segunda-feira, 1 de julho de 2013

Câmara Municipal votará projeto de doação de prédio

Presidente da Câmara, Isaías Pereirinha
Acontece nesta semana a apreciação e votação do projeto de doação do prédio da nova sede da Câmara Municipal de São Luís. O anúncio foi feito pelo presidente da Casa, vereador Isaias Pereirinha (PSL), na semana passada, ao conclamar os demais parlamentares para agilizar o processo. Para tanto, ele pediu mais empenho dos colegas para a votação da pauta por conta da aproximação do período do recesso parlamentar até meados de julho.

Diante da urgência do assunto, o vereador Pavão Filho (PDT) solicitou que a Mesa Diretora incluísse logo na ordem do dia o projeto, assim que o mesmo desse entrada na Câmara Municipal. Imediatamente, o presidente Pereirinha concordou com a sugestão do seu colega, comunicando que a proposta será incluída na pauta da próxima sessão, o que poderá acontecer logo na próxima segunda-feira.

Pereirinha lembrou que o Legislativo Municipal terá até o dia 15 de julho para votar o prédio da antiga Fábrica São Luís, localizada na Rua São Pantaleão – Madre Deus, onde será construída a nova sede da Câmara Municipal, uma das principais bandeiras de luta do presidente Pereirinha, desde que assumiu a direção da Casa, reafirmando a causa na sua última eleição para presidir o parlamento.

A Câmara de São Luís funciona no atual imóvel, na Rua da Estrela – Praia Grande, pertencente à Receita Federal desde 22 de fevereiro de 1985, mediante cessão obtida pelo então vereador e presidenta da Casa na época, Manoel Ribeiro, hoje deputado estadual pelo PTB.

2 comentários:

  1. Pronto. Prato feito pra Pereirinha. Ele que nunca conseguiu realizar a reforma da Câmara que funciona no predio da Receita Federal, que se encontra sempre do mesmo jeito, todo depredado.Tá pensando que é mentira? Então válá e veja.O dinheiro vem todo ano,ele embolça,ninguém fiscaliza e ele se dámuito bem.Porque ninguem vê isso? è bobo,ou é o que?

    ResponderExcluir
  2. A unica bandeira do presidente Pereirinha é tirar vantagem de tudo aquilo que pode. A Câmara está jogada ao leo, servidores maus pagos, com mais de 17 anos sem reajuste salarial, recebendo salário mínimo e ele pagando muito bem a funcionário fantasma,assim garantindo compra de votos. Eita cabra de sorte. É por isso que está cotado entre os políticos que mais multiplicou sua riqueza e o resto que se dane. Afinal com ele não acontece nada.

    ResponderExcluir