Banner da Prefeitura de São Luís

Banner da Prefeitura de São Luís

quinta-feira, 27 de abril de 2017

Vereador do PSB garante que secretário já teria pedido para sair


O vereador Estevão Aragão (PSB/foto) disse nesta quinta-feira, 27, que já teria informações de uma fonte fidedigna que o secretário municipal de Educação de São Luís, Moacir Feitosa, teria pedido para sair da pasta, por questões de falta de infraestrutura para trabalhar. As declarações do parlamentar socialista foram feitas nesta manhã, em entrevista exclusiva ao programa Câmara em Destaque, na rádio Difusora AM (680 Khz). Na semana passada, quem levantou essa questão da queda do secretário foi o vereador Marquinhos Silva (DEM).

Estevão Aragão ressaltou que até o momento o titular da Semed ainda não saiu porque foram aparadas arestas internas na gestão do prefeito que possibilitaram dar um novo fôlego ao secretário Moacir Feitosa. No entanto, o vereador acredita que pela postura ética do gestor da pasta, a situação não deve perdurar por muito tempo.

"Aredito que o secretário Moacir deve mesmo deixar a pasta da Educação da capital e o caos pode se instalar no setor", enfatizou o socialista Estevão Aragão.  

Um comentário:

  1. Pode-se considerar a educação pública de São luís uma panela de pressão que foi deixada no fogo sem água e acabou explodindo, mas claro que é necessário um bode expiatório e nada mais oportuno do que culpar o secretário, agora resta saber quem será que vem com a incrível solução para esse faraônico problema. Ontem o repórter da Mirante foi à UEB Paulo Freire na Liberdade fazer uma matéria que foi veiculada em rede nacional pela TV Globo, aí como um milagre apareceram uns operários para fazer a pseudo-reforma na escola tudo, teoricamente, tem limite, menos a cara de pau dos políticos.

    ResponderExcluir