quinta-feira, 18 de setembro de 2014

Coligação aliada de Flávio Dino impõe censura em pesquisa contratada pela TV Difusora

Candidato do PCdoB, Flávio Dino
O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) proibiu na manhã desta quinta (18) a divulgação da pesquisa contratada pela TV Difusora do senador Edinho Lobão (PMDB). A pesquisa, cujo instituto contratado não possui sequer sede, foi encomendada pela emissora pertencente ao candidato do grupo Sarney, que se mantém em segundo lugar e muito atrás do primeiro colocado, Flávio Dino.

A praticamente 15 dias da eleição e sem conseguir convencer o eleitor maranhense, Edinho Lobão resolveu contratar uma pesquisa do instituto Prever – o mesmo que em 2012 “previu” a vitória de João Castelo para a prefeitura de São Luís.

A responsável pela impugnação da pesquisa foi a coligação “Unidos pelo Brasil”, da candidata Marina Silva (PSB), aliada do candidato ao governo do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB). Após a analisar os dados da pesquisa, o Tribunal Superior Eleitoral avaliou que havia irregularidades no registro da pesquisa.

O resultado iria ao ar no sistema Difusora de Comunicação amanhã.

Nenhum comentário:

Postar um comentário