segunda-feira, 19 de fevereiro de 2018

Vereador pede vista e adia votação do Uber na Câmara


O projeto que regulamenta o serviço de transporte por aplicativo (Uber) nem bem entrou na pauta da Câmara Municipal de São Luís, na sessão desta segunda-feira, 19, e o vereador Genival Alves (PRTB/foto) prontamente pediu vista da matéria por 72 horas, sob a justificativa de melhor analisar o assunto.

O polêmico projeto, de iniciativa do vereador Paulo Victor (PROS), terá agora de aguardar a volta da matéria para discussão em plenário, para que seja dado prosseguimento normal na Casa.

Segundo o presidente da Câmara, Astro de Ogum (PR), após o retorno da matéria, o projeto terá um prazo de 10 dias úteis para ser votado no Legislativo.

Caso a matéria seja aprovada, seguirá para sanção ou veto do prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT).

Um comentário:

  1. Não tem que votar nada, Uber e Uber, trabalho, competência da SRT, junta comercial, (empresa), etc, o que esses políticos(vereadores)tem pra fazer, são criar leis pra beneficiar, organizar, a vida dos contribuintes, isso sim!!

    ResponderExcluir