segunda-feira, 8 de maio de 2017

"Pai Donato" volta a ser preso por crimes ligados à seita religiosa


O programa Fantástico, da Rede Globo de Televisão, mostrou na edição do último domingo, 7, que o grupo liderado por Donato Brandão é acusado de vários crimes como estelionato, falsidade ideológica, lavagem de dinheiro e organização criminosa. Porém, "Pai Donato" é bem conhecido da polícia do Maranhão.

Nos anos de 1990, ele comandava no estado a Seita Mundial e pelos seguidores, era chamado de "Pai", numa referência a um novo messias. Na época as investigações concluíram que a seita praticava a emasculação (castração) de jovens.

Donato Brandão passou dez anos e quatro meses preso, saiu em 2010 e em 2013, deixou o Maranhão pela Região Serrana do Rio de Janeiro. Agora, a polícia vai investigar se a seita de Donato também está envolvida com outro crime: o de exploração da prostituição. Ao todo, 11 pessoas foram presas. Veja o vídeo da reportagem acima.

Nenhum comentário:

Postar um comentário