quarta-feira, 14 de junho de 2017

"O IDAC é um instituto muito traquino e tem peixe graúdo nisso", diz Marcial Lima


O líder do PEN na Câmara Municipal de São Luís, vereador Marcial Lima (foto), usou a tribuna para dizer que é preciso uma investigação mais profunda da Polícia Federal na fraude do IDAC (Instituto de Desenvolvimento e Apoio à Cidadania), cuja entidade é acusada de ter desviado quase R$ 20 milhões no governo Flávio Dino (PCdoB) em verbas oriundas da Saúde.

Segundo o parlamentar, apesar do presidente do IDAC, Atonio Augusto Aragão, e mais dois assessores terem sido presos pela PF, ainda existe "peixe graúdo" que ainda está fora da rede e precisa ser detido para dizer o que fizeram com o dinheiro público. "Tem peixe graúdo nisso. Não estou menosprezando ninguém. No meu entendimento O IDAC é um instituto traquino. Quem rouba o dinheiro do povo não era para vestir a farda do presídio? Então não deveria ter roubado o dinheiro do povo. 

Marcial Lima destacou que as imagens das câmeras do banco em que os assessores do IDAC iam buscar o dinheiro mostram bem claro a forma como os larapios levavam a dinheirama. "Acho que amarravam uma líga na boca da calça e saiam distribuindo dinheiro", ressaltou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário