segunda-feira, 22 de abril de 2019

Querem privatizar os Lençóis Maranhenses

Ministro do Turismo, Ricardo Salles, nos Lençóis Maranhenses
Por Mario Carvalho
Editor deste Blog

Eis que me deparo nesta segunda-feira, 22, com tamanha notícia de inquietação anunciada pelo portal de O Imparcial de que o ministro do Turismo, Ricardo Salles, já avalia a possibilidade real de privatizar os Lençóis Maranhenses, considerado o mais novo símbolo do Ecoturismo Mundial.

Não sou contra privatizações, mas é preciso, acima de tudo cautela, principalmente quando falamos em um bem natural, que precisa ser preservado em nosso planeta. A necessidade de uma política de desenvolvimento sustentável é algo fundamental, irrestrito e amplamente discutível com a sociedade.

Numa clara visão liberal, tamanha a voracidade manifestada pelo governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL), o ministro Ricardo Salles já disparou nas redes sociais sua visão empresarial sobre os Lençóis Maranhenses: "...Se concedido ao setor privado então, se tornará um dos principais destinos do ecoturismo do mundo".

Vale ressaltar que Ricardo Salles esteve por terras de Gonçalves Dias, nos últimos dias 17 e 18, para discutir e fazer eventuais acordos institucionais com o governado Flávio Dino (PCdoB) sobre a destinação dos Lençóis Maranhenses.

Para o ministro, o primeiro passo é aplicar no Estado o Zoneamento Econômico e Ecológico (ZEE), que nada mais significa do que delimitar territórios e atribuir usos e atividades adequadas a cada um, de acordo com suas especificidades.

Com a palavra o governo estadual!

Nenhum comentário:

Postar um comentário