segunda-feira, 8 de setembro de 2014

Reveja os números da pesquisa Ibope no Maranhão

Flávio Dino e Lobão Filho acirram a disputa eleitoral
Pesquisa Ibope divulgada no último sábado (6) aponta Flávio Dino (PCdoB) com 42% das intenções de voto para o governo do Maranhão, seguido de Lobão Filho (PMDB), com 30%. Pedrosa (PSOL) aparece em terceiro lugar nas intenções de voto, com 2%. Esta é primeira pesquisa de intenção de voto feita pelo instituto sobre a eleição estadual após o registro das candidaturas. A pesquisa foi encomendada pela TV Mirante.

Os candidatos Professor Josivaldo Corrêa (PCB), Saulo Arcangeli (PSTU) e Zeluis Lago (PPL) aparecem com apenas 1% das menções cada. Brancos e nulos somaram 5% e 18% não sabem ou não responderam.

Veja os números do Ibope para a pesquisa estimulada (em que a relação dos candidatos é apresentada ao entrevistado):

Flávio Dino (PCdoB) - 42% das intenções de voto
Lobão Filho (PMDB) - 30%
Pedrosa (PSOL) - 2%
Saulo Arcangeli (PSTU) - 1%
Prof. Josivaldo (PCB) - 1%
Zeluis Lago - 1%
Brancos e nulos - 5%
Não sabe ou não respondeu - 18%

Rejeição

O Ibope também pesquisou em quem os eleitores não votariam de jeito nenhum. Confira abaixo:

Lobão Filho: 23%
Flávio Dino: 14%

Os demais candidatos apresentam índices que variam entre 5% e 10%.
- Poderia votar em todos: 11%
- Não sabe ou não respondeu: 38%

A pesquisa foi realizada entre os dias 3 e 5 de setembro. Foram entrevistados 1.204 eleitores. Segundo o Ibope, a “relação de municípios selecionados para aplicação da amostra será apresentada até o sétimo dia seguinte ao registro da pesquisa”. A pesquisa foi registrada no dia 1º de setembro.

A margem de erro é de três pontos percentuais, para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%, o que quer dizer que, se levada em conta a margem de erro de três pontos para mais ou para menos, a probabilidade de o resultado retratar a realidade é de 95%.

A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE-MA) sob o número MA-00040/2014 e no Tribunal Superior Eleitoral sob protocolo no BR-00542/2014.

Nenhum comentário:

Postar um comentário