quarta-feira, 7 de novembro de 2018

Edivaldo pode fundir secretarias para reduzir custos na prefeitura


Já circula nos bastidores da política que o prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior (PDT), estuda a possibilidade de realizar uma ampla reforma administrativa no município. Atualmente a gestão conta com 25 secretarias.

Alguns analistas até já admitem a viabilidade do gestor pedetista encaminhar para a Câmara Municipal projetos de lei, estabelecendo a fusão de secretarias, com o intuito de reduzir custos na administração, nos moldes anunciados pelo presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL).

Até o momento, nenhum projeto nesse sentido chegou ao Legislativo, mas a Mesa Diretora da Casa já se prepara para a possibilidade de dar entrada na presidência, propostas com esse teor, que poderão ser votadas até o dia 19 de dezembro, prazo final de sessões na Câmara, antes do recesso parlamentar de fim de ano.

Com a palavra o prefeito Edivaldo!

Um comentário:

  1. É muito cinismo do prefeito, faltando 2 anos para deixar a prefeitura, só agora pensa em tomar essa medida? haja vista que foi prometido por ele desde o início da sua (indi) gestão, em vez de reduzi-las ainda criou mais secretarias para acomodar aliados e com isso aumentou e muito os gastos públicos. Dizer que o prefeito é uma decepção como gestor é usar um eufemismo.

    ResponderExcluir