segunda-feira, 30 de maio de 2016

Sarney diz que Lula considera Dilma um erro político

O ex-senador José Sarney (PMDB) mantendo conversas com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT)
Ainda repercute bastante nos meios políticos um novo trecho de diálogos gravados pelo ex-presidente da Transpetro, Sérgio Machado, em que o ex-senador e ex-presidente da República, José Sarney (PMDB), afirma que Luiz Inácio Lula da Silva (PT) considera a escolha da presidente afastada Dilma Rousseff (PT), para sucedê-lo, como o mais grave erro.

A reprodução do diálogo, gravado por Sérgio Machado, foi veiculado no último sábado, 28, do Jornal Hoje e no Jornal Nacional, da TV Globo. A conversa foi gravada na residência do próprio ex-senador José Sarney.

No diálogo Machado diz a Sarney : "Agora, tudo por omissão da dona Dilma", numa alusão às investigações da operação Lava Jato, da Polícia Federal, que vem aterrorizando o mundo político em Brasília.

Sarney responde: "Ele (Lula) chorando. O que ia contar era isso. Ele me disse que o único arrependimento que ele tem é ter ajudado a eleger a Dilma (Rousseff). Único erro que ele cometeu. Foi o mais grave de todos", diz Sarney no diálogo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário