domingo, 31 de dezembro de 2017

Sarney não engole a manutenção da aliança PTB/PCdoB no Maranhão


O ex-presidente José Sarney, considerado o conselheiro-mor do governo do presidente Michel Temer (MDB), não engole a insatisfação ao ver a manutenção da aliança PTB/PCdoB no Maranhão, principalmente após a indicação do deputado federal Pedro Fernandes para o Ministério do Trabalho e Emprego.

Sarney, que tem sido um dos principais articuladores políticos da candidatura Roseana, em Brasília, em mais uma disputa [pela quinta vez consecutiva] ao governo do estado, tem tentado montar o máximo de alianças partidárias em torno do MDB no estado.

Assim que o nome do deputado Pedro Fernandes surgiu como o mais novo integrante do governo do presidente Temer, logo veio a especulação de que o PTB seria cooptado pelo MDB maranhense, visando enlace eleitoral para as eleições de outubro 2018.

Porém, os movimentos foram extremamente contrários ao pensado pelo grupo Sarney, ficando o PTB na base do governo Flávio Dino (PCdoB). Até mesmo o primeiro convênio já foi firmado entre o novo ministro e o Palácio dos Leões, com direcionamento para as hostes da Agência Executiva Metropolitana, que é comandada no Maranhão pelo vereador licenciado, Pedro Lucas Fernandes, filho do novo ministro.

Há quem diga que passadas as festividades de fim de ano, muita coisa pode mudar nos rumos das alianças políticas no estado, tendo o MDB maranhense, presidido pelo senador João Alberto Souza,  como protagonista na cooptação de aliados diversos.

Que venha 2018!!!!

sábado, 30 de dezembro de 2017

Pedro Fernandes firma primeiro convênio com governo Flávio Dino

O ministro Pedro Fernandes ao lado do governador Flávio Dino, do secretário Pedro Lucas e do prefeito Edivado Jr
Nem bem esquentou a cadeira no Ministério do Trabalho e Emprego, o novo titular Pedro Fernandes já mostrou que a união PTB/PCdoB está mais forte do que nunca.

Na noite da última sexta-feira, 29, o mais novo integrante do governo do presidente Michel Temer (MDB) esteve no Palácio dos Leões, onde celebrou convênio com o governo Flávio Dino (Convênio MTB/SPPE/CODEFAT Nº033/2017). Estiveram presentes o secretário Metropolitano, Pedro Lucas e o prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Junior (PDT).

"Convênio que entre si celebram a união, por intermédio do Ministério do Trabalho, por meio da Secretaria de Políticas Públicas de Emprego- SPPE, e o Estado do Maranhão/MA, por meio da Agência Executiva Metropolitana, sendo interveniente o Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador- CODEFAT, ojetivando a execução de ações do Programa Brasileiro de Qualificação Social e Profissional - Qualifica Brasil".

Veja abaixo os documentos:





sexta-feira, 29 de dezembro de 2017

Eliziane implora chancela de Dino ao Senado


E não é que a deputada federal Eliziane Gama (PPS) vive correndo atrás do governador Flávio Dino (PCdoB) para garantir a segundo chancela do Palácio dos Leões no seu propósito incessante de sair candidata ao Senado, em 2018.

Eliziane, que é jornalista por profissão, não tem medido esforços midiáticos para demonstrar ser fiel ao governo comunista. Até mesmo já colocou os evangélicos da Assembleia de Deus para solicitar apoio do governador Flávio Dino para lhe garantir apoio irrestrito.

O pior é que o chefe comunista do Palácio dos Leões tem ignorado as constantes investidas da nobre deputada, que terá de concorrer com os deputados federais José Reinaldo Tavares (PSB) e Waldir Maranhão (Avante).

Pelo amor de Deus, menos!

Escórcio diz que Sarney nada tem a ver com indicação de Fernandes


O ex-senador e ex-deputado federal Francisco Escórcio (MDB) garantiu ao blog que a indicação do deputado federal Pedro Fernandes (PTB) para o Ministério do Trabalho não passou pela chancela do ex-presidente José Sarney (MDB) junto ao presidente Michel Temer.

Para Escórcio, a boa desenvoltura política de Fernandes, em Brasília, levou o próprio PTB a indicar o seu nome para assumir o Ministério do Trabalho, que vinha sendo comandado por um outro petebista, o deputado Ronaldo Nogueira (RS), que pediu demissão na última terça-feira, 26.

Apesar da indicação do nome do deputado Pedro Fernandes para conduzir a pasta, o presidente Temer ainda não bateu o martelo.

Fernandes nega que ida para o governo Temer tenha o aval de Sarney


O deputado federal Pedro Fernandes (PTB) afirmou que o convite para assumir o Ministério do Trabalho não teria partido do ex-presidente José Sarney, mas sim do líder da bancada do PTB na Câmara dos Deputados, Jovair Arantes (GO).

Segundo Fernandes, Jovair teria lhe ligado enquanto se reunia com o presidente Michel Temer (MDB), no Palácio do Planalto. "Foi um susto ao receber a ligação". Porém, ao tomar conhecimento do que se tratava, o parlamentar maranhense aceitou o convite de imediato.

Em entrevista à Agência Brasil, Pedro Fernandes declarou que não tinha mais a intenção de concorrer à reeleição, deixando o caminho livre para seu filho, o vereador licenciado Pedro Lucas, que atualmente comanda a Agência Metropolitana do governo Flávio Dino (PCdoB).

"Já estou com cinco mandatos, eu já estava pensando em parar, talvez tenha sido isso que tenha ajudado a me escolher", ponderou Pedro Fernandes.

quinta-feira, 28 de dezembro de 2017

PTB não pretende largar o osso do governo Dino, por enquanto


Pelo menos uma coisa já é certa: o PTB do Maranhão não pretende largar o "osso" do governo Flávio Dino (PCdoB). Mesmo com a ida do deputado federal Pedro Fernandes para comandar o Ministério do Trabalho do presidente Michel Temer (MDB), o partido não demonstra nenhum interesse em sair da base comunista.

O próprio Pedro Fernandes, que preside o PTB maranhense, tem dado declarações à imprensa de que o partido deve continuar onde está, a menos que o governador decida romper a aliança firmada com a legenda.

Se não há garantia de rompimento, é fato que o vereador licenciado Pedro Lucas, filho do novo ministro do Trabalho, vai continuar conduzindo os destinos da Agência Metropolitana do governo Dino, de onde deve se desincompatibilizar só em abril para concorrer a uma vaga à Câmara Federal, em 2018.

Pelo visto, o PTB maranhense vai ter dois partidos aliados distintos, o PCdoB e o MDB da ex-governadora Roseana Sarney.

Vá entender esse samba do crioulo doido!

Escolha do novo ministro do Trabalho teria cota de Sarney no governo Temer


Já circula nos bastidores políticos que a escolha do novo ministro do Trabalho e Emprego, o deputado federal maranhense Pedro Fernandes (PTB), teria sido guinchado a um cargo de primeiro escalão no governo do presidente Michel Temer (MDB) pelas mãos do ex-presidente José Sarney.

Depois do ministro de Meio Ambiente, Sarney Filho, o deputado Pedro Fernandes pode ter sido o segundo indicado por Sarney, que opera na esfera do Palácio do Planalto como uma espécie de conselheiro-mor do presidente Temer.

Apesar disso, a direção nacional do PTB credita a indicação de Pedro Fernandes ao bom desempenho parlamentar do representante maranhense na Câmara dos Deputados e a cota do partido, cujo antecessor era o petebista Ronaldo Nogueira (RS).

Alguns apostam que a nova aliança PTB/MDB, em Brasília, terá desdobramentos eleitorais futuros no Maranhão.

É bom ficar com a parabólica ligada!

Pedro Lucas pode deixar agência do governo Flávio Dino


O vereador licenciado Pedro Lucas Fernandes (PTB), atual titular da Agência Metropolitana da Grande São Luís do governo Flávio Dino (PCdoB), pode deixar o cargo nas próximas horas, por incompatibilidade política.

Tudo por conta das últimas articulações em Brasília, que levaram à indicação do deputado federal Pedro Fernandes (PTB), pai do vereador, a assumir o Ministério do Trabalho e Emprego no lugar do também petebista Ronaldo Nogueira, do Rio Grande do Sul.

Especula-se que a ida do deputado Pedro Fernandes para as hostes do presidente Michel Temer (MDB) pode atrair no Maranhão uma eventual aliança do PTB à pré-candidatura da ex-governadora Roseana Sarney (MDB) ao Palácio dos Leões, em 2018.

Vale ressaltar que o deputado Pedro Fernandes preside o PTB no Maranhão e já esteve na condição de secretário das Cidades e também de Educação na última gestão do governo Roseana Sarney (2010-2014).

Há quem aposte que se o PTB se aliar ao MDB, não terá como o vereador Pedro Lucas ser mantido no ambiente comunista do secretariado de Dino.

Vale aguardar!!

"Teremos a volta do estacionamento rotativo", diz Canindé


A área central de São Luís deve ter, em 2018, a volta do estacionamento rotativo de veículos. O anúncio foi feito nesta quinta-feira, 28, pelo secretário municipal de Trânsito e Transportes, Canindé Barros, em entrevista exclusiva ao programa Passando a Limpo, apresentado pelo radialista Oswaldo Maia, na rádio Difusora AM (680Khz).

Canindé destacou que o novo modelo de estacionamento rotativo terá moderna tecnologia, que dará mais tranquilidade ao usuário do sistema na hora de pagar os créditos para permanecer no local.

"Em 2018, iremos voltar com o sistema de estacionamento rotativo para dar mais comodidade para os condutores de veículos e também contribuir para o comércio que existe no centro de São Luís, que tem um grande acesso de consumidores, em especial em datas comemorativas e precisam encontrar uma vaga para seus veículos", declarou Canindé. 

quarta-feira, 27 de dezembro de 2017

Flávio Dino diz que TV Mirante tem fome de recursos públicos


Em meio a crise política que se agravou nas últimas horas com as declarações dadas ao jornal Folha de S.Paulo, o governador Flávio Dino (PCdoB) reafirma que foi extremamente vital para os cofres públicos do Maranhão reduzir de 54% para 19% a verba publicitária que vinha sendo paga à TV Mirante, para divulgação de propaganda institucional.

Na entrevista ao matutino, o governador comunista garante que em 2012, época em que o estado era gerenciado pela ex-governadora Roseana Sarney (MDB), a TV Mirante recebia uma pomposa verba pública da ordem de 54% e que a partir de sua gestão esse percentual baixou para 19%, o que corresponde atualmente à cifra de R$ 4,465 milhões.

Em determinado momento da entrevista à Folha, Flávio Dino é indagado: "O senhor anuncia na Mirante?"

Em tom irônico, ele responde: "Bem menos do que os 54% da verba publicitária em 2012, que caiu para 19% em 2017".

Em complemento à sua resposta, o governador comunista alfineta: "O grupo empresarial deles depende de recursos públicos, que é um sistema (hoje Grupo de Comunicação Mirante), cujo maior anunciante era o próprio governo do estado. Ela (Roseana Sarney) pagava ela mesma".

Pelo visto, muita água ainda vai rolar embaixo da ponte.

Canindé anuncia novas regras para corredor exclusivo de transportes


O secretário municipal de Trânsito e Transportes, Canindé Barros, alertou nesta quarta-feira, 27, em entrevista exclusiva ao programa Espaço Público (Rádio Difusora AM-680 Khz), que a população deve estar atenta às novas regras para o corredor exclusivo de transportes.

Segundo o titular da SMTT, a partir das 14 horas de sábado até às 4h59 de domingo e nos feriados, o fluxo de veículos automotores fica liberado no corredor exclusivo para ônibus, táxis, ambulâncias e viaturas policiais.

"Com as novas regras, fica valendo a fiscalização eletrônica nos corredores exclusivos de transportes somente das 5 horas de segunda-feira até às 13h59 de sábado. Fora desse período regulamentado, fica o trânsito liberado, sem a necessidade de punição para quem trafegar pelo local", declarou o secretário Canindé Barros.

João Alberto ainda não confirmou se será candidato a vice de Roseana


O senador João Alberto (MDB) ainda não confirmou a seu grupo político se deve ou não concorrer às eleições de 2018, como companheiro de chapa da ex-governadora Roseana Sarney (MDB), que concorrerá, pela quinta vez consecutiva, ao Palácio dos Leões.

Até agora, o nome do senador para vice foi confirmado apenas pelo ex-suplente de senador e ex-deputado federal Chiquinho Escórcio. Mas há um entendimento de que João Alberto não se governa e que, portanto, vai seguir o que seu grupo político determinar, sem estribuchar.

O próprio senador tem dado declarações à imprensa que é um homem de grupo e que está aberto a disputar qualquer cargo na esfera política.

O problema é que a chapa ao Senado da República do grupo Sarney, para as eleições do ano que vem, já está montada, tendo como pré-candidatos o senador Edison Lobão, que vai buscar a reeleição, e o ministro de Meio Ambiente, Sarney Filho (PV).

Para João Alberto parece que sobrou mesmo a vaga de candidato a vice-governador ou então a aposentadoria política.

terça-feira, 26 de dezembro de 2017

TV Mirante abocanha mais de R$ 4 milhões da verba publicitária de Dino


Apesar de ser adversário político, o governador Flávio Dino (PCdoB) revelou ao jornal Folha de S.Paulo que a TV Mirante, que pertence ao grupo Sarney no Maranhão, recebe um percentual de 19% da verba publicitária do Governo do Estado para veiculação de propaganda institucional em horário nobre. 

O montante equivale a R$ 4,465 milhões pagos à emissora, que é afiliada da Rede Globo de Televisão. Em determinado momento da entrevista ao matutino paulista, o governador comunista é indagado: "O senhor anuncia na Mirante?".

Automaticamente o governador responde ao questionamento em tom irônico: "Sim, mas bem menos do que os 54% da verba publicitária em 2012", numa clara referência a pomposa verba recebida pela emissora, quando quem administrava o Estado era a ex-governadora Roseana Sarney (MDB), sua principal adversária política, na disputa sucessória ao Palácio dos Leões, em 2018.

Segundo dados do orçamento estadual para 2017, a Secretaria de Comunicação e Assuntos Políticos, comandada pelo jornalista Márcio Jerry (PCdoB), foi contemplada com R$ 58,9 milhões, sendo que R$ 23,5 milhões fora destinado à divulgação de "ações governamentais" em veículos midiáticos.

Não convidem para a mesma mesa Duarte Jr e Carioca


Literalmente, não convidem para a mesma mesa do Reveillon o presidente do Procon, o advogado Duarte Junior, e o ex-vereador Paulo Roberto Pinto, mais conhecido por "Carioca".

É que um vídeo, que está circulando nas redes sociais, mostra o ex-parlamentar de São Luís discutindo com o dirigente do Procon no Maranhão.

O áudio mostra Carioca dizendo que Duarte Jr "vai procurar respeitar". 

"...Tu vai procurar respeitar, que eu não tenho medo de ti. Tu é covarde babaca. Eu não tenho medo de ti não... Secretário corrupto. Tu é corrupto. Diz que tu não é corrupto. Vem me desafiar. Tu está é ameaçando os outros, vagabundo".

O clima hostil aconteceu no estacionamento da Barbearia Rei Arthur, no bairro nobre do Renascença.

Duarte Junior garante que vai processar criminalmente seu agressor por calúnia, difamação e desacato à autoridade do Estado.

Vereador justifica não ter votado favorável a empréstimo da Prefeitura


O líder do PEN na Câmara Municipal de São Luís, Marcial Lima, disse que não votou favorável à solicitação do prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT), por um empréstimo de R$ 240 milhões, por não ter sido especificado no projeto do Executivo o real objetivo do montante milionário e para onde vai tanto dinheiro, em época de pré-campanha eleitoral. A proposta foi votada no Legislativo na sexta-feira passada, 22.

Além de Marcial Lima, também votaram contra a matéria os vereadores Estevão Aragão (PSB) e Bárbara Soeiro (PSC). A solicitação de empréstimo da Prefeitura é com a Caixa Econômica Federal, no âmbito do programa de financiamento Finisa, que seria para promover asfaltamento em diversos bairros da capital maranhense.

No entanto, Marcial Lima alega que não há transparência no projeto, pois não informa detalhadamente quais bairros da cidade serão beneficiados. "Temos vários bairros em São Luís que carecem de asfalto e o projeto não especifica quais serão beneficiados. Por isso, não votei favorável à matéria e parabenizo os vereadores Bárbara Soeiro e Estevão Aragão por não votarem favoráveis ao projeto", declarou o parlamentar do PEN.

Marcial Lima garante não ser contra o empréstimo, mas desde que seja informado no projeto encaminhado à Câmara quais os locais da cidade que serão contemplados e quanto será gasto. "Estamos em ano pré-eleitoral e a gente já viu esse filme antes", alertou o vereador.

Roseana já articula em ter o presidente Temer em seu palanque eleitoral


A ex-governadora Roseana Sarney (MDB) espera contar com a participação do presidente da República, Michel Temer (MDB), em seu palanque eleitoral durante a campanha na corrida sucessória, pela quinta vez consecutiva, ao Palácio dos Leões.

Mesmo estando o presidente com uma popularidade em baixa, que beira a casa dos 6%, a ex-governa Roseana ainda acredita que a figura de Temer pode ajudar a atrair novos eleitores no estado, caso o governo federal consiga aprovar as reformas da Previdência e Tributária no Congresso Nacional ainda no primeiro semestre de 2018.

Como a aliança com o PT do ex-presidente Lula está cada vez mais indefinida no Maranhão, já que uma boa ala do partido defende que os petistas apoiem a reeleição do governador Flávio Dino (PCdoB), a ex-governadora aposta na força do Palácio do Planalto para alavancar sua campanha no estado.

Há quem diga que o MDB deve vir com chapa pura na disputa ao governo do Maranhão, tendo como cabeça de chapa Roseana Sarney e como companheiro a vice o senador João Alberto Souza.

Programa Espaço Público retorna em nova temporada pela Difusora AM

O programa Espaço Público terá na bancada os comunicadores Mario Carvalho, Adriana Nogueira e Ademar Monteiro
Está de volta nesta terça-feira, 26, em nova temporada, o programa "Espaço Público" pela rádio Difusora AM (680 Khz), que vai ao ar de segunda à sexta-feira, das 10h às 12h.

O programa irá substituir, temporariamente, o horário de divulgação das sessões plenárias da Câmara Municipal de São Luís, que é feito por meio do programa Câmara em Destaque, que retorna só em fevereiro de 2018.

Até lá o Espaço Público vai trazer informações sobre política, cultura, meio ambiente, cotidiano, economia e todas as informações sobre o Maranhão, o Brasil e as notícias internacionais.

Não perca!

domingo, 24 de dezembro de 2017

Eliziane não acredita que PPS apoiará candidatura de Roberto Rocha


A deputada federal Eliziane Gama (PPS), pré-candidata ao Senado da República, não acredita que o seu partido apoiará a candidatura do senador Roberto Rocha (PSDB) ao governo do Maranhão, nas eleições de 2018.

Eliziane aposta que o PPS vai mesmo firmar aliança com o PCdoB do governador Flávio Dino, que buscará a reeleição. Além disso, a deputada tem procurado ser a segunda candidata ao Senado a ter a chancela do Palácio dos Leões.

Até agora, o único candidato a ter o aval do governador comunista foi o deputado federal Weverton Rocha (PDT). 

Além de Eliziane, as outras duas vagas gravitam em torno do deputado José Reinaldo Tavares (PSB), que deve se filiar ao DEM, e do deputado Waldir Maranhão (Avante), que deve ir para o PTB.

Câmara ainda votará projeto do novo Código Tributário de São Luís


Apesar de já ter sido encerrado o período regimental de 2017, a Câmara Municipal de São Luís irá se reunir, em caráter extraordinário, na próxima quinta-feira, 28, para apreciação e votação do novo Código Tributário do Município.

A matéria, encaminhada ao Legislativo pelo prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT), não conseguiu ser apreciada e votada em tempo hábil pelos vereadores, que preferiram deixar para um outro momento já que o projeto é complexo.

Na oportunidade, também será discutida uma emenda aditiva à Lei Orgânica do Município, que trata da emenda impositiva que os vereadores têm direito, para transformar em recursos e obras em diversos bairros da capital maranhense.

sexta-feira, 22 de dezembro de 2017

Partido de Eliziane pode apoiar o PSDB de Roberto Rocha


Já circula nos bastidores políticos que o PPS da deputada federal Eliziane Gama deve apoiar a candidatura do presidenciável governador de São Paulo, Geraldo Alckmin pelo PSDB, em 2018.

Caso isso se confirme, aqui pelas bandas do Maranhão, a deputada Eliziane ficaria em maus lençóis, já que a parlamentar evangélica espera que o PPS feche aliança em torno da reeleição do governador Flávio Dino (PCdoB).

Se o PPS fechar nacionalmente com PSDB, o ninho tucano maranhense, que tem na presidência regional o senador Roberto Rocha, forçará a deputada Eliziane a usar o mesmo palanque.

Ou seja, Eliziane, que é pré-candidata ao Senado, teria que apoiar a candidatura de Roberto Rocha ao Palácio dos Leões.

E agora noviça?!

Escórcio já escalou o time Sarney aos Leões e ao Senado

O ex-senador Chiquinho Escórcio ao lado do ex-presidente da República e ex-senador José Sarney (MDB)
O ex-suplente de Senador e ex-deputado federal Chiquinho Escórcio (foto) já entrou em campo e escalou o time que vai jogar a partida eleitoral na corrida sucessória ao Palácio dos Leões e ao Senado da República, no âmbito do grupo Sarney, para 2018.

Em entrevista exclusiva, nesta sexta-feira, 22, ao programa Passando a Limpo (Rádio Dfusora AM-680Khz), apresentado pelo comunicador Oswaldo Maia, Escórcio disse aquilo que todo mundo já suspeitava e o que este blog já havia anunciado.

Segundo ele, na disputa majoritária ao governo do Maranhão, a ex-governadora Roseana Sarney (MDB) vai ter como companheiro de chapa, o senador João Alberto Souza, que preside o MDB no estado. Portanto, o partido virá com chapa pura para o pleito do ano que vem.

Na corrida frenética às duas vagas ao Senado, Escórcio garantiu que os nomes do grupo serão mesmo o ministro de Meio Ambiente, deputado licenciado Sarney Filho (PV) e o senador Edison Lobão buscará a reeleição para mais oito anos de mandato eletivo.

Portanto, o time já está escalado, falta agora só o jogo começar.

Falta também combinar com o povo!

Câmara de São Luís ainda faz mistério sobre votação do orçamento para 2018


Expectativa para esta sexta-feira, 22, pois hoje é o último dia regimental para que a Câmara de São Luís aprecie e vote o orçamento do município para o exercício financeiro de 2018. Caso os vereadores não consigam debelar a pauta em tempo hábil, o Legislativo realizará, a partir da próxima semana, sessões em caráter extraordinário para votação da matéria.

O orçamento é a peça financeira que fixa a receita e estima a despesa da administração pública. O município de São Luís tem no momento uma previsão orçamentária da ordem de R$ 3,2 bilhões para o ano que vem.

Segundo o presidente da Câmara Municipal, Astro de Ogum (PR), todos os esforços estão sendo feitos para que o colegiado da Casa possa finalizar a pauta ainda nesta sexta-feira, mas se não houver a conclusão dos trabalhos, as sessões legislativas irão transcorrer até o próximo dia 29, sem custo adicional para o parlamento.

Além do projeto do orçamento, estão na pauta da Câmara propostas de alterações no Código Tributário do Município, regulamentação do Uber e o Plano Plurianual (PPA), entre outras matérias que estão tramitando nas comissões técnicas.

quinta-feira, 21 de dezembro de 2017

Jornalista recebe moção de aplausos e congratulações


O jornalista Mario Carvalho, 46, autor deste singelo blog, foi agraciado pelo vereador Paulo Victor (PROS) com uma Moção de Aplausos e Congratulações, aprovada por unanimidade pelo plenário da Câmara Municipal de São Luís.

"Quero agradecer a esta importante homenagem, proposta pelo vereador e amigo Paulo Victor. Entendemos que essa moção representa o importante papel que nós, profissionais da comunicação, desempenhamos no âmbito do jornalismo em todo o estado Maranhão e em especial, na capital São Luís. Quero compartilhar com os amigos jornalistas essa mais nova condecoração", declarou.

Mario Carvalho é jornalista graduado. Formou-se em 1997, pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA) e atualmente, coordena a apresentação do programa Câmara em Destaque, informativo da Câmara Municipal de São Luís, transmitido ao vivo pela Rádio Difusora AM (680 Khz), de segunda a sexta-feira, das 10h às 13h, ao lado dos comunicadores Adriana Nogueira e Ademar Monteiro.

Waldir Maranhão reafirma candidatura ao Senado pelo PT


O deputado federal Waldir Maranhão denuncia que "forças ocultas" estão tentando minar a sua pré-candidatura ao Senado da República pelo PT, com o apoio do governador Flávio Dino (PCdoB) para as eleições gerais de 2018.

Maranhão disse que mentes mirabolantes (?) estariam até condicionando uma eventual desistência de sua candidatura à Câmara Alta, o que levaria o parlamentar a buscar, como alternativa, uma reeleição à Câmara Federal.

Segundo o parlamentar, não existe nesse momento a palavra "desistência" em sua busca incessante para efetivar seu projeto ao Senado pelo PT, com ou sem o apoio do governador Flávio Dino.

Vice-governador pode não mais se filiar ao PRB de Cleber Verde


Depois do rebuliço causado pela possibilidade real de traição histórica do PRB ao PCdoB do governador Flávio Dino (PCdoB), em 2018, o vice-governador Carlos Brandão (ex-PSDB) já avalia a viabilidade de não se filiar às hostes republicanas da legenda ligada ao deputado federal Cleber Verde e à Igreja Universal do Reino de Deus (IURD).

A preocupação nesse momento é que, caso o PRB resolva não manter aliança com o PCdoB e lá na frente ser tragado pelo canto da sereia do PMDB da ex-governadora Roseana Sarney, que é pretensa candidata, pela quinta vez consecutiva, ao Palácio dos Leões, a vida do vice-governador cairia em desgraça política.

Nos bastidores políticos é dado como certo que o governador Flávio Dino quer manter a mesma chapa vitoriosa das eleições de 2014, com Brandão na condição de vice, por considerá-lo alguém de extrema confiança. 

Porém para isso, é preciso encontrar um lugar seguro para Brandão, já que o PSDB não serve mais de abrigo, após a chegada do senador Roberto Rocha, que atualmente preside a legenda no Maranhão e pretende disputar a corrida majoritária ao governo.

quarta-feira, 20 de dezembro de 2017

Astro deve recorrer de denúncia do MPF sobre reforma em anexos da Câmara

O presidente Astro de Ogum ao lado do governador Flávio Dino (PCdoB) em recente visita o Palácio dos Leões
O presidente da Câmara de São Luís, Astro de Ogum (PR), tomou conhecimento pela imprensa da denúncia oferecida pelo Ministério Público Federal (MPF) contra sua pessoa, no comando do Legislativo Municipal. Apesar disso, ele prefere ainda não se manifestar publicamente, mas garante que o direito de defesa é para todos.

Segundo o MPF, Astro de Ogum teria promovido alterações sem prévia autorização do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) nos prédios principal e anexos da Câmara de Vereadores de São Luís, que é tombado historicamente e faz parte do conjunto arquitetônico e paisagístico da cidade.

Após laudo técnico, o MPF atestou a colocação de letreiro irregular no prédio localizado na Rua da Estrela, no Centro de São Luís. Durante as investigações, ainda foi identificado que outros serviços estão sendo feitos, todos sem autorização expedida pelo Iphan, caracterizando as intervenções como irregulares, a exemplo da substituição de revestimentos de pisos e paredes, instalação de forro em PVC, colocação de novas luminárias, execução de pintura interna e externa, revisão das instalações prediais e troca de esquadrias.

De acordo com o MPF, Astro de Ogum, como presidente da Câmara de Vereadores, atuou de forma decisiva ao determinar a reforma nos moldes que foi realizada. Na condição de gestor, foi responsável direto pela aprovação das intervenções, que não se limitaram à manutenção da integridade física ou estrutural do imóvel, mas sim modificaram uma parcela significativa da fachada, o que prejudica a configuração do conjunto em razão do seu valor histórico e cultural.

Ainda segundo a denúncia do MPF, o gestor da Câmara desobedeceu ordem judicial, que determinava a não realização de novas modificações no imóvel tombado, sem a prévia autorização do Iphan.

Com isso, o MPF solicita à Justiça Federal a condenação de Astro de Ogum, além do pagamento de indenização relativa ao valor necessário para reparação dos danos causados.

Jornalista é agraciado com honraria pelo vereador Cézar Bombeiro



O jornalista e blogueiro Genivaldo Abreu Fonseca foi um dos grandes agraciados na noite da última terça-feira, 19, durante a solenidade de entrega das medalhas Simão Estácio da Silveira pela Câmara Municipal de São Luís, que ocorreu no auditório da Federação das Indústrias do Estado do Maranhão (Fiema).

Na foto acima, o profissional da comunicação ao lado do vereador Cézar Bombeiro (PSD), autor da comenda histórica concedida ao amigo e jornalista Genivaldo Abre Fonseca. 

"É uma honra receber essa importante comenda do amigo e vereador Cézar Bombeiro nessa noite festiva", declarou o homenageado.

PRB pode passar a perna em Brandão e Flávio Dino

O governador Flávio Dino (PCdoB) recebe o deputado federal Cleber Verde e pede apoio do PRB em 2018
O Partido Republicano Brasileiro (PRB) pode protagonizar uma cena de traição histórica na política do Maranhão para as eleições de 2018. A sigla vem sendo cogitada como a nova morada do vice-governador Carlos Brandão, que está deixando o PSDB para se filiar à legenda da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD).

No entanto, já existem fortes indícios de que o PRB, que tem no comando do estado o deputado federal Cleber Verde, pode não fechar aliança com o PCdoB do governador Flávio Dino e sim, sair de mãos dadas com a candidatura da ex-governadora Roseana Sarney (PMDB), na disputa, pela quinta vez consecutiva, ao Palácio dos Leões.

Com isso, o PRB acabaria puxando não só tapete do vice Carlos Brandão, que já chegou até a anunciar sua ida para as hostes do novo partido, mas também deixar de apoiar a reeleição do governador comunista, que concedeu o aval para que seu vice deixasse as hostes tucanas pela nova legenda patrocinada pela Igreja Universal.

Até agora, o deputado Cleber Verde nada falou sob a possibilidade de traição política no seio do PRB.

terça-feira, 19 de dezembro de 2017

PT no Maranhão deve ficar aberto ao diálogo com os grupos Sarney e Dino


O Partido dos Trabalhadores no Maranhão vive um momento de inquietação pré-eleitoral. Correntes internas do PT no estado não se entendem e já falam em rompimento com as hostes do governo Flávio Dino (PCdoB) e a possibilidade de lançar candidaturas próprias ao Palácio dos Leões e ao Senado da República, em 2018.

Se houver candidatura majoritária ao governo, o nome que vem sendo ventilado dentro do partido é o do ex-superintendente regional do Incra, Raimundo Monteiro (foto), que em 2002 disputou o pleito ao governo estadual, obtendo 7% de votos no Maranhão.

Na eventual corrida ao Senado, os nomes do PT que estão sendo colocados à mesa para discussão são o do dirigente e militante petista, Nonato Chocolate, e o do ex-secretário de Esportes do governo Dino, professor Márcio Jardim.

O pano de fundo do PT nesse momento seria montar um articulado palanque para a eventual candidatura do ex-presidente Lula no Maranhão, aberto ao diálogo com os grupos Sarney e Dino.

Eliziane quer jogar Zé Reinaldo para escanteio na disputa ao Senado


Diz um velho ditado popular que: "em período eleitoral, vale tudo. Até dedo no olho". E é isso que pode acontecer daqui pra frente até as homologações das candidaturas ao Senado da República para 2018. Principalmente aquelas que deverão ter a chancela do Palácio dos Leões.

Depois de anunciar, oficialmente, que o deputado federal Weverton Rocha (PDT) será seu "pupilo" nas eleições do ano que vem à Câmara Alta, em Brasília, o governador Flávio Dino (PCdoB) deixou a segunda vaga para "murro".

Nas recentes articulações de bastidores, a briga acirrada está sendo travada por conta dos deputados federais José Reinaldo Tavares (PSB) e Eliziane Gama (PPS). 

Ambos estão travando uma verdadeira batalha para obter o apoio incondicional do governador comunista na corrida ao Senado Federal. Alguns apostam em Zé Reinaldo outros, em Eliziane.

Façam suas apostas. A sorte está lançada!

Palanque de Maura Jorge pode não garantir reeleição de Aluísio Mendes


Já circula nos bastidores políticos que nem mesmo o eventual "palanque" montado para a candidatura da ex-prefeita de Lago da Pedra, Maura Jorge (Podemos), em 2018, não deve salvar a candidatura à reeleição do deputado federal Aluísio Mendes (Podemos).

Alguns analistas mais pessimistas também acreditam na possibilidade de que, no decorrer da campanha eleitoral do ano que vem, a candidatura de Maura Jorge possa vir a naufragar e a pretensa candidatável vir a ser convidada a compor chapa a vice com a ex-governadora Roseana Sarney (PMDB).

Em meio às inúmeras viabilidades técnicas e políticas, Maura Jorge nega desistir da disputa eleitoral e garante que vai encarar mais um desafio. Quanto ao deputado Aluísio Mendes, o parlamentar nem pensa em ficar fora dos quadros da Câmara Federal.

Vale lembrar que na eleição de 2014, Aluísio Mendes, que foi secretário de Segurança Pública do governo Roseana, se elegeu arrastado pelo PSDC, ficando na última posição da bancada maranhense, tendo sido o 18º parlamentar, com um quantitativo de 50.658 votos (1,62%).

segunda-feira, 18 de dezembro de 2017

"A Câmara entra em recesso, mas se preciso realizará extraordinária", diz Astro


O presidente da Câmara de São Luís, Astro de Ogum (PR), anunciou na sessão desta segunda-feira, 18, que até quarta-feira, 20, a Casa entrará em recesso parlamentar, com a votação do projeto orçamentário do município para o exercício financeiro de 2018. 

Também estão em pauta, alterações no Código Tributário, empréstimo solicitado pelo prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT) para asfaltamento de ruas e avenidas, projeto de regulamentação do Uber, entre outros.

"No entanto, se tivermos alguma coisa séria pendente, poderemos ter convocação extraordinária. Quem quer o bem da cidade, não tem hora para trabalhar", declarou o chefe do Legislativo. As palavras do presidente Astro causaram certa inquietação entre os demais vereadores, que defendem encerrar os trabalhos na sexta-feira, 22.

Apesar disso, para o presidente da Casa, se houver a necessidade de votação de matérias que estão em pauta, os parlamentares serão convocados fora do período regimental legislativo. 

A previsão de recesso oficial no Legislativo, em todo o país, é a partir do próximo sábado, 23.

Zé Reinaldo já tem data para deixar o PSB e se filiar ao DEM


O ex-governador e atual deputado federal José Reinaldo Tavares avisa que já está liberado para deixar as hostes do PSB, mas só pretende se filiar ao DEM no dia 6 de fevereiro de 2018, data em que está prevista a Convenção Nacional do Democratas.

Zé Reinaldo reafirma o compromisso do DEM em apoiar a reeleição do governador Flávio Dino (PCdoB), no ano que vem, em acordo recém-firmado entre o próprio governador comunista e o presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia, que também preside o DEM nacional.

Ao que tudo indica, Zé Reinaldo deve ser mesmo o segundo candidato ao Senado da República pelo Maranhão a ter a chancela do Palácio dos Leões. O primeiro é o deputado federal Weverton Rocha (PDT) que já teve o apoio oficial governista.

Márcio Jardim recebe apoio nacional do PT na disputa ao Senado


O ex-secretário estadual de Esporte, militante petista e professor Márcio Jardim (foto), acabou saindo fortalecido em seu novo projeto de sair candidato ao Senado da República, nas eleições de 2018.

É que a cúpula nacional do Partido dos Trabalhadores (PT) já garantiu apoiar a pretensão de Jardim em se aventurar, no pleito do ano que vem, por uma cadeira à Câmara Alta, em Brasília.

Desde que foi exonerado da titularidade de secretário do governo Flávio Dino (PCdoB), Márcio Jardim tem buscado aproximação com a caravana do ex-presidente Lula, em suas andanças pré-eleitorais pelo Brasil.


Caso Márcio Jardim seja candidato ao Senado pelo PT do Maranhão, o partido terá palanque próprio numa disputa majoritária no estado.

domingo, 17 de dezembro de 2017

Roseana Sarney diz que vai concorrer ao Leões para perder ou ganhar


Em recente vídeo que está circulando nas redes sociais, a ex-governadora Roseana Sarney (PMDB) mostra ser uma mulher destemida, que já passou por 23 cirurgias em diversas partes do corpo e que vai encarar, pela quinta vez consecutiva, mais uma eleição na corrida sucessória ao Palácio dos Leões, em 2018.

"Vou concorrer para perder ou ganhar, mas claro que quero é ganhar", cita em determinado trecho a ex-governadora Roseana Sarney, em reunião que teve com lideranças evangélicas no município de Chapadinha.

Roseana terá pela frente seu arqui-rival político, o governador Flávio Dino (PCdoB), que vai em busca da reeleição no Maranhão. A ex-governadora tem dito a aliados que apesar de não ser uma tarefa fácil, ela vai encarar mais esse desafio em sua trajetória de vida, com as bênçãos do presidente da República, Michel Temer (PMDB).

sábado, 16 de dezembro de 2017

Suplente de Roberto Rocha deixa o PSDB e acirra debandada no tucanato

O vice-governador Carlos Brandão em conversa com o suplente de senador Pinto Itamaraty
O suplente de senador, Pinto Itamaraty, já declarou que vai mesmo deixar as hostes do PSDB. A decisão foi tomada, após a executiva nacional da sigla anunciar no comando do tucanato maranhense a presença do senador Roberto Rocha, que tem o apoio do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin.

Além de Pinto Itamaraty, está previsto para desembarcar do PSDB uma enxurrada de antigos filiados do partido. A proposta é seguir o caminho tomado pelo vice-governador Carlos Brandão, que já decidiu que se filiará ao PRB da Igreja Universal e que tem como principal representante no Maranhão, o deputado federal Cleber Verde.

A debandada em massa no PSDB teria o aval do governador Flávio Dino(PCdoB), como forma de minar as bases eleitorais do senador Roberto Rocha, que deve concorrer ao governo do estado, em 2018. 

A ideia seria encolher cada vez o ninho tucano no Maranhão, para fragilizar o partido, que na eleição de 2014 fez uma parceria vitoriosa com o PCdoB na chegada ao Palácio dos Leões.

sexta-feira, 15 de dezembro de 2017

Click do Dia! Os exterminadores Sarney Filho e Arnold Schwarzenegger

E não é que o ministro de Meio Ambiente, Sarney Filho (PV), pré-candidato ao Senado pelo Maranhão, em 2018, foi pegar umas aulas com o exterminador do futuro, o marombeiro de Hollywood e ex-governador da Califórnia, Arnold Schwarzenegger. 

Hasta la vista babies!

Ricardo Murad esquece a pré-campanha ao governo e mira em Luciano Huck


O ex-secretário de Saúde, Ricardo Murad, esqueceu um pouco os holofotes da pré-campanha ao governo do Maranhão e mirou suas baterias midiáticas nas redes sociais contra o apresentador global Luciano Huck e sua equipe do programa Caldeirão.

Ricardo saiu em defesa do povo maranhense e em especial da população de Alcântara, depois que viralizou na internet um vídeo onde o cinegrafista da equipe do apresentador Luciano Huck, chamado de "Zé" (ninguém), diz que a cidade maranhense fica localizada "no fim do mundo".

Em um trecho Ricardo disparou: "Passam treze horas para Paris e não acham fim do mundo".

Já está valendo a fiscalização eletrônica das faixas exclusivas para ônibus


O secretário municipal de Trânsito e Transportes, Canindé Barros, informa que não haverá mais prorrogação por 30 dias e passa a valer, a partir desta sexta-feira,15, a fiscalização das faixas exclusivas para ônibus, táxis com passageiros e veículos preferenciais como viaturas e ambulâncias em São Luís.

No geral, os condutores de veículos tiveram um prazo de 60 dias para se adaptar às alterações propostas pela Prefeitura de São Luís, por meio da SMTT. As modificações tem como finalidade dar maior fluidez ao trânsito nas principais vias públicas da cidade.

O uso indevido das faixas exclusivas incorre em infração gravíssima, com multa de R$ 293,00 e sete pontos na carteira de habilitação. A fiscalização também se estende aos ônibus, pois os veículos que saírem da faixa exclusiva também serão multados pela infração cometida.

Sindicato dos Jornalistas lança nota de pesar por falecimento de Othelino Filho


O presidente do Sindicato dos Jornalistas do Maranhão, Douglas Cunha, lançou nota de pesar pelo falecimento do jornalista Othelino Nova Alves Filho, 67, pai do deputado estadual Othelino Neto (PCdoB), que faleceu na tarde de quinta-feira, 14, por complicações cardiovasculares, em São Paulo. O corpo será velado no plenário da Assembleia Legislativa. O local do sepultamento ainda não foi informado pelos familiares.

"Com profunda consternação, recebemos a informação do falecimento do jornalista Othelino Nova Alves Filho, profissional e amigo, comprometido com o exercício da profissão que abraçou, executando com seriedade e a coragem extremada que herdou do seu pai homônimo, sempre em defesa dos oprimidos, jamais recuando diante de um bom combate. Reconhecemos que o jornalismo maranhense perde muito com a sua ausência. Unimos nossa dor à da família, rogando a Deus que conforte a todos".

Othelino Filho estava internado no Hospital Albert Einstein, na capital paulita. O jornalista destacou-se no maranhão como resistência escrita. O jornalista exerceu vários cargos públicos no Maranhão, dentre os quais o de diretor de Comunicação da Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão, no período de 1993 a 2003.

Biografia

Raimundo Nonato Othelino Filho Parente Alves, conhecido como Othelino Filho, nasceu em 22 de dezembro de 1949 na cidade de Sobral, no Ceará. Filho do jornalista maranhense Othelino Nova Alves e da cearense Zeneida Parente Alves, Othelino Filho, desde pequeno, seguia os passos de luta ensaiados por seu pai. Quando adolescente, iniciou sua experiência com o papel, a caneta e o ideal.

Escreveu seu primeiro artigo, intitulado “Sala de aula”, para um jornal estudantil de sua cidade. O artigo era uma denúncia contra o analfabetismo e a manipulação da informação dentro das escolas e, sobretudo, na sociedade. Para ele, a “sala de aula” mencionada no texto era ainda a fronteira entre a liberdade e a civilização.