Rádio Web Conexão

terça-feira, 11 de junho de 2024

A última cartada de Paula da Pindoba saiu pela culatra


Não será mais nesse mandato que a prefeita afastada de Paço do Lumiar, Paula da Pindoba (PCdoB), voltará a comandar o município. Isso porque uma nova decisão judicial, proferida nesta segunda-feira, 10, pelo juiz da 1ª Vara de Paço do Lumiar, Gilmar de Jesus Éverton Vale, motivada por uma ação de improbidade administrativa proposta pelo Ministério Púbico do Maranhão, afastou a gestora por mais 180 dias, ou seja, até dezembro, final do mandato da comunista.

Vale lembrar que a prefeita já estava afastada de suas funções, por um prazo de 50 dias, por determinação da desembargadora Maria das Graças Soares Peres Amorim, do Tribunal de Justiça, atendendo a um pedido do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco), do Ministério Público.

Paula da Pindoba é acusada de desviar mais de R$ 6 milhões, após a adesão de uma ata de registro de preços do município de Altos (PI), para aquisição milionária de aparelhos de ar condicionado  e ventiladores para escolas municipais e unidades básicas de saúde (UBS). Além da prefeita, também foi afastada de suas funções a secretária municipal de Administração, Flávia Vrgínia Pereira.

A crise de instabilidade política em Paço do Lumiar acabou respingando fortemente na credibilidade da pré-candidatura a prefeito do vereador e presidente da Câmara Municipal, Jorge Maru, que conta com o apoio da gestora afastada.

A nova ação judicial contra Paula da Pindoba aponta uma adesão contratual, desta vez à ata de registros de preços da cidade de Santa Quitéria, no Maranhão, com o mesmo objetivo de climatização nas unidades escolares de Paço do Lumiar. O contrato custou aos cofres do município a quantia suspeita de mais de R$ 3,4 milhões.

Paula da Pindoba alega que vem sofrendo forte perseguição política no município.

Aguardemos cenas dos próximos capítulos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que o PSD fará com Eliziane ao não apoiar Braide?

A direção estadual do PSD deve se manifestar, publicamente, sobre o posicionamento controverso da senadora Eliziane Gama (PSD)  em não apoia...