Banner da Prefeitura de São Luís

Banner da Prefeitura de São Luís

terça-feira, 11 de agosto de 2015

O recado da presidente Dilma no Maranhão às aves agorentas


O recado da presidenta Dilma Rousseff (PT) em solo maranhense ecoou nos quatro cantos do Brasil como um petardo direcionado aos adversários políticos que insistem em criar um clima de quanto pior melhor para sangrar o governo do PT, eleito de forma legítima e democrática pelo povo brasileiro, nas eleições de outubro de 2014.

Em seu discurso, ao entregar mais de 3 mil casas do programa habitacional Minha Casa, Minha Vida, a presidenta disse que repudia, de forma sistemática, o "vale-tudo" contra qualquer governo, seja ele federal, estadual ou municipal. “Quem acaba atingido pela política do ‘quanto pior, melhor’ é a população”, disse Dilma.

Paralelo a isso, a presidenta da República admitiu que o governo enfrenta um momento de dificuldade, mas garantiu que o período é passageiro e que os programas sociais não serão interrompidos.

“Períodos de dificuldade geralmente causam incerteza e apreensão nas pessoas. Não fiquem inseguros, nem apreensivos. Esta é uma situação temporária. Ela vai passar e vai passar rápido. Mesmo durante essa travessia, não abandonaremos os programas sociais”, destacou.

Dilma foi enfática ao solicitar que a população pense primeiramente na nação como um todo e só depois em seus partidos e projetos pessoais. “O Brasil precisa de estabilidade para fazer essa travessia”, disse. “Quando há uma dificuldade, não adianta um ficar brigando com o outro porque não resolve a situação”, completou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário