Comercial da Prefeitura de SL

Comercial da Prefeitura de SL

segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

Licitação de transportes sai até dia 10 de março


O secretário municipal de Trânsito e Transportes, Canindé Barros (foto), informou ao blog que o edital de licitação do sistema de transporte de São Luís vai estar concluído até o dia 10 de março. Com isso, os empresários que queiram participar do certame para operar no sistema poderão ter acesso às informações.

Segundo Canindé, o processo de conclusão da licitação está em fase avançada. "Iremos apresentar o mais rápido possível para que a população tenha acesso a esses dados", declarou o titular da SMTT.

Vale aguardar!

Prefeito terá de reverter fuga de aliados na Câmara

Prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior
O prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior (PDT), precisa urgentemente reverter o quadro desfavorável de deserção de vereadores que vem ocorrendo na base aliada na Câmara Municipal. O pano de fundo é a falta de diálogo do gestor com os 31 parlamentares que compõem o Legislativo da capital maranhense.

Reportagem desta segunda-feira, 29, do jornal O Estado, assinada pelo jornalista Ronaldo Rocha, revela que uma boa parcela de vereadores tem reclamado da "dificuldade em manter diálogo com o prefeito de São Luís", entre eles destacam-se os edis Francisco Carvalho (PSL), vice-presidente da Câmara, e Francisco Chaguinhas (sem partido).

Outros vereadores que também não estariam mais rezando na cartilha do prefeito, destacam-se os parlamentares Honorato Fernandes (PT), ex-líder do governo municipal; Marlon Garcia (PTdoB), Manoel Rego (PTdoB) e Armando Costa (PSDC), que já cogitam a possibilidade de apoiar uma eventual pré-candidatura  do secretário estadual de Ciência e Tecnologia, Bira do Pindaré (PSB), e da deputada federal Eliziane Gama (Rede) na corrida sucessória à Prefeitura de São Luís, nas eleições de outubro deste ano.

Há quem diga que o gestor municipal tenha se isolado politicamente, estando, portanto, na contramão de quem precisa ampliar cada vez mais apoios rumo à tão almejada reeleição.

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016

"Não existe caixa-preta no sistema de transportes", diz Canindé

Secretário Canindé Barros
O secretário municipal de Trânsito e Transportes, Canindé Barros, disse ao blog que não existe nenhuma "caixa preta" no sistema de transporte de São Luís. Segundo ele, todas as ações da Prefeitura, com relação ao sistema, são transparentes e abertas à população. 

"Encaminhamos no ano passado toda planilha de custos do sistema de transportes com o valor da tarifa atual (R$ 2,60) no sistema integrado. Esse documento está de posse da Comissão de Transportes da Câmara de Vereadores, não mãos do presidente, vereador Fábio Câmara (PMDB). E está à disposição de todos", frisou.

Canindé disse ainda que a Prefeitura não trabalha com a possibilidade de aumento no preço das passagens de ônibus. "Não estamos pensando nisso", enfatizou. 

Semapa discute parceria para levar Feira do Produtor ao campus da Uema.


A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento (Semapa), abriu diálogo com a Universidade Estadual do Maranhão (Uema) com o objetivo de levar a Feira do Produtor para o campus da instituição de ensino superior, uma vez por semana.

A proposta foi discutida durante reunião, nesta quarta-feira (24), entre o secretário da Semapa, Aldo Rogério, o superintendente de Produção da pasta, Assis Costa, e a professora do Curso de Ciências Agrárias da Uema Ana Maria Aquino.

A intenção é levar a Feira do Produtor à Uema para agregar mais conhecimento prático aos alunos do Curso de Ciências Agrárias. Uma vez firmada a parceria, a feira será realizada todas as terças-feiras, das 14h às 18h.

A Feira do Produtor tem como finalidade criar uma alternativa de comercialização aos produtores rurais e, ao mesmo tempo, utilizar o espaço para aulas práticas da disciplina Comercialização Agrícola, do  curso de Ciências Agrárias da Uema.

A professora Ana Maria Aquino ressaltou a importância da associação entre teoria e prática que será oportunizada aos acadêmicos por meio da parceria com a Semapa. “Os agricultores terão mais uma alternativa de comercialização da sua produção. Ao mesmo tempo, o espaço servirá como campo de estudo para os alunos, que poderão, assim, aprimorar o aprendizado”, frisou.

O secretário Aldo Rogério informa que a feira será realizada com agricultores familiares do Cinturão Verde, que venderão legumes, verduras e pescado. “Os produtores terão mais uma alternativa de comercialização e geração de renda”, destaca. “A iniciativa visa proporcionar aos alunos um contato com os agricultores, vivenciando logo a pratica dos ensinamentos teóricos”, assinala.

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

"PSB não tem projeto administrativo para São Luís", diz Chaguinhas


O vereador Francisco Chaguinhas (foto) disse que está deixando o PSB por entender que o partido não tem um projeto qualificado para disputar a corrida sucessória à Prefeitura de São Luís em outubro deste ano. Ele ressaltou que o nome do secretário de estado de Ciência e Tecnologia, deputado estadual licenciado Bira do Pindaré, não agrega valor que possa influenciar na disputa eleitoral.

"O PSB não está a frente dessa discussão em São Luís, diferente de outras capitais do país. Mesmo que o partido queira, ele já perdeu tempo demais. Apesar de ter bons quadros não há uma convergência", declarou em entrevista nesta quinta-feira, 25, no programa Câmara em Destaque, na rádio Difusora AM.

Chaguinhas garantiu que está se desfiliando do PSB e ainda não tem em mente a nova legenda que deve aportar para disputar a reeleição para mais um mandato de vereador.

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

Vereadora denuncia que pseudo lideranças comunitárias estariam recebendo propina da Prefeitura para atacá-la moralmente


A vereadora Rose Sales (PV/foto) denunciou nesta quarta-feira, 24, que supostas lideranças comunitárias estariam a serviço da Prefeitura de São Luís para atacá-la moralmente na imprensa e na mídia, por conta de sua atuação de oposição à gestão do prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT). "O líder comunitário Araújo do Coradinho chegou ao cúmulo de dizer que eu trai o prefeito. Eu nunca trai o prefeito Edivaldo. Agora o que eu não ia trair, era o povo e não vou fazer isso nunca", declarou.

Rose Sales chegou a mencionar, no programa Câmara em Destaque, da rádio Difusora AM que eventuais lideranças comunitárias estariam supostamente recebendo dinheiro para desqualificá-la perante ao povo de São Luís, por conta de sua condição de independência política. 

"Não tenho medo de ameaças e retaliações. Estamos aqui firme na Câmara Municipal para fazer o meu papel moral de fiscalizar. Estou tranquila e apenas lamento que essa liderança comunitária tenha feito esse papel vergonhoso. Não tenho nada contra a pessoa do prefeito Edivaldo, mas sim com sua gestão desastrosa", ressaltou.

Rose Sales destacou que desde junho de 2013, rompeu com a gestão do prefeito Edivaldo por não concordar com suas práticas administrativas. "Sempre tive um posicionamento propositivo e quero dizer que não sou manipulada por ninguém", disse a nobre vereadora. 

Eliziane busca apoios diversos e um lugar ao sol

Deputada federal Eliziane Gama
A deputada federal Eliziane Gama (Rede) voltou à cena política e desta vez articulando apoios diversos com lideranças do PTN, PTdoB e PSDC. A ideia da parlamentar é discutir diretrizes para a formação de aliança na corrida sucessória à Prefeitura de São Luís em outubro deste ano.

A articulação está sendo encabeçada pelo ex-secretário estadual de Segurança Pública e atual deputado federal Aluísio Mendes (PTN), que diz apostar no projeto da deputada para administrar a capital maranhense para os próximos quatro anos.

"Ela tem externado o compromisso de trabalhar por uma cidade melhor para a população, com investimentos sérios em infraestrutura, saúde, educação e tantas outras áreas que carecem de uma gestão competente", declarou o deputado Aluísio Mendes.

terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

Rose Sales diz que Edivaldo não tem comando sob o sistema de transportes


A vereadora Rose Sales (PV/foto) disse que o que falta para resolver a problemática do sistema de transporte de São Luís é ter comando. Ela deixou bem claro que nesse atual modelo de gestão o prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT) até pode ter boa intenção, mas não tem nenhum comando sob o setor, o que tem gerado inúmeras crises e deixado os usuários renegados ao descaso. "O que falta realmente é comando", frisou.

As declarações da nobre parlamentar foram feitas em entrevista, nesta terça-feira, 23, ao programa Câmara em Destaque, transmitido pela rádio Difusora AM

Na oportunidade, a vereadora, que é pré-candidata à sucessão municipal na capital, criticou a planilha de custos dos transportes coletivos encaminhada à Câmara de São Luís pelo secretário de Trânsito e Transportes, Canindé Barros. 

Segundo a parlamentar, as informações repassadas pela não trazem detalhamentos precisos, o que dificulta o entendimento de custeio dos empresários que sempre dizem que operam no vermelho.  

Além disso, ela também ressaltou que o povo não foi ouvido como devia para a elaboração real do projeto de licitação dos transportes.

Usuários de transporte são massa de manobra

Ônibus das empresas que não pagaram o adiantamento aos trabalhadores não saíram da garagem nesta terça-feira 
Mais uma vez a população de São Luís, em especial os usuários do sistema de transporte coletivo, volta a servir de "massa de manobra" para empresários do setor, trabalhadores rodoviários, Prefeitura e Governo do Estado. 

O segundo dia de paralisação dos ônibus na cidade tem revelado que o passageiro só serve mesmo para custear o sistema, que por via de regra os empresários alegam sempre que operam no vermelho, mas não largam o osso. E por onde anda a qualidade do serviço prestado? 

O mais novo desentendimento foi criado com o atraso do adiantamento de 40% dos salários dos rodoviários. Segundo o Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários, as empresas não efetuaram o pagamento, conforme firmado em convenção coletiva de trabalho. Por isso, apenas ônibus das empresas que não realizaram o pagamento adiantado serão impedidos de circular.

“A orientação é manter todas as empresas que não fizeram o pagamento do adiantamento paradas”, disse Abizael Lago, representante do sindicato dos rodoviários ao portal G1 MA

As empresas que não foram afetadas são: Matos, Pelé, Viação Pericumã, Requinte e Aroeiras. Ao todo, são mais de 20 empresas que atendem o sistema de transporte público em São Luís.

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

Astro nega indicação de Hélio Soares na gestão Edivaldo

Hélio Soares é amigo pessoal do vereador Astro de Ogum, que nega indicação para assumir cargo na prefeitura
O presidente da Câmara Municipal de São Luís, Astro de Ogum (sem partido), negou na sessão desta segunda-feira, 22, que tenha indicado o nome do ex-deputado estadual Hélio Soares (PR) para assumir a Secretaria de Articulação Política da administração do prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT).

"Quero deixar bem claro que tenho uma relação de amizade com o ex-deputado Hélio Soares, mas em nenhum momento estive indicando o nome dele para assumir a gestão do governo Edivaldo", afirmou Astro de Ogum.

Ele disse ainda que no momento não está filiado a nenhum partido, mas considerou que seu pé direito já estaria com quase 80% no PR. "Apesar disso, por enquanto, não estou filiado a nenhum partido político", declarou o presidente do Legislativo.

Usuários de transporte à mercê de falhas no sistema


A semana começou complicada para quem teve que se deslocar para o trabalho nas primeiras horas desta segunda-feira, 22. Mais uma vez os usuários do sistema de transporte coletivo em São Luís tiveram que esperar mais tempo nas paradas de ônibus, pois os rodoviários decidiram realizar uma paralisação de advertência e a categoria amanheceu nas garagens de algumas das empresas para garantir que os veículos não circulassem a partir das 4h30.

Inicialmente, a proposta era que a paralisação durasse até duas horas, mas a partir das 6 horas, os ônibus de linhas de algumas empresas afetadas pela paralisação dos rodoviários começaram a sair das garagens. 

O cenário que se observou foram paradas de ônibus cheias e usuários atrasados para o trabalho. Os ‘carros-lotação’ aproveitaram a falta de fiscalização para faturar e atender a demanda.

Segundo a direção do Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviário do Maranhão (Sttrema), a manifestação se deve, principalmente, ao atraso no pagamento dos funcionários, que de acordo com o Sindicato não ocorreu no sábado, 20, data estipulada pelos rodoviários para pagamento de 40% dos salários dos funcionários das empresas.

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016

Moacir Feitosa: uma difícil missão


Não resta dúvida que o novo secretário municipal de Educação, Moacir Feitosa (foto), terá pela frente a difícil tarefa de reorganizar as atividades e o calendário da rede de ensino em São Luís. Além disso, Feitosa terá de se desdobrar em um pouco mais de 10 meses para resolver o problema da falta de pagamento de professores contratados e a reestruturação das creches comunitárias, que se encontram de pires mão.

O economista e professor universitário, Moacir Feitosa, chega com uma expectativa muito grande de professores, servidores da Secretaria Municipal de Educação (Semed), pais e mães de alunos que não aguentavam mais tanto descaso no setor, antes loteado pelo PCdoB do governador Flávio Dino.

Ainda que tardiamente, parece que a educação de São Luís agora está em boas mãos. O que precisa no momento é que o prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT) possa conceder autonomia expressa e irrestrita para que o novo gestor da pasta apresente bons resultados e faça avançar  um dos setores primordiais de qualquer administração pública.

Tudo uma questão de tempo!

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

Câmara aprova requerimento que beneficia agricultores da zona rural

Vereador Roberto Rocha Júnior
Durante sessão ordinária na quarta-feira,17, o plenário da Câmara Municipal de São Luís aprovou, por unanimidade, requerimento que visa qualificar e ampliar a produtividade dos pequenos produtores da zona rural da capital, por meio de palestras e cursos técnicos gratuitos, que deverão ser promovidos pela Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Pesca e Abastecimento (Semapa).

O requerimento foi encaminhado pelo vereador Roberto Rocha Júnior (PSB) e pretende beneficiar centenas de pequenos produtores, que têm na agricultura familiar sua única fonte de renda. Entre os cursos de capacitação sugeridos pelo parlamentar, está o de montagem de sistema de irrigação, que irá ensinar aos agricultores, entre outras coisas, sobre as vantagens do uso consciente e racional da água na irrigação da produção.

O requerimento sugere ainda que todos os cursos e palestras oferecidos sejam estendidos aos filhos dos agricultores, para capacitá-los para um melhor manejo e aperfeiçoamento das atividades relacionadas à agricultura familiar.

“A agricultura familiar é responsável pela maior parte dos alimentos que chegam às nossas mesas hoje. Portanto, temos que criar políticas públicas e investir cada vez mais na qualificação desses agricultores, e de toda a sua família, por meio de cursos e palestras que ensinem novas técnicas de produção sustentável. Com isso, eles irão valorizar ainda mais o trabalho do campo, melhorando as condições de vida de todos que moram na zona rural”, disse Roberto Rocha Júnior, autor da proposição.

Vice assume em Santa Inês por decisão judicial


Por determinação da justiça, o vice-prefeito de Santa Inês, Ednaldo Alves Lima, o Dino do PT, assumiu. nesta quinta-feira, 18, o comando do município na condição de prefeito, com a prisão do ex-prefeito Ribamar Alves (PSB), suspeito por estupro a uma jovem de 18 anos. 

“Vamos atuar dentro da lei, da legalidade, da transparência. Dar atenção, principalmente, à saúde e educação”, disse Ednaldo Lima após tomar posse na Câmara Municipal de Santa Inês.

Na quarta-feira,17, a justiça anulou a sessão realizada na Câmara Municipal na segunda-feira passada,15, determinando o afastamento do prefeito Ribamar Alves e ordenou que o vice-prefeito fosse empossado. 

“A própria sessão em si. O ato de convocação dessa sessão, o dia de realização da sessão. O agente público, ele não pode agir de acordo com a sua vontade. Ele tem de cumprir o que dispõe a lei. O regimento interno da Câmara diz que todas as sessões ordinárias acontecerão nas sextas-feiras, das 10h às 12h. Ele diz também que é proibido, é vedada a apresentação e deliberação de requerimento em sessões solenes, e foi apresentado, foi realizada uma sessão em um dia de segunda-feira, ela foi convocada durante o período de recesso, não observou nenhuma das previsões legais”, diz a advogada do novo prefeito, Edna Andrade.

O prefeito acordou...

Solenidade de exoneração e posse dos novos secretários municipais na sede da Prefeitura de São Luís 
Como disse a ouvinte de rádio, Dona Antônia, ontem, 17, ao saber das mudanças no secretariado do prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior (PDT): "Acho que o prefeito acordou gente!". Em especial, a nobre ouvinte, com voz idosa, fez questão de mencionar a exoneração do ex-secretário municipal de Educação, Geraldo Castro Sobrinho (PCdoB), que no entendimento dela, deixou muito a desejar e ficou aquém das expectativas administrativas para o setor.

A exclamação de Dona Antônia, certamente se soma aos milhares de pais, mães de alunos e professores da rede municipal de ensino da capital maranhense, que se sentiram contemplados com a saída do então secretário comunista Geraldo Castro Sobrinho, ficando em seu lugar o professor universitário e economista, Moacir Feitosa, que já foi secretário na gestão do ex-prefeito Tadeu Palácio e no início da gestão do ex-prefeito João Castelo (PSDB), deixando o cargo por incompatibilidade com a então deputada estadual Gardênia Castelo, que mandava na gestão inteira.

Além do professor Geraldo Castro Sobrinho, também foram exonerados os secretários Batista Matos (Comunicação), assumindo a adjunta, jornalista Conceição Castro; e Raimundo Penha (IPAM), ficando em seu lugar a advogada Maria José Marinho de Oliveira.

Apesar dos pesares, os três exonerados deverão sair candidatos ao cargo de vereador de São Luís, nas eleições de outubro deste ano. 

Falta apenas combinar com o povo!

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

Rose Sales denuncia desvio de recursos em pavimentação em São Luís

Ivaldo Rodrigues pediu vista de requerimento da vereadora Rose Sales
A vereadora Rose Sales (PV) denunciou nesta quarta-feira, 17, na Câmara Municipal a má qualidade do asfalto que está sendo colocado nos bairros pela Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria de Obras e Serviços Públicos (Semosp). Ela ressaltou que já formalizou no Legislativo um requerimento, que na sessão da última terça-feira, 16, foi pedido vista por 72 horas pelo vice-líder do governo municipal na Casa, Ivaldo Rodrigues (PDT).

Em entrevista ao programa Câmara em Destaque, na rádio Difusora AM, a parlamentar, que é pré-candidata a sucessão do prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT), disse que o caso é grave e tem de ser apurado por se tratar de dinheiro público que está sendo aplicado, mas de forma que não contempla a melhoria das vias públicas da cidade.

"Queremos nesta Casa realizar uma audiência pública com técnicos para discutir se essa pavimentação é ou não de qualidade, pois não podemos compactuar com a malversação dos recursos públicos do município", declarou Rose Sales.

terça-feira, 16 de fevereiro de 2016

E se eu fosse o prefeito?

O líder da oposição na Câmara Municipal de São Luís, vereador Fábio Câmara (PMDB/foto), está utilizando as redes sociais para instigar a população a se colocar na condição de prefeito da capital maranhense. 

Fábio Câmara deixa a disposição sua fanpage para que a população possa opinar sobre o que fariam se estivessem no lugar do prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT). Segundo o vereador, a página ganhou a repercussão de quase 3 mil internautas.

Veja abaixo o que disse o vereador do PMDB:

O quadro “Eu Prefeito” teve grande repercussão em minha fanpage nesse fim de semana. Em menos de três dias, o post alcançou 2.800 internautas, teve 96 curtidas, 24 comentários e 12 compartilhamentos. Na última sexta-feira (12), disse que iria usar o canal, semanalmente, para escolher sugestões de moradores para serem transformadas em propostas que poderão integrar o plano de governo do PMDB na disputa pela Prefeitura em outubro deste ano. No entanto, por causa da repercussão da ideia, resolvi selecionar alguns comentários de internautas que afirmaram que, se estivessem no lugar do prefeito Edivaldo de Holanda Júnior, fariam diferentes. Eles disseram, inclusive, quais ações de EdeH que jamais repetiriam. A seguir depoimentos de “prefeitos”, que falam como a cidade poderia ser melhor.
AMIZADE X TRABALHO
A internauta Anielle Raína Barreto Grangeiro disse que se fosse a prefeita, em primeiro lugar, faria um planejamento para detectar os erros. Na opinião dela, o levantamento iria servir para facilitar os acertos. Ela afirma que iria separar a amizade do lado profissional, pois, segundo ela, não adianta ser amigo e não ser competente. “Se não for técnico, não basta ser só político”, declarou. Outra preocupação de Anielle diz respeito com o staff. A internauta diz que não iria trazer pessoas de fora para trabalhar em sua equipe, pois, na opinião dela, as mesmas não moram aqui e não tem como conhecer a cidade em um mês, em 2 meses ou 6 meses.
SAÚDE EM 1º LUGAR
Na opinião do internauta Luciano Augusto, um bom prefeito tem que olhar mais para a questão da saúde pública. E ele mesmo explicou os motivos: “Tá uma vergonha”. Luciano diz que contratariam profissionais que façam os serviços com amor e não só por dinheiro. Depois de melhorar a saúde, o internauta sugeriu cumprir as leis, pois, segundo ele, ninguém aguenta mais a violência na cidade. “Todos os dias tem assaltos em ônibus”. Luciano diz ainda que um bom prefeito tem que olhar mais para os jovens e idosos que precisam de atenção dobrada.
FIM AOS BAJULADORES
O internauta Carlos Eduardo Carvalho diz que se fosse prefeito não gostaria de ter por perto nenhum bajulador. Ele diz que iria colocar pra trabalhar gente que saiba fazer e tem capacidade técnica comprovada. “Chega de gente que até tem experiência, mas que não sabe nada de coisa nenhuma”, declarou.
REFORÇO ESCOLAR
Para a internauta Nerivalda Senna, um bom prefeito tem que ter um olhar especial para a educação. Ela diz que se fosse a prefeita contrataria professores bem qualificados para dar aulas de reforço aos jovens de rede pública. “Infelizmente temos um péssimo ensino e assim [os jovens] ficam em desvantagem no Enem em relação aos jovens da rede privada”.
MAIS SUGESTÕES
Na próxima sexta-feira o quadro “Eu Prefeito” vai trazer mais prioridades da cidade, facilmente apuradas perguntando a quem mais sofre com os problemas locais: seus moradores. Se você quiser contribuir com outras ideias, comente no espaço abaixo. O que você faria se fosse prefeito de São Luís?

Vereador ingressa no PSDB e aumenta bancada tucana na Câmara


A bancada do PSDB aumentou de tamanho na Câmara Municipal de São Luís com a filiação do vereador Josué Pinheiro (foto). O nobre parlamentar deixou recentemente as hostes do PSDC para compor a bancada tucana no Legislativo.

Vereador por dois mandatos, eleitos pelo PSDC, Josué Pinheiro agora compõe o ninho tucano ao lado dos colegas de parlamento, José Joaquim, Gutemberg Araújo e Eidimar Gomes. Com isso, o PSDB passa a ser a segunda maior bancada partidária na Câmara Municipal, ficando atrás somente do PDT.

Josué Pinheiro disse que chega para somar na nova legenda.

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

Continua operação do Corpo de Bombeiros por buscas a desaparecidos de aeronave


Equipes do Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão continuam na operação de buscas por um Ultraleve, PU-VCL, que está desaparecido desde a última terça-feira,9. O piloto, José do Vale Filho, e o passageiro Júlio César de Moraes, estavam na aeronave.

A aeronave de pequeno porte levantou voo na cidade de Arari, a 130 km de São Luís, por volta das 16:30h, com destino a capital maranhense, porém não estabeleceu mais contato.

Comeram a bóia do prefeito Ribamar Alves

Vice Edinaldo Dino
Na próxima segunda-feira, 15, o vice-­prefeito de Santa Inês, Edinaldo Dino (PT), assumirá o comando da Prefeitura, no lugar do prefeito Ribamar Alves (PSB), que se encontra preso no Complexo Penitenciário de Pedrinhas, em São Luís, acusado de estuprar uma mulher de 18 anos. 

O presidente da Câmara Municipal de Santa Inês, Orlando Mendes (PDT), informa que há duas possibilidades em que o petista, de qualquer forma, acabará assumindo o comando do município, em virtude da prisão do prefeito Ribamar Alves (PSB).

Ainda nesta sexta-feira, 12, a defesa do gestor municipal deve protocolar na própria Câmara de Vereadores um pedido oficial de afastamento, por 30 dias, de acordo com o
que informa o advogado Ronaldo Ribeiro, que representa o prefeito.

A petição deve ser apreciada em plenário e o afastamento só será autorizado se a maioria dos vereadores votar a favor. 

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

Ricardo Murad reclama da falta de dinheiro em bancos

Ricardo Murad
O ex-deputado e ex-secretário estadual de Saúde, Ricardo Murad (PMDB), utilizou as redes sociais para manifestar sua insatisfação com relação ao péssimo serviço que vem sendo prestado pelas agências bancárias no Maranhão. A principal reclamação é a constante ausência de dinheiro nos caixas eletrônicos, que tem irritado a população. 

Durante o período de Carnaval essa foi uma das falhas dos bancos, considerada pelo ex-parlamentar como um completo desrespeito ao cidadão, digna de punição. 

Veja abaixo a crítica feita por Ricardo Murad:    

"É NECESSÁRIA PUNIÇÃO DRÁSTICA PARA OBRIGAR OS BANCOS MANTEREM DINHEIRO NOS CAIXAS ELETRÔNICOS NOS FINAIS DE SEMANA E FERIADOS PARA ATENDIMENTO AOS CLIENTES. É UM ABSURDO O QUE ESTÁ OCORRENDO EM TODOS OS MUNICÍPIOS MARANHENSES. COMPLETO DESCASO, FALTA DE RESPEITO, VERDADEIRO "CASO DE POLÍCIA" TAMANHA É A DESFAÇATEZ DOS BANCOS".

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016

Prefeito Ribamar Alves pode ter mandato cassado

O prefeito de Santa Inês, Ribamar Alves (PSB/foto), pode ter o mandato cassado a qualquer momento pela Câmara de Vereadores, por se encontrar afastado do cargo por mais de oito dias. 

Tudo porque o gestor municipal se encontra preso, desde o dia 29 de janeiro deste ano, após ser acusado de estuprar uma jovem de 18 anos de idade.

Pela Lei Orgânica de Santa Inês, o prefeito não pode ficar ausente de suas funções por mais de oito dias, sem comunicado oficial ao Legislativo, o que não ocorreu, por conta da prisão em flagrante delito de Ribamar Alves.

Além de tentar um habeas corpus, por meio de sua defesa, para se livrar da prisão, o prefeito de Santa Inês agora vai ter de garantir sua permanência na administração de Santa Inês.

Articulando apoio à Eliziane Gama

Deputado federal José Reinaldo Tavares e o senador Roberto Rocha
Passada as festividades do Carnaval o senador Roberto Rocha (PSB) e o deputado federal José Reinaldo Tavares (PPS) devem voltar a se reunir e ter na pauta a discussão sobre o apoio à candidatura da deputada federal Eliziane Gama (Rede) à Prefeitura de São Luís, nas eleições de outubro deste ano.

Eliziane ainda estuda a possibilidade de trocar de partido até o dia 2 de abril, prazo final para mudança de filiação partidária. Atualmente, a viabilidade da candidatura de Eliziane Gama vem sendo defendida pelo deputado José Reinaldo, mesmo contrário ao posicionamento do governador Flávio Dino (PCdoB), que defende a candidatura à reeleição do prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT).

A corrida sucessória à Prefeitura de São Luís ainda dispõe de nomes virtuais como: Fábio Câmara (PMDB), Rose Sales (PV), Andrea Murad (PMDB), João Castelo (PSDB) e João Bentivi (PRTB).      

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

Deputada quer CPI para apurar caso de estupro em Santa Inês


A deputada estadual Andrea Murad (PMDB/foto), garante que entrará com pedido para instalação de uma CPI para apurar todas as denúncias que culminaram com a prisão do prefeito de Santa Inês, Ribamar Alves (PSB), na semana passada, acusado de ter estuprado uma jovem de 18 anos. 

"É lamentável, revoltante e de extrema necessidade a busca pela verdade e justiça, que estamos diante de um dos crimes mais bárbaros contra mulheres e crianças, submetidas a atitudes machistas e vários tipos de violências – moral, sexual e físicas. A jovem vítima dessas agressões foi extremamente corajosa ao denunciar o caso à polícia, por isso merece toda nossa atenção, cuidado e respeito, encorajando ainda que outras, até crianças, também denunciem sem medo, os crimes dessa natureza cometidos por qualquer pessoa". declarou a parlamentar. 

Para Andrea Murad, o Legislativo também tem o dever de fazer garantir que leis sejam cumpridas. "Isso para que essas denúncias sejam encaminhadas, que a justiça seja feita e as vítimas percebam que há sim resultados em denunciar, jamais calar diante da violência sexual a que foram submetidas, independente de quem seja o agressor", ressaltou.

terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

Onde há fumaça, há fogo! Fábio Câmara manda recado para João Alberto e diz que nunca será vice de Edivaldo pelo PMDB

O senador João Alberto, deputado estadual Roberto Costa e o vereador Fábio Câmara duelam no PMDB
O líder da oposição na Câmara de São Luís, vereador Fábio Câmara, mandou um recado direto ao presidente estadual do PMDB, senador João Alberto, na manhã desta terça-feira, 2. "Nunca serei vice do prefeito Edivaldo Holanda Júnior pelo PMDB. Se isso for uma condição para eu sair candidato, deixarei o partido", afirmou o parlamentar.

As declarações de Fábio Câmara foram feitas durante a abertura dos trabalhos no Legislativo Municipal, após o presidente da Câmara, Astro de Ogum (PR), deixar no ar que o PMDB pode compor chapa a vice com o prefeito Edivaldo pela reeleição, em outubro deste ano.

Na oportunidade, Astro de Ogum deixou nas entrelinhas que os nomes do PMDB podem ser ou o vereador Fábio Câmara ou a secretária municipal de Saúde, vereadora licenciada Helena Duailibe, que ainda está filiada ao PMDB.

No entanto, está mais do que bem claro na seara política que a intenção do senador João Alberto é aproximar o PMDB do prefeito Edivaldo Holanda Júnior, o que vem sendo contestado internamente no partido pelo vereador Fábio Câmara e pela ex-governadora Roseana Sarney.

Sarney Filho ou Roseana: quem será candidato ao senado em 2018? Façam suas apostas!

Deputado federal Sarney Filho e a ex-governadora Roseana prometem esquentar o debate eleitoral em 2018
Um imbróglio que promete gerar muitas discussões dentro do grupo Sarney na corrida majoritária ao Senado, em 2018. Quem será, de fato, candidato a uma das duas vagas abertas nas próximas eleições gerais para representar o Maranhão no Congresso Nacional? 

É que com o fim dos mandatos dos senadores Edison Lobão e João Alberto (ambos do PMDB). uma das vagas deve ser cobiçada por familiares do grupo Sarney. 

A questão maior é que, nos bastidores, já se vislumbra uma pelaja entre irmãos, o deputado federal Sarney Filho (PV) e a ex-governadora do estado, Roseana Sarney (PMDB). 

Há quem diga que, apesar de faltar um pouco mais de dois anos para o próximo pleito, ainda não há consenso mútuo e que as discussões sobre quem será a bola da vez deve se intensificar e promete esquentar o cenário político nacional.

Astro garante manter modernização da Câmara


O presidente da Câmara de São Luís, Astro de Ogum (PR/foto), reabre os trabalhos na manhã desta terça-feira, 2, com a proposta de manter o processo de reorganização e modernização do Legislativo Municipal.

Astro destacou que a Casa continuará também mantendo uma relação harmônica, mas independente com relação ao Executivo, sempre visando garantir as demandas da população.

Para o presidente da Câmara, o ano de 2016 será um ano de desafio por conta da consequente corrida eleitoral que ocorrerá em outubro. "Apesar disso, acredito que os vereadores continuarão a cumprir suas obrigações, que são de legislar e fiscalizar as ações do prefeito em favor das comunidades", declaro Astro de Ogum.