Banner da Prefeitura de São Luís

Banner da Prefeitura de São Luís

sexta-feira, 27 de maio de 2016

Até Sarney descobriu que nada será como antes no Brasil da Lava Jato


Por Augusto Nunes
Da Veja

Brasília- Na conversa entre José Sarney (foto) e Sérgio Machado, gravada pelo Mário Juruna do Petrolão, o ex-presidente da República se dispõe a ajudar o ex-presidente da Transpetro a escapar da Operação Lava Jato sem recorrer ao acordo de delação premiada ─ desde que o amigo em apuros atendesse a uma exigência: não meter advogado no meio. Eis aí outra evidência de que a República de Curitiba melhorou o país.

Até 2014, o manual dos corruptos ensinava que todo delinquente prestes a embarcar na traseira do camburão deveria chamar imediatamente um advogado especializado em demonstrar a inocência de qualquer culpado e capaz, se necessário, de empurrar o desfecho do caso, com incontáveis recursos, até o século seguinte. Em poucas horas, o bandido em perigo estava livre, leve e solto para continuar ampliando o prontuário.

Agora, os advogados sensatos propõem ao cliente que feche o quanto antes um acordo com a Justiça. O que disse a Sérgio Machado informa que até Sarney descobriu que nada será como antes: a Lava Jato mudou o Brasil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário