Comercial da Prefeitura de São Luís

Comercial da Prefeitura de São Luís

terça-feira, 9 de maio de 2017

"Se um secretário não dá certo, o governante troca por outro", diz Pavão


O líder do governo municipal, vereador Pavão Filho (PDT/foto), saiu nesta terça-feira, 9, em defesa do prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior (PDT), ao afirmar na tribuna da Câmara que se um secretário não dá certo, a culpa não é do prefeito. "Cada um tem a responsabilidade de responder pelo cargo, ou seja pela pasta que dirige. Isso é democrático. Se um secretário não está se adequando, que seja trocado por outro", declarou o parlamentar em tom vibrante, para surpresa dos demais colegas de parlamento.

Pavão Filho deixou bem claro, nas entrelinhas, que o que não pode é o prefeito Edivaldo Holanda Júnior ficar sangrando politicamente, enquanto não houver ajuste administrativo na pasta da Educação ao qual o secretário (Moacir Feitosa) foi nomeado para tal função. 

A defesa do líder do governo do prefeito Edivaldo foi feita minutos após os vereadores Estevão Aragão (PSB) e Professor Sá Marques (PHS) lamentarem, em plenário, a ausência do secretário de Educação, Moacir Feitosa, em não poder comparecer à audiência marcada na Câmara, entre os dias 8 e 9 do corrente mês, aprovada por unanimidade na Casa, para traçar um Raio X do setor educacional na capital maranhense.

Um comentário:

  1. Na legislatura passada esse vereador era intitulado "vereador da educação" só que nunca vi ou soube que ele tenha visitado alguma escola e cobrado do prefeito a solução dos problemas e agora o que se percebe é que eleu quer colocar a culpa em Moacir Feitosa, sendo assim os dois que o antecederam também eram incompetentes, quem sangra Edivaldo é ele mesmo com sua irresponsabilidade com essa pasta, onde trabalho não há previsão de início do ano letivo e então nobre o vereador precisa ter mais argumento antes de fazer papel de advogado do diabo.

    ResponderExcluir