Banner da Prefeitura de São Luís

Banner da Prefeitura de São Luís

terça-feira, 7 de junho de 2016

Nunca na história desse país...

O presidente do Senado, Renan Calheiros, e o ex-presidente da República, José Sarney, são amigos de longas datas
Essa é a primeira vez na história do Brasil que a Procuradoria Geral da República (PGR) pede a prisão de um presidente do Congresso Nacional e de um ex-presidente da República. O inédito fato se confirmou nesta terça-feira, 7, com a decisão do procurador geral da República, Rodrigo Janot, de pedir a prisão de caciques do PMDB como o presidente do Senado, Renan Calheiros, e do maranhense e ex-presidente José Sarney. 

Também foram solicitadas as prisões do senador Renan Calheiros e do presidente afastado da Câmara Federal, Eduardo Cunha.

Agora quem irá analisar o caso é o ministro Teori Zavascki, relator da operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF). No fato envolvendo o ex-presidente José Sarney, Renan Calheiros e Romero Jucá, a base para os pedidos de prisão tem relação com as gravações feitas pelo ex-presidente da Transpetro, Sérgio Machado, envolvendo os caciques do PMDB.

Os pedidos de prisão foram divulgados nesta terça-feira pelo jornal O Globo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário