Rádio Web Conexão

sábado, 29 de junho de 2019

Cezar Bombeiro entrega título ao professor José Ribamar Lima Silva


O vereador Cézar Bombeiro (PSD), autor do decreto legislativo para a concessão do Título de Cidadão de São Luís ao professor e pesquisador José Ribamar Lima Silva, na solenidade realizada na manhã da última sexta-feira, 28, no plenário Simão Estácio da Silveira da Câmara Municipal de São Luís, revelou que foi mais uma das importantes homenagens prestadas por ele, durante o período do seu mandato.

Depois de ler todo o currículo do homenageado, ele chegou a se emocionar e disse, que acredita na educação, em razão dela ser o maior instrumento de mudança.

"Para mim, ela tem um valor altamente positivo, quando os vencedores são pessoas que vieram da extrema pobreza e como negros romperam todas as barreiras e conquistaram os seus espaços dentro da sociedade. Mais significante é quando elas se sentem responsáveis pelas suas comunidades e querem se tornar não apenas formadores, mas multiplicadores para que muita gente chegue aos patamares por eles alcançados", disse o parlamentar.

As lágrimas não impediram Cezar Bombeiro de falar efetivamente da essência do coração, afinal de contas o homenageado José Ribamar Lima Silva, quando veio da cidade de Pinheiro, a sua família se instalou no bairro da Liberdade.

Estiveram presentes como convidados na composição da mesa do evento, o professor do IFMA, Stefan Dorner; Sálvio Fernandes de Melo, professor da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira – Unilab, Ceará e Bahia; Vânia de Lourdes Martins Ferreira, professora da UEMA, a freira Coema Barbosa Jucá, do Colégio Divina Pastora e a senhora Iracilda Lima Silva, mãe do homenageado professor José Ribamar Lima Silva.

A plateia bem expressiva contava com familiares do professor e um seleto número de professores, muitos dos quais das escolas em que José Ribamar Lima Silva, estudou e onde ensina atualmente, afinal de contas, todos se achavam homenageados com o título.

As manifestações dos componentes da mesa, retratando a sensibilidade, o compromisso, a lealdade e avidez de José Ribamar em ver as coisas acontecerem e a responsabilidade que carrega consigo em retribuir as suas conquistas descobrindo e oportunizando valores e potenciais nas comunidades em que exerce o sacerdócio do levar o conhecimento.

O professor José Ribamar Lima Silva, ao se dirigir aos presentes, justificou a emoção em ter escrito. Destacou que a  recebida, se estendia a todos os Ribamares e aos professores que exercem o compromisso fiel do ensino. Lembrou importantes lideranças do bairro da Liberdade, dentre as quais Leonardo, que dá o nome ao Boi de Leonardo.

Lembrou Maria Aragão, o jornalista Aldionor Salgado, o ex-governador Jackson Lago e Cézar Bombeiro, que foram inspirações para a sua luta e os debates que teve com todos.

A maior ovação recebida pelo homenageado ficou por conta, quando afirmou, que a formação moral e humanista dos seus pais foi de fundamental importância para todas as conquistas até hoje e as futuras que virão, salientou.

sexta-feira, 28 de junho de 2019

Roseana saiu à francesa no encontro entre Dino e Sarney


A ex-governadora Roseana Sarney (MDB) literalmente saiu à francesa ao avaliar a reunião, em Brasília, entre o governador do Maranhão Flávio Dino (PCdoB) e o ex-presidente da República, José Sarney (MDB).

Sarney é o maior político que o Maranhão já teve e até hoje uma das maiores expressões do nosso país. Portanto, ele não poderia jamais deixar de atender a um pedido de visita do governador do seu estado.

Sem tecer maiores comentários, Roseana preferiu ser breve em sua análise, que acabou repercutindo entre aliados e não aliados do governador comunista, que agora veste o manto de "Paz e Amor".

quinta-feira, 27 de junho de 2019

O mais novo advogado do Maranhão


Este blog abre um espaço em sua pauta jornalística para parabenizar o amigo radialista Airton Alves de Lima, que em recente solenidade, na sede da Ordem dos Advogados do Brasil, seccional do Maranhão (OAB-MA), foi consagrado o mais novo bacharel em Direito do estado.

Airton Lima é uma figura bastante conhecida nos meios de Comunicação, tendo passado pela Rádio Timbira AM (1290 Khz) e participado do projeto de rádio popular da Rua Grande, Centro de São Luís.

Atualmente, já começa a dar os primeiros passos nos meios advocatícios, sempre em prol de causas sociais.

Parabéns mestre! 

Flávio Dino foi tomar bênção ao ex-presidente Sarney em Brasília


Deixando as divergências políticas de lado e pregando paz e amor, não é que o comunista governador do Maranhão, Flávio Dino, foi tomar bênção ao ex-presidente José Sarney (MDB).

A estratégia dinista é se aproximar do clã Sarney e evitar problemas futuros que podem ofuscar a sua pretensão pessoal de chegar à Presidência da República, em 2022, semelhante a seu ex-adversário do MDB que presidiu a Nação brasileira, no período de 21 de abril de 1985 a 15 de março de 1990.

Alguns aliados do governador do PCdoB veem com certa cautela esse aprochego com um ex-desafeto político e a quem Flávio Dino derrotou um clã que deteve os poderes políticos no Maranhão nos últimos 50 anos.

No entanto, em seu projeto político nacional, Dino preferiu deixar as divergências partidárias em segundo plano e se reuniu com o ex-presidente José Sarney, na última quarta-feira, 26, em Brasília (DF).

“Hoje conversei com o ex-presidente José Sarney sobre quadro nacional. Apresentei a ele a minha avaliação de que a democracia brasileira corre perigo, em face dos graves fatos que estamos assistindo. Já estive com os ex-presidentes Lula e Fernando Henrique, com a mesma preocupação”, publicou o governador, em sua página nas redes sociais.

Roseana Sarney à espera de Flávio Dino em 2022


E não é que a ex-governadora Roseana Sarney (MDB) botou a cara na janela. Em sua nova aparição midiática, após um período sabático da política maranhense, ela já foi logo avisando que voltará à cena, muito provavelmente nas eleições gerais de 2022.

Muitos irão se perguntar: mas a que cargo eletivo a nobre "guerreira" pretende disputar no próximo pleito?

Roseana dá demonstrações de que pretende aguardar a movimentação no tabuleiro do governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB).

Mas por quê?

Por que a ex-governadora quer saber se Dino vai mesmo ser candidato à Presidência da República ou a uma vaga que será aberta no Senado Federal.

Enquanto isso, Roseana só avisa que pode concorrer a deputada federal ou ao Senado.

Façam suas apostas!

terça-feira, 25 de junho de 2019

ONG promove gincana para arrecadar alimentos para famílias carentes em SL


Voluntários da ONG maranhense Solidariedade e Paz estão promovendo uma gincana para arrecadar alimentos, brinquedos e latas de leite para instituições carentes de São Luís e periferias.

A 3º Gincana dos Voluntários da ONG Solidariedade e Paz iniciou no mês de maio e segue até setembro, com ações que estimulem a reflexão sobre solidariedade, sensibilizando de forma prática e dinâmica todo o grupo de voluntários na ajuda ao próximo.

Com provas surpresas, provas de arrecadação e vendas de rifas, a ONG pretende também arrecadar fundos para construção de uma sede, a fim de ampliar o atendimento às famílias carentes, oferecendo serviços de saúde básica, prestados por voluntários da organização, devidamente cadastrados, entre eles, fisioterapeutas, clínicos geral, terapeutas ocupacionais e psicólogos, além de cursos profissionalizantes, de inglês e reforço escolar.

“Em virtude do poder do voluntariado e da solidariedade, acreditamos fortemente que os objetivos e as metas traçadas serão alcançados, trazendo mais esperança e dignidade à população maranhense, com serviços oferecidos pela Casa da Solidariedade, depois de construída”, afirmou Axel Jhone, presidente da ONG, que atualmente reúne a coordenação da instituição em sua própria casa para organizar as ações.

SOLIDARIEDADE – A meta da 3º Gincana dos Voluntários da ONG Solidariedade e Paz para 2019 é arrecadar 10 toneladas de alimentos, 650 brinquedos e 300 latas de leite, além de fundos financeiros para a construção da sede. 

A ONG Solidariedade e Paz é uma instituição que atua há mais de cinco anos em São Luís e em outras cidades do Maranhão, em diversas causas sociais, como apoio a crianças, comunidades carentes, hospital de câncer, idosos, dentre outros públicos diversos, tendo beneficiado mais de 30 mil pessoas no período.

CONTATOS- Quem tiver interesse em contribuir com a ONG basta entrar em contato com pelos telefones: (98) 98831-3061/ 98888-1338. Pelas redes sociais: @ongsolidariedadeepaz (Instragram), Associação Solidariedade e Paz (Facebook) e pelo site www.solidariedadeepaz.com.br .

DADOS BANCÁRIOS

Banco do Brasil
Agência 57843
Conta 102660
CNPJ 30.324.159/0001-22 

Ceuma deve cerca de R$ 400 milhões à Prefeitura e tem prédios penhorados


Enquanto o micro, o pequeno empresário e o cidadão comum se desdobram para pagar seus impostos em dia, não é que a Universidade Ceuma do Maranhão deve, nada mais, nada menos que a estratosférica quantia de R$ 400 milhões em tributos ao município de São Luís e ainda briga na Justiça para não pagar o débito.

Por conta desse montante uma guerra judiciária vem sendo travada entre a Prefeitura da capital, por meio da Secretaria Municipal de Fazenda (Semfaz) e a própria direção patrimonial do Uniceuma.

Segundo reportagem do Jornal Pequeno, da edição desta terça-feira, 25, a Justiça já determinou a penhora de dois prédios da instituição de ensino para pagar dívidas do Imposto Sobre Serviço (ISS). Foi determinada também a penhora dos prédios do Renascença e da Cohama.

Os processos iniciaram em 2005 e atual gestão municipal insistiu e conseguiu a condenação este ano para que a instituição pague o que deve à cidade. Alguns processos não tinham movimentações desde 2013. O débito já em execução é de R$ 6.325.666,26.

Com a sonegação tributária a instituição de ensino superior Uniceuma comete crime contra o Código Tributário Nacional e o Código Tributário Municipal, o enriquecimento ilícito de seus proprietários por meio de uma concorrência desleal, já que as outras faculdades pagam seus tributos e os donos do Ceuma colocam no bolso.

A fórmula de sonegação do Uniceuma se dava pela não emissão de notas fiscais. Quando o estudante pede a nota fiscal porque precisa comprovar a matrícula e a frequência, a instituição gera a nota e é obrigado a pagar o ISS. Mas é um valor ínfimo, já que para todos os demais não é gerada a nota fiscal.

O caso já havia sido denunciado pelo secretário municipal de Fazenda, Delcio Rodrigues, em audiência pública na Câmara de São Luís, ano passado.

segunda-feira, 24 de junho de 2019

Depois de ficar tonto, Moro pede desculpas ao MBL


Diante dos inúmeros diálogos "promíscuos" vazados da Lava Jato e divulgados pelo site The Intercept Brasil, eis que o ministro Sergio Moro (Justiça e Segurança Pública) acabou ficando tão tonto que até acabou pedindo desculpas ao Movimento Brasil Livre (MBL) por tê-los chamados de "tontos" em um novo trecho de mensagens trocadas entre ele (ex-juiz federal) e o procurador Deltan Dallagnol.

Moro teria chamado líderes do MBL de tontos, após manifestantes terem feito protesto em frente ao prédio do saudoso ministro Teori Zavascki, no dia 23 de março de 2016, na época relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF). 

Ainda que insista na tese de não saber se as mensagens trocadas são verdadeiras, o atual ministro do governo Bolsonaro procurou amenizar o tom ácido de outrora e afirmou que sempre foi grato ao MBL pelo apoio à Lava Jato.

"Se de fato usei o termo, peço escusas, mas saibam que têm todo o meu respeito e sempre terão".

Pegou mal!

Yglésio quer "puxar o tapete" do presidente da Câmara


O deputado estadual Yglésio Moisés (PDT) já se assanha e até revela na mídia que estaria disposto a disputar a Prefeitura de São Luís, em 2020, numa clara tentativa de "puxar o tapete" do presidente da Câmara Municipal, Osmar Filho, que hoje tem o apoio irrestrito do senador Weverton Rocha para concorrer à sucessão na capital maranhense pelo PDT.

Apesar disso, Yglésio avalia a possibilidade de deixar as hostes pedetistas, caso não consiga viabilizar seu projeto pessoal em disputar a Prefeitura de São Luís.

É bom ficar em estado de alerta!

domingo, 23 de junho de 2019

Por que somente Eliziane deve participar do Prêmio Congresso em Foco?


Dando uma olhada no site Congresso em Foco, pude observar que apenas o nome da senadora Eliziane Gama (Cidadania) aparece como a única representante parlamentar do Maranhão apta a participar do Prêmio Congresso em Foco 2019. Ficam de fora os senadores Roberto Rocha (PSDB) e Weverton Rocha (PDT).

É que desde a segunda-feira passada, 17, está no ar a lista dos congressistas aptos a disputar a premiação. São congressistas que não respondem a acusações criminais e que exerceram o mandato por ao menos 60 dias na atual legislatura.

Conforme o regulamento, somente aqueles que preenchem esses dois requisitos poderão concorrer nas categorias gerais (“Melhores Deputados” e “Melhores Senadores”) da premiação mais importante da política brasileira (veja a lista mais abaixo).

Uma lista preliminar esteve sob consulta entre os dias 27 de maio e 10 de junho para eventuais contestações dos parlamentares que não constavam da relação. Ou seja, aqueles que são alvos de investigação, de acordo com levantamento feito pelo Congresso em Foco.

Na categoria deputados federais o Maranhão aparece com os seguintes legisladores aptos:


MARANHÃO
Aluisio MendesPodemos
André FufucaPP
Bira do PindaréPSB
Cleber VerdePRB
Edilázio JúniorPSD
Eduardo BraidePMN
Gastão VieiraPros
Hildo RochaMDB
João Marcelo SouzaMDB
Juscelino FilhoDEM
Márcio JerryPCdoB
Marreca FilhoPatriota
Pastor GildenemyrPMN
Pedro Lucas FernandesPTB
Zé CarlosPT

terça-feira, 18 de junho de 2019

18 de junho: dia do Orgulho Autista


Por Poliana Gatinho
Mãe de um menino Autista

"Uma data simbólica e pra mim é mais um daqueles dias de falar de amor, porque acredito que no mundo com tantas coisas negativas acontecendo o tempo todo, só o amor é capaz de construir pontes, compreensão e romper com toda e qualquer expressão de preconceito.

Quando eu decidi expor o Transtorno de Expectro Autista (TEA) do meu filho foi porque entendi que Deus me deu uma missão e eu não poderia dizer a ele que não dou conta.

Falar do autismo ajuda a diminuir o preconceito, até porque é unânime as pessoas olharem João e dizerem a frase: mas nem parece...

As pessoas quando falam isso, acham que me agradam, mas é o contrário, me bate uma tristeza porque sinto que o mundo ainda vai demorar muto a entender o autismo. É uma missão árdua, mas todos os dias eu me divido entre terapias e minha rotina com João é a conscientização.

Converso sobre o assunto em qualquer lugar que eu chegue quando ele é abordado e isso me faz grande, me faz útil e me dá forças para todas as minhas caminhadas.

Eu tenho orgulho do meu filho, de nossas lutas, de quando estamos cansados ele e eu, mesmo assim sempre com o sorriso no rosto e um amor, mas um amor tão grande que não cabe aqui e em lugar algum. Amo meu filho e tenho orgulho e gratidão imensas de ser mãe, independente de sua condição.

O mundo precisa desse amor pra entender que somos todos diferentes, mas com direitos iguais de receber respeito, compreensão e humildade.

#maisamorporfavor
#meufilhomeuorgulho
#xôpreconceito
#sóoamorconstrói

Liderança comunitária diz que concurso de Paço do Lumiar é uma vergonha


Lideranças comunitárias e moradores de Paço do Lumiar voltaram a criticar a confusão moral que se tornou a realização do concurso público do município, para provimento de cargos diversos na esfera administrativa da Prefeitura, que hoje é comandada pelo prefeito Domingos Dutra (PCdoB).

Segundo Américo do Paço (foto), o concurso pode ser considerado uma "verdadeira vergonha". 

Veja abaixo a íntegra do que disse uma das lideranças comunitárias, indignada nas redes sociais: 

"Meus amigos e minhas amigas de Paço do Lumiar. Infelizmente, o que tenho a dizer a vocês é que esse concurso foi o mais vergonhoso que eu já vi acontecer dentro do município de Paço do Lumiar. É uma verdadeira vergonha. Mais uma vez passaram as pessoas- os candidatos, os verdadeiros candidatos, os concurseiros, pessoas que estudaram para fazer o concurso,- pra trás. Deram uma rasteirada em muita, muita, muita gente. E digo mais, precisamos de uma investigação aprofundada. A Câmara de Vereadores de Paço do Lumiar deve, deve se manifestar, é dever de se manifestarem sobre esse concurso. Não pode! Eu só vou adiantar uma coisa garantidamente. Tem cinco vereadores que não têm nenhum envolvimento com o resultado desse concurso. Eu não sou baú para guardar segredo. Eu não sou baú para guardar segredo. Américo de paço do Lumiar pra o mundo....".

Convocação de secretário é vetada pela Câmara de São Luís


O líder do PSDB na Câmara de São Luís, vereador Estevão Aragão, apresentou solicitação à Mesa Diretora da Casa para que o secretário municipal de Cultura, Marlon Botão (foto), fosse convocado a prestar esclarecimentos sobre supostas irregularidades administrativas na pasta e o descaso com brincadeiras juninas.

A matéria chegou a entrar na pauta desta terça-feira, 18, no plenário, tendo o líder do governo municipal, Pavão Filho (PDT), pedido que o termo "convocação" fosse trocado por "convite" ao secretário.

A alteração foi negada por Estevão Aragão. Segundo ele, Marlon Botão já foi convidado a prestar esclarecimentos ao Legislativo pela vereadora Bárbara Soeiro (PSC). "No entanto, ele não compareceu a esta Casa e nem mandou representante. Portanto, ele não quer vir", ressaltou.

Apesar das justificativas do autor da proposição, a convocação foi derrubada pela maioria dos vereadores presentes.

segunda-feira, 17 de junho de 2019

Vereador do PDT recorrerá ao STF para garantir os 30 minutos em estacionamentos privados em São Luís


O líder do governo municipal na Câmara de São Luís, vereador Pavão (PDT), disse nesta segunda-feira, 17, com exclusividade ao Programa Câmara em Destaque (Rádio Educadora AM-560Khz) que entrará com um recurso no Supremo Tribunal Federal (STF) contra a decisão monocrática do ministro Ricardo Lewandowiski que suspendeu a gratuidade de 30 minutos em estacionamentos privados de São Luís.

Pavão é o autor da Lei n° 6.113/2016, que garante a gratuidade, e  entende ter havido um enorme retrocesso nessa decisão monocrática do ministro do Supremo. Para o parlamentar, a meta final de um Shopping Center, que terceiriza um serviço e cobra pelo estacionamento privado, não é essa, mas sim garantir lucros em em outras ambientações.


O entendimento do ministro Lewandowiski foi publicada na sexta-feira passada, 14, no Diário Eletrônico do STF.

O pedido foi realizado pela Associação Brasileira de Shopping Centers (ABRASCE), que queria a suspensão de uma decisão do Tribunal de Justiça do Maranhão que julgou improcedente uma ação de inconstitucionalidade da Associação Brasileira de Shoppings Centers (ABRASCE) em relação ao benefício.Dentre as justificativas levantadas por Lewandowski, o ministro questiona a legitimidade do Município em atuar na questão.

Em meio às justificativas levantadas por Lewandowski, o ministro questiona a legitimidade do Município em atuar na questão.

“A jurisprudência do Supremo Tribunal Federal entende que a exploração econômica de estacionamentos privados refere-se a Direito Civil, sendo assim uma matéria de competência legislativa da União”, diz o ministro na decisão.

sábado, 15 de junho de 2019

Não é natural ou banal um juiz perguntar a um promotor se “não é muito tempo sem operação?”, algo que não se refere à magistratura


Por Nasser Ahmad Allan
Carta Capital

Na noite do último domingo uma cena do filme Boleiros (1998), do cineasta Ugo Giorgetti, me veio à mente. Nela, Virgílio, um árbitro de futebol interpretado pelo ator Otávio Augusto, foi subornado para garantir a vitória do time visitante sobre o moleque travesso na Moóca. 

Ele, árbitro maroto, administrou a partida num sonolento empate até que no final do jogo marcou um pênalti escandalosamente inexistente. Apesar das reclamações dos injustiçados, a bola inapelavelmente repousou na marca da cal, como descreveram os locutores das rádios.

Coringa se apresentou para cobrança. Correu, chutou e o goleiro defendeu. Um detalhe fora do script, mas, ainda, controlável. O árbitro determinou o retorno da cobrança: “o goleiro se mexeu antes”. Então, a bola voltou às mãos do atleta que desperdiçou novamente a penalidade, em mais uma defesa do arqueiro. Partícipe da máxima de que combinado é combinado, Virgílio anulou mais uma vez a jogada sob o mesmo pretexto. 

Desta vez, a fim de evitar novos contratempos, o árbitro se dirigiu ao incompetente jogador e lhe sentenciou: “some daqui; bate outro”. E assim sucedeu. As redes ainda balançavam quando Virgílio assoprou o apito, encerrando o jogo, com a vitória dos visitantes.

O retrato da cena transcende as linhas do campo de jogo. Ele nos permite enxergar o comportamento inadequado e desprezível de alguém que – apesar de ser obrigado a agir com isenção e imparcialidade nas decisões atinentes ao exercício de sua função – traiu a confiança nele depositada, comprometendo o resultado da partida e o espírito do esporte.

Com as cautelas necessárias, recordar desta cena do filme após tomar conhecimento do teor de parte dos diálogos mantidos pelo, então, juiz Sérgio Moro e o procurador da república, Deltan Dallagnol, parece-me bastante adequado.

Embora causem constrangimento e indignação a qualquer pessoa com formação jurídica e com atividade profissional relacionada ao direito, tais mensagens não surpreenderam a muitos de nós, que já apontávamos para a suspeição daquele juiz para instruir e julgar as ações penais envolvendo o ex-presidente Lula.

quinta-feira, 13 de junho de 2019

Por que a Feirinha São Luís sumiu dos holofotes da mídia?


Sempre que encontro pessoas que acompanham nosso trabalho, tanto na Rádio Educadora AM (560Khz) quanto neste humilde blog, elas me questionam sobre o iminente e surpreendente sumiço da mídia das atrações da Feirinha São Luís, que acontece aos domingos, na praça Benedito Leite, no centro histórico da capital maranhense.

Como resposta, adianto aos amigos e simpatizantes que realmente "não sei". 

Mas como jornalista e sempre com a pulga atrás da orelha, percebo que a Feirinha São Luís deixou de estar na mídia, depois que o nobre vereador Marcial Lima (PRTB) denunciou no plenário da Câmara Municipal que os cachês de artistas e brincadeiras que se apresentam no local estariam sendo pagos com verbas do Fundo Municipal de Iluminação Pública (Fumip), oriundo dos valores da Contribuição de Iluminação Púbica (CIP), pagos pelo cidadãos- mensalmente- na conta de energia elétrica.

Percebo que a denúncia do nobre parlamentar caíram como uma bomba nas hostes da Prefeitura de São Luís e da Secretaria de Produção e Abastecimento, cujo titular é o vereador-licenciado Ivaldo Rodrigues (PDT).

As coisas pioraram bastante depois que Marcial Lima disse, em alto e bom tom, que levaria a denúncia formal ao conhecimento do Ministério Público Estadual (MPE), já que o dinheiro obtido pelo Fumip só pode ser utilizado na melhoria dos serviços de iluminação pública da cidade e não para pagar cachês artísticos. 

Com a palavra o comitê gestor da Feirinha São Luís!

quarta-feira, 12 de junho de 2019

"A democracia brasileira foi manipulada", diz senador do PDT


O senador Weverton Rocha (PDT) usou as redes sociais para repercutir o grau de apreensão com relação às conversas espúrias divulgadas pelo site The Intercept Brazil entre o ex-juiz federal Sergio Moro e o procurador Deltan Dallagnol.

Para o parlamentar maranhense, é "grave a confirmação de que a democracia brasileira foi manipulada".

No Twitter Weverton declara:

"Muito grave a confirmação de que a democracia brasileira foi manipulada por um grupo de juízes e procuradores da República, que usaram seus cargos e o processo judicial para interferir nas eleições e garantir o resultado que eles desejavam".

Vereador cobra ação do Procon em estacionamentos privados


O Projeto de Lei 057/2016, de autoria do saudoso vereador Edmilson Jansen, aprovado pela Câmara Municipal de São Luís, deu origem à Lei Promulgada 461 de 24 de Março de 2017. Ela dispõe sobre o direito dos consumidores na utilização de estacionamentos dos shoppings centers, supermercados, hospitais e clínicas do Município de São Luís.

Pela Lei, o seu Parágrafo Único destaca que o consumidor que apresentar comprovante de pagamento de produtos ou serviços terá isenção de cobrança nos seguintes serviços:

Consumidores que apresentarem comprovante de pagamento de produtos e/ou serviços dos referidos estabelecimentos, ficarão isentos de cobrança com tolerância de 3 horas. A Lei destaca importantes estabelecimentos como shoppings. supermercados, hospitais e clinicas, registrando punições para os infratores, inclusive sobre a concessão de alvará de funcionamento.

Diante de uma lei da maior importância, o vereador Cézar Bombeiro (PSD), decidiu dar ciência dela ao Procon, Ministério Público e Defensoria Pública, solicitando a aplicabilidade de uma lei com apenas um pouco mais de dois anos aprovada. Solicitou audiência com dirigentes das instituições, recebendo apenas a receptividade da Defensoria Pública. O vereador vai reiterar com o envio de cópia da Lei, audiência com o Procon e o Ministério Público.

Cézar Bombeiro vai realizar uma audiência pública para tratar da questão, quanto fazer a lei valer e posteriormente deve recorrer à justiça. Lamentável sob todos os aspectos é a dificuldade que se tem para fazer valer a lei e assim se acabar com a vergonhosa exploração que se pratica contra a população, afirmou o vereador.

terça-feira, 11 de junho de 2019

Secretário diz que irá processar blogueiro da Mirante por calúnia


O secretário de estado de Segurança Pública, Jefferson Portela (foto), usou na tarde desta terça-feira, 11, o espaço do programa Abrindo o Verbo, comandado pelo radialista Geraldo Castro, da Rádio Mirante AM 600 Khz, onde anunciou que vai processar o blogueiro Jorge Aragão por comentários jocosos contra sua pessoa, na qualidade de servidor público.

"O homem de bem tem que se defender de ações malignas que estão acontecendo no Maranhão", declarou.

As declarações em pleno ar na emissora do Grupo Sarney vão contra o jornalista e radialista Jorge Aragão que em seu blog fez uma correlação da situação atual vivenciada pelo ex-juiz federal e atual ministro da Justiça, Sergio Moro, e o secretário de Segurança do Maranhão, Jefferson Portela.

Em seu blog, Jorge Aragão alega que: "....Situação de uso da estrutura pública para fins políticos aconteceu também no Maranhão. Pelo menos, é o que acusam dois delegados da Polícia Civil (Tiago Bardal e Ney Anderson). O secretário de Segurança Jefferson Portela foi apontado como mandante de espionagem contra desembargadores e políticos adversários do governo, ou seja, “instrumentalizou a polícia estadual para fins eleitorais e partidários”, conforme as acusações. Jefferson nega.

Mas os deputados estaduais deveriam ter permitido a convocação do gestor para esclarecer as acusações na Assembleia Legislativa, como chegou a ser proposta. Aliás, são acusações gravíssimas.

Mas Jefferson Portela foi blindado por parlamentares.

Agora, diante de mais acusações graves, mas não aqui e sim em Brasília, deputados maranhenses pedem explicações, exonerações, investigações. Sem o dever de casa, fica feio cobrar".



Por ter o comunicador Geraldo Castro lido, na íntegra, a postagem do blog do Jorge Aragão, em seu programa de rádio, na segunda-feira, 10, o secretário exerceu o direito de resposta, garantido pela Lei de Imprensa e pela Constituição.

Jorge Aragão disse que não quis fazer comparações entre o ministro Moro e o secretário Jefferson Portela. "A minha crítica foi sobre a incoerência do governador Flávio Dino no caso", frisou o jornalista.

Dino, Jerry e a oposição na trincheira contra o "Super Moro"


Enquanto o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), vai buscando alçar os holofotes da mídia nacional com o pedido de afastamento do ex-juiz federal e atual ministro Sergio Moro (Justiça e Segurança Pública), o deputado Márcio Jerry (PCdoB) quer explicações de Moro na Câmara Federal.

A dupla dinâmica comunista maranhense dá mostra que não irá descansar enquanto não ver o desmoralizado "Super Moro" fora do Ministério, cargo que foi entregue de bandeja como brinde pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL), após a condenação e prisão do ex-presidente Lula.

Além do PCdoB de Dino, outros quatro partidos de oposição como PSB, PDT, PT e PSOL devem obstruir votações no Congresso Nacional até que hajam medidas urgentes contra a operação Lava Jato e o ministro da Justiça.

segunda-feira, 10 de junho de 2019

Governador do Maranhão diz que Moro não tem mais moral para ficar no cargo


Ganhou grande repercussão a série de mensagens divulgadas pelo site The Intercept que mostram as orientações dadas pelo ex-juiz federal Sergio Moro ao procurador Deltan Dallagnol, autor da denúncia que levou à condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), no caso do tríplex do Guarujá.

Segundo o site, os diálogos no aplicativo Telegram foram obtidos por um hacker que compartilhou o material anonimamente. Entre trechos divulgados está a indicação, por parte de Moro, de uma pessoa "aparentemente disposta" a falar sobre imóveis relacionados ao ex-presidente Lula.

As mensagens também mostram que o então juiz da 13ª Vara Federal de Curitiba, onde correm os processo da Lava Jato, chegou a queixar-se de recursos que poderiam atrasar a execução de pena de um acusado e fez sugestões no cronograma de fases da operação.

Moro e Dallagnol ainda trocaram mensagens sobre a divulgação, pelo então juiz federal, de conversas telefônicas interceptadas entre Lula e Dilma Rousseff quando a ex-presidente decidiu indicar o líder petista para chefiar a Casa Civil, em um dos últimos atos para tentar salvar seu governo, em março de 2016.

Flávio Dino- Nas redes sociais o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), declarou que o ministro Sergio Moro deve se afastar ou ser afastado do Ministério da Justiça.

"Quem instrumentalizou a Justiça Federal para fins eleitorais e partidários, pode tentar fazer o mesmo com a Polícia Federal, agora sob seu comando direto", alertou o governador.

quinta-feira, 6 de junho de 2019

Ministério Público pode anular concurso de Paço do Lumiar

Rascunho com supostos nomes de pessoas que deveriam ser beneficiadas no certame de Paço do Lumiar
A chapa deve esquentar ainda mais em Paço do Lumiar, depois da suspeita de fraude no concurso público, realizado pela Prefeitura do município, que fica situado na região metropolitana da Ilha de São Luís.

A suposta fraude no certame pode levar muita gente para a cadeia, tendo o Ministério Público Estadual (MPE) apurado denúncias diversas que comprovariam a falta idoneidade na promoção do concurso.


As investigação do órgão não visam apenas a promoção das provas, mas também o próprio Instituto Machado de Assis, suspeito de manter ligações espúrias com pessoas ligadas a políticos da região.

Para o Ministério Público, há suspeitas de elo entre os "recém-aprovados" e grupos políticos do município que exercem certa influência na cidade. 

O vereador Puluca usou a tribuna da Câmara Municipal de Paço do Lumiar para pedir celeridade nas investigações do caso.

Rogério dos Calçados pode ser pré-candidato a vereador em Santo Antônio dos Lopes


O jovem representante comercial Rogério Gonçalves (foto), mais conhecido por "Rogério dos Calçados" é um dos novos nomes cogitado para concorrer a uma vaga de vereador no município de Santo Antônio dos Lopes, distante 299 Km de São Luís, nas eleições de 2020.

Rogério é vendedor de calçados e há anos é morador da cidade maranhense e conhece de perto os anseios da população tanto da zona rural quanto da zona urbana.

O virtual pré-candidato destaca ter uma preocupação especial com o povo da zona rural, os quais ele mais interage, vendo de perto as necessidades de um povo batalhador.

Apesar de não ter histórico político, Rogério destaca que o mais importante é ter total confiança em Deus e ressalta como exemplo a vida de Jó.

"Jó nunca viu a razão do seu sofrimento, ele viu Deus e isto bastou", frisou.

quarta-feira, 5 de junho de 2019

Fred Campos envolvido em suspeita de fraude em concurso público


O Ministério Público do Maranhão através, da 1ª Promotoria de Justiça de Paço do Lumiar, começou a avançar nas investigações de denúncias feitas em relação aos concursos dos Municípios de Raposa e Paço do Lumiar, na região Metropolitana de São Luís.

Nesses dois certames, por incrível que pareça, segundo fontes, a investigação não visa os gestores municipais, mas o próprio Instituto Machado de Assis, e pessoas envolvidas ligadas às lideranças políticas que têm influência no município de Raposa e pretensões políticas em Paço do Lumiar. 

A denúncia ao Ministério Público foi feita por candidatos que participaram do certame, entre os documentos entregues ao MP, há uma relação dos nomes dos possíveis candidatos classificados e aprovados, de forma suspeita e irregular, que indiciam possível fraude via acordo político.

Nota-se, inclusive, que foram constatados através de ligações (fotos, registros TSE, relações, parentesco etc.) centenas de lideranças e o mais intrigante: cidadãos próximo a esses políticos passaram nesses concursos. Ou seja, há um elo entres os "aprovados" e um grupo político que tem pretensões políticas em Paço do Lumiar.

Com a suspeita de fraude no concurso, o vereador Apolinario dos Santos Paiva Neto (PV), mas conhecido como “Puluca” também questionou o resultado do concurso. Se a fraude for confirmada, milhares de pessoas terão sido prejudicadas. Apenas o concurso de Paço do Lumiar teve mais de 60 mil candidatos.

Por enquanto, a denúncia não chegou oficialmente a Câmara de Vereadores de Paço do Lumiar, mas de acordo com informações o presidente da casa espera que a investigação seja rápida e completa para poder discutir o assunto em plenário.

O blog do Rilton Silva teve acesso aos documentos protocolados no Ministério Público, onde as denúncias apontam o suposto envolvimento do pré-candidato a prefeito em Paço do Lumiar, Fred Campos (PRB) nas possíveis irregularidades. Em contato via WhatsAppp, Campos ficou de se manifestar a respeito das denúncias que envolve seu nome.

Para não prejudicar as investigações que estão em andamento na 1ª Promotoria de Justiça de Paço do Lumiar, o blog absteve de publicar os demais documentos.

Bombeiro diz que há corporativismo da base aliada do prefeito Edivaldo

Vereador Cézar Bombeiro quer a convocação do secretário Antonio Araújo na Câmara de São Luís
A bancada da Câmara Municipal que é orientada pelo Palácio Laravardiere, mostrou mais uma vez a sua fidelidade ao prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior (PDT) e ao seu secretariado.

Ao ser colocado em pauta na sessão da última segunda-feira, 4, requerimento do vereador Cézar Bombeiro (PSD) convocando o Secretário de Obras do Município, Antonio Araújo, para prestar esclarecimento sobre a buraqueira em toda cidade, as galerias e valas e mais precisamente o problema sério causador de enchentes que está na vasão e as autorizações para obras em diversos pontos da cidade que alteram o escoamento das águas de chuva e responde com desabrigo de milhares de famílias e prejuízos incalculáveis de comerciantes, o ato foi rebatido pela maioria dos vereadores sem maiores justificativas.

Cézar Bombeiro lembrou que inúmeros vereadores, no ano passado aprovaram a convocação de Antonio Araújo, que simplesmente ignorou o comunicado da Câmara Municipal feito por meio da Mesa Diretora anterior, que simplesmente foi desmoralizada pelo titular da Semosp. "Embora eles tentassem justificar problemas que inviabilizaram a presença do secretário na Câmara Municipal, a verdade é que ele afirmou que não iria e realmente não compareceu, muito embora a convocação tenha sido aprovada com a participação de vereadores da base do prefeito", declarou.

Segundo o parlamentar, neste novo pedido vereadores da base foram orientados a prestar a atenção e serem contrários. O líder do governo, vereador Pavão Filho (PDT), pediu ao vereador Cézar Bombeiro, que trocasse a convocação por convite, o que não houve concordância. 

Bombeiro lamentou a atitude da maioria dos vereadores e disse que embora todos os vereadores saibam da realidade, insistem em negar os sérios problemas enfrentados pela população em quase todas as comunidades de São Luís. 

"Felizmente, são poucos os vereadores nesta Casa que têm realmente compromisso com os interesses coletivos e que procuram exercer os seus mandatos comprometidos com a população de São Luís", afirmou Cézar Bombeiro.

terça-feira, 4 de junho de 2019

Marcial Lima diz que empresários de ônibus não cumprem acordos


O vereador Marcial Lima (PRTB) lamentou e voltou a criticar a postura do Sindicato dos Rodoviários do Maranhão em tentar desqualificar as denúncias de que haverá demissão em massa de cobradores e cobradoras de ônibus no sistema de transporte público de São Luís.

"O pior é que os empresários do setor não cumprem acordos firmados e ainda pregam o terror, colocando no olho da rua quem se rebela contra eles. Nós podemos perder 700 postos de trabalhos e quem vai perder é a população", enfatizou o parlamentar.

Marcial Lima disse que entrará com uma ação coletiva na Justiça para barrar as demissões no setor de transporte da capital. 

"Enquanto isso, o Sindicato dos Rodoviários diz que estamos utilizando artimanhas políticas sobre o assunto. A Câmara Municipal não pode se omitir diante de um problema que observamos todos os dias. Temos que tomar uma posição digna e justa. Cobrem dos sindicalistas uma posição, pois é papel do sindicato defender esses trabalhadores", enfatizou.

Ministério Público aborta nova manobra política em Amarante do Maranhão

O Ministério Público do Maranhão recomendou que o prefeito de Amarante do Maranhão, Vanderly Gomes Miranda , exonere, imediatamente, nove pe...