Comercial da Prefeitura de SL

Comercial da Prefeitura de SL

segunda-feira, 22 de maio de 2017

E agora? Tucanos querem prova de amor de Dino ao PSDB

No palanque da campanha de 2014, o senador Aécio Neves, o vice Carlos Brandão e o governador Flávio Dino (PCdoB)
Em meio à crise política que se abateu sobre o PSDB nacional, com a suspensão do mandato do senador Aécio Neves, e o afastamento do parlamentar da presidência do partido, após contundentes delações do empresário Joesley Batista, dono do frigorífico JBS, o ninho tucano vive uma crise sem precedentes.

No Maranhão, o PSDB foi um dos principais partidos aliados na campanha do governador Flávio Dino (PCdoB), em 2014, e tem como vice-governador Carlos Brandão, que preside o tucanato no estado com o aval das hostes comunistas.

No entanto, até o momento o governador Dino sequer esboçou reação em defesa do companheiro Aécio Neves, que no pleito governamental passado esteve até aqui na capital maranhense para prestar solidariedade à campanha do comunista, que saiu vencedora das urnas em todo o estado com expressiva votação.

No entanto, parece que três anos depois a ingratidão com o ainda combalido senador Aécio Neves é a moeda de troca do governador Flávio Dino, que tem buscado nas últimas horas manter sua imagem fora do foco do tucano.

É por isso que a política é mesmo muito dinâmica!

Nenhum comentário:

Postar um comentário