Rádio Web Conexão

quinta-feira, 31 de dezembro de 2020

O real significado da palavra réveillon


Curiosamente, por ser um termo francês, réveillon não foi aportuguesado, permanecendo esta a palavra para indicar as celebrações do ano-novo. Interessante é que a palavra réveillon, no início, era utilizada para conceituar uma refeição leve que se fazia à noite, que impedisse que as pessoas adormecessem.

Por isso, no sentido figurado, réveillon é traduzido como “reanimar” – o que também se relaciona muito bem com o ano-novo, pois a passagem para um novo ano é vista como uma chance de começar novamente, indicando que deve-se reanimar, retomar.

Posteriormente, réveillon ainda era utilizado para chamar a ceia de Natal, porém foi no século XX que a palavra começou a designar as comemorações de Ano Novo e mantendo-se até hoje.

É costume realizar celebrações na passagem de ano desde a Antiguidade. É claro que, atualmente, as festas de réveillon se tornaram tradições e atrações turísticas para vários locais ao redor do mundo. Comparando-se com o passado, as festas de Ano Novo agora não estão ligadas com o aspecto religioso, entretanto muitas oferendas e superstições ainda envolvem estas comemorações.

Nova York, nos Estados Unidos e Sidney, na Austrália são exemplos de locais que possuem famosos réveillons, especialmente pela queima de fogos. Um caso no Brasil de popularidade mundial é o réveillon no Rio de Janeiro, que acontece na Praia de Copacabana.

Com informações do portal Significados BR

Feliz Ano Novo!


 

Em cima da virada do ano Braide anuncia mais três nomes para secretariado na Prefeitura de São Luís


O prefeito eleito de São Luís Eduardo Braide (Podemos) anunciou pelas redes sociais, na manhã desta quinta-feira, 31, mais três nomes que irão compor seu secretariado na administração municipal da capital maranhense.

Entre as indicações está o do vereador Ricardo Diniz (DEM), que não conseguiu se reeleger para mais um mandato na Câmara Municipal de São Luís, que ocupará a Secretaria Municipal de Desporto e Lazer (Semdel).

Anuncio mais nomes que irão compor a nossa equipe: -  O médico Joel Nunes Júnior será o titular da Secretaria de Saúde (SEMUS); - O professor e administrador Ricardo Diniz assumirá a SEMDEL; - O cantor e compositor Marco Duailibe será o secretário de Cultura.

quarta-feira, 30 de dezembro de 2020

Câmara Municipal aprova orçamento para 2021 e prefeito eleito terá R$ 3,5 bilhões para resolver os problemas de São Luís


O prefeito eleito de São Luís, Eduardo Braide (Podemos), assumirá no dia 1º de janeiro de 2021 com a difícil missão administrativa de gerenciar uma cidade cheia de problemas estruturais com um orçamento previsto da ordem de R$ 3,5 bilhões, aprovado pela Câmara Municipal na última terça-feira, 29, durante sessão extraordinária híbrida, que marcou o fim desta legislatura.
De acordo com a Mensagem Nº 22, enviada pelo Executivo ao Legislativo, a prioridade para o ano seguinte será a Saúde, com R$ 964.455.694,00 e Educação, com R$ 714.699.341,12. Segundo o presidente da Comissão de Orçamento, vereador Dr. Gutemberg (PSC), esta é a lei mais importante de São Luís, porque ela estima todas as receitas e fixa toda as despesas que serão feitas pelo prefeito no próximo ano.
“A lei tem praticamente o mesmo valor da LOA anterior, apenas com uma pequena alteração. A previsão pode ser bem trabalhada e vai depender da criatividade do próximo gestor em executar o orçamento”, relatou. Nove vereadores apresentaram cerca de 70 emendas para auxiliar na distribuição do orçamento.
Para o relator da Comissão de Orçamento, vereador Raimundo Penha (PDT), a peça que foi elaborada pelo prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT) e será executada pelo prefeito eleito Eduardo Braide (Podemos), pode ser bem administrada, mas ele lembrou que a economia passa por um momento delicado.
“Vivemos ainda em um cenário de incerteza por causa da pandemia. O ambiente também é complexo, porque a LOA foi elaborada por um prefeito e será executada por outro. No entanto, a Câmara estará presente para ajudar o prefeito a fazer uma boa administração nos próximos anos”, frisou Penha.
Segundo o presidente da Câmara Municipal, vereador Osmar Filho (PDT), a LOA é uma das peças mais complexas, mas o parlamento discutiu de forma detalhada e priorizou pontos chaves. “Nós vamos entregar uma lei que vai permitir o prefeito governar e proporcionar melhoria de vida para a população de São Luís”, disse.

terça-feira, 29 de dezembro de 2020

Marcial Lima pode ser o líder do governo Braide na Câmara Municipal de São Luís


O vereador reeleito para um segundo mandato na Câmara Municipal de São Luís, Marcial Lima (Podemos), é o nome mais cotado para ser indicado a líder do governo do prefeito eleito Eduardo Braide (Podemos), a partir de 1º de janeiro de 2021.

Marcial que antes e durante a campanha eleitoral foi um árduo defensor da mudança de gestão política na capital maranhense, esteve desde o primeiro momento ao lado do então candidato Braide na disputa para a sucessão municipal.

Falta apenas o novo gestor bater o martelo!

Secom da gestão Braide será comandada pelo ex-deputado Joaquim Haickel


O prefeito eleito de São Luís, Eduardo Braide (Podemos), anunciou no final da manhã desta terça-feira, 29, mais três nomes que irão compor seu secretariado na administração municipal a partir de 1º de janeiro de 2021.

Um dos indicados que causou surpresa foi o nome do ex-deputado estadual Joaquim Haickel, advogado, escritor, cineasta, empresário do ramo das comunicações e defensor ferrenho da então candidatura Braide nas eleições de novembro.

Compartilho outros três nomes que farão parte da nossa gestão: - A advogada e servidora do INSS Nádia Quinzeiro comandará o IPAM; - O advogado Enéas Fernandes será o secretário de Governo (SEMGOV); - O advogado, escritor e cineasta Joaquim Haickel assumirá a SECOM.

Dino presta solidariedade a Dilma por Bolsonaro ironizar a ex-presidente e suspeitar que ela não tenha sido vítima da ditadura militar


O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), considerou um tremendo absurdo a fala do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) com críticas irônicas contra a ex-presidente Dilma Rousseff (PT), ao suspeitar que ela não tenha sido torturada durante o período do regime militar.

Em conversa com apoiadores, no Palácio da Alvorada, ele fez chacota com a violência sofrida pela rival política: "Dizem que a Dilma foi torturada e fraturaram a mandíbula dela. Traz o raio X para a gente ver", disse.

Pelas redes sociais o governador Flávio Dino prestou solidariedade à ex-presidente. "Dos vários absurdos perpetrados por Bolsonaro hoje, o mais abjeto foi ironizar e rir de uma ex-presidente da República que foi presa e torturada pela ditadura militar. Minha solidariedade à Dilma. Enquanto isso, o Brasil segue sem vacinação e sem rumo", declarou.

A ex-presidente Dilma também rebateu o tom irônico de Bolsonaro. Ela chamou o presidente de "defensor da tortura e dos torturadores", além de dizer que ele tem uma "visão de mundo fascista" que pode ser evidenciada "na celebração da violência".

segunda-feira, 28 de dezembro de 2020

Rocha diz que Congresso superou as expectativas em ano atípico de pandemia da Covid-19


O senador maranhense Roberto Rocha (PSDB) usou as redes sociais nesta segunda-feira, 28, para ressaltar que mesmo em ano atípico, por conta da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), o Congresso Nacional não deixou a peteca cair, apreciou e votou matérias importantes para o país.

Mesmo em um ano totalmente atípico, o Congresso conseguiu aprovar matérias importantíssimas para o Brasil, como o auxílio emergencial, o marco legal do saneamento básico, entre outras.


Apesar da pandemia, Osmar Filho faz balanço positivo de 2020 e prevê melhorias para São Luís em 2021


Faltando apenas três dias para encerrar o ano, o presidente da Câmara Municipal de São Luís, Osmar Filho (PDT), faz um balanço positivo de 2020, apesar dos entraves causados pela pandemia do novo coronavírus (Covid-19) que alteraram o cronograma de sessões legislativas na Casa.

“A Câmara não paralisou seus trabalhos. Realizamos nossas sessões através de uma plataforma remota e, atualmente, estas avançaram para um formato híbrido, possibilitando aos parlamentares que apresentem alguma comorbidade e/ou que estejam em uma idade mais avançada possam continuar participando, sem se colocarem em risco”, observou, ressaltando que o Parlamento também atuou para amenizar o sofrimento de diversas famílias.

Sobre a nova legislatura, que se inicia em 1º de janeiro, o pedetista disse ter certeza de que os parlamentares eleitos – reeleitos e os que assumem primeiro mandato como vereador – estão preparados para darem suas contribuições diante deste “novo normal”, gerando assim melhorias para a cidade e mais oportunidades às pessoas de uma melhor qualidade de vida.

Dino pode concorrer à presidência pelo PT, mas PCdoB nega possibilidade e diz que petistas querem dar "abraço de urso" no governador


Corre nos bastidores políticos que é grande a irritação da executiva nacional do PCdoB com o forte assédio do PT para que o governador do Maranhão, Flávio Dino, troque a legenda da foice e do martelo pela bandeira vermelha dos Partido dos Trabalhadores.

O próprio ex-presidente Lula já declarou à imprensa que há uma única possibilidade de apoiar uma candidatura de Dino à Presidência da República em 2022.

"Eu gosto do Dino, acho ele uma figura competente, um companheiro da maior lealdade comigo em todo o meu processo. Tenho por ele um apreço extraordinário. Agora, veja, o PT é um partido muito grande comparado ao PCdoB. É muito difícil imaginar eleger alguém de esquerda sem ser do PT", ponderou o ex-presidente Lula.

No entanto, a cúpula do PCdoB nem cogita a possibilidade de Flávio Dino sair candidato ou à Presidência da República ou ao Senado por outra legenda que não seja as hostes da foice e do martelo.

"Flávio Dino é a novidade da política brasileira, não apenas da esquerda. Foi juiz, deputado federal e é governador. Conhece os três Poderes. Tem sólida formação cristã e densa base cultural. A capacidade política e egerencial já foi demonstrada. É um excelente candidato a presidente. Mas é comovente, digamos assim, o interesse do PT em apoiá-lo. Na verdade querem tirá-lo do jogo, dar um abraço de urso no nosso candidato", declarou o ex-lóder do PCdoB na Câmara Orlando Silva.

sábado, 26 de dezembro de 2020

Braide vai mostrando a cara da nova equipe de secretariado para a Prefeitura pelas redes sociais


Faltando apenas cinco dias para a posse do prefeito eleito de São Luís, Eduardo Braide (Podemos), a nova gestão pública vai sendo apresentada apenas pelas redes sociais, intercalando nomes de pessoas conhecidas da política e novas figuras que irão compor o secretariado do município, a partir de 1º  de janeiro de 2021.

Na última quarta-feira, 23, Braide voltou a utilizar as redes sociais para apresentar mais três indicações para o primeiro escalão da Prefeitura de São Luís.

Oficializo mais três nomes que irão compor a nossa gestão: - O engenheiro civil David Col Debella será o titular da SEMOSP; - O advogado Bruno Duailibe será o procurador-geral do Município; - O engenheiro Diego Rodrigues será o titular da pasta Informação e Tecnologia (SEMIT).


quinta-feira, 24 de dezembro de 2020

Acesse! Entra no ar mais um campeão de audiência: A Rádio Web UPAON-AÇU


EDITORIAL

A partir desta quinta-feira, 24, estamos disponibilizando mais um canal de comunicação para os nossos leitores do Blog do Mario Carvalho. Trata-se da Rádio WEB UPAON-AÇU, que pode ser ouvida pelo endereço eletrônico na internet: https://radioupaonacu.websitenoar.net/

Esperamos contar com audiência de inúmeros ouvintes espalhados por São Luís, pelo Maranhão, Brasil e pelo mundo afora. Muita música e informação em tempo real. Agradecemos a atenção de todos!

Curtam mais esse canal de comunicação feito pra vocês! 24 horas no AR!

FELIZ NATAL A TODOS!



quarta-feira, 23 de dezembro de 2020

Vereadores de São Luís fazem a tradicional limpeza de pauta antes de encerrar o ano legislativo de 2020

Antes de encerrar o ano legislativo de 2020, os vereadores de São Luís aproveitaram a sessão da terça-feira, 22, para aprovar todas as propostas em pauta na Câmara Municipal, antes da votação do orçamento para 2021. Mais de 40 Projetos de Lei, foram apreciados e votados no último dia de sessão deliberativa do ano, além de outras proposições, como Emenda à Lei Orgânica, projetos de decreto legislativo, requerimentos, moções e indicações ao Governo do Estado.


Entre os Projetos de Lei, foram apreciadas cinco matérias encaminhadas pelo Executivo à Casa, com destaques para o PL nº 028/20, que altera dispositivos da Lei Municipal nº 4.477, de 28 de dezembro de 2006, que dispõe sobre o plano de custeio do Regime Próprio de Previdência Social (RPPS) dos servidores públicos municipais.

Outro importante PL do Executivo apreciado pelo parlamento, foi o projeto nº 181/20, que estabelece regras para o lançamento do Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana (IPTU), para o exercício financeiro do ano que vem.

Entre os requerimentos apreciados e votados em plenário, estiveram proposições que contemplam diversas comunidades na capital maranhense, em especial, para as áreas mais carentes da cidade. Os requerimentos apresentados pelos 31 vereadores, contemplam serviços que vão desde a melhoria da limpeza pública, passando pela recuperação asfáltica, sinalização em ruas e avenidas, até a realização de audiências públicas para diversos debates na Casa.

O último dia de sessão ordinária na Câmara, também foi marcado pela votação de projetos de decreto legislativo, que estabelecem a concessão da Medalha Simão Estácio da Silveira, considerada a maior honraria do Legislativo Municipal às pessoas que prestam relevantes serviços à cidade. Paralelo a isso, vereadores, que não conseguiram ser reconduzidos a um novo mandato, despediram-se de forma honrosa da tribuna da Casa.

Para o presidente da Câmara de São Luís, Osmar Filho (PDT), foi um ano difícil para toda a sociedade, por conta da pandemia da Covid-19. “No entanto, no parlamento não foi diferente e, sem medir esforços, soubemos enfrentar as adversidades e manter o ritmo das sessões na Casa, intercalando com o sistema híbrido, entre sessões presenciais e remotas, para garantirmos o funcionamento do parlamento municipal. Esperamos que o ano que vem seja melhor”, concluiu.

terça-feira, 22 de dezembro de 2020

Vereador do PCdoB desabafa na tribuna da Câmara e diz que "botaram para lhe derrubar"


O vice-presidente da Câmara Municipal de São Luís, Astro de Ogum (PCdoB), usou a tribuna da Casa nesta terça-feira, 22, para literalmente desabafar sobre os empecilhos e as trairagens que presenciou nas eleições de novembro deste ano. Apesar disso, ele declarou que "Deus é maior" e que quem pensava que ia derrubá-lo quebrou a cara.

Astro foi o sétimo mais bem votado, contabilizando um quantitativo de 6.016 votos para mais uma legislatura na Câmara. Para o parlamentar, antes e durante a campanha eleitoral deste ano várias foram as denúncias caluniosas contra ele, que vão desde pequenas ofensas até terem lhe chamado de "pedófilo" com direito a processo criminal.

Apesar disso, o parlamentar comunista declarou, em alto e bom tom, que deu a volta por cima porque Deus é maior.

segunda-feira, 21 de dezembro de 2020

Câmara de São Luís vota orçamento de R$ 3,5 bilhões para 2021 nesta terça-feira


A Câmara Municipal de São Luís vota na sessão híbrida desta terça-feira, 22, a partir das 9h, a Lei Orçamentária Anual (LOA) para 2021, que define as receitas e despesas previstas pelo Executivo Municipal para o próximo ano. 
O montante estimado pela Prefeitura é de R$ 3,5 bilhões.
Antes de ir para votação, a LOA foi debatida em uma audiência pública realizada no dia 4 de novembro, que discutiu todos os aspectos do projeto. Na ocasião, o encontro foi proposto pelo vereador Dr. Gutemberg Araújo (PSC), que preside a Comissão de Orçamento, Finanças, Planejamento e Patrimônio Municipal da Casa.
O titular da Secretaria Municipal de Planejamento e Desenvolvimento (Seplan), Raimundo Nonato Fernandes Silva, foi o responsável por fazer a apresentação da LOA. Após a audiência, e seguindo o cronograma estabelecido, os vereadores tiveram um prazo para a apresentação das suas emendas ao projeto a LOA.
Finalizada a apreciação de todas as emendas, foi elaborado um relatório e entregue ao presidente da Casa, vereador Osmar Filho (PDT), que definiu a data para a votação da LOA.
A estimativa detalhada de receita pela Prefeitura para 2021 é de R$ 3.501.640.568,36 (três bilhões, quinhentos e um milhões, seiscentos e quarenta mil, quinhentos e sessenta e oito reais e trinta e seis centavos).
Ainda de acordo com o texto, a proposta orçamentária foi elaborada considerando as limitações impostas pelo cenário socioeconômico na pandemia do novo coronavírus (Covid-19), mas foram mantidos o controle de gastos públicos e a racionalização da gestão, com o objetivo de garantir a qualidade dos serviços.

Dois ex-gestores ligados ao grupo Sarney voltam à cena na gestão do prefeito eleito Braide


O prefeito eleito de São Luís, Eduardo Braide (Podemos), anunciou na manhã desta segunda-feira, 21, pelas redes sociais, mais três nomes que irão compor seu secretariado na administração municipal, a partir de 1º de janeiro de 2021.

Dois nomes anunciados já são figurinhas carimbadas na gestão do setor público no Maranhão. Tratam-se de Kátia Bogéa, que assumiu por quase duas décadas a superintendência do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) no estado, além de ter passado pelo comando nacional do órgão no governo do presidente Michel Temer e exonerada na gestão do presidente Jair Bolsonaro.

O outro é o delegado da Polícia Civil Marcos Affonso, que concorreu a vereador, mas não foi eleito, e no final da gestão da ex-governadora Roseana Sarney ocupou a titularidade da Secretaria de Segurança Pública, com a saída de Aluísio Mendes.

A historiadora Kátia Bogéa será a presidente da Fundação Municipal do Patrimônio Histórico; A assistente social Rosângela Bertoldo assumirá a Secretaria Municipal de Assistência Social; O delegado Marcos Affonso será o titular da Secretaria Municipal de Segurança com Cidadania.

domingo, 20 de dezembro de 2020

Osmar Filho mostra maturidade política, prega união e responsabilidade com o desenvolvimento de São Luís


Prestes a ser reconduzido à presidência da Câmara Municipal de São Luís, em nova legislatura (2021-2022), o vereador Osmar Filho (PDT) dá demonstrações de maturidade política, acentua que os palanques eleitorais devem ser desarmados e prega responsabilidade com o desenvolvimento da cidade, que terá a partir de 1º de janeiro de 2021 a gestão do prefeito eleito Eduardo Braide (Podemos).
Em sua fala, na cerimônia de diplomação pelo TRE na quinta-feira passada, 17, ele ressaltou a importância de unir forças e garantir o bem-estar da população ludovicense.
“Vereadores e vereadoras, temos uma grande responsabilidade com o desenvolvimento da nossa cidade e com a melhoria da qualidade de vida das pessoas da nossa cidade,” declarou.
Osmar foi certificado pela quarta vez como vereador da capital maranhense e se consagra pela segunda vez, neste pleito eleitoral, como o parlamentar mais bem votado da cidade, obtendo nas urnas o quantitativo de 7.447 votos.
Na oportunidade, o discurso de Osmar Filho levou em consideração o momento adverso de pandemia e o desafio em construir uma campanha aos moldes da atual de crise sanitária.
“A eleição para o cargo de vereador neste ano não foi um tarefa fácil, o nosso país ainda passa por um momento de grande turbulência decorrente de uma doença que se espalhou por todo planeta”, frisou.
Osmar ainda agradeceu o fortalecimento do trabalho desenvolvido pelas instituições democráticas no páis, em especial para a Justiça eleitoral.

sexta-feira, 18 de dezembro de 2020

Justiça condena Prefeitura de São Luís a reparar danos ambientais no Rio Paciência até o final de 2021


O município de São Luís foi condenado pela Justiça a reparar, no prazo de um ano, danos ambientais causados às margens do Rio Paciência com a restauração do ecossistema degradado. A condenação atende pedidos do Ministério Público do Maranhão (MPMA) por meio de ação civil pública.

A sentença também obriga, no mesmo prazo, a administração municipal a realocar as pessoas que ocupam a área de preservação permanente e sujeita a alagamentos, do referido rio, para local com moradia digna. O Município deve ainda, apresentar cronograma de atuação no prazo de 60 dias.

Em caso de descumprimento de qualquer um dos prazos especificados foi estabelecido o pagamento de multa diária no valor de R$ 1 mil, cujo montante deve ser revertido para o Fundo Estadual de Proteção dos Direitos Difusos.

A ação foi formulada pelo promotor de justiça Luís Fernando Cabral Barreto Júnior. A sentença foi assinada pelo juiz Douglas de Melo Martins.

Braide anuncia três nomes para compor secretariado na Prefeitura de São Luís


O prefeito eleito de São Luís, Eduardo Braide (Podemos), anunciou na manhã desta sexta-feira, 18, três nomes quer irão compor seu secretariado, a partir de 1º de janeiro do ano que vem.

Até o momento, a única surpresa foi o nome da arquiteta Verônica Pires para a Secretaria Municipal de Projetos Especiais, pois a indicação cotada era a da ex-superintendente do IPHAN, Kátia Bogéa. Os demais nomes já eram esperados.

Veja o que disse o prefeito eleito nas redes sociais:

- A arquiteta e urbanista Verônica Pires vai assumir a Secretaria Municipal de Projetos Especiais;
- O economista Simão Cirineu será o secretário municipal de Planejamento; - Para a Secretaria Municipal de Fazenda, o titular será o economista José Azzolini.

Ministério Público aborta nova manobra política em Amarante do Maranhão

O Ministério Público do Maranhão recomendou que o prefeito de Amarante do Maranhão, Vanderly Gomes Miranda , exonere, imediatamente, nove pe...