Banner da Prefeitura de São Luís

Banner da Prefeitura de São Luís

quarta-feira, 11 de maio de 2016

Ivaldo diz que Edivaldo aguardará notificação da Justiça sobre licitação


O vice-líder do governo municipal, vereador Ivaldo Rodrigues (PDT/foto), afirmou nesta quarta-feira, 11, que a Câmara de São Luís está pronta para acompanhar, como órgão fiscalizador, e saber quais motivos levaram as empresas Ratrans, 1001 Expresso e Viação Primor a entrar na Justiça contra o projeto de Licitação dos Transportes na capital maranhense. 

"Não tenho ainda conhecimento jurídico dessas argumentações feitas pelas empresas e pelo próprio Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros (SET). Vamos aguardar a posição da Justiça, mas temos que ter conhecimento sobre o caso que envolve a licitação, que é um anseio da população de São Luís, para adequar todo sistema de transporte público da capital", disse o vereador.

Ivaldo ressaltou que os usuários do sistema deseja transporte de qualidade e almeja que sejam retirados de circulação empresas que operam em São Luís há mais de 20 anos sem renovação de frota. "Temos hoje empresas com apenas 12 ônibus para uma cidade com mais de 1 milhão de habitantes, o que é um tremendo absurdo e que não pode continuar", frisou.

Segundo o vice-líder, a equipe técnica da Prefeitura trabalhou intensamente, por meio da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT) para que não houvesse nenhum prejuízo tanto para as empresas quanto para os usuários do sistema de transporte da capital. "O prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT) ainda não irá se manifestar e sim, aguardar a notificação da Justiça para recorrer", complementou Ivaldo Rodrigues.

Nenhum comentário:

Postar um comentário