Comercial da Prefeitura de São Luís

Comercial da Prefeitura de São Luís

domingo, 19 de fevereiro de 2017

Lula e Temer se confrontam a partir de março na TV


As duas maiores siglas eleitorais do país, PT e PMDB, vão começar a investir em seus principais líderes, visando as eleições gerais de 2018. Segundo o site Congresso em Foco, a partir de março começa a ser transmitido na televisão o horário partidário obrigatório.

O PT deverá usar a imagem do ex-presidente Lula em todas as suas inserções estaduais até o meio do ano. De acordo com a coluna Painel, da Folha de São Paulo, o objetivo do partido é acostumar a população com a ideia de que Lula será o candidato petista no próximo pleito.

Já o PMDB, por sua vez, investirá na imagem do presidente Michel Temer como protagonista do horário partidário. A sigla pretende vender a imagem de Temer como "reformista", além de exaltar o saque das contas inativas do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), vista como medida mais popular da sua administração até agora.

A versão final do roteiro eleitoral do programa do PMDB precisará passar pela aprovação do senador Romero Jucá (RR), pelo ministro da Secretaria Geral da Presidência, Moreira Franco, além do próprio presidente Michel Temer.

Para aproximar o presidente da região Nodeste, onde Lula ainda é mais forte, o PMDB vai apostar na transposição do Rio São Francisco. Na área econômica, a sigla vai apresentar um "pacote" de notícias positivas, que inclui a queda do dólar e do risco país e a inflação abaixo do 6%.

Um comentário:

  1. Me causa repugnância esses políticos pilantras que usam o mandato para cometerem crimes e ainda se colocam como salvadores da pátria, caso de Lula, deveriam tomar vergonha na cara e a população por sua vez também precisa fazer a sua parte reprovando todos que atualmente têm mandato e que tentarão a reeleição. Político sujo nunca mais!

    ResponderExcluir