUSA
LEANDRO SALDANHA DE ALBUQUERQUE
JAMILLE BARROS CAMPELO
HEIDY KELLEM SOUSA
VANESSA CRISTINA RAMOS FONSÊCA DA SILVA
DIEGO SANTA BRIGIDA CUBA
DIEGO CARVALHO DE SOUSA
THIAGO DE SOUSA
DIANA DOS SANTOS TELES
FERNANDA PROTÁSIO VERAS
BETHANIA BELCHIOR COSTA
PAULA CRISTIANE SALDANHA VIANA
RAÍSSA MOREIRA LIMA MENDES
WESCLEY PAZ SOUSA
CARLA CHRISTINA DA SILVA ALLEN
NEILA MARILDA SOARES MORAES
CÁCIA SAMIRA DE SOUSA CAMPOS
FRANCISCO LEONARDO SILVA JUNIOR
JULIO CÉSAR NEVES SANTOS
LUIS GUILHERME BITTENCOURT SILVA
PATRÍCIA CASTELO BRANCO AZEVEDO
SHIRLEYANNE DA SILVA BRITO
WELISSON FERNANDO MORAES DE SOUSA
WEBER DE RIBAMAR PENHA CORREA
RAILSON CASTRO DE SOUZA
ROGÉRIO DE LIMA REIS ARAÚJO
SUELEN MARIA RODRIGUES SOUSA
THAÍSA HELENA PEIXOTO CASTELO BRANCO
MARCELO RODRIGUES ERICEIRA
LEONARDO JOSÉ DIAS CORDEIRO
AESKA DAMASCENO GUIMARÃES
GLEYCIANNE ARAUJO ALVES
GRACIELLE CRISTINA LIMA PEREIRA
JAILSON DOS SANTOS COSTA

Aproveitando, levantamos que, a questão da espera por convocações, não é apenas do nosso cargo – existem comissários em outras comarcas - , mas também dos Analistas, Técnicos e Auxiliares.
Desde já, agradecemos o espaço.

Sarney vira 'bombeiro' no PMDB do Maranhão


Só faltava a figura do ex-presidente da República e ex-senador pelo Amapá, José Sarney (foto), entrar em cena para apagar o fogo que queima e tem como combustível a disputa interna entre o senador João Alberto e o ex-secretário de Saúde, Ricardo Murad.

Depois de se manter recluso da seara política por alguns meses, Sarney foi visto, na última sexta-feira, 6, no encontro com dirigentes e militantes do PMDB do Maranhão, quando na oportunidade fez duras críticas às recentes gestões da Prefeitura de São Luís.

Sarney declarou que "há muito tempo São Luís não tem prefeito", cuja declaração com certeza será alvo de análises diversas do ponto de vista político-eleitoral.

Isso porque Sarney há muito tempo não era visto entrando de cabeça na disputa política em São Luís. Pelo menos de forma midiática, deixando essa postura para seus asseclas de plantão.

Fora do cenário nacional, Sarney voltou sua carga pesada para investir na unidade do PMDB e como 'bombeiro' apagar um incêndio que pode destruir o habitat do PMDB no estado e com isso, ver a enxurrada eleitoral de 2016, acabar de uma vez por todas com o projeto político do grupo.

Em seu discurso no PMDB, Sarney aproveitou para fazer uma mea culpa. "Os prefeitos que temos tido em São Luís não tomaram conta da cidade. Acho que tenho grande culpa nisso, porque quando fui governador eu abri essas avenidas todas que tem aí. Trouxe a ponte do São Francisco. Com isso, a cidade de São Luís teve outras perspectivas", declarou.

sexta-feira, 6 de novembro de 2015

Projeto de Pavão Filho obriga empresas operadoras de serviço público instalarem escritório em São Luís


A Câmara Municipal deverá se manifestar, ainda neste semestre, sobre o projeto de lei do vereador Pavão Filho (PDT) que estabelece normas para as empresas prestadoras de serviço se estabelecerem em São Luís. A medida atinge diretamente as telefônicas e operadoras de TV por assinatura que não possuem escritórios na capital e obrigam seus clientes a utilizarem o Call Center.

Segundo a lei em fase de tramitação, toda empresa prestadora de serviço no Município de São Luís deverá ter filial ou escritório terceirizado para atendimento ao consumidor, garantir o direito do consumidor de ter atendimento presencial por pessoa devidamente qualificada para receber, responder e solucionar ou encaminhar para pedidos de informação, reclamações e solicitações de serviços, rescisão ou qualquer outra demanda ligada ao serviço da prestadora.

Quem desrespeitar será notificado pela Secretaria Municipal da Fazenda e terá prazo de 30 dias para regularizar a situação. Caso não corrija a irregularidade terá multa diária de R$ 5 mil. A persistência na infração implicará na não renovação do alvará de funcionamento.

“Os atendimentos feitos por Call Center não são satisfatórios, geram várias reclamações em todo o país. É dever, porém, do fornecedor de serviços atenderem satisfatoriamente todos os seus consumidores, não podendo ser estes reduzidos somente a números de planilha de contabilidade dessas empresas”, justifica o vereador.

Força feminina para unificar o PMDB do Maranhão

A ex-governadora Roseana Sarney tenta unificar o PMDB 
Percebendo que a desagregação ainda persiste nas hostes do PMDB maranhense, a ex-governadora Roseana Sarney resolveu não ficar só no discurso de buscar a unidade na legenda e partiu para a prática.

Como solução para o problema, que fere de morte o PMDB estadual, Roseana vai tentar sensibilizar as demais lideranças do partido pelas mãos do PMDB Mulher. Ela acredita que a força feminina pode livrar a sigla dos caos que se instalou nos últimos meses.

A ex-governadora tenta a todo custo apagar o incêndio gerado no calor das eleições internas do PMDB entre o senador João Alberto, reeleito no fim de outubro para a presidência estadual da legenda, e o ex-secretário estadual de Saúde, Ricardo Murad.

De lá pra cá, Roseana tem aparecido com frequência na mídia com a proposta de manter o partido na oposição e, acima de tudo, unificado para enfrentar de cabeça erguida as eleições municipais de 2016.

quinta-feira, 5 de novembro de 2015

Charge do Dia: A refinaria é nossa


Refinarias Premium I e II viram alvo de investigação do TCU


A decisão do Tribunal de Contas da União (TCU) em fazer uma análise apurada na Petrobras em relação aos atrasos e decisões que prejudicaram os andamentos das obras das refinarias Pemium I, no município de Bacabeira, no Maranhão; e II, no Ceará, pode respigar não só sobre a gestão da presidente Dilma Rousseff (PT), mas também em outras autoridades envolvidas o processo de instalação do empreendimento.

Em seu balaço patrimonial de 2014, a Petrobras registrou prejuízo contábil de R$ 2,8 bilhões em relação aos dois projetos previstos para serem erguidos nos dois estados.

Segundo o TCU, a primeira vez que os projetos das refinarias Premium apareceu no plano de negócios da Petrobras foi no planejamento de 2007 a 2011, quado Dilma se encontrava a frente do Conselho.

Rose Sales sai em defesa da educação de São Luís

A vereadora Rose Sales vem buscando discutir alternativas para melhorar a educação de São Luís
A vereadora Rose Sales (PV) vem se articulando intensamente para disputar as eleições de 2016 à Prefeitura de São Luís. Para dar maior visibilidade às suas ações, em especial, na defesa da educação, a parlamentar tem realizado plenárias para buscar soluções para o setor no município.

Desde que rompeu com a gestão do prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT), a vereadora tem sido intransigente no debate de que a educação pública de São Luís tem de melhorar muito e cobrado do Executivo Municipal atenção redobrada para o setor.

Com o resultado dos trabalhos oriundos das plenárias, Rose Sales pretende elaborar sua plataforma de campanha para apresentar à população durante o período eleitoral como forma de efetivar sua participação na corrida sucessória ao Palácio La Ravardière, sede do governo municipal.