Banner da Prefeitura de São Luís

Banner da Prefeitura de São Luís

terça-feira, 9 de maio de 2017

Vereadores lamentam ausência de secretário em audiência na Câmara

O vereador Estevão Aragão (PSB) se mostra indignado com a ausência justificada do secretário Moacir Feitosa
Os vereadores Estevão Aragão (PSB) e Professor Sá Marques (PHS) se mostraram indignados, na sessão desta terça-feira, 9, por conta da ausência do secretário municipal de Educação, Moacir Feitosa, que foi convidado a prestar esclarecimentos sobre o atual momento de precariedade que atravessa a rede de ensino de São Luís. A alegação do titular da pasta é que por questões de saúde familiar, não poderia comparecer ao plenário da Câmara Municipal, devendo ser marcada uma nova data.

Para Estevão Aragão, é simplesmente lamentável que o secretário de Educação não possa revelar, nesse momento, os reais motivos que entravam o setor educacional da cidade. "Gostaríamos que ele (Moacir) estivesse aqui para explicar o que está acontecendo na Secretaria de Educação da gestão do prefeito Edivaldo (Holanda Júnior)", comentou. Na oportunidade, o parlamentar voltou a evidenciar sobre a possível queda do secretário nos próximos dias.

Vereador Professor Sá Marques (PHS)
Já o Professor Sá Marques se revelou surpreso com a ausência do titular da Semed e disse que sua preocupação maior é com a possibilidade da educação de São Luís ficar acéfala, caso seja confirmada a queda do secretário. 

"Entendo que a presença do secretário Moacir Feitosa é importante para a manutenção da educação da nossa cidade em funciuonamento. Esperamos que ele venha aqui nesta Casa explicar o momento atual", frisou.

Vale ressaltar que em meados de abril, o plenário da Câmara Municipal aprovou requerimento, de iniciativa do vereador Marquinhos Silva (DEM), propondo a realização de uma audiência público com a presença do secretário Moacir Feitosa para esclarecer problemáticas na rede de ensino de São Luís, evidenciados pela população. A audiência estava prevista para acontecer entre os dias 8 e 9 de maio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário