Comercial da Prefeitura de SL

Comercial da Prefeitura de SL

terça-feira, 7 de março de 2017

Roberto Rocha diz que Dino não consegue tirar o Maranhão do atraso

Senador Roberto Rocha (PSB)
O empresário do setor de comunicação e senador Roberto Rocha (PSB) não vem ponderando as palavras quando o assunto é a gestão do governador Flávio Dino (PCdoB). Segundo o parlamentar, não existe política administrativa do governo comunista para tirar o Maranhão do atraso. Em recente entrevista à revista Maranhão Hoje, do jornalista Aquiles Emir, o senador considerou pífia as medidas para tirar o estado do atraso.

"O principal erro, infelizmente, é o interdito ideológico que não permite ver que apenas com o desenvolvimento econômico podemos sustentar um verdadeiro desenvolvimento social. Nesse sentido, minha maior diferença é justamente de visão do papel do Estado. O governador anunciou um choque de capitalismo, mas até o momento tem dado choque apenas nos capitalistas, aumentando impostos e taxando a produção. Critico o comunismo para não ver meu estado sofrer um choque anafilático", diz o senador.

Na oportunidade, Roberto Rocha confirmou sua disposição de sair candidato ao governo do Maranhão, em 2018, mas se fazer qualquer aliança política com o grupo Sarney, que perdeu o pleito de 2014, para o atual governo Dino. "Não existe qualquer possibilidade de aliança com o grupo Sarney e essa condição nem está nos meus planos", afirma.

2 comentários:

  1. Se ele fosse governador será que faria melhor? Alguém que segundo a imprensa não paga nem seus funcionários de sua empresa particular, boa coisa não deve ser, desejo que todos que atualmente têm mandato Seja legislativo ou executivo nunca mais consigam se reeleger, renovar é preciso.

    ResponderExcluir
  2. Ainda espero saber o que faz um Senador da República, o nobre parlamentar disse em campanha que iria mostrar o que realmente um Senador faz. Além do mais, a casa estava bagunçada há 50 anos e não seria em 2 anos que o Governador resolveria tudo.

    ResponderExcluir