Rádio Web Conexão

segunda-feira, 30 de setembro de 2019

Assessoria diz que reação de deputado do PL foi inesperada


A assessoria do deputado federal Josimar de Maranhãozinho (PL) lançou nota em que afirma que o parlamentar teve uma reação inesperada, após se envolver em uma discussão e perder o controle em uma festa na cidade de Araguanã, na noite do último domingo, 29, durante apresentação da banda de forró Saia Rodada.

Veja a íntegra da nota da assessoria do deputado:

"O deputado federal Josimar Maranhãozinho (PL), teve uma reação inesperada na noite de ontem (29), no encerramento do Festival do Peixe de Araguanã. Ao chegar no camarote dos artistas, o deputado se deparou com os fãs da banda Saia Rodada sendo tratados de maneira grosseira pelos seguranças, o que gerou um clima de insatisfação do parlamentar que reagiu imediatamente".

Veja o vídeo: deputado federal perde o controle ao ser barrado em festa


E não é que um vídeo que está circulando nas redes sociais mostra o deputado federal Josimar de Maranhãozinho (PL), o mais votado do Maranhão (195.768 votos), em 2018, perdendo o controle ao ser barrado em uma festa, no município de Araguanã, por seguranças do evento.

O parlamentar chega a esmurrar a própria caminhonete na porta da festa ao ser contrariado na entrada do evento.

Veja o vídeo abaixo:



Vereadora do PSC busca parceria com senador do PDT


A vereadora Bárbara Soeiro (PSC) esteve reunida na semana passada, em Brasília, com o senador Weverton Rocha (PDT) na busca por emendas parlamentares para São Luís.

Na oportunidade, a líder do PSC na Câmara Municipal também falou sobre as articulações políticas visando as eleições de 2020 na capital maranhense.

No Twiter, Weverton ressaltou a importante visita da vereadora em seu gabinete.

O gabinete de todos os maranhenses! Recebemos hoje no Senado a visita da vereadora , grande liderança da nossa capital e do Maranhão. Vamos juntos! #WevertonSenador #CompromissoComOMaranhão

sexta-feira, 27 de setembro de 2019

Movimento Vem Pra Rua Brasil faz pressão para Eliziane assinar CPI


Lideranças do movimento Vem Pra Rua Brasil estão pegando no pé da senadora maranhense Eliziane Gama (Cidadania). Nas redes sociais o grupo tem questionado a parlamentar:

"Por que a senadora não assina o requeriemento da CPI da Lava Toga?" 

CPI que se for criada servirá para investigar ministros e juízes.

A noviça rebelde ainda permanece indecisa sobre o assunto.

Simplício contra-ataca senador tucano com foto na porta da Heineken em 2017


O secretário de estado de Indústria e Comércio, Simplício Araújo, resolveu contra-atacar o senador Roberto Rocha (PSDB) postando nas redes sociais uma foto de 2017, em Caxias, em frente a uma fábrica da cervejaria Heineken, com dirigentes da classe empresarial do Maranhão.

A foto veio como uma forma de resposta às declarações recentes do senador tucano que em um grupo de Whatsapp disse que a Heineken não se instalou definitivamente no Maranhão por conta da alta carga tributária imposta pelo governador Flávio Dino (PCdoB).

Além de ter dito na imprensa que o senador estaria jogando contra o Maranhão, o secretário disse ainda nas redes sociais o seguinte:

"Para quem ainda não tá acreditando que a Heineken não veio para o Maranhão, segue uma foto minha com representantes da classe empresarial do Maranhão na porta da fábrica em Caixas, em 2017. Também é FAKE que ela não tem incentivo fiscal do governo do Maranhão".

quarta-feira, 25 de setembro de 2019

Ministério Público deve recorrer contra ex-prefeita de Matões


O Ministério Público do Maranhão deve recorrer da recente decisão do Tribunal de Justiça do estado, que concedeu a segunda vitória em favor da ex-prefeita de Matões, Sueli Pereira (foto), barrando a Ação Civil Pública com pedido de liminar contra a ex-gestora e o ex-secretário municipal de Educação, Oziel Silva Oliveira. 

A ação é resultado de amplas investigações em que a promotoria constatou irregularidades em atos cometidos em 2009, tanto pela ex-prefeita quanto pelo  ex-secretário. Sueli Pereira é mãe do atual secretário de estado das Cidades, deputado federal licenciado Rubens Pereira Júnior (PCdoB), pretenso candidato à Prefeitura de São Luís, em 2020.

Segundo a promotora de justiça Patrícia Fernandes Gomes Costa Ferreira, os então gestores apresentaram prestação de contas irregular (Acórdão PL-TCE nº 470/2013) e deixaram de publicar instrumento de contratos e seus aditamentos na imprensa oficial. Também foi apurado que houve fragmentação de despesas para reforma e ampliação de escolas.

Na Ação Civil Pública, a promotora explica que as irregularidades ferem os princípios constitucionais da legalidade, publicidade e da probidade administrativa, causando prejuízo ao erário.

A ação requer condenação da ex-prefeita de Matões, Sueli Pereira, e do secretário Oziel Silva Oliveira, nas sanções previstas na Lei de Improbidade Administrativa: ressarcimento integral do dano; perda da função pública; suspensão dos direitos políticos de três a cinco anos; pagamento de multa civil e proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais pelo prazo de três anos.

A promotora entrou com pedido de liminar para indisponibilidade dos bens de cada um no valor da multa de mais de R$ 42 mil a ser imposta em caso de condenação.

terça-feira, 24 de setembro de 2019

"Só uso computador para jogar poker", diz Astro em pronunciamento


Em seu primeiro pronunciamento na tribuna da Câmara Municipal de São Luís, nesta terça-feira, 24, após ter sido conduzido há duas semanas à polícia por porte ilegal de arma e sob fortes acusações de crime de estupro de adolescente mediante fraude tecnológica, o ex-presidente e atual vice Astro de Ogum (PR) disse ser uma pessoa que não tem envolvimento em falcatruas.

Na oportunidade, Astro deixou transparecer que pode estar sendo vítima de uma operação política orquestrada para sujar e denegrir sua imagem perante a população da capital maranhense. O vereador é pretenso candidato à Prefeitura em 2020 e vem percorrendo dezenas de bairros periféricos da cidade. 

"Apesar disso, vou continuar minhas andanças por toda São Luís", ressaltou Astro, que está sendo investigado pela Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic), órgão ligado à Secretaria de Estado de Segurança Pública do governo Flávio Dino (PCdoB).

Ele também pediu que a Comissão de Ética da Casa acompanhe passo a passo o inquérito policial que pesa contra si. "Não tenho nada a esconder de ninguém, tenho pena daqueles que se escondem por trás dessa cortina rasteira", enfatizou.

Vários vereadores apartearam a fala do ex-presidente Astro e manifestaram apoio ao parlamentar pelo triste momento vivido em sua vida.

DEM quer explicações de Marquinhos por apoio à pré-candidatura de Osmar

O deputado federal Pedro Lucas, o vereador Marquinhos Silva e o presidente Osmar Filho na multidão
A executiva municipal do DEM em São Luís pedirá explicações ao vereador Marquinhos Silva, filiado à legenda, por declarações públicas do parlamentar em apoio à pré-candidatura do presidente da Câmara de Vereadores, Osmar Filho (PDT), na corrida sucessória à Prefeitura da capital maranhense, em 2020.

No último domingo, 22, em evento para comemoração dos 25 anos do bairro da Vila Luizão, Marquinhos anunciou seu apoio incondicional ao chefe do Legislativo que pretende enfrentar o desafio de concorrer ao comando do Palácio La Ravardière, sede da administração municipal.

Após declarações do vereador democrata, gravadas em vídeo, a executiva municipal do DEM não gostou nada do que viu, já que o partido tem como pré-candidato à Prefeitura de São Luís o deputado estadual Neto Evangelista.

Vale aguardar cenas dos próximos capítulos!

Líder do PT denuncia atraso de salários de agentes comunitários em São Luís

O vereador Honorato Fernandes (PT) cobra ação do prefeito Edivaldo Holanda Junior (PDT)
O líder do PT na Câmara Municipal de São Luís, vereador Honorato Fernandes, criticou nas redes sociais a postura de descaso do prefeito Edivaldo Holanda Junior (PDT) contra os Agentes Comunitários de Saúde (ACS), que brigam para reaver seus salários atrasados.

"Os agentes comunitários de saúde passaram quatro meses como VALE TRANSPORTE atrasado. Iniciaram o processo de greve e só assim a Prefeitura pagou DOIS MESES, no entanto os outros dois meses continuam em ATRASO.
A SAÚDE DE SÃO LUÍS-MA PEDE SOCORRO!!".

Irmão do governador do Maranhão é alvo de hackers


O subprocurador da República Nicolao Dino (foto), irmão do governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), foi alvo de hackers presos na Operação Spoofing da Polícia Federal para investigar a invasão de celulares de autoridades como o ex-juiz e atual ministro da Justiça, Sergio Moro, e o procurador Deltan Dallagnol, coordenador da força-tarefa da Lava Jato.

O celular de Nicolau Dino, identificado como subprocurador e aliado do ex-procurador geral Rodrigo Janot, resistiu a 13 tentativas de invasão de hackers. 

A revelação foi feita pelo jornal O Globo, que teve acesso à perícia da Polícia Federal.

Leia a matéria completa Aqui

segunda-feira, 23 de setembro de 2019

O aconchego midiático de Dino a Sarney


A coluna Aparteando do jornal O Imparcial, na edição desta segunda-feira, 23, revela que a "TV Mirante cada dia mais alinhada ao governo Dino, falta somente combinar com o jornal do Sarney. Questão de tempo".

É o surgimento do governador Flávio Dino (PCdoB) paz e amor, visando o apoio do ex-presidente José Sarney, na eleição presidencial de 2022.

Durma com um barulho desse!

A guerra de nervos entre mancebos do PCdoB em São Luís


Até quando a direção do PCdoB em São Luís vai negar que existe uma guerra de nervos entre o secretário de estado das Cidades, Rubens Junior, e o deputado estadual Duarte Junior, já que ambos querem os holofotes do partido para encarar a disputa pela Prefeitura da capital maranhense, em 2020?

Ambos têm se mostrado figuras meramente aventureiras nesse processo eleitoral e ainda esperam contar com o apoio incondicional do governador Flávio Dino para conquistar um palanque bem estruturado, além das benesses da máquina pública governamental para encarar o desafio hercúlio.

Até agora o poderoso chefão comunista vai acompanhando de longe as articulações pueris desempenhadas pelos dois mancebos, para evitar desgastes internos no PCdoB que deve lançar candidatura própria à sucessão do prefeito Edivaldo Holanda Junior (PDT).

Quem será o escolhido?

domingo, 22 de setembro de 2019

Astro começa a suspeitar de investigação política direcionada


O ex-presidente e atual vice da Câmara Municipal de São Luís, Astro de Ogum (PR), começa a suspeitar de que investigações políticas direcionadas o levaram a prestar depoimento à polícia, sob acusações de envolvimento na prática de crime de estupro de um adolescente (?) mediante fraude. Dois assessores seus continuam presos no Complexo Penitenciário de Pedrinhas sob as mesmas suspeitas.

Vale ressaltar que o caso está sendo apurado pela Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic), órgão ligado ao governo Flávio Dino (PCdoB). Apesar disso, o delegado Odilardo Muniz afirma que em nenhum momento o parlamentar está sendo acusado de violência ou pedofilia.

"Em seu depoimento, ele se deu ao direito de ficar calado e só falar em juízo sobre o caso envolvendo o delito de estupro mediante fraude. Em nenhum momento, estamos falando aqui sobre violência ou pedofilia. O delito investigado aqui é o de estupro mediante fraude", afirmou o delegado.

Até antes de ser conduzido à polícia, para explicar um porte ilegal de arma em sua residência, Astro era considerado um real pré-candidato na disputa pela Prefeitura de São Luís, com chances reais de alavancar as camadas mais populares da cidade, o que estaria causando preocupações na casta política, liderada por adversários nada ortodoxos, que viam em Astro uma ameaça concreta no eleitorado da capital maranhense.

Com a bagunça e o estrago na imagem do ex-presidente da Câmara, alguns acreditam que Astro passa a ser carta fora do baralho eleitoral em São Luís, abrindo brechas para aventureiro com apoio político palaciano. 

No entanto, Astro garante que morre em pé, mas não se ajoelha.

sábado, 21 de setembro de 2019

Marcial declara apoio a Braide na disputa pela Prefeitura de São Luís em 2020


O vereador Marcial Lima (PRTB) informou com exclusividade ao blog do jornalista Mario Carvalho que apoiará o deputado federal Eduardo Braide (PMN), na disputa para a Prefeitura de São Luís, em outubro de 2020, por entender que esse é melhor caminho para oxigenar a administração municipal e tirar o monopólio do PDT do Palácio La Ravardière.

Além disso, o parlamentar e também jornalista reafirmou que não existe a possibilidade de sair candidato a vice-prefeito na chapa de Braide, já que seu grupo político entendeu que o melhor caminho nesse momento é buscar a recondução de mais um mandato na Câmara da capital maranhense.

"Estaremos firmes na pré e durante a campanha eleitoral do deputado Eduardo Braide. Juntaremos forças com muita humildade para fazer uma grande mudança nos destinos da nossa capital, que está largada e abandonada por uma administração que tem quase sete anos, que não faz praticamente nada para melhorar São Luís do Maranhão", declarou Marcial Lima.

sexta-feira, 20 de setembro de 2019

Maranhão deixa a desejar no Prêmio Congresso em Foco 2019


Pela votação do júri o Maranhão não teve nenhum deputado federal e nem Senador da bancada do estado sendo agraciado pelo Prêmio Congresso em Foco 2019. A solenidade de premiação da 12 ° edição aconteceu na noite da última quinta-feira, 19, em Brasília (DF).

Na categoria melhores deputados quem foi a vencedora foi a parlamentar  paulista, estreante e cientista política Tabata Amaral (PDT). Já na categoria melhores senadores a vencedora foi a professora e advogada Simone Tebet (MDB), representando o estado de Mato Grosso do Sul.

Somente pela votação popular aparecem os seguintes deputados maranhenses:

96º lugar, o deputado Márcio Jerry (PCdoB) com 475 votos
105° lugar, o deputado Aluísio Mendes (Podemos) com 430 votos
163° lugar, o deputado Bira do Pindaré (PSB) com 234 votos
220° lugar, o deputado Zé Carlos (PT) com 154 votos
261° lugar, o deputado Eduardo Braide (PMN) com 110 votos
272° lugar, o deputado João Marcelo Souza (MDB) com 100 votos
306° lugar, o deputado Cleber Verde (PRB) com 76 votos
320° lugar, o deputado Marreca Filho (Patriota) com 65 votos
322° lugar, o deputado Edilázio Junior (PSD) com 63 votos
344° lugar, o deputado Pedro Lucas Fernandes (PTB) com 46 votos
345° lugar, o deputado Pastor Gildenemyr (PL) com 45 votos
361° lugar, o deputado Gastão Vieira (Pros) com 37 votos
364° lugar, o deputado Hildo Rocha (MDB) com 36 votos
373° lugar, o deputado Juscelino Filho (DEM) com 30 votos
382° lugar, o deputado André Fufuca (PP) com 25 votos

Pela votação popular aparece apenas a senadora maranhense:

33° lugar, a senadora Eliziane Gama (Cidadania) com 1.029 votos

quinta-feira, 19 de setembro de 2019

Charge do Dia: Bolsonaro chegando na ONU


Delator do ex-ministro Lobão e Aécio Neves é encontrado morto


O ex-vice-presidente da Odebrecht, Henrique Valladares, foi encontrado morto na última terça-feira, 17, em sua residência no Rio de Janeiro. Em delação premiada, Valladares acusou o deputado federal Aécio Neves (PSDB-MG), o PSDB, o ex-ministro de Minas e Energia Edison Lobão, o jornalista Diego Mainardi, de O Antagonista, e o empresário Alexandre Accioly, dono das academias BodyTech, de terem recebido propina da empreiteira.

As informações são do colunista Lauro Jardim, do O Globo. As causas da morte não foram divulgadas. Valladares ocupou por vários anos a vice-presidência da empreiteira e era tido como um dos principais delatores da Lava Jato.

Astro permanece calado e só vai se pronunciar em juízo


O ex-presidente e atual vice-presidente da Câmara Municipal de São Luís, Astro de Ogum (PR), permanece calado, mesmo após ter ido à Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic), na última terça-feira, 17, para prestar depoimento à polícia.

Astro vem sendo acusado de crime de estupro de um adolescente mediante fraude. Segundo o delegado Odilardo Muniz, durante todo depoimento o parlamentar se deu o direito de permanecer calado e só deve responder em juízo.

"Em seu depoimento, ele se deu ao direito de ficar calado e só falar em juízo sobre o caso envolvendo o delito de estupro mediante fraude. Em nenhum momento, estamos falando aqui sobre violência ou pedofilia. O delito investigado aqui é o de estupro mediante fraude", afirmou o delegado.

Já os assessores do vereador, Raimundo Costa, o "Filho", e a trans Raíssa Martins Fonseca, continuam presos em Pedrinhas em provas técnicas de participação no esquema criminoso contra o menor.

João Alberto pode ser o candidato do grupo Sarney à Prefeitura de São Luís


Especulações de bastidores dão como certa a possibilidade do MDB da ex-governadora Roseana Sarney anunciar como eventual candidato à Prefeitura de São Luís, em 2020, o nome do ex-senador João Alberto Souza.

A proposta seria mostrar que o partido não está morto politicamente no Maranhão e que pode lançar uma candidatura própria na disputa pelo Executivo da capital maranhense, com a sucessão do prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT).

Até agora, João Alberto, que preside o MDB no estado, ainda não se manifestou sobre o assunto. Alguns acreditam que o ex-senador também pode vir a ser candidato a vereador em Bacabal, possibilidade menos remota.

quarta-feira, 18 de setembro de 2019

"Não houve fatiamento, mas rejeição geral do projeto", diz Weverton


O senador Weverton Rocha (PDT) afirmou que não houve fatiamento do texto aprovado na Câmara Federal que prevê o aumento do fundo eleitoral e abre brechas para a volta do Caixa 2 nas campanhas políticas, mas sim a rejeição geral do texto da matéria.

"Não se trata do fatiamento, mas da rejeição geral do texto. Mantivemos apenas o fundo eleitoral para garantir a eleição de 2020", declarou Weverton.

Segundo o parlamentar pedetista, na oportunidade os senadores ainda se comprometeram a votar na Comissão Mista de Orçamento a manutenção dos valores do fundo eleitoral.

"Isto é, o R$ 1,8 bilhão que foi usado para financiar a campanha do ano passado", ressaltou Weverton Rocha.

O projeto de lei que muda as regras do fundo partidário volta para a análise da Câmara, mas com um texto bem diferente do que foi aprovado pelos deputados no início deste mês.

terça-feira, 17 de setembro de 2019

Marcial nega convite de Braide para compor chapa a vice em 2020


O vereador Marcial Lima (PRTB) negou nesta terça-feira, 17, que tenha sido convidado pelo deputado federal Eduardo Braide (PMN) para compor eventual chapa a vice, na disputa para a Prefeitura de São Luís, nas eleições municipais de 2020.

Para Marcial, seu projeto político é buscar a renovação para mais um mandato de quatro anos na Câmara Municipal, no próximo pleito, e para isso tem trabalhado bastante, junto com seu grupo, para conquistar o apoio dos eleitores da capital maranhense.

Segundo o representante do Legislativo Municipal, o fato de ter seu nome lembrado nesse momento é sinal de que seu mandato estaria agradando a população de São Luís que acompanha suas ações parlamentares. 

"Fico feliz por isso", declarou o parlamentar.

Weverton é favorável a projeto que reduz transparência em campanhas


O senador maranhense Weverton Rocha (PDT) já se manifestou favorável à proposta que tramita no Senado da República e que muda drasticamente as regras da legislação eleitoral. O parlamentar é o relator do projeto que deve ser apreciado e votado nesta terça-feira, 17, na Casa.

Segundo especialistas, as novas regras anunciadas podem reduzir a transparência e dificultar a fiscalização de eventuais irregularidades em campanhas eleitorais, como é o caso da volta do Caixa 2.

O projeto muda a legislação eleitoral e é o primeiro item da pauta de votações do Senado desta semana. A grande maioria dos senadores, favoráveis à proposta, têm pressa na votação da matéria, o que possibilitaria que as novas regras possam valer já para as eleições municipais de 2020.

De acordo com o princípio da anualidade, quaisquer alterações nas normas eleitorais precisam ser sancionadas, pelo menos um ano antes do próximo pleito, por isso a pressa na votação do projeto.

Astro passa mal e novo depoimento à polícia será remarcado pela Seic


O ex-presidente e atual vice-presidente da Câmara Municipal de São Luís, Astro de Ogum (PR), acabou tendo um mal-estar na última segunda-feira, 16, e teve adiado seu depoimento ao delegado Armando Pacheco, da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic).

O vereador é acusado de crime de extorsão contra menor para obtenção de favores sexuais. Além de Astro, outros dois assessores de seu gabinete, Raimundo Costa, o "Filho", e a trans Raíssa Martins Mendonça, também são suspeitos de cometer o crime e desde a semana passada encontram-se presos no Complexo Penitenciário de Pedrinhas, na capital maranhense.

Na quinta-feira passada, 12, o ex-presidente da Câmara acabou sendo conduzido pela polícia à Seic depois de policiais terem encontrado uma arma de fogo em sua residência, no Olho d´Água. Por não comprovar a posse de arma, Astro foi detido, pagou fiança e horas depois foi liberado. Ele alegou que a arma pertencia à segurança particular de sua casa de praia.

Um novo depoimento do ex-presidente do Legislativo Municipal deve ser remarcado pelo delegado Armando Pacheco para que o parlamentar explique seu suposto envolvimento em crimes de abuso sexual.

segunda-feira, 16 de setembro de 2019

Braide anuncia emenda de R$ 300 mil para Camboa e Liberdade


O deputado federal Eduardo Braide (PMN) informou ao vereador de Sao Luís, Cézar Bombeiro (PSD), que já está garantida uma emenda parlamentar da ordem de R$ 300 mil para recuperação de valas e galerias dos bairros da Camboa e Liberdade.

O anúncio do deputado foi feito, na última sexta-feira, 13, durante a solenidade de inauguração da primeira biblioteca comunitária da Liberdade, intitulada Advogado Jão Damasceno Corrêa Moreira, de iniciativa do vereador do PSD.

Braide destacou que recebeu muitos pedidos de Cézar Bombeiro e que pessoalmente vistoriou com o vereador vários locais da área que realmente precisam de atenção. 

"O mais importante é que já garantimos os recursos. Eu, Cézar Bombeiro e todos os moradores das ruas que deverão receber os benefícios, seremos os grandes fiscais para que o poder público execute toda a obra, afirmou o deputado Braide.

Cézar Bombeiro destacou que a luta em busca de direitos da população quanto às valas e galerias, um pouco chegou a ser feito devido intervenção do Ministério Público Itinerante e o restante está ignorado, mesmo com os seus requerimentos e pedidos feitos no plenário da Câmara Municipal de São Luís.

Bombeiro destacou ainda que ele e o deputado federal se identificam através de compromissos e seriedade com a população. "Daí é que a nossa luta em defesa do bairro da Liberdade, vai muito mais além e garantimos que muita coisa boa vai acontecer nas nossas comunidades, não com promessas que nunca se concretizam, mas através de sonhos que se transformam em realidade", ressaltou o parlamentar do PSD.

Senador diz ter quebrado monopólio da UNE e UBES


O senador maranhense Roberto Rocha (PSDB) tem se vangloriado nas redes sociais por ser autor de uma proposta que acaba com o monopólio da União Nacional dos Estudantes (UNE) e da União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (UBES) na confecção das carteiras estudantis.

Segundo o parlamentar, acabou a burocracia que geravam transtornos para a classe estudantil.

"Estamos quebrando o monopólio exercido pela UNE e UBES na confecção de carteirinhas estudantis. Foi aprovada na Comissão de Educação o meu projeto de lei que acaba com essa burocracia que amarra os alunos. A proposta segue tramitação no Senado".

sábado, 14 de setembro de 2019

Revitalização da Feira da Vicente Fialho tem iniciativas do governo e vereador


O governo do estado emitiu ordem de serviço para a reforma da feira do bairro Vicente Fialho, considerada uma das mais tradicionais de São Luís. O local vinha enfrentando sérios problemas de infraestrutura. Visando resolver a problemática, o governo, por meio da Agência Executiva Metropolitana (Agem) elaborou um projeto de revitalização do espaço, cuja ordem de serviço foi assinada na tarde última sexta-feira, 13.

Participaram do evento o vereador Joãozinho Freitas (PTB), o deputado federal Pedro Lucas Fernandes (PTB) e o presidente da Agem, Lívio Jonas Mendonça. O evento aconteceu na esquina da Avenida Brasil com a rua Assembleia, onde está situada a Feira da Vicente Fialho. 


Devido a problemas de infraestrutura o local impede a livre comercialização de produtos alimentícios, além de afastar a freguesia. "A situação ficou bastante crítica quando a cobertura caiu", ressaltou o presidente da Agem.

O projeto de reforma da Feira Vicente Fialho abrange uma área de 771.34 metros quadrados. Contará com a recuperação do piso, das bancadas e das esquadrias, além da substituição, recuperação do revestimento danificado e proteção do quadro elétrico.

Segundo o vereador Joãozinho Freitas, o papel do governo do estado, por meio da Agem, é de extrema importância para a revitalização da feira. "Hoje testemunhamos a realização de muitas obras em diversas áreas da cidade, que estão sendo realizadas pela Agência Metropolitana. Isso traz benefícios para todos", destacou o parlamentar do PTB.

sexta-feira, 13 de setembro de 2019

Astro não pensa em desistir de candidatura a prefeito


Apesar do momento turbulento, o ex-presidente e atual 1° vice-presidente da Câmara Municipal de São Luís, Astro de Ogum (PR), ainda não dá nenhum sinal de declinar do seu projeto de sair candidato à Prefeitura da capital maranhense nas eleições de outubro de 2020.

Para alguns analistas políticos, a incursão de policiais da Secretaria Estadual de Investigações Criminais (Seic) na residência do parlamentar e sua condução por porte ilegal de arma de fogo levanta suspeitas de armações políticas que teriam o claro objetivo de tirar o ex-presidente do páreo eleitoral vindouro.

No entanto, Astro ainda prefere não acreditar em eventual trama articulada para denegrir sua imagem e colocá-lo de forma negativa aos olhos do povão. Nesse instante, ele prefere responder pelos seus atos imputados e aguardar o desenrolar dos fatos, para saber qual rumo tomar.

quinta-feira, 12 de setembro de 2019

Astro deve prestar novo depoimento à polícia nesta sexta-feira


O ex-presidente e atual 1º vice-presidente da Câmara Municipal de São Luís, vereador Astro de Ogum (PR), deve prestar novo depoimento à Polícia nesta sexta-feira, 13, já que o parlamentar também está sendo investigado em suposto caso de pedofilia (perversão que leva um indivíduo adulto a se sentir sexualmente atraído por crianças e adolescentes).

Segundo o delegado Armando Pacheco, da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic), um adolescente (?) denunciou que teria sido abusado sexualmente pelo vereador e a partir do depoimento dele foram iniciadas as investigações.

"As investigações já seguem há seis meses", afirma o delegado.

A quem interessaria a prisão do vereador Astro de Ogum?


Faltando quase um ano para as eleições municipais de 2020, eis que esta quinta-feira, 12, foi sacudida com o pedido de condução policial do ex-presidente da Câmara de São Luís, vereador Astro de Ogum (PR), e de prisão de dois assessores de sua confiança, Raimundo Costa, conhecido por "Filho", e a trans Raíssa Martins Mendonça.

A detenção dos dois assessores de gabinete foram determinadas pela Justiça Estadual, enquanto a do parlamentar foi por conta de policiais civis terem encontrado uma arma de fogo em sua residência, no bairro do Olho d´Água. Na oportunidade, não foi comprovado o porte e a posse de arma pelo vereador, que alegou que a arma seria de uso restrito de seu segurança particular.

A operação é de responsabilidade do Departamento de Combate a Crimes Tecnológicos, vinculado à Superintendência Estadual de Investigações Criminais (SEIC).

Segundo o superintendente, Armando Pacheco, um dos assessores presos, Raimundo Costa, conhecido também como "Filho", trocava mensagens com pessoas na internet e conseguia material suficiente das vítimas para começar a extorqui-las.

"Raimundo Costa conhecia as vítimas e depois ameaçava divulgar material delas na internet. Assim as forçava a praticar sexo com ele, com a Raíssa Martins Mendonça (outra presa) e com o próprio vereador, segundo nos contou a vítima. Dos dois assessores nós conseguimos elementos suficientes para pedir as prisões, do vereador conseguimos um mandado de busca e apreensão em sua residência", disse Armando Pacheco.

O superintendente disse ainda que pelo menos uma vítima já foi confirmada, que é um adolescente. O jovem quem procurou a polícia. O crime que fundamentou os mandados de prisão dos assessores foi "estupro mediante fraude", de acordo com o próprio Armando Pacheco.


CANDIDATÁVEL

Vale ressaltar que a prisão do ex-presidente do Legislativo Municipal acaba gerando inúmeras especulações políticas, já que Astro de Ogum vem se projetando como virtual candidato à Prefeitura de São Luís, no pleito do ano que vem.

Nos bastidores políticos, alguns avaliam que a exposição negativa do vereador do PR tem resultados nada amistosos para alguém que pleiteia sair candidato à sucessão do prefeito Edivaldo Holanda Junior (PDT).

No entanto, o ex-presidente e atual 1º vice presidente da Câmara de São Luís prefere não fazer ilações sobre o caso vivido na manhã desta quinta-feira e apenas aguardar novos desdobramentos e seguir o curso normal em sua trajetória política.

Porém, uma pergunta que não quer calar neste momento: a quem interessaria a prisão e a queima da imagem do vereador Astro de Ogum, que tem aliados tanto na base do grupo Sarney quanto do governador Flávio Dino (PCdoB)?

Vale aguardar cenas dos próximos capítulos!

quarta-feira, 11 de setembro de 2019

Vereador critica obra incompleta da Quadra do Japão na Liberdade


O líder do PSD na Câmara de São Luís, vereador Cezar Bombeiro, tem mostrado indignação com a forma como foram entregues as obras da Quadra do Japão, no bairro da Liberdade. Segundo ele, o prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT) entregou uma obra totalmente incompleta sem banheiros e vestuários para os atletas.

"As obras da Quadra do Japão iniciaram em junho de 2015, com uma empresa contratada pela Secretaria Municipal de Desporto e Lazer (Semdel). Foram contratados vários operários do bairro e sob argumento de que a Prefeitura não lhes repassava recursos, a empresa sumiu do local, aplicando calote em moradores do bairro que prestavam serviços à obra", declarou Bombeiro.

O parlamentar destacou que somente devido à pressão de segmentos comunitários a Prefeitura garantiu que a quadra seria concluída. "Mas tudo não passava de discursos evasivos e de engodo, bem inerente a políticos que costumam tripudiar com a população pobre", frisou.

Ele acrescentou que somente depois de ter dado entrada com uma Ação Popular na Vara de Interesses Difusos e Coletivos, sob regime de urgência, é que a obra retomou o ritmo de trabalho. O valor da obra está orçado em R$ 210 mil, com emenda do então deputado federal Weverton Rocha (PDT), hoje Senador da República.

Bombeiro enfatizou que apesar de tudo, a inauguração incompleta da Quadra do Japão só foi possível, graças ao seu empenho e seriedade na luta pela conclusão da obra. "Sou morador do bairro da Liberdade, conheço e vivo as dificuldades e as aspirações dessa comunidade", ressaltou o vereador.

MPF diz que Marcio Lobão teve aumento patrimonial de R$ 30 milhões


Procuradores da Lava Jato, em Curitiba, não têm dúvida que houve aumento patrimonial de mais de R$ 30 milhões de Márcio Lobão, filho do ex-ministro de Minas e Energia, Edison Lobão (MDB), que foi preso na terça-feira, 10, no Rio de Janeiro, na 65° fase da operação Lava Jato, sob suspeita de envolvimento em esquema de corrupção na construção da Hidrelétrica de Belo Monte, no Pará. 

Também foram alvos de mandados de busca e apreensão endereços de galeria de arte e de agentes financeiros que atuavam junto a bancos, como o Julius Bär, que seria o gerenciador das contas de Márcio Lobão.

Segundo informações da Agência Brasil, o Ministério Público Federal (MPF) justificou o pedido de prisão de Márcio Lobão, diante das "fortes evidências" do envolvimento dele, por longo período, em "diversas operações de lavagem de capitais e em crimes de corrupção relacionados a diferentes obras públicas e grupos empresariais, bem como os indicativos de que permanece, ainda em 2019, praticando atos de lavagem de dinheiro, motivaram a decretação da prisão preventiva".

"A medida revela-se imprescindível para garantir a ordem pública e econômica, evitando-se a continuidade e a reiteração criminosa, bem como para garantir a aplicação da lei penal", acrecentou. Os procuradores informaram também, durante a entrevista concedida à imprensa na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba, que o ex-ministro Edison Lobão, não foi objeto de qualquer medida cautelar nas investigações da Operação Galeria.

A defesa de Márcio Lobão informou, por meio de nota enviada à Agência Brasil, que "obteve recentemente acesso ao conteúdo da decisão judicial que determinou sua prisão. Tratam-se de fatos antigos, que envolvem investigações diferentes, sobre as quais não houve nenhuma ação dos investigados a impedir ou dificultar o trabalho do órgão de acusação. Pelo contrário, a defesa, sempre que intimada, prontificou-se a prestar esclarecimentos e colaborar com a Justiça. Diante disto, a decretação de prisão mostra-se desnecessária e viola princípios básicos do direito, que devem ser restabelecidos pelo Poder Judiciário".

terça-feira, 10 de setembro de 2019

Yglésio insiste em ser candidato pelo PDT, mas é repreendido por Weverton


Mesmo depois de ter sido expurgado do PDT pelo senador Weverton Rocha, presidente regional da sigla no Maranhão, o deputado estadual Yglésio Moyses, insiste em sair candidato pela legenda à Prefeitura de São Luís, em 2020, mesmo o partido já tendo como pré-candidato o presidente da Câmara Municipal, Osmar Filho.

A proposta do deputado é abrir um debate para disputa interna no PDT entre seu nome e o do presidente do Legislativo Municipal, mas o senador Weverton foi taxativo em afirmar que o partido já tem nome para concorrer à sucessão do prefeito Edivaldo Holanda Junior (PDT).

Mediante o cenário desfavorável, Yglésio começa a entender que o melhor caminho é procurar uma nova legenda partidária, se quiser insistir num projeto futurista em sua trajetória política.

Suicídios de policiais aumentam e ultrapassam mortes em confronto em 2023

A última edição do Anuário Brasileiro de Segurança Pública , publicada nesta quinta-feira, 18, pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública , ...