Banner da Prefeitura de São Luís

Banner da Prefeitura de São Luís

segunda-feira, 23 de abril de 2018

Vereador quer discutir uso, abastecimento e desperdício d´água


Encontra-se na ordem do dia da Câmara Municipal de São Luís, requerimento nº 133/2018, de iniciativa do vereador Cézar Bombeiro (PSD), propondo a realização de um painel com o tema “Uso sustentável, abastecimento, desperdício e a qualidade da água em São Luís”. A matéria deverá ser apreciada e votada no decorrer desta semana.

Com essa iniciativa, o parlamentar do PSD pretende promover um amplo debate sobre o assunto, bem como outros inerentes ao tema, relacionado a problemas que atingem os consumidores, principalmente das comunidades de todos os bairros, sendo os mais prejudicados os considerados de periferia. 

Para tanto, ele insere na temática as condições sanitárias em que vivem essas populações. Outro item a ser abordado, adianta Bombeiro, é a cobrança das contas de fornecimento da água, sem o devido retorno para consumo do usuário.

Para obter um alcance de abrangência sobre a discussão o parlamentar está convidando para participar do evento, representantes do governo do Estado e da Prefeitura de São Luís, da CAEMA (Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão), professores, estudiosos e técnicos de universidades e instituições da sociedade civil, bem como de entidades populares e comunitárias.

 O vereador fala com ênfase que “sem um consumo responsável e com o desperdício, não irá demorar muito tempo para que todos nós estejamos sofrendo graves consequências”

Dentro dessa ótica, ele dá destaque para os setores mais carentes, “pois nós todos temos conhecimento de que são os que mais sofrem, devido a falta de uma devida assistência por parte dos poderes públicos”.

Astro mantém eleição para agosto e TJ deve dar palavra final


Mesmo sob forte pressão, o presidente da Câmara Municipal de São Luís, Astro de Ogum (PR), mantém a determinação de realizar a eleição para a escolha dos novos membros da Mesa Diretora da Casa para o dia 8 de agosto deste ano.

Na semana passada o chefe do Legislativo lançou edital convocando o pleito, que nesse momento se encontra judicializado.

Ao fim do mandato do então presidente, vereador Isaías Pereirinha (PSL), ele apresentou projeto extinguindo a reeleição para os membros da Mesa, dentro de uma mesma legislatura. 

Porém, o  PSL entrou com ação judicial para revogar tal decisão, sob o argumento de que a matéria apresentada por Pereirinha, na época, foi  aprovada de forma equivocada, pela falta de interstício entre primeira e segunda votação.

O PTB recorreu e o desembargador Jamil Gedeon manteve a proibição da reeleição, de forma monocrática e determinou que o presidente da Casa estabelecesse prazo para a eleição. 

Logo em seguida, o desembargador José Jorge Figueiredo dos Anjos  concedeu decisão favorável à ação do PSL, mas o mesmo Jamil Gedeon cassou a liminar do colega e o caso será decidido na próxima quarta-feira, 25, pelo Pleno do Tribunal de Justiça.

domingo, 22 de abril de 2018

Ex-ministro do PV e governador do PCdoB na corda bamba do Ministério Público


O ex-ministro de Meio Ambiente, Sarney Filho (PV), e o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), ainda continuam na mira do Ministério Público Federal (MPF) por estarem incluídos na lista das farras de passagens aéreas pagas com recursos do tesouro da União.

Entre o rol de ministros e ex-ministros do governo do presidente Michel Temer (MDB), Sarney Filho aparece em primeiro na lista, com 337 passagens, tendo gasto a soma de R$ 182.094,57, seguido de Ricardo Barros (Saúde), Bruno Araújo (Cidades), Fernando Coelho (Minas e Energia), Eliseu Padilha (Casa Civil), Raul Jungmann (Defesa) e Leonardo Picciani (Esporte).

O ex-ministro Sarney Filho (PV) e o governador Flávio Dino (PCdoB) em recente evento político pelo Maranhão
Já entre os governadores de estado, Flávio Dino também aparece encabeçando a lista com gasto irregular de 222 passagens, no valor de R$ 151.403,02. Dino só perde para Jackson Barreto (MDB), governador de Sergipe; e Rodrigo Rollemberg (PSB), do Distrito Federal.

O Ministério Público quer a devolução de R$ 667 mil aos cofres públicos da União, que se refere à quantia irregular gasta, atribuída aos denunciados.

Segundo o MPF, a farra de passagens serviu para fins privados, com viagens ao exterior, passeios com a família, cessão de passagens para eleitores ou outras pessoas sem vínculo parlamentar.

sexta-feira, 20 de abril de 2018

Eleição da Câmara de São Luís em clima de tensão


Edital de Convocação, assinado pelo vereador Astro de Ogum (PR), oficializa a eleição para a escolha dos novos membros da Mesa Diretora da Câmara Municipal de São Luís para o dia 8 de agosto deste ano.

Porém, o vereador Nato Junior (PP) já deu entrada com uma mandado de segurança para antecipar a data do pleito.

Até o momento estão candidatos o próprio presidente da Casa e o primeiro vice-presidente, Osmar Filho (PDT).

Pelo visto o clima continua tenso no Legislativo municipal.

Eliziane na sombra da "foice e martelo" de Dino


A deputada federal Eliziane Gama (PPS) tanto fez que conseguiu obter o aval comunista do Palácio dos Leões na sua nova empreitada ao Senado da República, nas eleições de outubro deste ano.

Para conquistar o seu espaço ao lado do governador Flávio Dino, Eliziane teve até que bater palmas para o prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Junior (PDT), principal adversário político da "noviça rebelde".

Na quinta-feira, 19, a deputada do PPS era só sorrisos, depois que o governador bateu o martelo oficial, colocando a parlamentar como sua segunda indicação ao Senado. 

A primeira indicação, anunciada com antecedência, foi a do deputado federal Weverton Rocha (PDT).

quinta-feira, 19 de abril de 2018

A incógnita eleitoral de Braide


Já estamos a menos de seis meses para as eleições de outubro e uma pergunta que ainda não quer calar é se o deputado estadual Eduardo Braide (PMN) vai mesmo para uma disputa ao Palácio dos Leões ou se o nobre parlamentar irá concorrer a uma das 18 vagas da bancada maranhense na Câmara Federal.

Até agora o deputado Braide aparece com boas intenções de concorrer ao pleito majoritário para o comando do estado, que hoje é terreno comunista. No entanto, perdeu seu principal padrinho político, após a ida do ex-governador e atual deputado federal José Reinaldo Tavares para o PSDB, que terá como candidato ao governo, o senador Roberto Rocha.

Enquanto isso, Braide vai surfando com sua exposição midiática nas redes sociais e na imprensa, tentando encontrar seu rumo certo para a eleição vindoura.

Recentemente, o parlamentar anunciou que deverá ter em seu palanque (?) lideranças do partido Rede Sustentabilidade (Rede), que terá como candidata à presidência da República, a ex-ministra e ex-senadora Marina Silva.

Vamos aguardar!

Vem aí o 19º Tributo a Coxinho!


Câmara deve votar empréstimo de R$ 100 milhões à Prefeitura


O plenário da Câmara Municipal de São Luís deve colocar em pauta, na sessão da próxima segunda-feira, 23, o pedido de empréstimo da ordem de R$ 100 milhões junto ao Banco do Brasil feito pelo prefeito Edivaldo Holanda Junior (PDT), para apreciação e votação da matéria.

A expectativa da base aliada do gestor municipal é que a solicitação seja aprovada pela Casa, liberando a Prefeitura para a realização de obras e serviços públicos na capital maranhense, em especial nesse período de intensas chuvas.

Porém, vereadores que não compõem a base aliada do prefeito Edivaldo na Câmara afirmam que não aceitam e não votam o projeto, enquanto não houver um maior detalhamento sobre quais áreas da cidade serão beneficiadas pelo montante do empréstimo.

Os não aliados do gestor municipal pedetista alegam que o pedido de empréstimo possa ser desvirtuado e usado eleitoralmente. 

Pedido de impeachment de Temer pode atrapalhar candidatura Roseana


Já circula nos bastidores que o pedido de impeachment, apresentado na quarta-feira, 18, pelo senador amapaense Randolfe Rodrigues (Rede), contra o presidente Michel Temer (MDB) pode ter consequências políticas direta no palanque de campanha da ex-governadora Roseana Sarney (MDB), na tentativa de retomar o comando do Palácio dos Leões, nas eleições de outubro.

As consequências maiores se deve à proximidade do ex-presidente e ex-senador amapaense, José Sarney (MDB), ao presidente Temer, cuja vinda ao Maranhão já estava sendo articulada na montagem do palanque da ex-governadora Roseana no estado.

Porém, o pedido de impeachment do senador Randolfe bota um balde de água fria ao argumentar que o presidente Temer mentiu para a Polícia Federal ao afirmar que nunca fez transações com o coronel aposentado João Batista Lima Filho e que suas campanhas não tiveram caixa dois.

Por ser um dos caciques do MDB, a baixa popularidade e a imagem desgastada de Temer pode não ajudar a garantir um maior desempenho eleitoral da campanha da ex-governadora Roseana, que luta contra a máquina estatal comunista do governador Flávio Dino (PCdoB), que busca a reeleição para mais um mandato de quatro anos no Maranhão.

quarta-feira, 18 de abril de 2018

"Até o momento, só tem uma candidatura", diz Astro


O presidente da Câmara Municipal de São Luís, vereador Astro de Ogum (PR), confirmou nesta quarta-feira, 18, com exclusividade ao programa Câmara em Destaque (Rádio Difusora AM- 680Khz), que no momento só existe uma candidatura definida para o comando da Mesa Diretora da Casa.

Questionado insistentemente pelo repórter Juarez Sousa sobre se irá ou não disputar a reeleição para a presidência do Legislativo, Astro fez questão de enfatizar que "até o momento, só existe uma candidatura", numa clara alusão a seu principal adversário na disputa interna, o primeiro vice-presidente Osmar Filho (PDT), que teria o apoio do governador Flávio Dino (PCdoB).

Astro voltou a reafirmar sua predisposição de utilizar, no momento certo, a tribuna da Câmara Municipal para esclarecer fatos que envolvem a eleição para a escolha dos novos membros da Mesa Diretora, cuja discussão pode ficar para agosto. "...Estarei na presidência da Câmara até 31 de dezembro deste ano e mais dois anos de mandato".

Apesar disso, há uma corrente de vereadores que esperam que o pleito ocorra o mais breve possível.

Nome de ex-secretário passará pelo crivo do PT na corrida ao Senado


Apesar de ser considerado um petista histórico, o nome do ex-secretário estadual de Esportes, professor Márcio Jardim, deve passar nas próximas horas pelo crivo da Executiva Estadual do PT, na corrida por uma candidatura do partido ao Senado da República no Maranhão, para as eleições de outubro.

Superada a celeuma sobre a possibilidade de filiação do deputado federal Waldir Maranhão nas hostes petistas, cujo parlamentar acabou indo se abrigar no ninho adversário do PSDB, Jardim passa a ser um dos nomes fortes para indicação do partido ao Senado, com anuência até mesmo da Executiva Nacional do PT, ligada ao ex-presidente Lula.

Márcio Jardim chegou a integrar o primeiro escalão do governo Flávio Dino (PCdoB) desde o início da gestão em 2015, sendo que dois anos depois o então secretário foi exonerado, numa trama espúria, mesmo a contra-gosto de lideranças petistas que integram a gestão comunista no estado.

Vala aguardar os desdobramentos!

terça-feira, 17 de abril de 2018

Vereador pede convocação de secretário para explicar alagamentos


O líder do PSD na Câmara Municipal de São Luís, vereador Cezar Bombeiro, usou a tribuna da Casa nesta terça-feira, 17, e pediu a imediata convocação do secretário de Obras e Serviços Públicos, Antônio Araújo, para explicar os contantes alagamentos nas principais avenidas da capital, decorrentes das fortes chuvas que têm caído na cidade nos últimos dias.

Para o parlamentar, alguma coisa está errada, na medida que existem medidas preventivas para evitar fatos dessa natureza. 

"Queremos saber porque estão acontecendo esses alagamentos. Aqui mesmo nesta Casa, fiz uma audiência pública sobre galerias e valas. Infelizmente quem era para estar nesta Casa, durante a discussão, ouvindo nossas sugestões, não apareceu, que era o secretário de Obras".

Bombeiro disse que a população de São Luís exige uma resposta imediata. "A população quer uma satisfação e é por isso que estou convocando o secretário de Obras para saber o por quê desse alagamento na cidade. Ninguém pode ficar aqui calado, pois fomos eleitos pelo povo para representarmos".

Na oportunidade, o parlamentar do PSD destacou que ninguém quer colocar a culpa no prefeito (Edivaldo Holanda Junior). "Mas precisamos saber o que está acontecendo".

STF deve julgar denúncias da PGR contra Sarney e líderes do MDB


O ex-presidente José Sarney e demais caciques do MDB continuam no fogo cruzado do suposto envolvimento em crimes de corrupção passiva, ativa e lavagem de dinheiro, entre 2008 e 2012, com a empresa Transpetro, considerada o braço da logística e transporte da Petrobras. A denúncia foi encaminhada ao Supremo Tribunal Federal (STF) em agosto de 2017, e ainda aguarda análise da Suprema Corte.

Na segunda-feira, 16, a Procuradoria-Geral da República (PGR) enviou réplica às alegações da defesa de quatro senadores, dois ex-senadores e três executivos de empreiteiras envolvidos. 

O texto da PGR rebate as alegações dos senadores do PMDB Renan Calheiros, Garibaldi Alves Filho, Romero Jucá e Valdir Raupp; do ex-presidente da República José Sarney; dos administradores da NM Engenharia e da NM Serviços Luiz Maramaldo e Nelson Cortonesi Maramaldo; e do executivo da Odebrecht Ambiental Fernando Reis. 

O ex-presidente da Transpetro, Sérgio Machado, pivô do esquema investigado, não fez contestações à denúncia da PGR, justificando que o fará durante o interrogatório judicial, além de reafirmar “integralmente as declarações prestadas até o momento e o seu compromisso de cooperar com as investigações em curso”.

Entre todas as alegações feitas pela defesa dos acusados, Raquel Dodge aceitou apenas a argumentação dos executivos Luiz e Nelson Maramaldo, os quais afirmaram que a denúncia os responsabilizavam por oito atos de corrupção ativa, quando a acusação “relaciona sete repasses indevidos de verbas a diretórios políticos, por meio de doação oficial”, diz o texto.

Repasses de verba

De acordo com a denúncia houve repasse de verbas para o então PMDB (hoje MDB) a diretórios do partido, pela NM Engenharia e pela Odebrecht Ambiental (braço do grupo Odebrecht que administra concessões na área de saneamento), com a contrapartida de que essas empresas fossem privilegiadas em contratos com a Transpetro.

Ao longo de 80 itens, Dodge rebate as alegações dos denunciados e expõe a fundamentação para as denúncias e a manutenção do inquérito frente ao STF. A PGR rechaça as alegações da maioria dos investigados de que a denúncia se baseia somente em delações. “Os fatos narrados na denúncia amparam-se em provas independentes, obtidas durante a investigação, aptas a confirmar as declarações dos colaboradores. Há, pois, justa causa para deflagrar a ação penal”, assevera na réplica.

O documento também repele a argumentação de diversos envolvidos para que a denúncia seja rejeitada pela Suprema Corte. “Denúncia genérica e inconsistente é a que não permite a compreensão dos fatos imputados aos acusados, cerceando-lhes a possibilidade de defesa. Entretanto, pela leitura da peça apresentada, é possível compreender com clareza os fatos narrados”, afirma Dodge.

Astro ainda acredita em "zebra" na eleição da Câmara


Considerado um bom articulador político, o presidente da Câmara Municipal de São Luís, Astro de Ogum (PR), promete para a sessão desta terça-feira, 17, se manifestar na tribuna sobre o imbróglio que envolve a eleição para a escolha dos novos membros da Mesa Diretora da Casa.

Até o momento, a disputa interna ocorre entre o próprio atual presidente e o primeiro vice-presidente do Legislativo, Osmar Gomes (PDT). A eleição, que estava marcada para ocorrer no domingo, 15, com base em uma decisão judicial, foi suspensa por outra decisão liminar do presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão, desembargador José Joaquim Figueiredo dos Anjos.

Na segunda-feira, 16, o desembargador Jamil Gedeon cassou a liminar do presidente do TJ, por entender que tal decisão judicial, de enorme gravidade, não poderia ter sido dada em plantão judicial do fim de semana.

Apesar do impasse, Astro ressalta que mesmo diante das enormes dificuldades, a eleição na Câmara ainda pode ter surpresas e que ainda acredita que uma "zebra" possa acontecer, considerando que as articulações políticas junto a seus pares continuam intensas.

Osmar Filho aguarda um desfecho para o caso, confiante de ter a maioria de seus pares no parlamento municipal, para garantir a vitória.

Uma nova data para o pleito deve ser marcada para as próximas horas.

segunda-feira, 16 de abril de 2018

"Ainda não sei se serei vice de Osmar", diz Astro


O presidente da Câmara Municipal de São Luís, vereador Astro de Ogum (PR), negou, com exclusividade ao programa Câmara em Destaque (Rádio Difusora AM-680 khz), que haja alguma tratativa final para que venha a compor chapa a vice, a ser encabeçada pelo vereador Osmar Filho (PDT), que hoje responde pela primeira vice-presidência da Mesa Diretora da Casa.

"Ainda não estou sabendo se serei vice do Osmar. Devo fazer um pronunciamento na tribuna, amanhã (terça-feira,17)". 

Até o momento, a eleição para a escolha dos novos membros da Mesa Diretora do Legislativo encontra-se sub-júdice.

Ainda não há uma data definida para que a disputa interna na Câmara aconteça.

Pastor Bel larga grupo do MDB de Roseana pelo PSL de Maura


O segundo suplente de Senador, Heber Waldo Silva Costa, mais conhecido por Pastor Bel, já bateu o martelo e deixou o grupo da ex-governadora Roseana Sarney (MDB) para apostar na pré-candidatura da ex-prefeita de Lago da Pedra, Maura Jorge (PSL).

Pastor Bel já admite ter sido jogado para escanteio no grupo da ex-governadora, onde é suplente do senador Edison Lobão (MDB), e, portanto, vai para uma novo momento em sua trajetória como homem público.

Em recente entrevista ao jornal O Imparcial, Pastor Bel garantiu já ter uma conversa avançada com a pré-candidata.

"Eu tenho uma conversa muito boa com a Maura Jorge. Acho que tem 99% para ficar com Maura, porque todos já tem seus candidatos ao Senado. As conversas estão muito bem encaminhadas. É uma pessoa que a gente fala a mesma língua".

Vale lembrar que o Pastor Bel assumiu uma cadeira no Senado da República, no dia 18 de dezembro de 2017, com a licença médica do senador Lobão, por 120 dias.

PDT do Maranhão acredita que Ciro vai herdar votos de Lula


Uma enorme parcela do PDT do Maranhão acredita que o presidenciável Ciro Gomes possa mesmo ser o verdadeiro beneficiado dos votos fiéis ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, caso o petista não tenha sua candidatura deferida pela Justiça Eleitoral, para o pleito de outubro.

Condenado a 12 anos e 1 mês de prisão, por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, o ex-presidente Lula não poderá concorrer por conta da Lei da Ficha Limpa, o que aguça ainda mais a pretensão de candidatos da esquerda em herdar o espólio eleitoral do petista.

No Maranhão, os pedetistas apostam no crescimento do nome de Ciro Gomes durante a campanha, até mesmo para alavancar a candidatura do deputado federal Weverton Rocha (PDT), na disputa ao Senado da República, que conta com o apoio comunista do Palácio dos Leões.

Pesquisa Datafolha, divulgada no fim de semana, revelou que Ciro Gomes e Marina Silva (Rede) podem herdar os votos de Lula, girando na casa entre 20% e 15% das intenções de voto.

A pesquisa também mostra que 32% poderiam votar em branco ou nulo, não mostrando interesse por conta da ausência do ex-presidente Lula na disputa.

domingo, 15 de abril de 2018

Uma semana que promete sair da UTI


Sem dúvida a semana começa envolta no misterioso caso do médico Mariano de Castro Silva, acusado de atuar como operador de um esquema de corrupção milionário na Secretaria de Estado da Saúde (SES) do Maranhão e que foi encontrado morto em casa.

Até agora, os primeiros levantamentos periciais levam à suspeita de que o médico teria se suicidado, na noite de quinta-feira passada, 12, mas ainda não está descartada pela polícia a hipótese de homicídio. 

Mariano foi encontrado desfalecido em seu apartamento, em Teresina (PI), por sua irmã. De lá pra cá, várias são as hipóteses que tentam explicar o trágico ocorrido, que abala as estruturas governamentais.

A vítima vinha cumprindo prisão domiciliar, por ter sido alvo da Operação Pegadores, na quinta fase da Sermão aos Peixes, da Polícia Federal, que investiga fraudes milionárias na Secretaria de Saúde.

Acredita-se que no decorrer desta semana, novos fatos devem vir à tona, até porque a PF já tem em mãos uma carta de cinco páginas, que teria sido escrita de próprio punho pelo médico, na qual o conteúdo seria bombástico e envolveria pessoas ligadas ao esquema fraudulento na SES.

Será uma semana tensa!

sexta-feira, 13 de abril de 2018

Caso do médico Mariano Silva repercute nacionalmente

A coluna Diário do Poder, do jornalista Cláudio Humberto, em Brasília, destacou nesta sexta-feira, 13, a morte do médico Mariano de Castro Silva, acusado de ser um dos operadores de um suposto esquema na saúde do Maranhão. O caso está sendo investigado pela polícia e envolto numa trama de suicídio ou homicídio.

Veja abaixo a informação na íntegra:


INVESTIGADO SE MATA
ENCONTRADO MORTO ACUSADO DE OPERAR FRAUDE NA SAÚDE NO GOVERNO FLÁVIO DINO
MÉDICO ACUSADO EM ESQUEMA TEVE CARTA DIVULGADA ESTA SEMANA
Publicado: 13 de abril de 2018 às 08:31 - Atualizado às 08:36

O médico Mariano de Castro Silva, acusado de atuar como operador de um esquema milionário de corrupção na Secretaria de Saúde do governo Flávio Dino (PCdoB) no Maranhão, matou-se na noite desta quinta-feira (12). 

Ele foi encontrado pelas 20h, morto com uma corda, em seu apartamento em Teresina, capital do Piauí. A informação foi confirmada pelo delegado geral Riedel Batista.

O acusado de operar o esquema de corrupção vinha cumprindo prisão domiciliar, como alvo da Operação Pegadores, 5ª fase da Sermão aos Peixes, da Polícia Federal, que investiga uma fraude milionária em saúde pública no governo Flávio Dino. O médico estaria depressivo desde a prisão. Ele deixou mulher deixou dois filhos e a esposa.

Nesta quarta (11), a imprensa maranhense divulgou uma carta de próprio punho, escrita na época em que o médico esteve preso na penitenciária de Pedrinhas, em que ele lista favores a integrantes do PCdoB, partido de Flávio Dino, e detalhou a destinação dos recursos públicos na secretaria de saúde.

Câmara discute problemática das escolas comunitárias


O líder do PSD na Câmara Municipal de São Luís, vereador Cézar Bombeiro, coordenou nesta sexta-feira, 13, uma audiência pública na Casa, para discutir a problemática das escolas comunitárias na capital maranhense.

Segundo Bombeiro, que propôs o debate, vários representantes procuraram o seu gabinete para reivindicar melhorias no setor. "As pessoas nos procuraram para saber o por quê de tanta burocracia que envolve o repasse às escolas comunitárias de São Luís", declarou.

O vereador destacou que as escolas comunitárias só existem porque o poder público falhou na base. "Se tivesse cada escola, em cada bairro, não haveria isso. Sem as crianças estarem em sala de aula, os líderes comunitários começaram a ocupar esse espaço, que era para ser do próprio poder público, pois educação é papel do município e do estado", frisou.

Bombeiro disse ainda que faltam políticas públicas para o setor. 

Na oportunidade, o parlamentar ressaltou o comparecimento à audiência do secretário municipal de Educação, Moacirt Feitosa. ""Esse é um dos poucos secretários do nosso prefeito Edivaldo Holanda Junior (PDT) que comparece em todas as audiências públicas nesta Casa", enfatizou.

Cézar Bombeiro informou que foram convidamos para o debate o governador Flávio Dino (PCdoB), o prefeito e representantes dos Ministérios Público Federal e Estadual.

quinta-feira, 12 de abril de 2018

Pai de santo pode cobrar fatura alta para levar Roseana ao segundo turno


O pai de santo Bita do Barão (foto), que tem um dos terreiros de umbanda mais conhecido do Maranhão e do Brasil, e que recentemente foi destaque na revista semanal Veja, pode faturar alto nas eleições de outubro com a candidatura da ex-governadora Roseana Sarney (MDB), na disputa, pela quinta vez consecutiva, ao Palácio dos Leões.

Por se tratar de uma eleição acirrada no estado, tudo indica que Bita não se fará de rogado para faturar alto economicamente e blindar a filha do ex-presidente e ex-senador José Sarney (MDB) contra as artimanhas comunistas do governador Flávio Dino (PCdoB), que buscará a reeleição.

Bita, que usa vestimentas feitas de renda francesa, pretende ser a cartada final nesse pleito vindouro. 

Vale lembrar que Bita do Barão presta serviços à família Sarney há, pelo menos 40 anos, e agora, terá mais uma vez que ser o real mentalizador de energias positivas em rituais que envolvem o sincretismo religioso, ou seja, reunir diferentes doutrinas para obter um trabalho final.

Te cuida Dino!

Bancada maranhense quer antecipação de emendas parlamentares


A bancada federal do Maranhão está se mobilizando para conseguir, junto ao governo do presidente Michel Temer (MDB), a liberação urgente das emendas parlamentares destinadas aos municípios que estão atingidos pelas enchentes no Maranhão. 

A discussão foi puxada pelo deputado Weverton Rocha (PDT), pretenso candidato ao Senado da República, nas eleições de outubro. “Todos nós unidos, independente de coloração partidária, estaremos nessa luta para conseguir recursos e apoio humanitário para famílias que perderam tudo e estão desesperadas”, afirmou o parlamentar.

Na tarde de quarta-feira, 11, a bancada federal se reuniu com o secretário nacional de Proteção e Defesa Civil, Renato Ramlow, e com o secretário substituto Élcio Barbosa para pedir ajuda para as famílias de áreas alagadas.

quarta-feira, 11 de abril de 2018

Osmar Filho oficializa candidatura à presidência da Câmara


O primeiro vice-presidente da Câmara Municipal de São Luís, vereador Osmar Filho (PDT), oficializou nesta quarta-feira, 11, sua candidatura na disputa pela presidência da Casa, para o biênio 2019-2020.

Em entrevista exclusiva ao programa Câmara em Destaque (Rádio Difusora AM-680 khz), Osmar Filho disse ao repórter Juarez Souza que sua candidatura é inevitável, mesmo sabendo das dificuldades que irá enfrentar pela frente.

Osmar deve concorrer à presidência da Mesa Diretora do Legislativo Municipal contra o atual presidente da Câmara, Astro de Ogum (PR), que vai em busca de mais um mandato no comando do parlamento.

Astro já anunciou que só falará sobre se será candidato ou não, na próxima semana, em plenário.

Vale aguardar!

Zé Reinaldo diz que PSDB pode ajudar o Maranhão a crescer


Literalmente, o recém-filiado ao PSDB, deputado federal José Reinaldo Tavares, vestiu a camisa tucana e já arregaçou as mangas para entrar de cabeça na campanha do senador Roberto Rocha, na disputa ao governo do Maranhão, nas eleições de outubro.

Em recente artigo intitulado "O que pedi ao PSDB", Zé Reinaldo ressaltou sua alegria de estar filado a um novo partido que lhe dá sustentabilidade política, em sua nova trajetória na corrida ao Senado da República.

"Foi com muita alegria que me filiei ao PSDB. Partido grande, imprescindível ao país, com relevantes serviços prestados à modernização do Brasil, principalmente no controle da inflação e no equilíbrio fiscal e que tem em seus quadros pessoas muito experientes e capazes".

Antes defensor da candidatura do deputado estadual Eduardo Braide (PMN), Zé Reinaldo agora tece elogios ao ninho tucano e já coloca o PSDB como tábua de salvação para o Maranhão.

"O PSDB é o veículo ideal que pode ajudar muito o Maranhão a resolver os seus principais problemas, expressos nas mais de um milhão de famílias excluídas, vivendo do Bolsa Família e de outras transferências federais, que, ao final, perpetuam a pobreza e suas dificuldades".

Em seu artigo, Zé Reinaldo destaca que, em âmbito nacional, visando a campanha à Presidência da República do governador Geraldo Alckmin, o PSDB precisa se voltar mais para as desigualdades da região Nordeste.

"Falta ao partido programas e projetos para o Nordeste pobre, desesperançado, excluído e necessitado de uma solução para a situação de grande parte de sua população... Dessa forma, sugeri ao partido, na minha filiação, que criasse uma comissão interna para discutir e propor um programa que oferecesse uma solução de combate à desigualdade social, à pobreza e a exclusão presentes no nordeste brasileiro".

terça-feira, 10 de abril de 2018

Jota Pinto está de volta ao parlamento estadual


Depois de ter de se desincompatibilizar da Secretaria Municipal de Articulação Política do prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior (PDT), o presidente do PEN/Patriota no Maranhão, Jota Pinto, reassumiu uma cadeira na Assembleia Legislativa do estado.

Por ser o primeiro suplente, Jota Pinto assumiu a vaga no lugar do deputado Ricardo Rios (PDT), que se encontra de licença do parlamento estadual.

Jota Pinto, que deve concorrer a uma vaga na Assembleia Legislativa, nas eleições de outubro, deverá permanecer mais de dois meses na Casa.

Sarney não acredita mais em candidatura à reeleição de Temer


É, parece mesmo que o baixo índice de popularidade de apenas 3% do presidente Michel Temer, contaminou até mesmo os caciques do MDB, como é caso do ex-presidente e ex-senador José Sarney.

Nos bastidores, o ex-presidente, que é uma espécie de conselheiro-mor do Palácio do Planalto, parece já ter jogado a toalha e não nutrir mais vigor numa eventual candidatura Temer à reeleição, mediante os desdobramentos de suspeitas de corrupção e lavagem de dinheiro, envolvendo amigos do presidente.

Sarney também vem avaliando os impactos de uma eventual aparição do presidente Temer no palanque de sua filha, Roseana Sarney (MDB), pré-candidata ao governo do Maranhão pela quinta vez consecutiva, numa disputa direta com seu principal adversário, o governador Flávio Dino (PCdoB).

Pelo visto, nem o babalorixá Bita do Barão resolveria a entrada do presidente Temer na disputa eleitoral de outubro.

Bancada maranhense tem reforço no PSDB e PSC


No período de 30 dias, denominado Janela Partidária, pelo menos 80 deputados federais trocaram de legenda, sem a possibilidade de perda do mandato eletivo, sob acusação de infidelidade partidária.

Nas hostes da bancada maranhense, foram três parlamentares que resolveram deixar seus partidos e ingressar em uma nova sigla, para concorrer às eleições de outubro deste ano a cargos majoritário e proporcional.

Entre os deputados que optaram pela mudança estão Luana Costa, que deixou o PSB e entrou no PSC; José Reinaldo Tavares, que saiu do PSB e se filiou no PSDB e Waldir Maranhão, que deixou o Avante e entrou no PSDB.

A lista com todos os recém-filiados em cada partido deverá ser divulgada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) no próximo dia 18. A filiação partidária é um dos requisitos para o registro de candidatura para a eleição.

segunda-feira, 9 de abril de 2018

Waldir vai à forra contra Dino e o PT por negarem filiação


E não é que o deputado federal Waldir Maranhão, o mais novo filiado do PSDB, agora quer desnudar o suposto esquema montado, na calada da noite, pelo governador Flávio Dino (PCdoB), para tentar barrar o impeachment da então presidente Dilma Rousseff (PT).

Ainda repercutem os detalhes da coluna Diário do Poder, do jornalista  Cláudio Humberto, ao informar que o parlamentar maranhense, após ser barrado de se filiar no PT, para concorrer a uma das duas vagas ao Senado da República, agora pretende abrir o bico e jogar farofa no ventilador.

Segundo a coluna, o deputado Maranhão vai à tribuna da Câmara Federal dizer que o ex-ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo (PT), os deputados Orlando Silva (PCdoB-SP) e Weverton Rocha (PDT-MA), Ricardo Capelli, secretário da Representação do Maranhão em Brasília, entre outros, testemunharam o acordo que o governador Flávio Dino (PCdoB) fez com o deputado, quando este aceitou tentar anular o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff.

O acordo era que Maranhão teria apoio do PT e seria candidato pelo partido ao Senado nas eleições de outubro deste ano. No entanto, ao ser barrado pelo PT, Waldir Maranhão filiou-se ao PSDB, na sexta-feira passada, 6.

Chateado com a “ingratidão” do PT, Maranhão atacou Dino em nota, ao dizer que foi usado para anular o impeachment. Ele disse que o governador tem “um ego quase doentio”. O governador não só não cumpriu com sua palavra de apoiar a candidatura a senador do, agora, tucano, como ainda trabalhou pelo veto a sua filiação ao PT.

“É lamentável a forma como o governador Flávio Dino usou e abusou para vetar a minha filiação ao PT. O que houve nesse processo foi uma verdadeira intervenção branca no PT para evitar a minha entrada nos quadros do partido. Logo Flávio Dino a quem confiei quando me convenceu de anular o impeachment da presidente Dilma. Agora sinto que fui usado por quem queria não a defesa da presidenta, mas o fortalecimento e engrandecimento de um ego quase doentio”.

"Juscelino foi pequeno e covarde", diz vereador do DEM


O vereador Antonio Marcos Silva, o Marquinhos (DEM), utilizou a tribuna da Câmara Municipal de São Luís nesta segunda-feira, 9, para mostrar sua decepção e indignação com a postura do deputado federal Juscelino Filho, que estando na presidência estadual do DEM, impediu de todas as formas que o parlamentar pudesse concorrer pela sigla a uma das duas vagas ao Senado da República, nas eleições de outubro deste ano.

"Estou decepcionado com figuras que hoje estão no poder. Estou consciente que desde o ano passado, tinha o desejo de colocar o meu nome para o Senado Federal. Todos meus colegas, amigos e lideranças que me acompanham e que acreditam no meu caráter, sabem disso".

"Deixei claro isso para o presidente do meu partido, ao qual faço parte, Juscelino Filho, que usou de covardia comigo e da força, para me perseguir, me algemar e me amarrar dentro do partido, para eu não disputar a candidatura".

"Ele, a serviço de outros, foi extremamente covarde comigo, negando minha carta de anuência. Negando o direito de poder colocar o meu nome à disposição do Maranhão. Negando a possibilidade de eu realizar um sonho, um desejo em disputar uma vaga no Senado, pelo meu querido e amado estado do Maranhão".

"Esse cidadão (Juscelino Filho) não passa de um covarde e menino. Com medo e para agradar outras figuras, ele fez de tudo para me prejudicar, mas eu confio em Deus e sei que ele é fiel e a última palavra é de Deus".

"Ele pensa que com essa atitude dele, pequena e covarde, ele está fazendo um bom negócio. Tenho certeza absoluta que tudo que a gente planta, iremos colher. Seu Juscelino irá colher esse ato pequeno e covarde que ele fez comigo para agradar alguns interesses".

Escreva uma carta para o ex-presidente Lula


O presidente do diretório municipal do PT em São Luís, vereador Honorato Fernandes, está lançando uma campanha nas redes sociais para que as pessoas que não comungam com a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva possam escrever uma carta para o petista, endereçada à sede da Polícia Federal do Paraná.

Para Honorato, essa é mais uma forma da resistência petista contra a decisão do juiz federal Sérgio Moro, que determinou desde a sexta-feira passada, 6, a detenção do ex-presidente Lula, após ter sido condenado a 12 anos e 1 mês de prisão, por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

"Sem dúvida, essa é uma prestação de solidariedade ao grande líder da democracia brasileira", frisou o dirigente petista.

sexta-feira, 6 de abril de 2018

Vereador discute a recuperação de espaços de lazer em São Luís


O plenário da Câmara Municipal de São Luís realizou nesta sexta-feira,6, audiência pública, proposta pelo vereador Cezar Bombeiro (PSD/foto), para discutir a situação das quadras poliesportivas do Japão, situada no bairro da Liberdade, e demais espaços de lazer na Alemanha e campos de futebol em áreas do São Francisco e Coroadinho.

Segundo Cezar Bombeiro, a audiência, que teve início por volta das 10 horas, é uma forma de chamar a atenção do poder público para a necessidade de revitalização de importantes espaços de lazer na capital maranhense.

"Esperamos que o prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT) se mostre sensível a esta causa, puxada pelo nosso gabinete e dê atenção especial para recuperar esses espaços que podem livrar os jovens do submundo das drogas, por meio da prática esportiva", frisou o vereador Cezar Bombeiro.

"Estamos alimentando um monstro", diz Honorato sobre Moro


Em entrevista exclusiva ao programa Câmara em Destaque (Rádio Difusora AM-680 Khz), nesta sexta-feira,6, o presidente do diretório do PT em São Luís, vereador Honorato Fernandes, disse que o juiz federal Sérgio Moro desconstruiu a justiça brasileira ao determinar, de forma abrupta, a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, sem respeitar que a defesa do petista entrasse com o recurso do embargo do embargo no Tribunal Regional Federal da 4 Região (TRF-4).

"A justiça deveria se apegar aos autos da lei", ressaltou Honorato, tendo se mostrado favorável ao posicionamento do ex-presidente Lula e do PT em não se entregar à Polícia Federal, dentro do prazo estabelecido pelo juiz Moro. "Estou de pleno acordo com o posicionamento dele em não se entregar".

Honorato declarou que o povo brasileiro não pode aceitar o comando do juiz Sérgio Moro, por não ter respeitado o direito da defesa do ex-presidente. "Não é verdade que só os direitos de Lula estão sendo desrespeitados, mas sim de toda uma população que vive num regime democrático", frisou.

Na oportunidade, o dirigente do PT ressaltou que o juiz Sérgio Moro teve que fazer cinco exames para passar na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). "Portanto está alimentando um monstro que se comporta como o chefe do Judiciário", enfatizou.

Filiação de Maranhão- Ao final da entrevista, Honorato voltou a criticar a possibilidade de filiação do deputado federal Waldir Maranhão no PT, para concorrer ao Senado da República. 

"Desconheço a filiação do deputado Waldir Maranhão. Discutir essa possibilidade nesse momento de caos político no país e no PT é insignificante", afirmou.

Honorato diz que prisão de Lula é um ataque à democracia



O presidente do diretório municipal do PT em São Luís, vereador Honorato Fernandes, garante que a militância petista irá resistir à decisão do juiz Sérgio Moro que ordenou no fim da tarde de quinta-feira, 5, a prisão, em regime fechado, do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, condenado a 12 anos e 1 mês por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Por meio de publicação nas redes sociais, o parlamentar tem dado demonstrações de que a detenção do ex-presidente petista é um verdadeiro ataque à democracia. "Lula livre, democracia viva!".

A sentença contra Lula foi determinada pelo juiz Moro, menos de 24 horas após o Supremo Tribunal Federal (STF) ter negado o habeas corpus impetrado pela defesa do ex-presidente Lula.

O petista tem até às 17h desta sexta-feira, 6, para se entregar na carceragem da Polícia Federal em Curitiba, segundo determinação judicial.

quinta-feira, 5 de abril de 2018

Câmara de Vereadores lança nota de repúdio contra o BPRv


Marcial se filia no PRTB visando as eleições de outubro


O vereador Marcial Lima já é o mais novo filiado do PRTB, após deixar amistosamente as hostes do PEN/Patriota. "Decidimos nosso rumo partidário, visando as eleições de outubro de 2018. Depois de receber Carta Anuência de desfiliação do PE/Patriota, de forma amigável, respeitosa e fraterna, já comunicada à Justiça Eleitoral, resolvemos aceitar o convite e garantir filiação no Partido Renovador Trabalhista (PRTB-28)".

Por meio de nota, o parlamentar, que é pré-candidato a uma vaga na Assembleia Legislativo do Maranhão, agradeceu os inúmeros convites recebidos para filiação.

"Agradecemos as outras agremiações partidárias que nos convidaram, aqueles que conversamos neste período da janela eleitoral de filiação e desfiliação autorizada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), mas tivemos de tomar um rumo. Depois de ouvir vários segmentos e em respeito aos diretórios municipais de São Luís e Estadual, vamos com o 28".

Marcial Lima agradeceu também ao presidente estadual do PRTB, Márcio Coutinho e a todos os filiados do partido. 

"Em conjunto, vamos fortalecer essa caminhada. Entendemos que o partido sai fortalecido com os novos quadros, principalmente na Câmara Municipal de São Luís".

Vereador torna-se preso político do DEM no Maranhão


Tem repercutido fortemente na seara política a grita do vereador de São Luís, Antonio Marcos Silva, o Marquinhos, na tentativa de se desfiliar do DEM e procurar uma nova legenda partidária para concorrer a uma das duas vagas do Senado Federal, nas eleições de outubro deste ano no Maranhão.

Marquinhos já teve até o convite do presidente estadual do PSL, o vereador Chico Carvalho, para ingressar na nova sigla, que terá como figura majoritária na disputa pela presidência da República, o deputado federal Jair Bolsonaro (RJ).

Em conversa com o nobre vereador democrata, pude observar a insatisfação do parlamentar em permanecer na legenda a contra-gosto. Segundo ele, é um direito que lhe cabe concorrer ao Senado, mas a postura ditatorial do presidente estadual do DEM, deputado federal Juscelino Filho, é intransigente, o que lhe torna prisioneiro de uma singela sigla, num país de regime democrático.

No entanto, Marquinhos corre contra o tempo-limite da justiça eleitoral e terá até o próximo sábado, 7, para trocar de partido político, caso lhe seja permitido a troca de legenda para disputar o pleito vindouro.

quarta-feira, 4 de abril de 2018

OAB alerta sobre fala de general do Exército

O presidente da OAB Nacional, Claudio Lamachia, alertou, por meio de nota, nessa terça-feira, 3, que "não existe solução para o país fora da Constituição e da democracia", em reação aos comentários do general do Exército Eduardo Villas Bôas.

Tudo aconteceu na noite da véspera da decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre o pedido de habeas corpus preventivo do ex-presidente Lula, quando o comandante do Exército, general Eduardo Villas Boas, escreveu no Twitter uma mensagem de “repúdio à impunidade”.

“Asseguro à Nação que o Exército Brasileiro julga compartilhar o anseio de todos os cidadãos de bem de repúdio à impunidade e de respeito à Constituição, à paz social e à Democracia, bem como se mantém atento às suas missões institucionais”, escreveu Villas Boas, que antes havia iniciado o registro com uma pergunta.

“Nessa situação que vive o Brasil, resta perguntar às instituições e ao povo quem realmente está pensando no bem do País e das gerações futuras e quem está preocupado apenas com interesses pessoais?”


'Não podemos repetir os erros do passado', alerta presidente da OAB