Rádio Web Conexão

sexta-feira, 31 de dezembro de 2021

Osmar Filho afirmou que em 2021 a Câmara de São Luís soube driblar a crise da Covid e avançar em projetos


O presidente da Câmara Municipal de São Luís, Osmar Filho (PDT), avaliou que 2021 foi um ano difícil, mas que o Legislativo da capital maranhense conseguiu avançar.

“Um ano difícil para todos nós, de pandemia, mas também de avanços na vacinação contra a Covid. Oferecemos o nosso melhor, debatemos temas e assuntos pertinentes à cidade e ,como vereador, conseguimos fazer um pouco mais por todos os maranhenses. Que o ano vindouro seja de desafios, vitórias e mais dignidade a todos”, avaliou o parlamentar.

Como gestor de uma das Casas legislativas mais antigas do país, o vereador pedetista liderou projetos de leis e requerimentos que passaram pela aprovação do colegiado de vereadores.

Entre eles, destaca-se o Auxílio Municipal Emergencial para os artistas e agremiações que fazem o Carnaval de São Luís, destinado pela Prefeitura; além do fortalecimento da Procuradoria da Mulher na Câmara, com rodadas de conversa, palestras e programações sociais; e por último a aprovação da Lei Orçamentária Anual (LOA), votada recentemente e que planeja os gastos públicos do Executivo.

Como parlamentar, expandiu seu mandato participativo para além da capital. Tem apoiado o esporte amador da baixada maranhense, com realizações de diversos campeonatos.

Camarão abandona sonho transloucado de ser candidato ao Governo do Maranhão e retoma projeto à Câmara Federal


Não foi nenhuma surpresa a recente decisão oficial do secretário estadual de Educação, Felipe Camarão, de abandonar, de uma vez por todas, a pretensão de sair candidato ao Governo do Maranhão, nas eleições de 2022, para retomar seu projeto inicial de concorrer a uma vaga à Câmara Federal pelo PT.

Ao perceber a dura realidade política, após a inclinação do governador Flávio Dino (PSB) pela candidatura do vice-governador Carlos Brandão (PSDB), para a sucessão ao comando do Palácio dos Leões, Camarão mudou radicalmente de ideia, botou o pé no chão e partiu para uma nova jornada, com chances reais de sucesso nas urnas.

O PT maranhense também voltou ao mundo real e percebeu que seria suicídio político, continuar insistindo na proposta de ter Camarão como prato principal para uma corrida majoritária ao Executivo estadual. A ceia poderia ser meio indigesta.

Portanto, a estratégia de momento é cerrar fileiras para garantir, pelo menos, um representante petista na bancada maranhense para a Câmara Federal, no ano que vem.

Atualmente, o partido do ex-presidente Lula no Maranhão conta apenas com a figura do deputado federal Zé Carlos, que disputará com Camarão sua permanência ou não no Legislativo, em Brasília.

quinta-feira, 30 de dezembro de 2021

Câmara de São Luís aprova orçamento de R$ 3,6 bilhões para 2022


A Câmara Municipal de São Luís aprovou, na quarta-feira, 29, durante a última sessão plenária do ano, o Projeto de Lei n.º 274/21 que estabelece a Lei Orçamento Anual (LOA) para o exercício financeiro para 2022, com previsão de receitas da ordem de R$ 3,6 bilhões.

Durante a sessão, foi apresentado um total de 57 emendas, destas sete foram rejeitadas pela Comissão de Orçamento, Finanças, Planejamento e Patrimônio Municipal (COFPPAM), mas somente uma, de autoria co-vereador Jhonatan Soares – do Coletivo Nós (PT), teve pedido de destaque em votação e acabou sendo aprovada.

A proposta trata sobre a transferência de recursos da Secretaria Municipal de Comunicação (Secom) à Secretaria Municipal da Criança e Assistência Social (Semcas) visando alocar recursos para garantir reajuste salarial dos conselheiros tutelares.

No plenário Simão Estácio da Silveira, os vereadores votaram contra uma emenda de autoria do vereador Antônio Marcos Silva – o Marquinhos (DEM) que visava garantir na peça orçamentaria um reajuste de 7,4% no salário dos servidores municipais. De todas as emendas apresentadas, somente 47 foram aprovadas.

Weverton mostra que só consegue ver Brandão pelo retrovisor em nova pesquisa de intenções de votos


O senador Weverton Rocha (PDT) segue dando demonstrações nas redes sociais de que "foguete não dá ré" mesmo. Tanto que o parlamentar, pré-candidato ao Governo do Maranhão, para as eleições de 2022, demonstra confiança nas pesquisas de intenções de votos, cujo último levantamento revela seu nome com 32%, enquanto seu principal adversário na disputa, o vice-governador Carlos Brandão (PSDB) bem atrás, no retrovisor, com apenas 12%.

Em recente postagem, Weverton agradece ao povo maranhense pela confiança em seu trabalho e reafirma o compromisso de lutar por um "Maranhão Mais Feliz", frase que tem sido slogan de pré-campanha eleitoral.

"Obrigado, meu povo maranhense. É por vocês que diariamente luto para proporcionar um #MaranhaãoMaisFeliz. O nosso estado merece ser amado e motivo de orgulho para todos. Juntos, vamos transformar a nossa terra em um lugar muito melhor de viver!".

A pesquisa também mostra o senador Roberto Rocha (PSD) com 7%; Edivaldo Holanda Jr (PSD) com 6% das intenções; o deputado federal Josimar de Maranhãozinho (PL) e o prefeito de São Pedro dos Crentes, Lahesio Bonfim (PSL), pontuaram com 1% cada. Brancos e nulos somaram 18%; e não souberam, 20%.

O levantamento foi realizado pelo instituto Egrácia Garcia Pesquisa de Mercado e Opinião, do Sistema Meio Norte de Comunicação, no período de 08 a 18 de dezembro, em 74 municípios do Maranhão, com 1200 eleitores. 

A abordagem foi na modalidade quantitativa e ouviu os entrevistados por telefone. A margem de erro é de 3,0% para mais ou para menos e o intervalo de confiança, de 95,5%.

quarta-feira, 29 de dezembro de 2021

Maranhão recebeu mais de R$ 8,1 bilhões em recursos transferidos pelo Governo Federal em 2021


Faltando apenas dois dias para encerrar o ano de 2021, o Portal da Transparência- acesse via Recursos Transferidos - revela que o Maranhão recebeu até agora a quantia de R$ 8.196.095.339,78 de verbas transferidas pelo Governo Federal ao estado.

Com relação aos valores repassados aos 217 municípios maranhenses, a página do Portal da Transparência aponta que foram repassados mais de R$ 13 milhões, sendo mais precisamente o montante de R$ 13.077.179.110,79.

Até agora, o valor total transferido ao Maranhão corresponde à soma de mais de R$ 21 milhões (R$ 21.273.274.450,47).

Roseana e Weverton manifestam preocupação com as cheias dos rios Tocantins e Mearim no Maranhão


A ex-governadora Roseana Sarney (MDB) e o senador Weverton Rocha (PDT) usaram as redes sociais para manifestar preocupação com a subida repentina dos rios Tocantins e Mearim, que já deixam milhares de pessoas desabrigadas, por conta das fortes chuvas que têm caído neste fim de ano nas áreas central e sul do Maranhão.

Segundo a ex-governadora, as autoridades maranhenses precisam agir com urgência para evitar novas tragédias, a exemplo do que vem ocorrendo no sul do estado da Bahia.

"As águas do Tocantins e do Mearimjá estão causando estragos e trazendo grande preocupação às populações mais expostas. Atenção máxima para que mortes não ocorram".

Já o senador Weverton disse também estar acompanhando com preocupação a situação das famílias, em sua terra natal Imperatriz, que estão desabrigadas pela cheia do Tocantins.

"Irei pessoalmente à cidade e estou conversando com as autoridades locais, estaduais e nacionais para ajudar no que for possível. As famílias precisam de apoio".

terça-feira, 28 de dezembro de 2021

Simplício faz pré-campanha ao Governo do Maranhão nas costas do prefeito Braide


O secretário estadual de Indústria, Comércio e Energia, Simplício Araújo, pré-candidato ao Governo do Maranhão, para 2022, pelo Solidariedade, tem aproveitado suas exposições na mídia para direcionar seu foco de campanha para bater no prefeito Eduardo Braide (Podemos), alegando que o gestor municipal impede novas vagas de empregos e investimentos em São Luís por não tomar a decisão de atualizar o Plano Diretor da capital maranhense.

Para o secretário, o prefeito, que é adversário político do governador Flávio Dino (PSB), é o principal responsável pela ausência de um Plano Diretor. "Todo mundo perde, os pequenos que precisam regularizar seus imóveis e receber benefícios nos bairros ou ocupações sociais, como o bairro São Raimundo que no Plano Diretor ainda é zona rural. Bairros que estão sendo abandonados pela população como Monte Castelo, São Francisco, Olho d’Água e que não podem ser usados para fins comerciais ou para receber prédios habitacionais”, disparou Simplício.

Em recente entrevista, o pré-candidato governista disse que São Luís podia ter recebido bilhões de reais nos últimos anos. Para o secretário, a insegurança afasta os empreendimentos, levando bilhões de reais para outros estados e impedindo a geração de empregos. "Com isso, o prefeito está prejudicando o desenvolvimento e a geração de empregos em São Luís ao ignorar completamente o plano diretor” ressaltou.

Simplício destacou ainda que o município limítrofe de São José de Ribamar, situado na região metropolitana da Grande Ilha, deu um grande passo ao liberar a construção de prédios de 30 andares na cidade-balneário.

"Em São Luís o aumento do gabarito é apenas um dos entraves do Plano Diretor, pois tem ainda a regularização de diversos bairros, atualização da poligonal das zonas industriais e rural, de áreas de preservação, definição de corredores de escoamento de trânsito e tantos outros problemas travam empréstimos nos bancos, valorização de áreas privadas, atração de empresas, travando empregos e tornando a capital um município atrasado e não atrativo”. comentou o pré-candidato ao Palácio dos Leões.

Maranhão patina na casa dos 50% de vacinados contra Covid, enquanto o vizinho Piauí já chega quase aos 75%


O Maranhão ainda aparece timidamente no mapa nacional de vacinação com baixos índices de imunização contra a pandemia da Covid-19. O estado conta com uma população totalmente imunizada, ou seja, com aqueles que tomaram as duas doses ou dose única, perfazendo um quantitativo de 3.600.477 pessoas, o que corresponde a um pífio percentual de 50,33% da população do estado. 

Vale ressaltar que o Maranhão possui um contingente populacional de 6,8 milhões de pessoas. Em relação às imunizações com a primeira dose, o estado aparece com 4.526.780 de vacinados, contabilizando um percentual populacional de 63,28%.

Enquanto isso, o vizinho Piauí já aparece no mapa nacional de vacinação em estágio mais avançado perfazendo um quantitativo de 2.422.020 de pessoas totalmente imunizadas, ou seja, que tomaram as duas doses ou dose única da vacina contra a Covid, equivalendo a 73,63% da população do estado.

Com relação à primeira dose, o Piauí surge ainda mais em vantagem com um total de 2.722.953 de vacinados, correspondendo a um percentual de 82,78% da população do estado.

O Ceará também aparece no mapa na frente do Maranhão com 6.326.301 da população totalmente vacinada (com duas doses ou dose única), equivalente a 68,46% de imunizados no estado.

Os que tomaram apenas a primeira dose também superam o Maranhão com 6.933.940 de imunizados, correspondendo a 75,04% da população do estado, correspondendo a 75,04 da população.

No Brasil já foram totalmente imunizados (com duas doses ou dose única) um quantitativo de 142.681.952 de pessoas. Foram aplicadas até o momento a marca de 303.664.485 doses de vacinas contra a Covid-19.

segunda-feira, 27 de dezembro de 2021

Maranhão já registra 40 mortes pelo vírus Influenza A H3N2, segundo Ministério da Saúde


O Ministério da Saúde confirmou que o Maranhão já registra 40 mortes pela nova cepa do vírus Influenza A, perdendo apenas para o estado de São Paulo, que contabiliza 54 mortes pela doença. 

Até o momento, foram registradas 162 mortes em casos de gripes no Brasil, ocasionados pelo contágio do vírus mutante H3N2, denominado cepa Darwin, que vem sendo transmitido em território maranhense e aumentando os casos de doenças respiratórias em unidades hospitalares.

Segundo o Ministério da Saúde, no país já são 1.389 casos registrados oficialmente, envolvendo todas as regiões do Brasil. Apesar disso, os casos estão mais concentrados nas regiões Sudeste com um quantitativo de 803.322 (49,1%) e Sul com 299.549 (18,3%).

O vírus H3N2 apresenta os típicos sintomas de uma gripe comum, com o paciente tendo dor de cabeça, febre, dor de garganta e congestão nasal.

Infectologistas alertam que mediante os primeiros sintomas é urgente procurar uma unidade de saúde para fazer o teste e receber as primeiras orientações médicas.

Morte de Canindé abre enorme lacuna nas investigações da CPI dos Transportes na Câmara de São Luís


A morte do ex-secretário de Trânsito e Transportes de São Luís, Francisco Canindé Barros, 70 anos, deixa uma baixa enorme na lista de depoimentos importantes a serem prestados à CPI dos Transportes, instalada na Câmara Municipal, para apurar supostas irregularidades no setor.

Desde a semana passada, antes do feriado do Natal, era esperada pelo membros da CPI o depoimento do ex-secretário. Porém, como Canindé encontrava-se internado em um hospital da capital para tratamento renal, o presidente da Comissão, vereador Chico Carvalho (PSL), anunciou que haveria um novo convite para que o ex-titular da SMTT prestasse esclarecimentos.

No entanto, no último domingo, 26, foi confirmado o falecimento do ex-secretário, que comandou a pasta em três gestões distintas, iniciando na administração do ex-prefeito Tadeu Palácio, passando rapidamente pela gestão do saudoso prefeito João Castelo e fechando o ciclo na administração do ex-prefeito Edivaldo Holanda Junior.

Todo processo do projeto de licitação dos transportes passou pelas mãos do ex-secretário Canindé, que era considerado o "papa" do sistema viário da capital maranhense pela larga experiência que mantinha no setor.

Canindé foi Engenheiro Civil, formado pela Universidade Estadual do Maranhão (UEMA), pós-graduado em Gestão de Trânsito e Transportes pela Faculdade de Ciências Econômicas de Apucarana, no Paraná.

Com o súbito falecimento do ex-secretário, por insuficiência renal, a CPI deve definir como ficará a lista de novos depoimentos à Comissão, que tem um prazo de 90 dias para apuração dos fatos.

sexta-feira, 24 de dezembro de 2021

Um Natal cheio de esperança e paz a todos!


Em um ano em que tivemos muitas dificuldades pela frente, o blog deseja a todos um feliz Natal, muita saúde, paz, properidade e que possamos realizar todo os nossos sonhos.

Rede delibera apoio à candidatura de Weverton ao Governo do Maranhão


O jornalista e radialista Jeisael Marx afirmou nas redes sociais que o partido Rede Sustentabilidade (Rede) deliberou, na noite da última quinta-feira, 23, apoio incondicional à candidatura do senador Weverton Rocha (PDT) para a disputa ao Governo do Maranhão para as eleições de 2022.

Jeisael postou uma foto conversando com o senador pedetista, ressaltando que manifestou posição de apoio à candidatura de Weverton para a sucessão ao governador Flávio Dino (PSB).

Vale destacar que Jeisael concorreu, no pleito de 2020 para prefeito de São Luís pelo Rede e deve pleitear uma vaga ou à Assembleia Legislativa do Estado ou uma vaga à Câmara Federal, naseleições do ano que vem.

quarta-feira, 22 de dezembro de 2021

Vereador democrata cobra revisão do Plano Diretor e aumento salarial para servidores municipais de São Luís


O líder do DEM na Câmara Municipal de São Luís, Marquinhos Silva, exige a imediata revisão do Plano Diretor da capital maranhense, pois segundo o parlamentar, o dispositivo tem de ser atualizado a cada 10 anos, o que não vem ocorrendo e por ser este um instrumento básico da política de desenvolvimento da cidade.

Para o vereador democrata, sem a atualização da norma, o chefe do Executivo não tem como orientar a atuação do poder público e da iniciativa privada na construção dos espaços urbano e rural, na oferta dos serviços públicos essenciais, visando assegurar melhores condições de vida para a população.

“Eu venho nesta tribuna para cobrar ações em favor da cidade. Quando se vem aqui, se cobra em nome da cidade. Eu quero aqui dizer que o PPA é importante, mas tem algo muito maior que precisa ser debatido que é o Plano Diretor. São Luís hoje não tem registro. Em outras palavras, a não atualização da norma transforma a capital numa cidade indigente”, declarou o parlamentar.

Reajuste dos servidores- Marquinhos também cobrou o reajuste salarial aos servidores públicos municipais que, segundo ele, estão há oito anos sem aumento nos salários. “Nós precisamos lutar por valorização desta categoria. A prefeitura conta hoje com mais de 25 mil servidores, profissionais valorosos que estão há mais de oito anos sem aumento salarial. Já está na hora desta Casa começar a discutir esse assunto em favor desta categoria”, destacou.

Kátia Bogea confirma nova retirada de bustos da Praça do Pantheon para conter onda de furtos e vandalismos


A presidente da Fundação do Patrimônio Histórico de São Luís, Kátia Bogea, confirmou que todos os bustos de personalidades foram retirados da praça do Pantheon, situada no Complexo Deodoro, por conta da ação de vândalos que tentaram furtar as esculturas instaladas no local.

Kátia Bogea explicou que após várias tentativas de furto das peças, a Guarda Municipal foi acionada e deu início à retirada dos bustos que ornamentam o logradouro, entregues recuperados no fim do ano passado, numa parceria entre o Instituto da Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) e a Prefeitura de São Luís, ainda na gestão do ex-prefeito Edivaldo Holanda Junior.

"Os bustos estão agora guardados no Instituto de Paisagem Urbana (Impur), que junto com a Semosp (Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos) estuda a melhor forma de recolocar os bustos com segurança, para que eles não sejam vandalizados", declarou.

Vale lembrar que na gestão do ex-prefeito Tadeu Palácio a mesma retirada dos bustos foi feita e as peças recuperadas e guardadas no Museu Histórico e Artístico do Maranhão, na rua do Sol, Centro da capital.

terça-feira, 21 de dezembro de 2021

Camarão está boiando mais que isopor em cima d´água


Depois de tentar emplacar uma pré-candidatura surreal e "infalível" na disputa ao Governo do Maranhão, para as eleições de 2022, o secretário estadual de Educação, Felipe Camarão (PT), viu seu sonho ficar cada vez mais distante com a decisiva inclinação do governador Flávio Dino (PSB) pelo seu vice, Carlos Brandão (PSDB), para garantir a chancela governista.

Apunhalado até mesmo por uma parcela considerável do PT maranhense, Camarão minimiza o estrago político e já considera inevitável a manutenção do seu projeto inicial, de sair candidato mesmo à uma vaga para a Câmara Federal no pleito vindouro.

Porém, ainda resta uma esperança de que seu nome possa ser lembrado para compor a vice, na chapa que deve ser encabeçada por Brandão, na corrida sucessória ao Palácio dos Leões, com o apoio de mais de uma dezena de partidos políticos da base dinista.

No entanto, Brandão ainda se mantém filiado ao PSDB. Uma eventual aliança com Brandão se tornaria mais precisa, caso o atual vice-governador deixe o ninho tucano para entrar nas fileiras do PSB, aliança desejada nacionalmente até mesmo pelo ex-presidente Lula para o bom combate das próximas eleições no Brasil. 

Veja o vídeo: Quebradeiras de coco no Maranhão estão sendo ameaçadas por fazendeiros inescrupulosos


A Federação dos Trabalhadores Rurais, Agricultores e Agricultoras do Maranhão (Fetaema) tem denunciado nas redes sociais que mulheres quebradeiras de coco, no município de Timbiras, situado no leste maranhense, estão sendo ameaçadas por fazendeiros da região que utilizam a pulverização de veneno por avião para destruir roças e carnaubais de comunidades tradicionais.

Para a Fetaema, essa é mais uma grave violação de direitos humanos em área rurais do estado, que precisam tem uma atenção maior das autoridades estaduais no combate à violência e os conflitos agrários no Maranhão, que tem crescido bastante nos últimos anos.

Em um vídeo postado nas redes sociais, uma das quebradeiras de coco denuncia o que vem acontecendo. Veja abaixo a íntegra da denúncia! 

segunda-feira, 20 de dezembro de 2021

Vereador do PSB quer banir de cargos públicos agressores de crianças, adolescentes e idosos


Tramita na Câmara Municipal de São Luís projeto de lei nº 0292/2021, de iniciativa do vereador Marlon Botão (PSB), que veda a nomeação, no âmbito da Administração Pública, para todos os cargos em comissão de livre nomeação e exoneração, ou aqueles de provimento efetivo, por meio de concurso público, de pessoas condenadas nas condições previstas no Estatuto da Criança e do Adolescente, no Estatuto da Pessoa com Deficiência e no Estatuto do Idoso.

O texto prevê que a vedação se inicia com a condenação em segunda instância. Para se inscrever em concurso, de acordo com o PL, a idoneidade moral deverá ser atestada, bem como na entrega de documentos para posse de cargos em comissão de livre nomeação e exoneração. A proposta prevê que a vedação deverá se encerrar decorridos dois anos do dia em que a pena for extinta ou for terminada sua execução.

Para Botão, a proposta parte da premissa de que o Estado é o responsável por enfrentar a violência contra crianças, adolescentes e idosos.

“Essa proposta visa dar continuidade à luta contra a violência a esses grupos tão vulneráveis. Com isso, buscamos alinhar a conduta da contratação de servidores, elevando, com isso, o respeito pelas instituições. É incoerente integrar ao quadro funcional público qualquer indivíduo que, por ventura, tenha cometido atos que comprometem a integridade física e moral de qualquer cidadão”, salientou.

MDB deve decidir em janeiro de 2022 se Roseana será ou não candidata ao Governo do Maranhão


A executiva estadual do MDB deve decidir ainda em janeiro de 2022 se a ex-governadora Roseana Sarney será candidata ao Governo do Maranhão pela quinta vez ou se ela deve mesmo pleitear uma vaga à Câmara Federal, nas eleições do ano que vem.

Na semana passada, em entrevista à Rádio Mirante AM, de propriedade da família Sarney, a ex-governadora deixou no ar a possibilidade de reaver seu posicionamento sobre o pleito vindouro para a sucessão do governador Flávio Dino (PSB).

Roseana, que antes havia dito que estaria disposta a concorrer e voltar à Câmara dos Deputados, agora já repensa e afirma que a decisão final ficará sob a responsabilidade da cúpula do MDB no estado.

Portanto, até que se prove o contrário, a ex-governadora, que lidera todas as pesquisas de intenções de voto com um percentual acima dos 25%, ainda ballança quando o assunto é retomar o comando do Palácio dos Leões das mãos dos dinistas de plantão.

sábado, 18 de dezembro de 2021

PSB quer manter o Governo do Maranhão e para isso a estratégia é filiar Brandão às hostes socialistas


Decisão nacional do PSB do governador Flávio Dino de compor uma ampla frente eleitoral com o PT do ex-presidente Lula, para as eleições de 2022, pode apressar a saída do vice-governador Carlos Brandão do PSDB para as hostes do PSB.

Os socialistas querem o apoio do PT para manter os governos de Pernambuco, Espírito Santo e Maranhão, além de ampliar seu poder em cargos majoritários em São Paulo, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul.

Com isso, Brandão pode assumir a cadeira número 1 das mãos do governador Flávio Dino já em nova agremiação partidária.

Secretário de Comunicação do governo Dino já comemora vitória antecipada de Brandão


O secretário estadual de Comunicação, jornalista Ricardo Capelli, usou as redes sociais para comemorar, de forma antecipada, a vitória do ex-governador Carlos Brandão (PSB) em sua pré-campanha na disputa para à sucessão do governador Flávio Dino, para as eleições de 2022.

Para Capelli, Brandão já conta com o apoio de centenas de lideranças políticas em sua nova trajetória eleitoral, após a confirmação do seu nome, pelo governador, como aquele que terá total e irrestrito apoio do Palácio dos Leões, na disputa do ano que vem.

Capelli acredita que a decisão formal do governador em favor de Brandão fará avançar a unidade popular em torno do tucano.

Mais de 1.000 pessoas. 98 prefeitos, 23 deputados, secretários, vereadores e centenas de lideranças compareceram para apoiar a decisão do governador Flávio Dino de indicar @carlosbrandaoma como seu pré-candidato a governador. Vai avançar a Unidade Popular!

sexta-feira, 17 de dezembro de 2021

Enquanto Dino aumenta apenas 9% no salário dos servidores estaduais, o Judiciário eleva em 30% o auxílio-alimentação para magistrados


Enquanto o governador Flávio Dino (PSB) edita Medida Provisória concedendo 9% de reajuste salarial para os servidores estaduais, aprovado pela Assembleia Legislativa, o Judiciário maranhense determina aumento de 30% no valor mensal do auxílio-alimentação, valendo a partir de janeiro de 2022.

A decisão é do desembargador Lourival Serejo, presidente do Tribunal de Justiça do estado, que elevou o benefício aos magistrados dos atuais R$ 1.726,00 para R$ 2.500,00 por mês.

A justificativa do Judiciário é que o aumento no auxílio-alimentação decorre da desvalorização do Real para o custeio do pagamento do benefício e a elevação corrente dos preços praticados no mercado.

O reajuste aos magistrados é datado de 9 de dezembro e ainda deve ser referendado pelo Pleno do Tribunal de Justiça, o que deve ocorrer somente no ano que vem, após o feriado forense de fim de ano.

quinta-feira, 16 de dezembro de 2021

Em tom profético vereador do Podemos alerta para a Nova Ordem Mundial. Mas o que é isso mesmo?


E não é que o vereador Francisco Chaguinhas (Podemos) surpreendeu a todos ao usar o pequeno expediente da Câmara Municipal de São Luís para tratar de um assunto polêmico: a Nova Ordem Mundial. Mas o que é isso realmente?

A fala do nobre parlamentar ocorreu na sessão da última quarta-feira, 15, quando Chaguinhas iniciou o seu discurso afirmando que a Nova Ordem Mundial tem dois objetivos expressos, sendo que um deles é o controle populacional.

Em seguida, Chaguinhas, em tom profético, afirmou que os vereadores precisam se adiantar em relação a este assunto para defender os interesses da população. O vereador leu os objetivos da Nova Ordem e também sugeriu que as vacinas são uma das estratégias de controle populacional da Nova Ordem Mundial, mas não citou a fonte das informações.

O discurso foi interrompido e retomado no Grande Expediente, quando Chaguinhas afirmou que o Brasil vive um momento distópico e, pela sua experiência política, era seu dever falar a respeito.

Em seguida, criticou a Organização das Nações Unidas (ONU), por ser hoje o que considera “um antro de esquerda”. “A esquerda quer destruir todo o desenvolvimento da nossa civilização dos últimos dois mil anos”, disse.

Foto: Fabrício Cunha

Nova pesquisa: Lula mantém liderança e aparece com quase 43% das intenções de votos contra Bolsonaro


Pesquisa CNT/MDA revelou nesta quinta-feira, 16, que o ex-presidente Lula (PT) ampliou a sua vantagem sobre os demais candidatos à presidência da República para as eleições de 2022. Lula que antes tinha 41,3% subiu para 42,8% das intenções de votos.

Enquanto isso, seus adversários na disputa como o presidente Jair Bolsonaro (PL) caiu de 26,6% para 25,6. O ex-juiz federal Sergio Moro (Podemos), considerado representante da terceira via, aparece com 8,9% e Ciro Gomes (PDT) vem em seguida com 4,9%.

Num eventual segundo turno, o ex-presidente Lula segue na liderança, ganhando em todos os cenários e contra o presidente Bolsonaro, o petista teria quase o dobro das intenções de votos, registrando 52,7% contra 31,4% de Bolsonaro.

Brandão se reúne com prefeitos e futuros candidatos para dá o ponta-pé inicial em sua pré-campanha eleitoral


Buscando intensificar apoios à sua candidatura ao Governo do Maranhão, em 2022, o vice-governador Carlos Brandão (PSDB) reúne nesta quinta-feira, 16, prefeitos (as), ex-prefeitos (as) e futuros candidatos do grupo do governador Flávio Dino (PSB) para uma reunião para afinar discursos e ações em torno de alianças eleitorais.

O evento deve ser coordenado pelo próprio vice-governador, que praticamente já tem a achancela oficial do Palácio dos Leões para botar o "bloco" nas ruas, ou melhor, nos municípios maranhenses por novas adesões políticas.

A reunião no grupo dinista está previsto para acontecer no bairro do Olho d´Água e vem sendo visto como a certeza de um novo ciclo na candidatura de Brandão contra seu principal adversário, o senador Weverton Rocha (PDT), na corrida sucessória ao governo do estado.

quarta-feira, 15 de dezembro de 2021

Bate-cabeça, intrigas e racha na grupo de Dino podem desenterrar candidatura de Roseana Sarney ao governo


Bastou estar cada vez mais escancarado o racha político na base do grupo do governador Flávio Dino (PSB) entre o senador Weverton Rocha (PDT) e o vice-governador Carlos Brandão (PSDB), para que a ex-governadora Roseana Sarney (MDB) ganhasse fôlego e repensasse uma nova possibilidade de sair candidata ao Governo do Maranhão, nas eleições de 2022.

Em entrevista, ao vivo, no programa Panorama (leia-se Rádio Mirante AM), a ex-governadora deu sinal de que ainda não jogou a toalha em disputar um cargo majoritário no próximo pleito. Roseana disse que a decisão de sair candidata ao governo do estado não está descartada e não depende mais dela, ficando a palavra final para o colegiado do MDB.

Apesar de nunca ter declarado, publicamente, a pretensão de concorrer à sucessão do governador Flávio Dino, com inclinação a disputar uma cadeira à Câmara Federal, em Brasília, Roseana sempre aparece na liderança em todas as pesquisas de intenções de votos com um percentual acima dos 25%.

Agora, com o bate-cabeça e as constantes indefinições e intrigas na base do governo dinista, o MDB já vislumbra a viabilidade da ex-governadora voltar, pela quinta vez, a assumir a cadeira número 1 do Palácio dos Leões.

Aguardemos cenas dos próximos capítulos!

Veja o vídeo: Weverton aposta num time forte e motivado para vencer a disputa ao Governo do Maranhão


Num vídeo de um minuto de duração, o senador Weverton Rocha (PDT) apresenta lideranças políticas que se mostram convictas com o seu projeto de disputar as eleições de 2022 para à sucessão ao Governo do Maranhão.

Na peça publicitária aparecem figuras como o presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, Othelino Neto (PCdoB), o deputado estadual Neto Evangelista (DEM), a prefeita Vanessa Maia (Pedreiras), o secretário estadual de Segurança Pública Jeferson Portela, o prefeito Dr. Junior (Peritoró), entre outras lideranças políticas maranhenses.

Para Weverton, é com esse time "forte e motivado" que ele dará continuidade ao seu novo projeto de governar o Maranhão.

"Com esse time forte e motivado, vamos continuar lutando para dar continuidade ao nosso projeto de um #MaranhaoMais Feliz. Obrigado a todos pelo apoio e vamos trabalhar juntos em 2022 por um estado mais feliz e próspero", ressaltou o senador nas redes sociais.

Veja abaixo a íntegra do vídeo:


Vereador comunista diz ter mais da metade de apoios na disputa para presidência da Câmara de São Luís


O vereador Paulo Victor (PCdoB) já garante ter o apoio de 18 colegas de parlamento na disputa para a presidência da Mesa Diretora da Câmara Municipal de São Luís, cuja eleição está prevista para ocorrer em abril de 2022. Atualmente, o parlamentar ocupa a 2ª vice-presidência da Casa.

As mudanças na Mesa Diretora acontecerão em sucessão ao comando do vereador Osmar Filho (PDT) e cujas articulações no Legislativo vêm ocorrendo intensamente. 

Além de Paulo Victor, outros nomes aparecem na lista de candidatáveis como os vereadores Raimundo Penha (PDT), o vice-presidente do Legislativo Dr. Gutemberg Araújo (PSC), o ex-presidente Chico Carvalho (PSL) e Aldir Junior (PL).

Nas redes sociais, Paulo Victor demonstrou estar tranquilo quanto às movimentações que vêm fazendo para agregar novas adesões à sua campanha.

"Nossa caminhada tem sido construída com muito respeito, diálogo, responsabilidade e apoio de amigos que acreditam em nossa proposta de gestão coletiva para o parlamento municipal. Faremos uma gestão que permita as pessoas sentirem nas comunidades as ações dos vereadores", afirma o parlamentar comunista.

terça-feira, 14 de dezembro de 2021

Orçamento da Prefeitura de São Luís para 2022 fecha em mais de R$ 3,6 bilhões


A Câmara Municipal de São Luís realizou, na segunda-feira, 13, audiência pública para discutir a Lei Oeçamentária Anual (LOA) 2022 e o Plano Plurianual para o período de 2022 a 2025, peças que tratam do planejamento orçamentário, encaminhados pelo Executivo ao Legislativo.

A audiência foi transmitida pelo canal “camaraslz” disponível no Youtube e site da Câmara – www.camara.slz.br – onde o público pôde enviar sugestões online. O debate, que foi conduzido pelo presidente do colegiado, vereador Antônio Marcos Silva – Marquinhos (DEM) contou com a participação de representantes do Executivo e da sociedade civil.

“Essa é uma audiência pública em que nós temos oportunidade de debater as leis orçamentárias e a destinação do orçamento da cidade antes do esgotamento do prazo de emendas e antes, também, que a lei seja sancionada. O orçamento não pode ser debatido exclusivamente entre a gestão e a casa parlamentar. A gente resgata essa solução salutar que é de debater o orçamento também com setores da sociedade civil bem representada pelo Sindicato dos Servidores e representante dos conselheiros tutelares”, destacou Marquinhos.

O secretário José de Jesus do Rosário Azzolini, titular da Secretaria Municipal da Fazenda (Semfaz), apresentou de forma técnica os números e os instrumentos utilizados para a elaboração do PPA. O Plano Plurianual está fundamentado em importantes eixos temáticos, como funções de governo, programas e ações orçamentárias.

 “A Semfaz tem um papel crucial na construção e elaboração da LOA, porque o fisco municipal é responsável pelas projeções das receitas. O nosso papel é fazer as projeções com prudência devido ao momento em que estamos vivendo, tendo em vista que as atividades econômicas foram extremamente afetadas com a pandemia. Esse é um momento de calma e de prudência para que possamos fazer as previsões adequadas e cumprir as nossas obrigações da melhor maneira possível”, frisou.

Proposta por meio do PL (Projeto de Lei) nº 274/2021, de autoria do Executivo, a LOA – também chamada de Orçamento 2022 – prevê a arrecadação municipal e fixa as despesas da cidade. De acordo com o projeto, o orçamento estimado para o ano que vem é de R$ 3.604.915.937,00 (três bilhões, seiscentos e quatro milhões, novecentos e quinze mil e novecentos e trinta e sete reais).

Foto: Leonardo Mendonça

Brandão declara apoio total do PSB à sua pré-candidatura ao Governo do Maranhão


O vice-governador Carlos Brandão (PSDB) alardeou nas redes sociais que recebeu o apoio irrestrito do PSB na sua pré-campanha para o Governo do Maranhão para as eleições de 2022.

Numa foto postada em seu perfil, Brandão aparece ao lado de lideranças políticas empunhado a bandeira do partido e militantes do PSB que apostam todas as fichas na oficialização do nome do vice-governador tucano, pelo governador Flávio Dino (PSB), para ter a chancela do Palácio dos Leões na disputa sucessória estadual.

Além disso, Brandão demonstra não ter mais nenhuma dúvida de que seu nome será aclamado por Dino e demais partidos aliados do governo em sua nova jornada política no estado.

segunda-feira, 13 de dezembro de 2021

Othelino mantém conversas com Weverton sobre possível saída do PCdoB para o PDT


Prestes a deixar as hostes do PCdoB, o presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, Othelino Neto, pode vir a se filiar no PDT do senador Weverton Rocha, pré-candidato ao Governo do Maranhão para as eleições de 2022.

Conversas amistosas vêm sendo mantidas com frequência entre os dois jovens parlamentares, na tentativa de encontrar um caminho viável para ambos. Othelino já não esconde mais a sua estreita ligação com a campanha do senador Weverton Rocha (PDT) para o governo. 

A forte inclinação do chefe do Legislativo estadual ao pedetista gera um forte rompimento na base do governador Flávio Dino (PSB) e um enorme desfalque político na ainda temerosa campanha do vice-governador Carlos Brandão (PSDB) à sucessão no Palácio dos Leões.

O senador Weverton agradeceu nas redes sociais o apoio de Othelino nesse momento de definição para o pleito do ano que vem.

"Há muitas coisas na vida que não podem ser compradas e estas são as que possuem maior valor. Obrigado, amigo @othelinoneto, por dua amizade e sua honestidade de propósitos. Estaremos juntos na construção de um Maranhão Mais Feliz".

Brandão trocará o PSDB pelo PSB e já sonha com aliança com o PT de Camarão


Já é certo que nos próximos dias deve ser confirmada, oficialmente, a troca de partido do vice-governador Carlos Brandão, que deixará o PSDB pelo PSB do governador Flávio Dino.

A estratégia é facilitar a aliança com o PT do secretário estadual de Educação, Felipe Camarão, que deve, em breve, retirar sua candidatura ao governo do Maranhão para compor chapa a vice com Brandão ou, em último caso, retomar o seu projeto inicial de sair candidato a deputado federal, nas eleições de 2022.

A ida de Brandão para o PSB inibe qualquer possibilidade do PT em fechar questão em torno de um eventual apoio à candidatura do senador Weverton Rocha (PDT), na corrida sucessória ao Palácio dos Leões.

Marcos Silva afirma que governo Dino compactua para o desmonte da Caema


O ex-militante do PSTU, atualmente filiado ao PCdoB, Marcos Silva, não poupa críticas ao governo Flávio Dino (PSB) quando o assunto é o sucateamento da Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema).

Segundo ele, que já exerceu a coordenação socioambiental e a Asssessoria de Relações Institucionais da empresa, no momento é um dos cinco membros do Conselho Administrativo da Companhia, que é de economia mista e cujo sócio majoritário é o próprio governo do estado.

Marcos Silva, que também representa os trabalhadores no Conselho Administrativo da empresa, destacou que nas eleições de 2014, Dino assumiu o compromisso público de manter a Caema uma empresa pública e foi bem claro em não privatizar jamais.

"Também disse que faria da Caema uma empresa eficiente e com metas para universalizar os serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário. Além do mais se comprometeu em garantir a participação dos trabalhadores na gestão da empresa. Primeiro, parabenizo por não ter privatizado a Caema, mas quanto a eficiência, lamentavelmente a empresa não aconteceu", declarou Silva.

O comunista elencou alguns pontos falhos do governo Dino que compactuam para o desmonte da Caema. Para ele, o governo não avançou no combate às perdas físicas e aparentes, que ainda supera a casa dos 65% e as perdas de fatura chegam a quase 70%. 

Além disso, Marcos Silva apontou que o governo do estado não conseguiu concluir as obras de esgotamento sanitário de São Luís, iniciadas ainda na gestão da ex-governadora Roseana Sarney (MDB).

Marcos Silva destacou também que dos 6 mil kits sanitários, para serem instalados em municípios de menor IDH (Índice de Desenvolvimento Humano), foi reduzido para 3 mil kits e a Caema não instalou nem 1 mil.

"As obras de revitalização e expansão de sistemas de tratamento de água, a maioria não foi concluída, entre elas nos municípios de Chapadinha e Pinheiro. Dos 140 municípios a empresa conseguiu firmar somente um contrato com quase toda totalidade dos municípios operados em situação de contratos precários", frisou.

Com base nesse breve raio-x apresentado é que Marcos Silva garante que a política equivocada do governo Dino contribuiu para a manutenção do desmonte da Caema.

domingo, 12 de dezembro de 2021

Othelino pode antecipar para janeiro sua saída do PCdoB após decisão de Dino por Brandão


Aliado de primeira hora da candidatura do senador Weverton Rocha (PDT) ao Governo do Maranhão para 2022, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Othelino Neto, deve deixar as hostes do PCdoB, após a decisão final do governador Flávio Dino (PSB), prevista para janeiro, pela chancela oficial da candidatura do vice-governador Carlos Brandão (PSDB) à sucessão no Palácio dos Leões.

Othelino tem dado demonstrações de fidelidade à candidatura de Weverton, mesmo sendo de um partido que deve apoiar uma eventual candidatura de Brandão, seguindo orientações do governador e demais partidos aliados.

A especulação agora é sobre qual partido o chefe do Legislativo maranhense deve se filiar. O mais provável é que Othelino possa ir para o PDT ou alguma outra legenda que deva fechar aliança com a campanha do senador pedetista.

sábado, 11 de dezembro de 2021

Militante histórico do PSTU no Maranhão volta a falar em demonte da Caema e injustiças trabalhistas


O eterno militante do PSTU, Marcos Silva, especialista em Gestão e Educação Ambiental, usou as redes sociais para desabafar sobre o desmonte da Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema), empresa de economia mista, criada em 1966 e que tem o Governo do Estado como sócio majoritário.

Para Marcos Silva, além do desmonte patrimonial da companhia não dá para passar despercebido das injustiças trabalhistas que permeam a empresa nesse atual momento. 

"Estou à disposição dos agentes políticos para ajudar no planejamento e execuções de ações que contribuam para universalizar o saneamento básico no estado do Maranhão. Porém, não tenho disposição para me calar diante do desmonte da CAEMA, nem para as injustiças aos trabalhadores", declarou Marcos Silva.

Só a luta muda a vida!

Weverton ainda não abriu mão de uma aliança entre PDT e PT no Maranhão para 2022


O senador Weverton Rocha (PDT) ainda acredita na viabilidade de ter a seu lado um apoio do PT, na disputa ao governo do Maranhão, nas eleições de 2022. Em âmbito nacional, os dois partidos de esquerda trabalham praticamente alinhados numa trincheira contra ações intempestivas do governo federal que incidem negativamente no seio da classe trabalhadora.

No Maranhão, o pedetista viu essa aliança se distanciar com a indicação do nome do secretário estadual de Educação, Felipe Camarão, como pré-candidato ao governo do estado, em sucessão ao governador Flávio Dino (PSB).

Uma nova tentativa de aliança começa a surgir das cinzas com a possibilidade real do secretário Camarão em desistir de uma candidatura que perdeu força política nos últimos dias, após o próprio governador socialista demonstrar inclinação pela candidatura do vice-governador Carlos Brandão (PSDB) na corrida sucessória ao Palácio dos Leões.

Porém, tudo dependerá da próxima reunião a ser comandada por Dino e mais 17 partidos aliados do governo na tradional batida do martelo sobre quem terá a chancela governamental para enfrentar as urnas, com chances reais de vencer o pleito, numa batalha de vida ou morte para a manutenção da herença política do arraial dinista no Maranhão.

sexta-feira, 10 de dezembro de 2021

Othelino não arreda o pé e mantém apoio à candidatura Weverton contrariando arraial do PCdoB


O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto (PCdoB), deu uma cutucada forte, via redes sociais, nas hostes comunistas do Palácio dos Leões ao anunciar que segue entusiasmado apoiando a candidatura do senador Weverton Rocha (PDT) na disputa para o Governo do Estado para as eleições de 2022.

Sem usar de meias palavras, o ainda comunista Othelino Neto afirmou:

Decidimos manter o diálogo em busca da unidade e no final de janeiro voltaremos a reunir para tomar uma decisão. Seguimos com entusiasmo apoiando a pré-candidatura do senador
ao governo.

Brandão espera Camarão retirar candidatura ao governo para cooptá-lo para vice


O vice-governador Carlos Brandão (PSDB) aguarda apenas uma sinalização de retirada da pré-candidatura do secretário estadual de Educação, Felipe Camarão (PT), ao Governo do Maranhão, para atraí-lo de vez para uma eventual composição de chapa a vice, para disputar a sucessão do governador Flávio Dino (PSB) nas eleições de 2022.

Por enquanto, uma ala histórica do PT insiste, timidamente, na possibilidade de manutenção da candidatura de Camarão, mas outra parcela petista já não vê mais razão para manter uma candidatura que perdeu força política, após o governador anunciar sua inclinação por uma candidatura majoritária de Brandão para o Palácio dos Leões.

A partir de janeiro do ano que vem, o PT terá apenas duas possibilidades para uma candidatura de Camarão: ou o ainda secretário fará composição de chapa na condição de vice de Brandão, ou o petista segue seu projeto original de tentar uma vaga para a Câmara Federal.

Façam suas apostas!  

Veja o vídeo: Bolsonaro ataca jurista, autor do processo de impeachment contra Dilma


O presidente Jair Bolsonaro (PL) voltou a radicalizar nas palavras e em um vídeo o chefe do Planalto aparece criticando o jurista e ex-ministro da Justiça do governo Fernando Henrique Cardoso, Miguel Reale Junior, chamando-o de múmia Tutancâmon, faró da 18ª dinastia do Egito.

quinta-feira, 9 de dezembro de 2021

Câmara de São Luís realizará audiência pública para discutir a LOA para 2022


O presidente da Câmara Municipal de São Luís, Osmar Filho (PDT), marcou para a próxima segunda-feira, 13, uma audiência pública para discutir a Lei Orçamentária Anual (LOA) para 2022, no Plenário Simão Estácio da Silveira,ir das 14h.

Os trabalhos serão conduzidos pela Comissão de Orçamento, Finanças, Planejamento e Patrimônio Municipal (COFPPM), comandada pelo vereador Marquinhos Silva (DEM).

Osmar Filho informou que a sessão será realizada no formato híbrido, presencialmente e através do Sistema de Deliberação Remota. O cidadão ludovicense poderá participar de forma remota, acessando o site da Câmara – www.camara.slz.br – ou pelo canal “camaraslz” disponível no Youtube.

O acesso público ao Legislativo está aberto, mas limitado a 50% da capacidade. Os interessados em comparecer deverão fazer uso de máscara e evitar aglomerações.

Weverton demonstra força em reunião com lideranças políticas e já dá mostras que enfrentará os arroubos de Dino


O senador Weverton Rocha (PDT) fez uma nova publicação nesta quinta-feira, 9, nas redes sociais, que deixa cada vez mais escancarada sua intenção de peitar o comando-chefe do Palácio dos Leões na disputa para o Governo do Maranhão, em 2022.

Na foto acima, postada pelo parlamentar, às 9h48, lideranças políticas do estado dão clara demosntração que acompanharão a candidatura do senador pedetista rumo ao Palácio dos Leões, com ou sem o apoio do governador Flávio Dino (PSB), que em janeiro do ano que vem deve oficializar a chancela pela candidatura do vice-governador Carlos Brandão (PSDB).

Em sua postagem, Weverton declara: 

"O projeto de um #MaranhaoMaisFeliz não é mais meu. É de um grupo que segue unido e forte. Sou muito orgulhoso de contar com o apoio de uma senadora, presidente de partidos, deputados federais, deputados estaduais e do presidente da Assembleia....E o mais importante, esse projeto tem a preferência do povo do Maranhão que é quem decidirá o futuro do nosso estado".

Petista histórico não vê a possibilidade de Camarão compor chapa a vice de Brandão para a sucessão no Maranhão


Petista orgânico e atual secretário estadual de Agricultura, Pecuária e Pesca, Luiz Henrique Lula, disse na noite de quarta-feira, 8, ao programa Os Analistas (TV Guará), que a candidatura do secretário de Educação, Felipe Camarão (PT), só tem dois nortes definidos pelo partido: ou disputar o Governo do Maranhão ou uma vaga à Câmara Federal, nas eleições de 2022.

Para Luiz Henrique, não está cogitada pela cúpula do PT no estado a possibilidade de Camarão concorrer na condição de vice, na chapa a ser encabeçada pelo vice-governador Carlos Brandão (PSDB) à sucessão do governador Flávio Dino (PSB) no Palácio dos Leões.

Segundo o secretário de Agricultura, inicialmente o nome de Camarão havia sido registrado no PT para disputar uma cadeira de deputado federal. No entanto, ele ressaltou que houve um crescimento da figura do secretário de Educação, que levou o partido a repensar e decidir que deveria ter uma indicação própria para concorrer ao governo estadual.

Porém, com a inclinação do governador Flávio Dino pelo nome de Brandão, para ser o candidato com a chancela oficial dos Leões, a candidatura de Camarão ao governo perdeu força e praticamente ficou inviabilizada politicamente.

Apesar disso, Luiz Henrique garantiu que o PT maranhense vai aguardar a decisão definitiva, que deverá ocorrer na próxima reunião com o governador, prevista para janeiro de 2022, para definir que rumo a legenda tomará. 

Ministério Público aborta nova manobra política em Amarante do Maranhão

O Ministério Público do Maranhão recomendou que o prefeito de Amarante do Maranhão, Vanderly Gomes Miranda , exonere, imediatamente, nove pe...