quarta-feira, 24 de outubro de 2018

Escolinha precisa de ajuda de voluntários para continuar funcionando

Crianças são atendidas pelo projeto educacional voluntário da Escolinha Tia Regina, em Paço do Lumiar
A Escolinha Tia Regina, situada no bairro Novo Paço, no município de Paço do Lumiar, região metropolitana de São Luís, está buscando a ajuda de voluntários para manter suas atividades funcionando e ampliar o seu espaço físico.

O estabelecimento trabalha hoje na área de Educação Social Básica com 154 crianças e adolescentes cadastrados, na faixa etária de 6 a 17 anos. Todos são moradores do bairro, cuja comunidade é carente e precisa da ajuda não só do poder público mais também da iniciativa privada.

O trabalho social vem sendo desenvolvido pela moradora Elisa Regina Moreira Santos e seu companheiro Augusto César Rodrigues Santos, que com muita luta mantém a escolinha. Porém os custos com a manutenção cada vez aumentam, com a entrada de novos jovens no local.

Os proprietários da Escolinha Augusto César Rodrigues Santos e Elisa Regina Moreira Santos
Segundo a proprietária da Escolinha, para continuar funcionando o estabelecimento precisa muito do apoio de voluntários, que podem ajudar doando sacos de cimento, areia, tijolos e até mesmo de merenda escolar.

"Nesse momento, estamos contando com o apoio da Prefeitura de Paço do Lumiar, que nos dias de segunda e quarta-feira cedem orientadores sociais para ajudar os alunos", declarou.

Ela disse temer a volta do período chuvoso, pois a laje que existe e cobre o salão principal, onde ficam os alunos, contém infiltrações que podem prejudicar o funcionamento normal das atividades.

Professores voluntários são cedidos pela Prefeitura de Paço do Lumiar para atender as crianças e adolescentes
"Não queremos parar com esse projeto social, denominado Projeto Social Fé em Deus, Amigos Voluntários, e, portanto, precisamos da ajuda de todos", frisou Elisa Moreira.

Quem quiser ajudar a Escolinha é só entrar em contato com a proprietária do local pelo telefone: 98821-1715.

Nenhum comentário:

Postar um comentário