Banner da Prefeitura de São Luís

Banner da Prefeitura de São Luís

sexta-feira, 10 de junho de 2016

Alvo da Lava Jato, presidente interino da Câmara falta a reunião sobre pacote anticorrupção


Da Veja

Brasília- Há mais de um mês na função de presidente fantasma da Câmara, o deputado Waldir Maranhão (PP-MA/foto) não comparece nem mesmo às reuniões que poderiam melhorar a sua imagem. Nesta quinta-feira, 9, o congressista faltou ao encontro programado com entidades e parlamentares ligados ao movimento de combate à corrupção. 

Estava prevista a entrega de mais 100.000 assinaturas coletadas em apoio ao pacote com dez medidas de combate à corrupção, engavetado há dois meses na Casa. Os parlamentares querem que Maranhão autorize a instalação de uma comissão especial que analise as propostas e dê celeridade à tramitação das matérias. Mas, nesta tarde, tudo o que conseguiram foi um chá de cadeira por uma hora no gabinete da presidência. 

De acordo com o deputado Luiz Carlos Hauly (PSDB-PR), em meio à ausência de Maranhão, foi sugerida uma reunião com o Secretário-Geral da Câmara - proposta logo recusada. Haverá uma tentativa de novo encontro com o presidente na próxima terça-feira. "Quando se aprova uma lei, ela não retroage sobre os fatos acontecidos. 

Se ele está com medo de alguma coisa, não há motivo para se preocupar", ironizou o deputado Ricardo Izar (PP-SP), outro que ficou aguardando o presidente. Substituto de Eduardo Cunha na presidência, Maranhão é investigado na Lava Jato como um dos beneficiários da propina desviada da Petrobras. A assessoria de imprensa da Câmara limitou-se a dizer que a agenda foi transferida para uma nova data. (Marcela Mattos, de Brasília)

Nenhum comentário:

Postar um comentário