quinta-feira, 28 de fevereiro de 2019

Os verdes não querem mais Sarney Filho no PV


Já circula nos bastidores políticos a decisão da executiva nacional do Partido Verde que iniciou, nesta semana, processo solicitando oficialmente a expulsão dos quadros do PV do ex-deputado federal Sarney Filho, filho do ex-presidente da República, José Sarney (MDB).

Sarney Filho que concorreu ao Senado, nas eleições de 2018, e não se elegeu, hoje está secretário de Meio Ambiente do governo do Distrito Federal.

O movimento de expulsão é liderado pelo presidente regional da sigla no Distrito Federal e vice-presidente nacional, Eduardo Brandão.

Os verdes avaliam que Sarney Filho foi na contramão do que prega politicamente a legenda ao aceitar assumir a Secretaria de Estado do Meio Ambiente no governo de Ibaneis Rocha (MDB), em Brasília.

Já especula-se que ele deve migrar para o PSD.

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2019

Vereador quer resolução urgente do impasse no sistema de transporte


O líder do PSD na Câmara Municipal de São Luís, vereador Cézar Bombeiro, conversou com lideranças comunitárias e afirmou não tolerar mais, o desrespeito constante praticado por empresários e rodoviários, no impasse da paralisação do ônibus na capital.

Para o parlamentar, a verdade é que os problemas entre empresários e rodoviários, embora intermediados pelo Ministério Público do Trabalho, não são honrados, mesmo acordados entre as partes e até homologados, segundo afirmam os rodoviários.

"Por outro lado, os empresários dão como desculpas a falta de reposição nos valores dos preços das passagens. Mesmo depois de serem beneficiados para um serviço de péssima qualidade, os empresários não estariam satisfeitos e jogo que praticam atualmente seria para outro aumento de tarifa, que segundo justificam para saírem do vermelho", criticou Bombeiro.

O representante do PSD informou às lideranças comunitárias que vai propor ao plenário da Câmara Municipal, que o presidente Osmar Filho (PDT) e outros membros do Legislativo Municipal, convidem para uma reunião os sindicatos dos empresários dos transportes coletivos e dos rodoviários, o Ministério Público do Trabalho, a Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT).

"Para que seja encontrado caminhos legais para a resolução imediata dos conflitos e se acabe com os constantes prejuízos a população, que nada tem a ver com toda a problemática", enfatizou Cézar Bombeiro.

"Foi uma votação histórica na Câmara" diz Osmar Filho


O presidente da Câmara Municipal de São Luís, vereador Osmar Filho (PDT), considerou histórica a votação do Projeto de Lei  nº 001/2017, que regulamenta os serviços de transporte individual de passageiros com uso de aplicativos de celular como Uber, Mary Drive e 99 POP.

Segundo ele, um dos pontos polêmicos apresentados na discussão foi em relação a uma emenda que limitava a quantidade de veículos e motoristas cadastrados. A matéria, entretanto, foi vencida e retirada de pauta.

“Foram quase doze horas de discussão até chegarmos à decisão final, com todas as emendas que foram destacadas, votando uma a uma até votarmos a matéria inicial. Não restringimos qualquer tipo de direito ou penalizamos a população. Pelo contrário, preservamos tanto os passageiros, quanto os condutores e, principalmente, a população ludovicense”, afirmou.

Transporte por aplicativo agora é lei em São Luís


Depois de dois anos em tramitação e quase doze horas de discussão, a Câmara Municipal de São Luís finalmente aprovou por unanimidade, na tarde de terça-feira,26, o Projeto de Lei nº 001/2017, de iniciativa do vereador Paulo Victor (PTC), que regulamenta os serviços de transporte individual de passageiros com uso de aplicativos de celular na capital maranhense, como Uber, Mary Drive e 99 POP.

No plenário Simão Estácio da Silveira, motoristas que prestam serviços de transporte privado, por plataforma digital e taxistas, acompanharam a sessão, que começou às 10h20 e foi encerrada por volta das 15h30.

Na opinião do motorista Hudson Carvalho Mendes, o desfecho foi positivo. “Nós vemos como um excelente resultado”, disse o trabalhador, que acompanhou os dois dias votação. “Agora é aguardar a sanção desta proposta para que a classe possa trabalhar com mais segurança”, completou.

O projeto cria obrigações aos serviços de transporte individual por aplicativo, como a identificação do passageiro por parte do motorista; o destino da corrida; apresentação de certificado de seguro contra acidentes pessoais a passageiros; e o uso de veículos com no máximo oito anos de fabricação. Também passarão a ser cobrados 5% de tributos sobre os valores pagos por viagem.

terça-feira, 26 de fevereiro de 2019

Lobão tem benefício de aposentadoria do Senado restabelecido em R$ 25 mil


O jornal O Estado de S.Paulo revela que seis senadores que saíram derrotados das eleições gerais de 2018 recorreram à diretoria-geral do Senado Federal para passar a receber suas aposentadorias de até R$ 32 mil por mês, já a partir deste mês. 

O matutino mostrou em janeiro que 26 senadores e 142 deputados e ex-deputados poderiam pedir aposentadoria a partir de fevereiro.

O ex-senador do Maranhão, Edison Lobão (MDB), já havia se aposentado em 1991, no porcentual de 39%. Sua aposentadoria foi suspensa em 1.º de fevereiro de 1995, quando assumiu seu primeiro mandato como senador pelo Maranhão, como determina a lei. 

O benefício foi restabelecido em fevereiro deste ano com o acréscimo do período em que atuou como senador e aumentou para R$ 25.274,01.

Segue a votação sobre o transporte individual por aplicativo na Câmara


A discussão continua nesta terça-feira, 26, na Câmara Municipal de São Luís, para votação das emendas ao Projeto de Lei nº 001/2017, de iniciativa do vereador Paulo Victor (PTC), que regulamenta o transporte individual de passageiros com uso de aplicativos de celular na capital maranhense.

A votação foi iniciada na sessão da segunda-feira, 25, e foi suspensa, por volta das 16 horas, em função do tempo regimental.

Das emendas analisadas até agora, duas foram aprovadas e três apresentadas de forma verbais foram rejeitadas. Outras três ficaram prejudicadas e não serão mais votadas. No total, foram apresentadas 12 emendas ao projeto, desde que a proposta começou a tramitar na Casa, no dia 23 de janeiro de 2017.

Um forte esquema de segurança foi montado no Palácio Pedro Neiva de Santana para a sessão que durou mais de cinco horas e começou a analisar as regras para viagens de carro, por meio do serviço oferecido por plataforma digital.

Das emendas que foram votadas, duas delas foram apresentadas pela Comissão de Mobilidade Urbana (CMU) e outra pelo vereador Honorato Fernandes (PT). A primeira trata do Art. 2º que altera a capacidade máxima de passageiro, de sete para seis; a segunda suprime artigos que tratavam de regras já estabelecidas pelo projeto; e a terceira obriga empresas de aplicativos a pagar 5% de cada corrida à prefeitura de São Luís, proposta pelo parlamentar petista.

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2019

Osmar Filho promulga lei que altera regime trabalhista


O presidente da Câmara Municipal de São Luís, vereador Osmar Filho (PDT), promulgou a lei municipal nº 6.543/19, que altera o regime trabalhista dos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate a Endemias da capital.

O dispositivo é fruto de projeto de lei apresentado pelo vereador Pavão Filho (PDT), que vinha, desde 2013, empreendendo esforços ao lado das entidades representativas de classe para obter o benefício para os profissionais.

A nova lei modifica de celetista para estatutário o regime trabalhista dos ACS e ACE.

Corrige, é importante destacar, um equivoco que ocorreu em 2001, no edital do seletivo para a contratação dos profissionais, que classificou o certame de Seletivo Simplificado ao invés de Seletivo Público, como seria o apropriado para que a categoria possa migrar para cargo público.

“Trata-se de uma reivindicação antiga da categoria, responsável pela saúde preventiva dos moradores de São Luís. Hoje, o que era sonho, tornou-se realidade”, afirmou Osmar Filho.

domingo, 24 de fevereiro de 2019

Flávio Dino diz que Brasil não deve entrar em aventura militar contra Venezuela


O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), usou as redes sociais para manifestar preocupação com a possibilidade do governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL) ter de utilizar a força militar contra a Venezuela.

Segundo ele, o Brasil não foi atingido em sua soberania:

Temos tradição de defesa da PAZ. A nossa Constituição determina a solução pacífica de controvérsias. Estamos cheios de problemas derivados do desemprego e da recessão. O Brasil não foi agredido na sua soberania. E então para que entrar em aventura militar em país vizinho ?

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2019

Bombeiro propõe homenagem aos 51 anos do clube Onze da Liberdade


Para marcar os 51 anos de fundação do Clube de Futebol Onze da Liberdade, o vereador Cézar Bombeiro (PSD) está agendando junto à Câmara Municipal de São Luís a realização de uma sessão solene que registrará, nos anais do Legislativo ludovicense, o aniversário do clube.

Cézar Bombeiro é integrante do Clube de Futebol Onze da Liberdade e devido a isto, além da homenagem na Câmara Municipal, o vereador vai organizar junto aos demais associados uma programação para marca o aniversário do clube.

“Pelos 50 anos do Onze da Liberdade, não tivemos qualquer tipo de comemoração. Haviam dificuldades financeiras. Este ano, queremos que seja diferente e nos organizamos para isto”, afirmou Cézar Bombeiro.

HISTÓRIA – Fundado em abril de 1968, por Benedita Silva, para oportunizar aos filhos e os demais meninos do local em que moravam na Liberdade tivessem oportunidade de jogarem em um clube organizado, o Onze da Liberdade foi uma das grandes referências no bairro e de muitos atletas que iniciaram nele e depois integraram vários clubes da primeira divisão do futebol maranhense.

O Onze da Liberdade conseguiu ser efetivamente um time de futebol até o ano de 2003, quando as suas atividades no setor de futebol foram encerradas. Atletas, dirigentes e associados decidiram que o clube continuaria vivo como associação esportiva e social.

Camarão diz que não está pensando na disputa para Prefeitura de São Luís


O secretário de estado de Educação, Felipe Camarão, usou as redes sociais para retirar seu nome de qualquer especulação na eventual disputa para a Prefeitura de São Luís, nas eleições municipais de 2020. 

Segundo ele, o foco é a gestão da pasta da educação:

Conversei com o gov e decidi que o melhor caminho a seguir é continuar focando no trabalho educacional que venho executando, sob o seu comando. Retiro meu nome de qualquer especulação para futura candidatura à prefeitura. O foco é educação para todos e não eleição!

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2019

Flávio Dino ainda resiste ao projeto de reforma da Previdência


Ainda na trincheira, receoso do projeto de reforma da Previdência, o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), utilizou as redes sociais para externar sua avaliação sobre a proposta, que nesta quarta-feira, 20, foi encaminhada à Câmara Federal pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL).

O que diz o governador:

O regime de capitalização na Previdência proposto hoje só é viável para os mais ricos e de alto interesse dos bancos. Mas ampliaria brutalmente as desigualdades sociais
Também alerto para mudanças na aposentadoria das pessoas com deficiência e por incapacidade permanente

terça-feira, 19 de fevereiro de 2019

STF envia inquérito contra Edison Lobão à Justiça Federal de São Paulo


O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), acolheu manifestação da Procuradoria-Geral da República (PGR) e determinou nesta segunda-feira (18/2) que sejam enviados ao juízo da 10ª Vara Federal Criminal de São Paulo os autos do inquérito (INQ) 4516, no qual o ex-senador da República Edison Lobão é investigado pela suposta prática dos crimes de tráfico de influência e fraude à fiscalização quando ocupava o cargo de ministro de Estado das Minas e Energia.

De acordo com os autos, o ex-senador teria ingressado na empresa Diamond Mountain Participações Ltda., por meio da empresa Diamond Cayman, com o objetivo de obter facilidades junto aos fundos de investimentos controlados pelo Governo Federal, entre os quais, o Fundo de Seguridade dos Correios, o Postalis, e a Fundação Petrobras de Seguridade Social, a Petros.

O relator do caso, ministro Roberto Barroso, concluiu aplicar-se ao caso precedente do STF em questão de ordem na Ação Penal (AP) 937, relativo ao foro por prerrogativa de função, segundo o qual a regra quanto ao foro se aplica aos crimes cometidos durante o exercício do mandato e relacionados às funções desempenhadas.
De acordo com o ministro, a conduta imputada ao investigado se deu em momento em que afastado do exercício da função de senador e sem vinculação com o exercício dessa função.
Diligências pendentes

Barroso explicou ainda não ser o caso de arquivamento, como requereu a defesa. Isso porque ainda há diligências pendentes, como o afastamento de sigilo bancário do ex-parlamentar. Além disso, explicou o ministro, os órgãos de persecução penal não foram previamente notificados judicialmente quanto à possibilidade do arquivamento em razão do excesso de prorrogações de prazo.

“Desse modo, ainda que se verifique algum atraso, a autoridade policial vem realizando diligências na investigação e ainda pende de efetivação algumas outras”, encerrou.

Com informações do Metrópoles

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2019

Câmara homenageia agentes penitenciários


Há três décadas, o governo do Estado fazia o primeiro concurso público para agente penitenciário. E para marcar a data, o vereador Cézar Bombeiro (PSD), propôs sessão solene para homenagear os agentes aprovados em 1989. Entre os homenageados está o próprio parlamentar, que faz parte do grupo aprovado naquele ano no certame.

Na solenidade teve a entrega de placas aos agentes penitenciários homenageados entre eles João Bispo Serejo, Orisvaldo Silva, Venância Martins Albuquerque, Liana Mara Furtado Gomes e Jocerlan Amorim França. A homenagem, segundo Bombeiro, é em reconhecimento a luta desenvolvida em favor da categoria e compromisso com o Sistema Penitenciário.

Ao ocupar a tribuna para falar da categoria, Cézar Bombeiro estava emocionado e registrou que tem o orgulho de ser agente penitenciário e de participar de um grupo de pessoas sérias, competentes e determinadas.

Cézar Bombeiro disse que se hoje é vereador foi pelo importante e decisivo apoio dos colegas agentes penitenciários. “Mais precisamente os agentes que fizeram parte da criação da Associação dos Agentes Penitenciários que são fiéis a luta, que até hoje permanece viva.”, disse o vereador.

Revitalização do centro histórico e nova sede na pauta entre IPHAN e Câmara


O presidente da Câmara Municipal de São Luís, Osmar Filho (PDT), informa que no próximo dia 25, a presidente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, Kátia Bogéa, se reunirá com todos os vereadores, para tratar da previsão de repasses da ordem de R$ 80 milhões para prosseguimento de obras para revitalização do centro histórico da capital.

Na oportunidade, a dirigente do IPHAN também tratará do projeto de restauração da Fábrica São Luís, na região central da cidade, que serviria para abrigar a nova sede da Câmara Municipal.

O projeto, orçado em cerca de R$ 45 milhões, prevê que a nova sede do Poder Legislativo seja instalada na referida área. 

“Foi uma reunião muito produtiva em Brasília. O IPHAN, este ano, promoverá ações importantes no centro histórico. Paralelo a isso, recebemos, mais uma vez, o apoio da companheira Kátia no sentido de unirmos forças para conseguirmos viabilizar a construção da tão sonhada nova sede da Câmara de São Luís”, afirma o presidente Osmar Filho.

sábado, 16 de fevereiro de 2019

Gastão Vieira diz que quer fazer um Maranhão melhor



O segundo suplente, prestes a assumir novo mandato de deputado federal, Gastão Vieira (PROS), disse nas redes sociais que recebeu apoio de amigos e correligionários ao saberem que reassumiria, em Brasília, nova missão parlamentar.

Antes, aliado de primeira hora do grupo Sarney, Gastão, que agora faz parte das hostes do governo Flávio Dino (PCdoB), usou o Twitter para confortar a todos:

Desde quando soube que iria compor o corpo de Deputados Federais, recebi apoio dos amigos e correligionários. Eu e tivemos juntos quase 170 mil votos; fazemos parte do mesmo grupo e temos objetivo de fazer um Maranhão melhor.

"Não temos nada a temer", diz dirigente do PSL no Maranhão

O presidente do PSL no Maranhão, Chico Carvalho, reunido com lideranças do partido em Brasília
O presidente do PSL no Maranhão, vereador Chico Carvalho, afirma nas redes sociais que apesar da crise nacional vivenciada pela legenda, o partido irá superar esse tsunami com competência e muito trabalho.

Ele ressaltou que após uma semana de trabalho em Brasília, lideranças da sigla estão se reunindo "para afinar as ações do PSL no Maranhão...discutindo projetos e ideias que certamente implantaremos no nosso Estado".

Chico Carvalho disse em conversa com o titular deste blog que o PSL maranhense "não tem nada a temer".

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2019

PSL do Maranhão também pode passar por devassa na crise do laranjal


O PSL do Maranhão, assim como os demais diretórios estaduais, deve passar por uma "operação pente fino", após revelação, pela Folha de S.Paulo, de um esquema de candidaturas-laranjas envolvendo a sigla, partido do presidente Jair Bolsonaro, e Gustavo Bebianno, ex-presidente do partido e ministro da Secretaria Geral da Presidência da República.

No Maranhão, o PSL teve como candidata ao governo a ex-prefeita de Lago da Pedra e ex-deputada estadual Maura Jorge. Atualmente, ela vem se indispondo com o presidente da legenda no estado, vice-presidente do diretório nacional e vereador de São Luís, Chico Carvalho, na disputa por cargos federais.

A cada notícia envolvendo o "laranjal" do PSL, o tempo esquenta nas hostes do diretório no Maranhão.

Vem bomba por aí!

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2019

Médico da Maternidade Maria do Amparo destaca o empenho da Câmara


A reunião dos vereadores da Câmara Municipal de São Luís com a direção da Maternidade Maria do Amparo foi avaliada como positiva pelo médico Egídio Carvalho Ribeiro, um dos benfeitores da maternidade.

Ele fez a explanação da real situação da unidade hospitalar para os vereadores, destacando com que a Maternidade Maria do Amparo é pública e voltada para atendimento das gestantes da Região Metropolitana de São Luís.

O médico Egídio Carvalho é um dos fundadores da maternidade, integrando um idealismo da sua tia Maria de Jesus Carvalho e de profissionais abnegados. A ideia sempre foi proporcionar atendimentos a gestantes pobres, inclusive com o preparativo do pré-natal, e também colaborar com a rede pública de saúde, chegando a atingir o percentual de 11% de todos os partos feitos na Região Metropolitana de São Luís, alcançando uma média de 200 todos os meses.

Sobre a reunião com os vereadores, Egídio Ribeiro destaca que foi importante e superou as expectativas não apenas dos diretores, mas dos empregados, que saíram do Legislativo Municipal confiantes na reabertura da Maternidade Maria do Amparo.

A iniciativa do presidente da Casa, vereador Osmar Filho (PDT), de abrir espaço para posicionamentos de cada vereador, que abraçou a causa da direção da maternidade, dos empregados e das gestantes pobres e do direito à dignidade humana das mulheres que darão a luz na unidade hospitalar.

“O que proporcionou confiança aos diretores e empregados da Maternidade Maria do Amparo, foi a firmeza dos vereadores e o compromisso de todos pela reabertura da casa de saúde e o seu pleno funcionamento”, disse o médico.

O que diz a bancada maranhense sobre rompimento da barragem do Pericumã?


Enquanto a bancada federal do Maranhão fica preocupada com os holofotes da mídia, que rendem likes à tragédia que ocorreu na barragem da mineradora Vale, na cidade de Brumadinho, em Minas Gerais, não se vê o mesmo engajamento dos nobres parlamentares na Câmara Federal e Senado, com o rompimento da barragem do Rio Pericumã, no município de Pinheiro, na baixada maranhense.

O rompimento da comporta da barragem do Rio Pericumã inundou os bairros da Matriz, Campinho, Floresta e Dondona Soares. O sinistro ocorreu na última segunda-feira,11, e os moradores da região temem o pior se nada for feito para evitar novos alagamentos.

Vamos acordar!

terça-feira, 12 de fevereiro de 2019

Fogo amigo nas hostes do MDB do Maranhão


Prestes a se consolidar como um dos principais candidatos a presidir o diretório regional do MDB no Maranhão, percebe-se nas entrelinhas que o deputado federal Hildo Rocha vem sendo alvo de fogo amigo em seu próprio partido.

O parlamentar, ligado à família Sarney, vem sendo acusado de gastar mais de R$ 30 mil, no período de recesso parlamentar de fim de ano, com verba indenizatória, ou seja, dinheiro público para divulgação do mandato.

Os dados foram levados à tona, tendo por base o Portal da Transparência, que revela que R$ 32 mil foram usados para divulgação do mandato e que só com a empresa Linderlandio Barbosa ME – conhecida como BCP Comunicação e Publicidade – foram gastos R$ 27 mil.

Hildo Rocha nega que estivesse em recesso, "por ter integrado o grupo de deputados que ficou de plantão no recesso" (em janeiro).

Vale lembrar que o parlamentar emedista disputa a queda de braço, na disputa pela presidência do MDB maranhense contra ninguém menos que o deputado federal João Marcelo, filho do ex-senador João Alberto, e o deputado estadual Roberto Costa.

Hum!!!

segunda-feira, 11 de fevereiro de 2019

Ricardo Boechat, verdade e coragem


Antonio Carlos Prado
Editor Executivo da IstoÉ

Por mais de uma década o jornalista Ricardo Boechat enriqueceu semanalmente as edições de ISTOÉ, com suas duas páginas de notas (estreou em abril de 2008) – na verdade, duas páginas que valiam por diversas seções de jornais ou revistas, tal a diversidade de assuntos e de temas. 

E, a cada nota, não importando quantas fossem, sempre havia a exclusividade, aquilo que na linguagem jornalística chama-se “furo”. Boechat era o “furo” de reportagem “em notas”.

O colunismo brasileiro (engrandecido por Ibrahim Sued que fez coluna social sair na primeira página de jornal noticiando com exclusividade que o general Emílio Garrastazu Médici sucederia o general Artur da Costa e Silva na Presidência do Brasil) cresceu mais ainda com Ricardo Boechat. Boechat foi, a cada nota, o jornalismo da verdade e da coragem. Boechat abrilhantou ISTOÉ. Enobreceu o jornalismo.

O jornalismo é hoje tão maltratado pela tal da fake news. Boechat tinha o antídoto perfeito para. O seu método de trabalho: a verdade.

domingo, 10 de fevereiro de 2019

Márcio Jerry quer convocação de ministro para explicar espionagem na CNBB


O deputado Márcio Jerry utilizou o Twitter para afirmar que protocolará requerimento à Mesa Diretora da Câmara Federal solicitando esclarecimentos sobre suposta espionagem da Agência Brasileira de Informação (ABIN) contra CNBB.

Assim como o governador Flávio Dino, Jerry também considerou graves as denúncias:

Protocolarei amanhã requerimento à Mesa da Câmara solicitando convocação do ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI),Augusto Heleno Ribeiro, para prestar esclarecimentos sobre denúncias de espionagem politica da ABIN na CNBB. Caso é muito grave !

Flávio Dino critica suposta espionagem do governo Bolsonaro contra a CNBB


O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), criticou nas redes sociais e considerou graves as denúncias de que o governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL) estaria espionando, por meio da Agência Brasileira de Inteligência (ABIN), a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e tratando-a como "inimiga interna".

Para Dino, as denúncias precisam ser apuradas:

Se de fato o governo federal estiver espionando e tratando a CNBB como “inimiga interna”, estamos diante de um dos maiores escândalos deste começo de ano. Inaceitável a volta da “doutrina da segurança nacional” da ditadura.

sábado, 9 de fevereiro de 2019

Rocha recebe gravações para apurar fraude em eleição do Senado


O site O Antagonista destaca que o corregedor do Senado, Roberto Rocha (PSDB-MA), afirmou na sexta-feira, 8, ter recebido as imagens da TV Senado para apurar a suspeita de fraude na eleição para presidente da Casa.

“São centenas de horas de inúmeras câmeras filmando aquele sábado. Nós estamos investigando, estamos olhando todas as imagens, todos os momentos dos votos dos 81 senadores”, disse Rocha.

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2019

Edivaldo lamenta mortes no CT do Flamengo


O prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior (PDT), usou nesta sexta-feira, 8, as redes sociais para externar suas condolências aos familiares das vítimas do incêndio que aconteceu no Centro de Trinamento do Flamengo, na madrugada de hoje, no Rio de Janeiro.

O que disse o prefeito Edivaldo:

"O incêndio ocorrido no Centro de Treinamento do Flamengo, no Rio de Janeiro, é mais uma tragédia que entristece o país. Muitas vidas e sonhos perdidos. Minha solidariedade às famílias das vítimas, ao clube, aos torcedores e ao povo carioca".

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2019

Câmara cria Comissão para acompanhar situação da Maternidade Maria do Amparo


Em reunião de trabalho realizada na quarta-feira, 6, na Câmara Municipal de São Luís, o vereador Osmar Filho (PDT), presidente da Casa, determinou a criação de uma comissão para acompanhar a situação da Maternidade Maria do Amparo, localizada no bairro do Anil.

O grupo – formado por vereadores; servidores e membros da direção da Maternidade — terá como principal objetivo trabalhar e elaborar propostas visando garantir, junto ao município, a reabertura da unidade de saúde e a manutenção do seu pleno funcionamento.

A realização da reunião foi proposta pelo vereador Dr. Gutemberg (PRTB). O retorno do funcionamento da Maternidade se configura, hoje, como uma das principais reivindicações de uma considerável parcela dos ludovicenses.

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2019

Vereador apresenta moção aos bombeiros maranhenses em Brumadinho


Encontra-se protocolada na Mesa Diretora da Câmara Municipal de São Luís moção de autoria do vereador Cézar Bombeiro (PSD), que manifesta reconhecimento e valorização ao Grupamento do Corpo de Bombeiros do Maranhão que atua no trabalho de resgate às vítimas da catástrofe ambiental ocorrida na cidade de Brumadinho, em Minas Gerais. 

O parlamentar, que já foi integrante da corporação, diz se sentir honrado pela missão e trabalho que o grupamento vem realizando. Na moção apresentada, é destacada a maneira solidária e fraternal, além do espírito de servir que os voluntários maranhenses têm demonstrado com competência no trabalho que vêm desenvolvendo na área atingida pelo desastre provocado pela barragem de armazenamento de rejeitos de minério, de propriedade da mineradora Vale.

Ainda em sua proposição, o vereador aproveita para destacar a iniciativa ao Comando Geral do Corpo de Bombeiros do Maranhão, “por estar sempre atualizado e pronto para qualquer ação não apenas na capital, mas no interior e em qualquer situação, que seja necessária a sua intervenção”. 

Cézar Bombeiro também se solidariza com o governador Flávio Dino (PCdoB) pela sua determinação de enviar o grupamento maranhense para somar esforços aos já existentes em Minas Gerais.

terça-feira, 5 de fevereiro de 2019

Rocha assina lista em defesa do voto aberto no Senado


O senador Roberto Rocha (PSDB) até agora é o único parlamentar da bancada maranhense no Senado Federal que defende, publicamente, o fim do voto secreto na Casa.

Até agora Rocha foi o único senador do Maranhão a assinar o requerimento de urgência do projeto do senador Lasier Martins, para mudar o regimento do Senado e acabar de vez com o voto secreto.

Veja a lista abaixo:

1. Eduardo Girão
2. Jorge Kajuru
3. Rodrigo Pacheco
4. Capitão Styvenson
5. Nelsinho Trad
6. Lucas Barreto
7. Alessandro Vieira
8. Major Olímpio
9. Carlos Viana
10. Reguffe
11. Luis Carlos Heinze
12. Selma Arruda
13. Roberto Rocha
14. Jorginho Mello
15. Elmano Férrer
16. Soraya Thronicke
17. Simone Tebet
18. Leila do Vôlei
19. Marcos Rogério

segunda-feira, 4 de fevereiro de 2019

Flávio Dino ironiza pacote anticrime de Moro


O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), praticamente ironizou nas redes sociais o pacote anticrime, proposto pelo ministro Sérgio Moro (Justiça e Segurança Pública, apresentado nesta segunda-feira, 4, aos governadores. A proposta irá alterar 14 leis no país.

Segundo Dino, é preciso bem mais do que declarações ou projetos:

"Para declarar guerra ao crime organizado é preciso muito mais do que declarações ou projetos. Em primeiro lugar, é preciso dar exemplo desde a própria casa".

"É necessário sempre analisar as consequências de cada proposta ou “pacote”. Por exemplo, aumentar a superpopulação carcerária pode fortalecer o poder das facções criminosas, caso não haja mais recursos para investimento e custeio das penitenciárias".

"Temos uma experiência forte de grande redução de homicídios na região metropolitana de São Luís, superior a 60%. Fruto de investimentos em estrutura e valorização dos policiais. Esse é um caminho realmente eficaz e prioritário".

Câmara homenageará 30 anos do concurso público para agentes penitenciários


Por meio de requerimento, de iniciativa do vereador Cézar Bombeiro (PSD), a Câmara Municipal de São Luís homenageará agentes penitenciários aprovados no primeiro concurso público realizado pelo Governo do Maranhão. Cézar Bombeiro é agente penitenciário e integrante do grupo dos primeiros concursados, que no dia 27 janeiro completou 30 anos.

Cézar Bombeiro quer homenagear todos os agentes penitenciários responsáveis pela segurança, ordem e disciplina interna das unidades prisionais, que mesmo enfrentando elevado risco de vida no exercício profissional, continuam fiéis à missão de um trabalho, sério, digno e bem respeitado dentro das principais segmentos institucionais e da sociedade civil organizada.

Em reconhecimento aos importantes trabalhos realizados por vários colegas, inclusive alguns que acolheram os primeiros concursados, Cézar Bombeiro e a Câmara Municipal homenagearão com placas os agentes penitenciários João Bispo Serejo, Oriosvaldo Silva, Venância Martins Albuquerque e Jocerlam Amorim Fonseca. A data da sessão solene deverá ter data definida quando do inicio das sessões ordinárias do parlamento municipal no exercício de 2019.

Penha pode assumir liderança de Edivaldo na Câmara


Em entrevista ao programa Câmara em Destaque (Rádio Educadora AM-560 Khz), nesta segunda-feira, 4, o vereador Raimundo Penha (PDT) deixou no ar a intenção de assumir a liderança do prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior (PDT), na Câmara da capital maranhense.

Atualmente quem é o líder do governo municipal na Casa é o vereador Pavão Filho, também membro do PDT. 

domingo, 3 de fevereiro de 2019

Deputado do PRB maranhense age contra segurança de barragens, diz Folha


Reportagem da Folha de S.Paulo deste domingo, 3, revela que o deputado federal maranhense Cleber Verde (PRB) faz parte de um seleto grupo que integra a "Bancada da Lama", que age na Câmara para barrar ações que poderiam melhorar a segurança em barragens.

Com maior segurança nas barragens de rejeitos de minério da Vale poderiam ser evitados desastres ambientais e humanos como os de Brumadinho e Mariana, em Minas Gerais.

Conforme a reportagem, os deputados da Bancada da Lama receberam doações milionárias, mas negam defender o setor das mineradoras como é caso da Vale.

Só o deputado Cleber Verde recebeu doações em 2014, segundo a Folha, em cerca de R$ 100 mil.


O parlamentar maranhense integrou a Comissão de Código da Mineração em 2014 e também a Comissão de Minas e Energia.

Com ilustrações da Folha

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2019

Câmara de São Luís retoma atividades na segunda-feira


A Câmara Municipal de São Luís inicia, na próxima segunda-feira, 4, às 10 horas, as atividades referentes à 19ª Legislatura. Neste ano o Legislativo irá comemorar 400 anos de existência.

Segundo o presidente Osmar Filho (PDT), haverá uma vasta programação que será desenvolvida ao longo dos próximos meses para comemorar o quarto centenário da Casa.

Em plenário serão analisadas matérias importantes e polêmicas, como o projeto de lei que trata do programa “Escola sem Partido”, do vereador Chico Carvalho (PSL) e a proposta que regulamenta o serviço privado de transporte individual de passageiros, o Uber, de iniciativa do vereador Paulo Victor (PROS).

A lista de assuntos inclui, ainda, mudanças no Plano Diretor na capital maranhense, que está na fase das audiências públicas; Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), que estabelece orientações para a confecção da Lei Orçamentária Anual (LOA); e também votação de prestação de contas de ex-prefeitos.