Comercial da Prefeitura de SL

Comercial da Prefeitura de SL

quinta-feira, 31 de agosto de 2017

Quem vai recepcionar Lula em São Luís: Dino ou Sarney?



O desembarque do ex-presidente Lula em São Luís, previsto para às 16 horas do dia 4 de setembro, no aeroporto Marechal Hugo da Cunha Machado, abre uma discussão um tanto quanto maquiavélica. No dia 5, Lula e comitiva participam de um ato público, às 17h, na praça Dom Pedro II, área central da capital.

Além dos petistas históricos e simpatizantes apaixonados, uma pergunta que não quer calar é quem deve ser o anfitrião no desembarque do ex-presidente petista? Será o governador Flávio Dino (PCdoB) ou o velho amigo e ex-presidente da República, José Sarney (PMDB).

Como na política os fins justificam os meios, Lula, condenado pelo juiz Sérgio Moro a nove anos e seis meses de reclusão, pode ter em seu palanque as duas figuras impolutas do Maranhão.

A menos que Lula decida seguir um caminho político mais light nas eleições gerais de 2018. 

Justa decisão do Tribunal de Justiça na liberação do Uber em São Luís


Considero bastante acertada a decisão do desembargador Marcelo Carvalho (foto) em conceder medida cautelar, requerida pela Procuradoria Geral de Justiça do Estado, determinando a suspensão da eficácia da Lei Municipal nº 429/2016, de iniciativa da ex-vereadora Luciana Mendes, até o julgamento de mérito da ação direta de inconstitucionalidade. 

A determinação judicial põe uma pá de cal sobre a norma municipal que proibia o uso de veículos particulares cadastrados no aplicativo Uber, na prestação de serviço para o transporte remunerado individual de pessoas no âmbito da cidade de São Luís.

A decisão monocrática, que concedeu a medida cautelar, será levada a julgamento do Pleno do Tribunal de Justiça do Maranhão, previsto para a próxima semana, independente de inclusão na pauta da Corte.

O relator do caso, desembargador Marcelo Carvalho, entendeu que a atividade do Uber é lícita e deve ser regulamentada e, portanto, os profissionais cadastrados no aplicativo não podem mais ser proibidos de desempenhar suas atividades diárias, assim como os condutores de serviços de táxi na capital maranhense.

Palmas para o Judiciário!

Fufuca quer deixar legado da reforma política e diz que conheceu Eduardo Cunha via deputado Hildo Rocha


O presidente interino da Câmara Federal, deputado André Fufuca (PP), disse em entrevista ao portal da revista Veja, em Brasília, que pretende deixar como legado de sua meteórica passagem no comando da Casa, avançar na discussão e votação da emenda da reforma política e outras votações de matérias importantes no Congresso Nacional.

"Quero deixar a sensação de dever cumprido. Saber que nós conseguimos avançar em votações importantes e fizemos nosso papel. A sociedade aguarda a reforma política e nós precisamos dar uma resposta. Não podemos entrar em ano de eleição sem definir nada. Isso mostraria um clima de frustração enorme em relação ao Congresso. Essa é uma das questões que eu quero avançar e seria o maior legado", declarou.

Na oportunidade, Fufuca disse que conheceu a figura impoluta do ex-deputado e ex-presidente da Câmara Federal, Eduardo Cunha (PMDB), que se encontra preso pela operação Lava Jato, por meio do também deputado federal maranhense, Hildo Rocha (PMDB). 

"Foi na eleição dele à presidência da Câmara, em janeiro de 2015. O deputado Hildo Rocha me apresentou para ele. Eu vejo várias pessoas criticarem o Eduardo pela situação em que ele se encontra. Se falarem o nome dele, até arrepiam. Comigo não, ele é meu amigo. Minha amizade com ele é notória, nunca neguei. Mas minha questão com ele é de amizade, não é de política", frisou.

quarta-feira, 30 de agosto de 2017

João Alberto vira "saco de pancadas" no Congresso Nacional


"Triste Fim de Policarpo Quaresma"! O romance do escritor pré-modernista Lima Barreto pode descrever muito bem a onda nefasta que atravessa a figura do senador maranhense João Alberto Souza (PMDB), que nos últimos meses virou simplesmente "saco de pancada" nas sessões do Congresso Nacional.

Não faz muito tempo que o senador Lidbergh Farias (PT-RJ), em um ato tresloucado, disse em alto e bom tom que João Alberto "não tem moral" para conduzir os trabalhos da Comissão de Ética e Decoro Parlamentar na Casa, quando tentou punir parlamentares de oposição ao governo do presidente Michel Temer (PMDB).

Não demorou muito e na noite da última terça-feira, 29, o deputado federal maranhense Weverton Rocha, na condição de líder do PDT na Câmara dos Deputados, simplesmente pediu a palavra para falar como líder durante um encaminhamento de votação. 

O senador João Alberto Sousa, que presidia à sessão na ocasião, negou o pedido e cortou o microfone. O tumulto começou depois que o deputado Wewerton Rocha jogou um livro do regimento interno da Câmara dos Deputados na Mesa Diretora, revoltado pela condução da votação de um veto sobre a lei que institui o Cartão Reforma.

Parlamentares da oposição subiram à Mesa para fazer uma reclamação contra a decisão de João Alberto. O presidente Eunício Oliveira, que reassumiu a presidência, suspendeu os trabalhos por dez minutos.

Flávio Dino e Sarney Filho pegos na "farra de passagens aéreas" pelo MPF


Tanto o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), quanto o ministro de Meio Ambiente, Sarney Filho (PV), aparecem com destaque na lista de mais de 500 políticos que o Ministério Público Federal (MPF) pretende cobrar a devolução de mais de R$ 50 milhões pelo uso indevido ou injustificado da cota de passagens aéreas da Câmara dos Deputados, entre os anos de 2007 e 2009.

Na relação aparecem oito ministros do presidente da República, Michel Temer (PMDB), governadores de três unidades da federação (Distrito Federal, Maranhão e Sergipe), ministros do Tribunal de Contas da União (TCU), além de prefeitos. 

No período apontado pela lista, todos eram deputados federais. A relação está sendo atualizada pelos procuradores e vai render ações de ressarcimento e improbidade contra ministros, governadores e parlamentares, entre outros. Quem devolver o dinheiro antes se livra de um processo, segundo a procuradora Sara Moreira Leite.

Segundo os procuradores, o valor se refere à soma dos gastos irregulares atribuídos a eles com passagens aéreas bancadas pela Câmara na chamada farra das passagens. As suspeitas recaem sobre os ministros Sarney Filho (Meio Ambiente), Ricardo Barros (Saúde), Bruno Araújo (Cidades), Fernando Coelho Filho (Minas e Energia), Eliseu Padilha (Casa Civil), Raul Jungmann (Defesa) e Leonardo Picciani (Esporte).


Entre os ministros, Sarney Filho é alvo da maior fatura: R$ 182 mil por 337 voos. Desses, 18 foram para o exterior. Por meio de sua assessoria, o deputado licenciado do PV afirmou que não comenta “suposições” e que só vai se pronunciar perante a Justiça. 

A cobrança do Ministério Público também será dirigida a três governadores: Flávio Dino (PCdoB-MA), Jackson Barreto (PMDB-SE) e Rodrigo Rollemberg (PSB-DF). Para os procuradores, eles devem, ao todo, R$ 291 mil utilizados indevidamente com a verba da Câmara, entre 2007 e 2009, quando eram deputados.

Apontado como beneficiário de R$ 151 mil com o uso não esclarecido de 222 bilhetes aéreos, Flávio Dino diz que todas as suas viagens tiveram como motivação o exercício do mandato, tal como preveem as regras da Casa.

“Jamais usei qualquer passagem para fins particulares. Jamais fiz viagens internacionais ou emiti passagens para familiares. Jamais fui notificado pelo Ministério Público a me manifestar sobre o assunto. Todas as verbas parlamentares foram usadas, de acordo com as normas, em atividades políticas, exclusivamente”, respondeu o governador.

terça-feira, 29 de agosto de 2017

Marcial Lima cobra explicações sobre "totens" da Prefeitura


O vereador Marcial Lima (PEN) solicitou explicações da Prefeitura de São Luís sobre a instalação de totens ou painéis em vias públicas da cidade, que servem para divulgação de propaganda de empresas. "Quero saber aonde estão investidos os recursos oriundos desses painéis espalhados pela cidade", declarou.

Para o parlamentar, a colocação desses totens trata-se de uma espécie de concessão pública. "Portanto, acredito que deve estar entrando dinheiro aos cofres da Prefeitura, por meio da publicidade de empresas que atuam no município. É preciso que a gente saiba os locais exatos que esses recursos estejam sendo aplicados", alertou.

Marcial Lima disse que é preciso saber se os recursos estão sendo aplicados nas áreas da cultura, no lazer ou em demais áreas prioritárias da cidade. "Se alguém da Prefeitura puder divulgar e nos informar, a gente agradece", enfatizou.

Vereador do PSD concede título de cidadão de São Luís ao ex-presidente Lula


Por meio da inversão de pauta da Ordem do Dia, o plenário da Câmara Municipal de São Luís colocou, nesta terça-feira, 29, em tramitação na Casa, o projeto de decreto legislativo, de iniciativa do vereador Cézar Bombeiro (PSD), que concede título de Cidadão de São Luís ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que desembarca na capital maranhense no dia 4 de setembro.

Após manifestação contrária do vereador Marquinhos Silva (DEM), alegando que o ex-presidente Lula não tem residência fixa em São Luís, a matéria foi encaminhada para apreciação dos membros da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ).

O plenário deve votar o projeto somente após parecer da CCJ.

Fufuca pode conduzir votação da emenda da reforma política na Câmara


O deputado federal maranhense, André Fufuca (PP/foto), assumirá, interinamente, a presidência da Mesa Diretora da Câmara dos Deputados, no lugar do deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), já que o democrata comandará a cadeira número 1 do Palácio do Planalto, com a viagem do presidente Michel Temer (PMDB) à China.

Vale ressaltar que o primeiro-vice-presidente da Câmara Federal, deputado Fábio Ramalho (PMDB-MG) também integra a comitiva de Temer à China, o que abre caminho para o segundo-vice-presidente, Fufuca, na diretriz do Legislativo.

O parlamentar maranhense deve presidir à Câmara em votações importantes como a apreciação da nova política para os juros do BNDES, a nova versão do Refis, que é o programa de refinanciamento de dívidas para contribuintes, e até mesmo a PEC da reforma política.

Lula pode sentar para dialogar com o senador Roberto Rocha


No desembarque em São Luís, previsto para o dia 4 de setembro, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) pode sentar à mesa para conversar com o senador Roberto Rocha (PSB), que pretende viabilizar sua candidatura ao governo do Maranhão, em 2018. O petista está em giro de pré-campanha eleitoral pelas principais capitais da região Nordeste.

Isso porque o próprio partido do senador, em âmbito nacional, já está mantendo conversas futurísticas com Lula, visando o apoio da legenda socialista ao PT para ampliar seu projeto de retornar à Presidência da República, nas próximas eleições.

Por entender que Lula tem uma expressiva popularidade e carisma, em meio às camadas mais carentes, Roberto Rocha não descarta manter uma conversa com o presidenciável. Atualmente, o parlamentar trava uma disputa interna no PSB maranhense.

segunda-feira, 28 de agosto de 2017

Cézar Bombeiro quer mais agilidade do poder público na solução de problemas


vereador Cézar Bombeiro (PSD/foto), em recente reunião com lideranças comunitárias, que reclamam serviços essenciais por parte do poder público, manifestou sua preocupação pelos problemas diários que chegam em seu gabinete, referentes à instituições e órgãos ligadas à Prefeitura de São Luís.

“Infelizmente, pelo que se observa, a maioria dos problemas evidenciados é por falta de gerenciamento e aos princípios emanados do direito e mais precisamente ao trabalhista em que estão inseridos salários e condições de trabalho”, lamentou o parlamentar.

Cézar Bombeiro citou a audiência pública que teve com a Guarda Municipal e das angústias vividas hoje pela categoria. "Me deixou bastante preocupado toda problemática enfrentada por essa categoria e muito mais quando ficou claro que não existe nem projeto para a construção de um quartel para uma força auxiliar da segurança pública que já poderia estar prestando importantes serviços, além de que são os próprios guardas municipais que compram os seus fardamentos”.

Quanto à questão de capacitação com treinamento atualizado, para que os guardas municipais possam, pelo menos, garantir a segurança das escolas, logradouros públicos e prédios da administração, Cézar Bombeiro disse não existir a mínima expectativa. "Fato que é triste e lamentável", enfatizou o parlamentar do PSD.

“Como os problemas são sérios, como vereador e compromisso com a população, não podemos ficar calado e tenho a responsabilidade de cobrar, afinal de contas, o prefeito Edivaldo Holanda Júnior foi reeleito para fazer uma administração melhor do que a primeira, que foi muito boa, e agora, estamos vendo uma situação pior do que a anterior”, destacou Cézar Bombeiro.

Roberto Rocha pode virar democrata de carteirinha


O senador maranhense Roberto Rocha (foto) pode vir a trocar o PSB pelo DEM, caso haja um entendimento nacional em torno da migração de filiados socialistas para as hostes democratas.

Nesse momento, há uma resistência do DEM em aceitar mudanças em seu comando, em especial em receber insatisfeitos do PSB. 

Os socialistas aguardam a saída do presidente nacional do DEM, senador Agripino Maia (RJ), e que em seu lugar seja empossado o prefeito de Salvador, ACM Neto.

Enquanto isso, aqui no Maranhão, o senador Roberto Rocha vem travando uma "briga de foice" com o deputado estadual Bira do Pindaré pelo comando do partido socialista no estado.

Vale aguardar!

"Vamos lá prefeito, receba essa comissão de professores", solicita Marcial Lima


O líder do PEN na Câmara de São Luís, vereador Marcial Lima (foto), usou a tribuna da Casa nesta segunda-feira, 28, e conclamou o prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT), a receber em seu gabinete uma comissão de professores da rede municipal de ensino que estão há 28 dias em greve, reivindicando aumento salarial de 7% e melhorias de infraestrutura no setor. 

"Defendo a categoria dos professores, pois hoje os professores estão em greve lutando por um espaço de ter uma audiência com o prefeito. O mesmo prefeito que durante a campanha eleitoral de 2016 foi de bairro em bairro dizer ao povo que deveria ter uma nova oportunidade de ser prefeito da cidade. Queremos que ele assuma, nesse momento, a negociação com os professores, se for o caso acompanhado com representantes dessa  Câmara", ressaltou Marcial Lima.

Para o parlamentar, é preciso que o gestor Edivaldo diga qual o montante da folha de pagamento da educação em São Luís e quanto a Prefeitura recebe e diga por que não pode conceder essas reivindicações da categoria. "Estamos quase terminando o ano e têm escolas que ainda não começaram as aulas. O prefeito precisa dizer por que não pode resolver essa situação. Estamos conclamando aqui que o prefeito possa receber uma comissão de professores", frisou.

Marcial Lima disse também que recebeu informações dos professores e da comunidade do bairro da Alemanha, de que na unidade de ensino do CIEP está “fartando” tudo. "Tá uma verdadeira fartura, não tem nada. Precisamos visitar o CIEP por meio de uma comissão para ir até o local e à sede da Secretaria Municipal de Educação (Semed) para saber o que está acontecendo", declarou o vereador.

PT, PMDB e PP consideram que Nicolau Dino cometeu ato de revanchismo


O vice-procurador-geral eleitoral, juiz Nicolao Dino (foto), já se manifestou favorável ao prosseguimento da apuração das provas colhidas na ação de cassação da chapa Dilma Rousseff/ Michel Temer para que sejam incluídas em dois processos contra o Partido dos Trabalhadores (PT) e o Partido Progressista (PP), que tramitam no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Os partidos temem a incorporação de novos elementos de prova, entre eles depoimentos de delatores da Odebrecht, aos processos, que podem levar à suspensão de recursos do Fundo Partidário e até mesmo à extinção das siglas. Vale ressaltar que Nicolau Dino é irmão do governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), um dos maiores defensores de Dilma contra o impeachment da então presidente.

O PT e PP são alvos de investigação no TSE, a partir de suspeitas de que foram financiados por recursos provenientes da Petrobrás, com pagamento de propina travestido de doação, conforme acusações do ex-diretor de abastecimento da estatal Paulo Roberto Costa e do doleiro Alberto Youssef. Além das duas legendas, o Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) também é alvo.

Os processos não são sigilosos, mas as peças que os compõem são de acesso restrito no TSE. Enquanto o PT e PP pediram o arquivamento sumário dos processos, o vice-procurador-geral eleitoral, Nicolao Dino, se manifestou pelo prosseguimento da apuração nos casos.

Dino também pediu que fossem acionados o juiz federal Sérgio Moro, o coordenador da força-tarefa da Operação Lava Jato em Curitiba, Deltan Dallagnol, e o ministro Herman Benjamin, relator da ação contra a chapa Dilma-Temer no TSE, para que compartilhassem provas, inclusive sigilosas. Segundo Dino, Moro pode ter “novos elementos de prova” que interessem às investigações.

A reportagem apurou que os pedidos de Dino foram vistos pelos partidos como um ato de “revanchismo” do Ministério Público Eleitoral (MPE), que havia pedido a cassação da chapa Dilma-Temer, mas acabou derrotado no julgamento concluído em junho do ano passado. Além de rejeitar a cassação da chapa, a maioria do TSE também foi a favor de descartar os depoimentos de delatores da Odebrecht no julgamento final.

Do blog com informações da Veja

domingo, 27 de agosto de 2017

Veja relata denúncia repassada pelo governo Dino contra o clã Sarney


O site da revista Veja deste domingo, 27, traz em sua edição virtual uma denúncia fornecida pelos porões do governo Flávio Dino (PCdoB), por meio da Secretaria de Estado de Transparência, contra o clã Sarney. 

Na publicação, assinada pelo jornalista Ernesto Neves, o órgão revela que o atual ministro de Meio Ambiente, Sarney Filho (PV/foto), e seu herdeiro, o deputado estadual Adriano Sarney (PV), usaram um helicóptero do então governo Roseana Sarney (PMDB), em plena campanha eleitoral de 2014, em benefício próprio.

Leia abaixo a íntegra da matéria:

"Há décadas, o sobrenome Sarney se confunde como o do estado do Maranhão. Ali, praças, escolas, ruas e - até o fórum- carregam esse nome. É natural, portanto, que os membros do clã achem tudo que pertence ao estado é, na verdade deles.

Um relatório exclusivo da Secretaria de Transparência do Maranhão prova que a confusão continua. De acordo com o material, o ministro do Meio Ambiente, Zequinha Sarney, e seu filho, Adriano, usaram um helicóptero da Secretaria de Estado de Meio Ambiente, durante a campanha eleitoral de 2014, em benefício próprio.

Na época, o órgão era ocupado por um aliado e Adriano concorria, pela primeira vez, a deputado estadual e Zequinha para reeleição à Câmara Federal. Segundo relatório, os passeios aéreos da dupla consumiram pelo menos R$ 143.900,00 dos cofres maranhenses.

O levantamento foi encaminhado para a Procuradoria Geral da República (PGR)".

sexta-feira, 25 de agosto de 2017

Astro comandará a recém-criada Federação das Câmaras Municipais do Maranhão


O presidente da Câmara de São Luís, vereador Astro de Ogum (PR), foi eleito, por aclamação, o primeiro presidente da nova Federação das Câmaras Municipais do Estado do Maranhão (FECAM), entidade criada durante a realização do I Seminário de Gestores de Casas Legislativas, que ocorreu na última quarta-feira, na capital.

O evento contou com a presença de 198 presidentes, das 217 Câmaras Municipais do Maranhão. Segundo Astro de Ogum, a recém-criada entidade pretende auxiliar os chefes dos legislativos municipais em assuntos específicos em relação às gestões.

Durante o encontro que tratou da fundação da entidade, foi apresentada aos participantes um pouco da realidade de algumas casas legislativas no interior do estado. Também foi destacada a necessidade de uma organização que pudesse auxiliar os chefes dos legislativos em vários assuntos, principalmente em relação a questões de transparência, uma das principais preocupações dos presidentes de câmaras, que estão sendo alvos de ações do Ministério Público  Estadual (MPE), pelo não cumprimento deste dispositivo.

Ricardo Murad volta a sonhar com um comando na Secretaria de Saúde

Ricardo Murad ao lado da ex-governadora Roseana Sarney 
Para quem pensa que o ex-secretário e ex-deputado Ricardo Murad (PMDB) está "morto" politicamente, engana-se redondamente. Murad pode vir a ser convidado a assumir novamente o comando da Secretaria de Estado da Saúde (SES), com a possibilidade de eleição, em 2018, da ex-governadora Roseana Sarney (PMDB) num embate técnico com o governador Flávio Dino (PCdoB), que vai buscar a reeleição ao governo do Maranhão.

Há quem diga também nos bastidores que o ex-secretário pode sair candidato a uma das vagas à Câmara Federal, enquanto a sua filha, a deputada estadual Andrea Murad (PMDB), deve buscar um novo mandato eletivo, tendo a parlamentar sido hoje a principal líder de oposição ao governo Dino na Assembleia Legislativa do estado.

A sorte está lançada!

quinta-feira, 24 de agosto de 2017

Confirmado o desembarque de Lula em São Luís no início de setembro


O presidente do Diretório Municipal do PT em São Luís, vereador Honorato Fernandes, confirmou nesta quinta-feira, 24, que o desembarque do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, na capital maranhense, irá acontecer no dia 4 de setembro, por volta das 16 horas, no aeroporto Marechal Hugo da Cunha Machado, o Tirirical.

Honorato destacou que está sendo montado um forte esquema da militância petista em todo o estado do Maranhão para recepcionar no saguão do aeroporto o desembarque do ex-presidente Lula, que está percorrendo várias cidades da região Nordeste em pré-campanha eleitoral à Presidência da República, em 2018.

"Faremos, em conjunto com toda sociedade civil, uma grande recepção pública ao ex-presidente Lula, que foi um dos maiores presidentes do Brasil, com enfoque principal na melhoria e assistência às comunidades mais carentes do nosso país", declarou.

Astro sai em defesa do Legislativo no Maranhão


O presidente da Câmara de São Luís, Astro de Ogum (PR), disse que a criação da Federação das Câmaras Municipais do Maranhão (FECAM) é um marco histórico no estado em defesa do Legislativo. A afirmativa foi feita na última quarta-feira, 23, durante a realização do I Seminário de Gestores das Câmaras Municipais, que ocorreu no Rio Poty Hotel.

“O Seminário tem importância para valorização das Câmaras. E hoje, estamos fundando a Federação das Câmaras Municipais do Maranhão para auxiliar e representar as reivindicações dos presidentes das Câmaras, que têm problemas muito específicos em relação às gestões municipais, e fortalece-las na discussão com as autoridades competentes”, destacou Astro de Ogum, idealizador da proposta de criação da entidade.

quarta-feira, 23 de agosto de 2017

Helena Duailibe deve sair candidata a uma vaga na Assembleia Legislativa


Depois de ter sido expurgada, por telefone, da titularidade da Secretaria Municipal de Saúde de São Luís, a médica Helena Duailibe pode vir a ser candidata a deputada estadual pelo PMDB com o apoio da ex-governadora Roseana Sarney (PMDB), pretensa candidata ao governo do Maranhão, pela quinta vez consecutiva.

Helena Duailibe foi exonerada da Semus pelo prefeito Edivaldo Holanda Junior (PDT), em meados de agosto deste ano, sendo subitamente tirada do cargo, tendo em seu lugar empossado o então secretário de Governo, o empresário Lula Filho (PCdoB), sob alegação de que a ex-secretária estaria abrigando no órgão pessoas ligadas ao grupo Sarney.

Vale lembrar que na gestão do saudoso prefeito João Castelo (PSDB), Helena Duailibe foi demitida  do mesmo cargo, após um suposto almoço com seu primo, o então secretário de Saúde do estado, Ricardo Murad, com quem tratou de uma parceria na área. 

Na época, ela recebeu um telefonema do próprio João Castelo, dando conta de que estava demitida. Helena também ocupava o cargo de vice-prefeita de São Luís, tendo ficado isolada na função em toda gestão tucana.

Marcial Lima revitaliza o papel itinerante da Câmara de São Luís


O vereador Marcial Lima (PEN) promoveu a primeira edição do Fórum Permanente de Debates, ação cujo objetivo é debater e encontrar soluções para problemas da capital maranhense. A revitalização do Canal do Turu foi o tema central do fórum, realizado no último fim de semana, com a participação da comunidade do Turu e adjacências, além das presenças dos deputados federais Victor Mendes (PSD), Eliziane Gama (PPS) e Weverton Rocha (PDT). Também estiveram presentes os vereadores Aldir Junior (PR) e Marquinhos Silva (DEM) eo presidente da Caema, Carlos Rogério.

A discussão proposta pelo vereador Marcial Lima teve resultados muito bons. O primeiro deles foi a criação de uma comissão para dialogar com o Poder Público sobre melhorias para a região, uma vez que a urbanização dessa área representa qualidade de vida, lazer, criação de emprego e renda. Outro importante resultado do Fórum Permanente foi o compromisso dos parlamentares federais em fazer uma emenda de bancada para revitalizar o Canal do Turu.

“Avaliação positiva. Conseguimos reunir uma quantidade de gente, pessoas envolvidas com o bairro, vereadores, deputados federais e a comunidade. Acho que o próximo passo é assegurar esta resposta que o Weverton Rocha deu de uma emenda de bancada no valor de R$ 42 milhões pra gente assegurar esse recurso e, quem sabe, iniciar esta obra. Vamos ter que nos comportar unidos, fazer um comportamento da unidade porque divisão neste momento não vai trazer lucro nenhum”, afirmou Marcial Lima.

Apoio federal

A união de parlamentares de partidos diferentes demonstra a importância da obra para a comunidade. “Ainda bem que já temos o compromisso do deputado Victor Mendes e da deputada Eliziane. Nós três temos que multiplicar e convencer os outros colegas deputados, juntos com a Câmara de Vereadores, para garantirmos este recurso e lutar por ele para que possamos, em breve, realizar o sonho dessa região”, disse Weverton Rocha.

A deputada Eliziane Gama se comprometeu em levar o assunto aos demais integrantes da bancada federal do Maranhão em Brasília. “Trabalho muito a questão ambiental e a sustentabilidade. Estou me comprometendo a sentar com os parlamentares em Brasília esta semana”.

Por fim, o deputado Victor Mendes elogiou a iniciativa do vereador Marcial Lima em promover o Fórum Permanente e disse que levará o pedido da população sobre o Canal do Turu ao ministro do Meio Ambiente, Sarney Filho. “Estou vestindo a camisa do Fórum Permanente. Vou usar os meus meios para ajudar de forma transparente nesta luta. Vou procurar o ministro Sarney Filho e levar a mensagem para ele e tentar sensibilizá-lo. Vamos correr atrás dos recursos”, explicou.

Fórum Permanente

O Fórum Permanente é uma iniciativa que pretende chegar a outros bairros de São Luís. Dentre as ações que estão programadas para os próximos meses, destaque para o debate sobre a criação de um Batalhão de Polícia Militar no Cohatrac para atender o bairro e as áreas adjacentes. As discussões também serão levadas para a zona rural da capital.

terça-feira, 22 de agosto de 2017

"Logo logo o Uber estará regulamentado nesta Casa", diz Paulo Victor


O líder do PROS na Câmara de São Luís, vereador Paulo Victor (foto), disse que a grande maioria, ou a quase totalidade da população da capital maranhense, repudiou a impensada manifestação de uma parcela da categoria dos taxistas, que na manhã da última segunda-feira, 21, travou várias vias públicas da cidade e atrapalhou a vida de muita gente.

"Entendo que a população em massa opinou contrário a esse protesto, por proibir o cidadão do direito de ir e vir", declarou o parlamentar sob aplausos dos profissionais do aplicativo Uber, que se encontravam na galeria do prédio da Câmara e que ainda operam na cidade sem um amparo legal.

"Os profissionais do Uber estão aqui se manifestando de forma pacífica. Todos estavam fora do mercado de trabalho e hoje, usam o aplicativo Uber como fonte de renda para sustentar suas famílias. Hoje, temos mais de 1.500 parceiros que trabalham no setor e milhões de pessoas que utilizam esse serviço", frisou.

Na oportunidade, Paulo Victor agradeceu a postura de magistrado do presidente da Câmara Municipal, Astro de Ogum (PR), na tentativa de resolução do impasse envolvendo a categoria dos taxistas e os profissionais do Uber. "Tenho certeza que em breve o Uber estará regulamentado nesta Casa", ressaltou.

Astro disse esperar que tudo seja resolvido de forma pacífica entre ambas as partes envolvidas nesse impasse.

Lobão defende a recriação do financiamento empresarial de campanha


O presidente da Comissão de Constituição e Justiça do Senado, o maranhense Edison Lobão (PMDB/foto), quer votar o mais rápido possível a proposta que está tramitando na Casa que dispõe sobre a recriação do financiamento empresarial de campanha para as eleições gerais de 2018. Vale lembrar que qualquer mudança na regra eleitoral tem que ser até o dia 7 de outubro.

O assunto é polêmico, principalmente depois das ações da Operação Lava Jato, que desbaratou quadrilhas ligadas a políticos envolvidos em corrupção e lavagem de dinheiro destinados a financiamentos privados de campanhas eleitorais em todo o país.

Na edição da última segunda-feira, 21, em entrevista ao Jornal Nacional, da Rede Globo de Televisão, o nobre parlamentar disse que pretende votar a proposta nos próximos dias. "O debate deve ser feito com urgência", disse Lobão. Esse tipo de financiamento privado foi proibido desde 2015 pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

segunda-feira, 21 de agosto de 2017

Astro anuncia criação da Federação das Câmaras Municipais do Maranhão


A Câmara Municipal de São Luís estará sendo a grande anfitriã do evento que acontece nesta quarta-feira, 23, para orientar os demais presidentes dos legislativos em todo o Maranhão. Durante o evento será formalizada a criação da fundação da Federação das Câmaras Municipais do Maranhão – FECAM/MA, nova entidade representativa do Legislativo. A solenidade ocorrerá no Salão Carnaúba do Rio Poty Hotel.

Limites do Poder Legislativo e esclarecimentos sobre atividades de controle e fiscalização externa compõem, em meio a outros temas, a programação do I Seminário de Gestores das Câmaras Municipais que será aberto pelo presidente da Casa, vereador Astro de Ogum (PR), com os dirigentes das 217 Câmaras Municipais existentes no estado, sendo que destes 190 já confirmaram presença.

O evento deve contar com a presença do governador Flávio Dino (PCdoB), do prefeito de São Luís, Edivaldo de Holanda Júnior (PDT), representantes do Poder Judiciário, Ministério Público e Tribunal de Contas do Estado. A programação inicia às 9h e segue até às 17h. O credenciamento deve ser feito a partir das 8h no mesmo local.

Um dos palestrantes do evento será o juiz titular da Vara de Interesses Difusos e Coletivos da Comarca da Ilha de São Luís, Douglas de Melo Martins, que vai proferir palestra sobre “O Poder Judiciário e o Julgamento das Ações de Improbidade Administrativa no Âmbito Municipal”.

A programação inclui ainda palestras sobre “O sistema orçamentário e a LRF”, com o procurador legislativo da Câmara de São Luís, Samuel de Miranda Melo; “Controle Preventivo do TCE”, que será ministrada pelo presidente do TCE, José de Ribamar Caldas Furtado; e “O julgamento de Contas pelas Câmaras Municipais”, tendo como expositor o procurador-geral de Justiça, Luiz Gonzaga Martins Coelho.

“A ideia da criação da FECAM/MA é unificar e representar as reinvindicações das câmaras, que têm problemas muito específicos em relação às gestões municipais, e fortalece-las na discussão com as autoridades competentes”, destacou Astro de Ogum, idealizador da proposta de criação da entidade.

"Não posso colocar todos meus agentes de trânsito para fiscalizar só Uber", diz Canindé


O secretário municipal de Trânsito e Transportes, Canindé Barros (foto), rebateu nesta segunda-feira, 21, as críticas da categoria dos taxistas de que a SMTT não fiscaliza a ação ilegal de profissionais do Uber que atuam em São Luís, apesar de haver uma lei específica proibindo essa atividade.

Em entrevista ao programa Câmara em Destaque (Rádio Difusora AM-680 khz), o secretário afirmou que o órgão tem mantido as fiscalização. "Agora o que eu não posso é colocar todo meu efetivo de agentes de trânsito apenas para ficar fazendo só a fiscalização de Uber na cidade, já que outros serviços precisam de atenção especial na cidade", declarou.

Para Canindé, os taxistas estão desnorteados. "Eles não têm o apoio da população de São luís e buscam apoio dos taxistas em municípios vizinhos à capital como Paço do Lumiar, São José de Ribamar e Raposa. Esses taxistas de cidades vizinhas também estão atuando em São Luís clandestinamente, ou seja, de forma irregular, semelhante ao Uber", ressaltou.

O titular da SMTT garante que a Lei nº 3430 continua sendo a base para toda fiscalização no sistema de transporte de São Luís. "Isso está sendo feito por nós", garantiu.

Taxistas fecham a cidade e provocam a indignação da população de São Luís

Ao longo da avenida Beira-Mar se formou um congestionamento quilométrico com a manifestação dos taxistas
Com todo respeito aos nobres amigos taxistas, mas a atitude impensada nesta segunda-feira, 21, de uma parcela dessa categoria pode ser considerada uma tremenda imbecilidade em travar os principais eixos de trafegabilidade de São Luís. Todo cidadão brasileiro tem o direito constitucional de ir e vir e não é apenas uma categoria que irá transgredir essa normativa.

A população de vários setores dessa cidade se mostrou indignada com a manifestação de taxistas contra os profissionais do aplicativo Uber, que está funcionando desde fevereiro deste ano na capital maranhense, mesmo estando na ilegalidade, por conta de uma lei promulgada na Câmara Municipal que inibe a atividade desses profissionais.

Os motoristas se concentraram na Ponte do São Francisco e seguiram em direção à Prefeitura de São Luís, onde acabaram sendo barrados antes de chegarem ao Palácio la Ravardière, sede do governo municipal.

Os taxistas alegam pagar altas taxas à Prefeitura, enquanto os profissionais do Uber não são atingidos por não haver uma legislação específica nesse sentido. Para a categoria dos taxistas, a concorrência é desleal. A principal diferença entre os dois serviços diz respeito aos preços cobrados nas corridas. No aplicativo de corridas Uber, os valores chegam a registrar 30 ou 40% de diferença em relação aos cobrados pelos táxis.

O trânsito de veículos na Ponte do São Francisco ficou completamente travado em toda sua extensão de quase 1 Km
A categoria diz que os valores aplicados nos táxis são mais elevados em função dos impostos pagos pelos taxistas, que influenciam diretamente o preço da corrida. Motoristas do Uber, por outro lado, afirmam que os taxistas recebem incentivos do governo que facilitam a profissão, e que o preço elevado é injustificado.

A manifestação provocou lentidão no trânsito nos pontos por onde passou.

sexta-feira, 18 de agosto de 2017

João Alberto pode vir a ser candidato ao governo pelo PMDB


Caso a ex-governadora Roseana Sarney (PMDB) não consiga emplacar sua candidatura ao governo do Maranhão, em 2018, já está sendo cogitado um "Plano B", nas hostes do grupo Sarney, para que o senador João Alberto (PMDB) possa demarcar território e sair candidato contra a reeleição do governador Flávio Dino (PCdoB).

Até o momento, a ex-governadora vem acompanhando de perto as pesquisas internas do grupo para avaliações futuras sobre seu potencial para concorrer, pela quinta vez consecutiva, ao comando do Palácio dos Leões. No entanto, ela só sai candidata com a garantia de que as intenções de votos no estado lhe sejam favoráveis.

Como o grupo político deve ter dois nomes fortes ao Senado, como o ministro de Meio Ambiente e deputado federal licenciado, Sarney Filho (PV), e o senador Edison Lobão (PMDB), João Alberto acabou ficando de fora e pode vir a encarar essa nova empreitada.

Vale aguardar!

Ciro Gomes esquenta pré-campanha eleitoral à presidência em São Luís


O ex-ministro e pretenso candidato a presidente da República, Ciro Gomes (PDT), desembarca em São Luís, nesta sexta, 18, para participar de um evento político do PDT na capital maranhense. O encontro de lideranças acontecerá a partir das 19 horas, na Casa do Maranhão, na área da Praia Grande, centro histórico da cidade.

Na oportunidade, Ciro Gomes deve falar sobre a conjuntura política e social do país que vive uma crise institucional sem precedentes. Devem estar presentes o presidente nacional da legenda, Carlos Lupi, e o líder da bancada do partido na Câmara federal, deputado Weverton Rocha.

quinta-feira, 17 de agosto de 2017

Veja o vídeo: Governo tenta explicar o caso de mais um "aluguel camarada"


Pelo segundo dia consecutivo, o telejornal Bom dia Brasil, da Rede Globo de Televisão, trouxe o caso envolvendo o "aluguel camarada" da Clínica Eldorado pelo governo Flávio Dino (PCdoB), que vem pagando desde o ano passado a quantia de R$ 90 mil com a clínica fechada. Já foram pagos mais de R$ 900 mil sem nenhum atendimento público.

quarta-feira, 16 de agosto de 2017

"Quem vive de promessa é santo", diz Marcial Lima


O líder do PEN na Câmara de São Luís, vereador Marcial Lima (foto), cobrou mais empenho e celeridade no andamento de obras e serviços do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) Cidades Históricas, o qual a capital maranhense está incluída.

"Precisamos aproveitar o período de estiagem em São Luís para darmos andamento às obras do PAC Cidade Histórica, que não tem resolvido o problema do centro de São Luís. Quem vive de promessa é santo e estamos cansados de promessas do IPHAN (Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional)", disse o parlamentar.

Marcial Lima declarou que a bancada federal do Maranhão possa ser convidada a vir à Câmara para discutir essa questão. "O que se observa é que aqui alguns deputados têm um discurso e lá, em Brasília, é outro. No Centro Histórico nossa cidade está abandonada. Como exemplo, temos o prédio da antiga Rffsa, na Beira-Mar, que está fechado e sendo depedrado. O IPHAN não engana mais a população e o vereador Marcial Lima. Fica a discussão que vamos trazer pelo rádio redes sociais e televisão", ressaltou.

Outro assunto citado na tribuna da Casa pelo vereador foi a problemática da falta de planejamento das obras da Prefeitura sobre asfaltamento nos bairros de São Luís. "A prefeitura vai em um bairro tapa 15 buracos e deixa 36 abertos


Por que que não complementam a obra? Fico triste em saber disso, não se pode mais permitir que a Prefeitura não conclua o serviço. É dinheiro público", criticou Marcial Lima.

Veja o Vídeo! Bom dia Brasil expõe o escândalo de mais um "aluguel camarada"


O telejornal Bom dia Brasil, da Rede Globo, trouxe na edição matinal desta quarta-feira, 16, mais um escândalo de "aluguel camarada" do governo Flávio Dino (PCdoB), que vem pagando desde o ano passado, a quantia de R$ 90 mil por mês por uma clínica fechada e que se encontra em reforma. Já foram pagos mais de R$ 900 mil sem atendimento à população. No local deveria funcionar um hospital de traumatologia e ortopedia.

"Governo serve de abrigo financeiro para filiados do PCdoB", diz deputado


O deputado estadual Edilázio Junior (PV/foto) denunciou na tribuna da Assembleia Legislativa que a gestão do governo Flávio Dino tem servido como uma espécie de "abrigo financeiro" para filiados do PCdoB no Maranhão. Segundo ele, basta vestir uma camisa vermelha e ir para a porta do Palácio dos Leões para receber o abrigo camarada.

“Hoje quem chega à porta do Palácio dos Leões com uma camiseta vermelha, uma bandeira da Venezuela, está empregado. Na Casa Civil e na Secretaria de Comunicação é só comunista empregado. Emprega ficha suja, emprega quem quer que seja. Mas tem que ter o seu contracheque”, disse. 

Edilázio chamou a atenção do governo para os gastos fúteis que estão ocorrendo e que realmente pode gerar uma quebradeira no estado. “Então, governador, dê prioridade para a saúde, para a educação, para segurança, para a infraestrutura. Diminua os gastos com seus aviões que sequer podem voar, diminua os gastos com a Secretaria de Comunicação que só agora vossa excelência passou mais R$ 9 milhões ao secretário Márcio Jerry. Dê prioridade aos maranhenses, só depois dê prioridade às suas luxúrias”, finalizou.

O deputado ressaltou que o governador determinou a licitação de R$ 7,7 milhões de um avião que sequer pode voar. "Aqui no Maranhão o governador me faz uma licitação de R$ 7,7 milhões para gastos com avião que não pode voar. E aí eu quero e espero que o Ministério Público também possa enxergar isso", frisou. 

terça-feira, 15 de agosto de 2017

Vereador cobra da prefeitura a limpeza das margens do Rio Anil


O vereador Cézar Bombeiro (PSD/foto) está cobrando do prefeito Edivaldo Holanda Junior (PDT) a limpeza do leito do Rio Anil, que segundo ele, está poluído por milhares de garrafas PET. O parlamentar apresentou requerimento que foi aprovado pelo plenário da Câmara Municipal de São Luís para que as margens do rio seja despoluído em uma longa extensão.

Cézar Bombeiro alerta que o leito do Rio Anil, ao longo de toda a Avenida Quarto Centenário, percorrendo os bairros Camboa, Liberdade, Fé em Deus, Alemanha, até um trecho da Vila Palmeira, tem pontos de acúmulo de resíduos sólidos. Entre a sujeira, predominam garrafas vazias de refrigerante, do tipo PET, altamente poluentes, pois não são biodegradáveis, ou seja, não se decompõem naturalmente.

“A situação é preocupante, pois o Rio Anil é fonte de sustento para pescadores, além de servir à prática de futebol, nos momentos de seca”, lembrou. O vereador também atribuiu à poluição as oscilações climáticas que tanto mal têm feito às pessoas. “Reclama-se que a temperatura subiu, mas não há o devido cuidado com o meio ambiente”, advertiu.

O requerimento, de nº 644/17, foi encaminhado ao gabinete do prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT), com cópia para a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semam).

Veja o vídeo! "Vivemos um tempo de vacas muito magrinhas", diz governador


O vídeo acima mostra que em recente visita ao município de Caxias, o governador Flávio Dino (PCdoB) disse que o Maranhão está quebrado financeiramente e lamentou, na presença do prefeito Fábio Gentil, que o Maranhão vive um tempo de "vacas muito magrinhas".

Flávio Dino escala secretário de Fazenda para limpar a besteira que disse sobre quebradeira do estado


Depois da verborragia do governador Flávio Dino (PCdoB), em visita ao município de Caxias, onde afirmou, categoricamente, que o estado estaria quebrado financeiramente e que somente "Deus proverá" novos recursos e investimentos, o comunista escalou o secretário de estado da Fazenda, Marcellus Ribeiro Alves (foto), para dizer o contrário à imprensa e limpar a besteirada toda que disse o chefe do Executivo.

Em entrevista à rádio do próprio governo, Nova 1290 Timbira, o titular da Sefaz disse que as contas da gestão comunista estão em ordem, pagamentos antecipados, investimentos crescentes e a segunda melhor situação fiscal do país. 

"Tudo isso em apenas dois anos e meio após o atual governo ter herdado um caixa quase vazio e dívidas volumosas. A solução foi cortar despesas e equilibrar o caixa, sem abrir mão de ampliar os serviços públicos. O Maranhão dá exemplo de responsabilidade fiscal”, relatou o secretário.

Apesar da ex-governadora Roseana Sarney (PMDB) destacar que deixou mais de R$ 2 bilhões em caixa, quando deixou o comando do estado no final de 2014, o atual governo prega o contrário. No entanto, o secretário Marcellus Ribeiro tenta justificar a tese governamental apresentada em Caxias. “Recebemos poucos recursos em caixa, insuficientes para pagar até mesmo a conta de energia elétrica. Mas foram adotadas várias medidas, que começaram a surtir efeito”, afirma.

No site oficial do governo do estado, o secretário ressalta ainda "que as dificuldades foram ainda maiores por causa da crise econômica pela qual o Brasil passa. Somente em 2015 e 2016, por exemplo, mais de R$ 1,2 bilhão de transferências da União – asseguradas pela Constituição – deixaram de ser repassadas para o Maranhão".

“Mas terminamos o ano de 2016 como o segundo estado com melhor situação fiscal do país, mantendo o nível de investimentos elevados. Isso nos deixa otimistas em relação ao futuro”, acrescenta Marcellus, referindo-se a um estudo da Firjan (Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro) sobre as contas públicas estaduais.

O secretário lembra também a velha máxima de que há muitos estados mais ricos que o Maranhão em situação de penúria fiscal. “Estão praticamente quebrados, sem condição de pagar sequer a folha de seus funcionários. No nosso caso, conseguimos atravessar bem 2015 e 2016. A previsão até o fim do ano é de equilíbrio”, disse, ressalvando sempre que a crise financeira nacional impede qualquer tipo de previsão consolidada.

segunda-feira, 14 de agosto de 2017

"Quero pedir ao prefeito a exoneração do secretário Moacir", diz Marquinhos


O líder do DEM na Câmara de São Luís, vereador Marquinhos Silva (foto), voltou a criticar duramente a inabilidade e a insensatez do secretário Moacir Feitosa no trato com a educação pública na capital. Para o parlamentar, o titular da Semed se mostra intransigente em não sentar para negociar com os professores da rede municipal de ensino que já estão há 14 dias em greve geral, deixando milhares de crianças sem aula.

"Quero pedir ao prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT) para exonerar o secretário de Educação (Moacir Feitosa) de nosso município. É inadmissível e vergonhoso para esta cidade, para esta Câmara e para o prefeito, permitir que no oitavo mês deste ano ainda tenhamos escolas que ainda não iniciariam as aulas", declarou.

Marquinhos implorou para que o gestor municipal pedetista faça alguma coisa para resolver essa problemática. "Não podemos continuar calados e com esse descaso com o nosso município. São gerações de crianças que estão sendo prejudicadas e a marginalidade é quem vai dar no futuro, aquilo que a gestão municipal não vai dar. Que o prefeito pense nos seus dois filhos e reflita no que está aí na área da educação", frisou.

"O Socorrão II está em estado lastimável", diz Umbelino


O vereador Umbelino Junior (PPS/foto) usou nesta segunda-feira, 14, a tribuna da Câmara Municipal de São Luís para criticar a gestão do prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT) na área da saúde. Segundo o parlamentar, o Hospital Clementino Moura, o Socorrão II, na Cidade Operária, está em estado lastimável. 

"Por lá a coisa não está feia só nos corredores, que possuem pacientes em macas, mas sim, na falta de insumos básicos como gazes e demais medicamentos que não existem na unidade. Estive visitando o local e já detectamos muitas irregularidades e ainda vem muita coisa pela frente", disse o vereador.

Umbelino, que preside a Comissão de Saúde do Legislativo, voltou a reafirmar sua proposta de pautar o seu mandato focado na área da saúde da capital maranhense. "Aqui serei o vereador da saúde do povo de São Luís. Quero dizer que aqui serei o advogado, não só de profissão, mas também do povo na saúde", frisou.

Na oportunidade, o integrante popular-socialista na Casa informou que no Hospital da Mulher, que funciona na área Itaqui-Bacanga, a coisa só não está pior porque os próprios funcionários da unidade estão fazer "vaquinha" para consertar e ampliar espaços que deveriam ser feitos pelo poder público.

"No Hospital da Mulher foi feito um puxadinho em regime de mutirão pelos próprios funcionários, o que era para ser papel da Prefeitura", enfatizou. 

Ao final do seu discurso, o parlamentar afirmou que está presente na Câmara para fazer o que deve ser feito em prol da população da cidade. "Estou aqui para contribuir e fazer a minha parte", garantiu.