Banner da Prefeitura de São Luís

Banner da Prefeitura de São Luís

segunda-feira, 23 de abril de 2018

Vereador quer discutir uso, abastecimento e desperdício d´água


Encontra-se na ordem do dia da Câmara Municipal de São Luís, requerimento nº 133/2018, de iniciativa do vereador Cézar Bombeiro (PSD), propondo a realização de um painel com o tema “Uso sustentável, abastecimento, desperdício e a qualidade da água em São Luís”. A matéria deverá ser apreciada e votada no decorrer desta semana.

Com essa iniciativa, o parlamentar do PSD pretende promover um amplo debate sobre o assunto, bem como outros inerentes ao tema, relacionado a problemas que atingem os consumidores, principalmente das comunidades de todos os bairros, sendo os mais prejudicados os considerados de periferia. 

Para tanto, ele insere na temática as condições sanitárias em que vivem essas populações. Outro item a ser abordado, adianta Bombeiro, é a cobrança das contas de fornecimento da água, sem o devido retorno para consumo do usuário.

Para obter um alcance de abrangência sobre a discussão o parlamentar está convidando para participar do evento, representantes do governo do Estado e da Prefeitura de São Luís, da CAEMA (Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão), professores, estudiosos e técnicos de universidades e instituições da sociedade civil, bem como de entidades populares e comunitárias.

 O vereador fala com ênfase que “sem um consumo responsável e com o desperdício, não irá demorar muito tempo para que todos nós estejamos sofrendo graves consequências”

Dentro dessa ótica, ele dá destaque para os setores mais carentes, “pois nós todos temos conhecimento de que são os que mais sofrem, devido a falta de uma devida assistência por parte dos poderes públicos”.

Astro mantém eleição para agosto e TJ deve dar palavra final


Mesmo sob forte pressão, o presidente da Câmara Municipal de São Luís, Astro de Ogum (PR), mantém a determinação de realizar a eleição para a escolha dos novos membros da Mesa Diretora da Casa para o dia 8 de agosto deste ano.

Na semana passada o chefe do Legislativo lançou edital convocando o pleito, que nesse momento se encontra judicializado.

Ao fim do mandato do então presidente, vereador Isaías Pereirinha (PSL), ele apresentou projeto extinguindo a reeleição para os membros da Mesa, dentro de uma mesma legislatura. 

Porém, o  PSL entrou com ação judicial para revogar tal decisão, sob o argumento de que a matéria apresentada por Pereirinha, na época, foi  aprovada de forma equivocada, pela falta de interstício entre primeira e segunda votação.

O PTB recorreu e o desembargador Jamil Gedeon manteve a proibição da reeleição, de forma monocrática e determinou que o presidente da Casa estabelecesse prazo para a eleição. 

Logo em seguida, o desembargador José Jorge Figueiredo dos Anjos  concedeu decisão favorável à ação do PSL, mas o mesmo Jamil Gedeon cassou a liminar do colega e o caso será decidido na próxima quarta-feira, 25, pelo Pleno do Tribunal de Justiça.

domingo, 22 de abril de 2018

Ex-ministro do PV e governador do PCdoB na corda bamba do Ministério Público


O ex-ministro de Meio Ambiente, Sarney Filho (PV), e o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), ainda continuam na mira do Ministério Público Federal (MPF) por estarem incluídos na lista das farras de passagens aéreas pagas com recursos do tesouro da União.

Entre o rol de ministros e ex-ministros do governo do presidente Michel Temer (MDB), Sarney Filho aparece em primeiro na lista, com 337 passagens, tendo gasto a soma de R$ 182.094,57, seguido de Ricardo Barros (Saúde), Bruno Araújo (Cidades), Fernando Coelho (Minas e Energia), Eliseu Padilha (Casa Civil), Raul Jungmann (Defesa) e Leonardo Picciani (Esporte).

O ex-ministro Sarney Filho (PV) e o governador Flávio Dino (PCdoB) em recente evento político pelo Maranhão
Já entre os governadores de estado, Flávio Dino também aparece encabeçando a lista com gasto irregular de 222 passagens, no valor de R$ 151.403,02. Dino só perde para Jackson Barreto (MDB), governador de Sergipe; e Rodrigo Rollemberg (PSB), do Distrito Federal.

O Ministério Público quer a devolução de R$ 667 mil aos cofres públicos da União, que se refere à quantia irregular gasta, atribuída aos denunciados.

Segundo o MPF, a farra de passagens serviu para fins privados, com viagens ao exterior, passeios com a família, cessão de passagens para eleitores ou outras pessoas sem vínculo parlamentar.

sexta-feira, 20 de abril de 2018

Eleição da Câmara de São Luís em clima de tensão


Edital de Convocação, assinado pelo vereador Astro de Ogum (PR), oficializa a eleição para a escolha dos novos membros da Mesa Diretora da Câmara Municipal de São Luís para o dia 8 de agosto deste ano.

Porém, o vereador Nato Junior (PP) já deu entrada com uma mandado de segurança para antecipar a data do pleito.

Até o momento estão candidatos o próprio presidente da Casa e o primeiro vice-presidente, Osmar Filho (PDT).

Pelo visto o clima continua tenso no Legislativo municipal.

Eliziane na sombra da "foice e martelo" de Dino


A deputada federal Eliziane Gama (PPS) tanto fez que conseguiu obter o aval comunista do Palácio dos Leões na sua nova empreitada ao Senado da República, nas eleições de outubro deste ano.

Para conquistar o seu espaço ao lado do governador Flávio Dino, Eliziane teve até que bater palmas para o prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Junior (PDT), principal adversário político da "noviça rebelde".

Na quinta-feira, 19, a deputada do PPS era só sorrisos, depois que o governador bateu o martelo oficial, colocando a parlamentar como sua segunda indicação ao Senado. 

A primeira indicação, anunciada com antecedência, foi a do deputado federal Weverton Rocha (PDT).

quinta-feira, 19 de abril de 2018

A incógnita eleitoral de Braide


Já estamos a menos de seis meses para as eleições de outubro e uma pergunta que ainda não quer calar é se o deputado estadual Eduardo Braide (PMN) vai mesmo para uma disputa ao Palácio dos Leões ou se o nobre parlamentar irá concorrer a uma das 18 vagas da bancada maranhense na Câmara Federal.

Até agora o deputado Braide aparece com boas intenções de concorrer ao pleito majoritário para o comando do estado, que hoje é terreno comunista. No entanto, perdeu seu principal padrinho político, após a ida do ex-governador e atual deputado federal José Reinaldo Tavares para o PSDB, que terá como candidato ao governo, o senador Roberto Rocha.

Enquanto isso, Braide vai surfando com sua exposição midiática nas redes sociais e na imprensa, tentando encontrar seu rumo certo para a eleição vindoura.

Recentemente, o parlamentar anunciou que deverá ter em seu palanque (?) lideranças do partido Rede Sustentabilidade (Rede), que terá como candidata à presidência da República, a ex-ministra e ex-senadora Marina Silva.

Vamos aguardar!

Vem aí o 19º Tributo a Coxinho!


Câmara deve votar empréstimo de R$ 100 milhões à Prefeitura


O plenário da Câmara Municipal de São Luís deve colocar em pauta, na sessão da próxima segunda-feira, 23, o pedido de empréstimo da ordem de R$ 100 milhões junto ao Banco do Brasil feito pelo prefeito Edivaldo Holanda Junior (PDT), para apreciação e votação da matéria.

A expectativa da base aliada do gestor municipal é que a solicitação seja aprovada pela Casa, liberando a Prefeitura para a realização de obras e serviços públicos na capital maranhense, em especial nesse período de intensas chuvas.

Porém, vereadores que não compõem a base aliada do prefeito Edivaldo na Câmara afirmam que não aceitam e não votam o projeto, enquanto não houver um maior detalhamento sobre quais áreas da cidade serão beneficiadas pelo montante do empréstimo.

Os não aliados do gestor municipal pedetista alegam que o pedido de empréstimo possa ser desvirtuado e usado eleitoralmente. 

Pedido de impeachment de Temer pode atrapalhar candidatura Roseana


Já circula nos bastidores que o pedido de impeachment, apresentado na quarta-feira, 18, pelo senador amapaense Randolfe Rodrigues (Rede), contra o presidente Michel Temer (MDB) pode ter consequências políticas direta no palanque de campanha da ex-governadora Roseana Sarney (MDB), na tentativa de retomar o comando do Palácio dos Leões, nas eleições de outubro.

As consequências maiores se deve à proximidade do ex-presidente e ex-senador amapaense, José Sarney (MDB), ao presidente Temer, cuja vinda ao Maranhão já estava sendo articulada na montagem do palanque da ex-governadora Roseana no estado.

Porém, o pedido de impeachment do senador Randolfe bota um balde de água fria ao argumentar que o presidente Temer mentiu para a Polícia Federal ao afirmar que nunca fez transações com o coronel aposentado João Batista Lima Filho e que suas campanhas não tiveram caixa dois.

Por ser um dos caciques do MDB, a baixa popularidade e a imagem desgastada de Temer pode não ajudar a garantir um maior desempenho eleitoral da campanha da ex-governadora Roseana, que luta contra a máquina estatal comunista do governador Flávio Dino (PCdoB), que busca a reeleição para mais um mandato de quatro anos no Maranhão.

quarta-feira, 18 de abril de 2018

"Até o momento, só tem uma candidatura", diz Astro


O presidente da Câmara Municipal de São Luís, vereador Astro de Ogum (PR), confirmou nesta quarta-feira, 18, com exclusividade ao programa Câmara em Destaque (Rádio Difusora AM- 680Khz), que no momento só existe uma candidatura definida para o comando da Mesa Diretora da Casa.

Questionado insistentemente pelo repórter Juarez Sousa sobre se irá ou não disputar a reeleição para a presidência do Legislativo, Astro fez questão de enfatizar que "até o momento, só existe uma candidatura", numa clara alusão a seu principal adversário na disputa interna, o primeiro vice-presidente Osmar Filho (PDT), que teria o apoio do governador Flávio Dino (PCdoB).

Astro voltou a reafirmar sua predisposição de utilizar, no momento certo, a tribuna da Câmara Municipal para esclarecer fatos que envolvem a eleição para a escolha dos novos membros da Mesa Diretora, cuja discussão pode ficar para agosto. "...Estarei na presidência da Câmara até 31 de dezembro deste ano e mais dois anos de mandato".

Apesar disso, há uma corrente de vereadores que esperam que o pleito ocorra o mais breve possível.