anúncio no blog

anúncio no blog

quarta-feira, 23 de novembro de 2016

Tardia desocupação do Cintra revela depedração do patrimônio público


Ainda que tardia, considero acertada a decisão do governo do estado em determinar que a Polícia Militar promovesse a desocupação da unidade escolar do Centro Integrado Rio Anil (Cintra), no bairro do Anil. A ordem de despejo de estudantes que se colocam contrários à PEC dos Gastos Públicos do governo federal ocorreu na noite de terça-feira, 22, sendo conduzidas 16 pessoas para o prédio da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (SEIC).

Desse universo de manifestantes, sete pessoas são maiores de idade e foram autuadas em flagrante por depedração do patrimônio público, já que foram constatados que computadores e documentos escolares foram extraviados. Todos se encontram detidos e também irão responder por corrupção de menores e uso de entorpecentes. Os menores foram liberados na presença de seus responsáveis.

O titular da Seic, delegado Tiago Bardal, informou que a polícia constatou que o prédio da escola ficou destruído após os 42 dias de ocupação.“Destruíram totalmente a escola. Quebraram televisores, computadores, armários, a merenda escolar também. Picharam a escola com a sigla de uma facção criminosa. Crimes previstos no Código Penal, por isso, os maiores foram autuados em flagrante”, disse o superintendente.

Com relação aos menores de idade, foi feito um boletim de ocorrência e agora eles vão aguardar uma audiência para que o promotor diga quais as medidas serão tomadas. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário