sexta-feira, 20 de setembro de 2019

Maranhão deixa a desejar no Prêmio Congresso em Foco 2019


Pela votação do júri o Maranhão não teve nenhum deputado federal e nem Senador da bancada do estado sendo agraciado pelo Prêmio Congresso em Foco 2019. A solenidade de premiação da 12 ° edição aconteceu na noite da última quinta-feira, 19, em Brasília (DF).

Na categoria melhores deputados quem foi a vencedora foi a parlamentar  paulista, estreante e cientista política Tabata Amaral (PDT). Já na categoria melhores senadores a vencedora foi a professora e advogada Simone Tebet (MDB), representando o estado de Mato Grosso do Sul.

Somente pela votação popular aparecem os seguintes deputados maranhenses:

96º lugar, o deputado Márcio Jerry (PCdoB) com 475 votos
105° lugar, o deputado Aluísio Mendes (Podemos) com 430 votos
163° lugar, o deputado Bira do Pindaré (PSB) com 234 votos
220° lugar, o deputado Zé Carlos (PT) com 154 votos
261° lugar, o deputado Eduardo Braide (PMN) com 110 votos
272° lugar, o deputado João Marcelo Souza (MDB) com 100 votos
306° lugar, o deputado Cleber Verde (PRB) com 76 votos
320° lugar, o deputado Marreca Filho (Patriota) com 65 votos
322° lugar, o deputado Edilázio Junior (PSD) com 63 votos
344° lugar, o deputado Pedro Lucas Fernandes (PTB) com 46 votos
345° lugar, o deputado Pastor Gildenemyr (PL) com 45 votos
361° lugar, o deputado Gastão Vieira (Pros) com 37 votos
364° lugar, o deputado Hildo Rocha (MDB) com 36 votos
373° lugar, o deputado Juscelino Filho (DEM) com 30 votos
382° lugar, o deputado André Fufuca (PP) com 25 votos

Pela votação popular aparece apenas a senadora maranhense:

33° lugar, a senadora Eliziane Gama (Cidadania) com 1.029 votos

quinta-feira, 19 de setembro de 2019

Charge do Dia: Bolsonaro chegando na ONU


Delator do ex-ministro Lobão e Aécio Neves é encontrado morto


O ex-vice-presidente da Odebrecht, Henrique Valladares, foi encontrado morto na última terça-feira, 17, em sua residência no Rio de Janeiro. Em delação premiada, Valladares acusou o deputado federal Aécio Neves (PSDB-MG), o PSDB, o ex-ministro de Minas e Energia Edison Lobão, o jornalista Diego Mainardi, de O Antagonista, e o empresário Alexandre Accioly, dono das academias BodyTech, de terem recebido propina da empreiteira.

As informações são do colunista Lauro Jardim, do O Globo. As causas da morte não foram divulgadas. Valladares ocupou por vários anos a vice-presidência da empreiteira e era tido como um dos principais delatores da Lava Jato.

Astro permanece calado e só vai se pronunciar em juízo


O ex-presidente e atual vice-presidente da Câmara Municipal de São Luís, Astro de Ogum (PR), permanece calado, mesmo após ter ido à Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic), na última terça-feira, 17, para prestar depoimento à polícia.

Astro vem sendo acusado de crime de estupro de um adolescente mediante fraude. Segundo o delegado Odilardo Muniz, durante todo depoimento o parlamentar se deu o direito de permanecer calado e só deve responder em juízo.

"Em seu depoimento, ele se deu ao direito de ficar calado e só falar em juízo sobre o caso envolvendo o delito de estupro mediante fraude. Em nenhum momento, estamos falando aqui sobre violência ou pedofilia. O delito investigado aqui é o de estupro mediante fraude", afirmou o delegado.

Já os assessores do vereador, Raimundo Costa, o "Filho", e a trans Raíssa Martins Fonseca, continuam presos em Pedrinhas em provas técnicas de participação no esquema criminoso contra o menor.

João Alberto pode ser o candidato do grupo Sarney à Prefeitura de São Luís


Especulações de bastidores dão como certa a possibilidade do MDB da ex-governadora Roseana Sarney anunciar como eventual candidato à Prefeitura de São Luís, em 2020, o nome do ex-senador João Alberto Souza.

A proposta seria mostrar que o partido não está morto politicamente no Maranhão e que pode lançar uma candidatura própria na disputa pelo Executivo da capital maranhense, com a sucessão do prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT).

Até agora, João Alberto, que preside o MDB no estado, ainda não se manifestou sobre o assunto. Alguns acreditam que o ex-senador também pode vir a ser candidato a vereador em Bacabal, possibilidade menos remota.

quarta-feira, 18 de setembro de 2019

"Não houve fatiamento, mas rejeição geral do projeto", diz Weverton


O senador Weverton Rocha (PDT) afirmou que não houve fatiamento do texto aprovado na Câmara Federal que prevê o aumento do fundo eleitoral e abre brechas para a volta do Caixa 2 nas campanhas políticas, mas sim a rejeição geral do texto da matéria.

"Não se trata do fatiamento, mas da rejeição geral do texto. Mantivemos apenas o fundo eleitoral para garantir a eleição de 2020", declarou Weverton.

Segundo o parlamentar pedetista, na oportunidade os senadores ainda se comprometeram a votar na Comissão Mista de Orçamento a manutenção dos valores do fundo eleitoral.

"Isto é, o R$ 1,8 bilhão que foi usado para financiar a campanha do ano passado", ressaltou Weverton Rocha.

O projeto de lei que muda as regras do fundo partidário volta para a análise da Câmara, mas com um texto bem diferente do que foi aprovado pelos deputados no início deste mês.

terça-feira, 17 de setembro de 2019

Marcial nega convite de Braide para compor chapa a vice em 2020


O vereador Marcial Lima (PRTB) negou nesta terça-feira, 17, que tenha sido convidado pelo deputado federal Eduardo Braide (PMN) para compor eventual chapa a vice, na disputa para a Prefeitura de São Luís, nas eleições municipais de 2020.

Para Marcial, seu projeto político é buscar a renovação para mais um mandato de quatro anos na Câmara Municipal, no próximo pleito, e para isso tem trabalhado bastante, junto com seu grupo, para conquistar o apoio dos eleitores da capital maranhense.

Segundo o representante do Legislativo Municipal, o fato de ter seu nome lembrado nesse momento é sinal de que seu mandato estaria agradando a população de São Luís que acompanha suas ações parlamentares. 

"Fico feliz por isso", declarou o parlamentar.

Weverton é favorável a projeto que reduz transparência em campanhas


O senador maranhense Weverton Rocha (PDT) já se manifestou favorável à proposta que tramita no Senado da República e que muda drasticamente as regras da legislação eleitoral. O parlamentar é o relator do projeto que deve ser apreciado e votado nesta terça-feira, 17, na Casa.

Segundo especialistas, as novas regras anunciadas podem reduzir a transparência e dificultar a fiscalização de eventuais irregularidades em campanhas eleitorais, como é o caso da volta do Caixa 2.

O projeto muda a legislação eleitoral e é o primeiro item da pauta de votações do Senado desta semana. A grande maioria dos senadores, favoráveis à proposta, têm pressa na votação da matéria, o que possibilitaria que as novas regras possam valer já para as eleições municipais de 2020.

De acordo com o princípio da anualidade, quaisquer alterações nas normas eleitorais precisam ser sancionadas, pelo menos um ano antes do próximo pleito, por isso a pressa na votação do projeto.

Astro passa mal e novo depoimento à polícia será remarcado pela Seic


O ex-presidente e atual vice-presidente da Câmara Municipal de São Luís, Astro de Ogum (PR), acabou tendo um mal-estar na última segunda-feira, 16, e teve adiado seu depoimento ao delegado Armando Pacheco, da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic).

O vereador é acusado de crime de extorsão contra menor para obtenção de favores sexuais. Além de Astro, outros dois assessores de seu gabinete, Raimundo Costa, o "Filho", e a trans Raíssa Martins Mendonça, também são suspeitos de cometer o crime e desde a semana passada encontram-se presos no Complexo Penitenciário de Pedrinhas, na capital maranhense.

Na quinta-feira passada, 12, o ex-presidente da Câmara acabou sendo conduzido pela polícia à Seic depois de policiais terem encontrado uma arma de fogo em sua residência, no Olho d´Água. Por não comprovar a posse de arma, Astro foi detido, pagou fiança e horas depois foi liberado. Ele alegou que a arma pertencia à segurança particular de sua casa de praia.

Um novo depoimento do ex-presidente do Legislativo Municipal deve ser remarcado pelo delegado Armando Pacheco para que o parlamentar explique seu suposto envolvimento em crimes de abuso sexual.

segunda-feira, 16 de setembro de 2019

Braide anuncia emenda de R$ 300 mil para Camboa e Liberdade


O deputado federal Eduardo Braide (PMN) informou ao vereador de Sao Luís, Cézar Bombeiro (PSD), que já está garantida uma emenda parlamentar da ordem de R$ 300 mil para recuperação de valas e galerias dos bairros da Camboa e Liberdade.

O anúncio do deputado foi feito, na última sexta-feira, 13, durante a solenidade de inauguração da primeira biblioteca comunitária da Liberdade, intitulada Advogado Jão Damasceno Corrêa Moreira, de iniciativa do vereador do PSD.

Braide destacou que recebeu muitos pedidos de Cézar Bombeiro e que pessoalmente vistoriou com o vereador vários locais da área que realmente precisam de atenção. 

"O mais importante é que já garantimos os recursos. Eu, Cézar Bombeiro e todos os moradores das ruas que deverão receber os benefícios, seremos os grandes fiscais para que o poder público execute toda a obra, afirmou o deputado Braide.

Cézar Bombeiro destacou que a luta em busca de direitos da população quanto às valas e galerias, um pouco chegou a ser feito devido intervenção do Ministério Público Itinerante e o restante está ignorado, mesmo com os seus requerimentos e pedidos feitos no plenário da Câmara Municipal de São Luís.

Bombeiro destacou ainda que ele e o deputado federal se identificam através de compromissos e seriedade com a população. "Daí é que a nossa luta em defesa do bairro da Liberdade, vai muito mais além e garantimos que muita coisa boa vai acontecer nas nossas comunidades, não com promessas que nunca se concretizam, mas através de sonhos que se transformam em realidade", ressaltou o parlamentar do PSD.