Banner da Prefeitura de São Luís

Banner da Prefeitura de São Luís

quinta-feira, 11 de maio de 2017

Parlamentar diz que UPAS no governo Dino estão abandonadas


“A situação em que se encontram as UPAS é grave. Muitas delas não possuem sequer medicamentos, causando constrangimento aos pacientes que precisam da Unidade de Pronto Atendimento. O mais grave ainda é a  estrutura de alguns prédios, que não têm a mínima condição de atender a população do Maranhão”.

A denúncia foi feita pelo vereador Francisco Chaguinhas (PP), durante sessão deliberativa na Câmara Municipal de São Luís. Segundo o parlamentar, vários funcionários constataram problemas na estrutura e com a excassez de medicamentos. Ainda de acordo com Chaguinhas, a situação é grave e precisa de uma resolução imediata por parte do governo estadual, com a atenção redobrada do secretário estadual de saúde, o advogado Carlos Lula.

Chaguinhas ressaltou que enquanto as UPAS estão abandonadas, o governo Flávio Dino (PCdoB) se preocupa mais com propaganda, ao invés de tentar resolver a problemática.  Ele disse ainda que o que  governo passa para a população não condiz com a realidade.

“O governo se preocupa mais com as propagandas do que tentar resolver a situação. É hora do governo colocar em prática aquilo que passa através dos meios de comunicação aos maranhenses”, finalizou.

Um comentário:

  1. Não é só aseguir Upas que não funcionam, mas todo o sistema de saúde pública, meu cunhado precisa fazer uma cirurgia e para isso precisa da consulta com o médico que o trata, só que há semanas a esposa dele tenta marcar a consulta que é por telefone no Pam Diamante, começa a ligar às 6 da manhã e só dá sinal de ocupado e fica tentando, por volta das 9h uma pessoa atende e diz que não há mais vagas, o serviço assim piorou, mais do quando tínhamos que dormir na fila, mas os políticos se precisam de um médico vão ao Sírio Libanês, em São Paulo, tudo pago com recursos públicos com tratamento de primeiro mundo e a população que se dane na concepção deles. Então Flávio Dino o que tu ainda vai fazer para piorar a saúde pública do estado?

    ResponderExcluir